Notícias



CREF2/RS promove mais uma live pelo Instagram
15/01/2021
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS vai dar continuidade, nos próximos dias, às suas lives pelo Instagram. Na terça-feira, 19 de janeiro, às 19h, o Conselho receberá Cristiane Mota (CREF 065501-G/SP), que irá abordar o tema “Exercício físico adaptado”. Cristiane Mota é graduada em Educação Física pela USCS e Mestre em Ciências pela USP, também com especialização em Reabilitação. Atua na área de Reabilitação Física e como Preceptora de Residência Multiprofissional no Hospital das Clinicas da FMUSP há mais de 10 anos.

As lives do CREF2/RS ficam salvas no IGTV do Instagram. Clique aqui para assistir às edições passadas.

Confira a programação:

19 de dezembro, terça-feira, às 19h
Cristiane Mota (CREF 065501-G/SP)
Exercício físico adaptado


Lives Instagram



CREF2/RS realiza webinário sobre atuação no contexto hospitalar nesta quinta-feira
22/09/2020
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Saúde do CREF2/RS vai realizar nesta quinta-feira, dia 24 de setembro, o webinário “Profissional de Educação Física na Atuação Hospitalar - Fórum de Contextualização da Resolução 391 do CONFEF”. O evento, marcado para iniciar às 19h, ocorrerá de maneira online e gratuita, simultaneamente no Youtube e no Facebook do Conselho.

Com a apresentação e a mediação de Clery de Lima (CREF 000297-G/RS) e de Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), integrantes da Comissão de Saúde, o evento contará com a participação de Alexandre Lazzarotto (CREF 002537-G/RS), Ângela Harthmann (CREF 008303-G/RS), Fábio da Silva (CREF 008140-G/PR), Francisco Pitanga (CREF 000108-G/BA) e Isabel Rossato (CREF 003235-G/RS). Eles debaterão a Resolução CONFEF 391/2020, publicada recentemente pelo Conselho Federal e que define a atuação dos profissionais de Educação Física no contexto hospitalar.

Conheça os participantes:

Alexandre Lazzarotto – Doutor em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS, integrou o GT de Exercício Físico do Ministério da Saúde, sendo um dos autores do livro “Recomendações para a Prática de Atividades Físicas para Pessoas Vivendo com HIV e Aids”. Atua com atividades de promoção à saúde na Reserva Nacional do Niassa, em Moçambique. No país africano, também é professor e orientador em Mestrado em Saúde Pública.

Ângela Harthmann – Doutora em Ciências Cardiovasculares pela Faculdade de Medicina da UFRGS e professora universitária. Atualmente trabalha no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, no Serviço de Educação Física e Terapia Ocupacional, na internação pediátrica e residência multiprofissional.

Fábio da Silva – Especialista em Preceptoria no SUS e em Gestão de Pessoas, é mestre e doutorando em Educação pela UEL/PR. Atua no Sistema Único de Saúde - Atenção Básica, vinculado à Secretaria de Municipal de Saúde de Apucarana, no Paraná.

Francisco Pitanga – Doutor em Saúde Coletiva pela UFBA, é autor dos livros “Epidemiologia da Atividade Física”, “Exercício Físico e Saúde” e “Testes, Medidas e Avaliação em Educação Física e Esportes”. Também é conselheiro federal do CONFEF e presidente do Departamento de Educação Física da Sociedade Brasileira de Cardiologia da Bahia.

Isabel Rossato – Graduada em Educação Física pela UFRGS, é especialista em Psicomotricidade e em Transtornos do Desenvolvimento na Infância e na Adolescência. Atua no Serviço de Educação Física e Terapia Ocupacional do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, na Unidade de Oncologia Pediátrica.

Webinário “Profissional de Educação Física na Atuação Hospitalar - Fórum de Contextualização da Resolução 391 do CONFEF”
Data: 24 de setembro, quinta-feira, a partir das 19h
Evento online e gratuito, transmitido ao vivo pelo Youtube e pelo Facebook


webinário saúde atuação hospitalar hospital



Instagram do CREF2/RS promove mais três lives
26/06/2020
Fonte: CREF2/RS

Nos próximos dias, o CREF2/RS vai dar continuidade às suas lives pelo Instagram. Na terça-feira, dia 30 de junho, Alexandre Lazzarotto (CREF 002537-G/RS), Angela Harthmann (CREF 008303-G/RS) e Débora Garcia (CREF 002202-G/RS) irão abordar o tema “Mestrado Profissional e Residência em Educação Física: oportunidades de formação e intervenção”. Já na quinta-feira, dia 2 de julho, o Conselho vai receber Marc Henri Haetinger (CREF 007116-G/RS), para a apresentação “Estúdio de pilates, franquias e novas tendências”.

Por fim, na sexta-feira, dia 3 de julho, será a vez dos integrantes do Comitê Estadual da Crise da Educação Física na COVID-19 estarem reunidos e online para falar sobre “Ações do Comitê Estadual da Crise da Educação Física na COVID-19”. As transmissões iniciarão sempre às 17h.

Lazzarotto é doutor em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS e integrou o GT de Exercício Físico do Ministério da Saúde, sendo um dos autores do livro “Recomendações para a Prática de Atividades Físicas para Pessoas Vivendo com HIV e Aids”. Atua com atividades de promoção à saúde na Reserva Nacional do Niassa, em Moçambique. No país africano, também é professor e orientador em Mestrado em Saúde Pública.

Graduada em Educação Física pelo IPA, Angela Harthmann é doutora em Ciências Cardiovasculares pela Faculdade de Medicina da UFRGS e professora universitária. Atualmente trabalha no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, no Serviço de Educação Física e Terapia Ocupacional, atuando na internação pediátrica e residência multiprofissional.

Marc Henri Haetinger possui especialização em fisiologia do exercício e em pilates. É proprietário da Health Pilates, empresa com unidades em Porto Alegre e em Caxias do Sul. Treinador e empreendedor, também é criador e CEO da Fitplus, método inovador e dinâmico que está disponível para os profissionais de Educação Física através da aquisição de franquias.

O Comitê Estadual de Crise da Educação Física na COVID-19 é composto pelo 2º vice presidente do CREF2/RS Alessandro Gamboa (CREF 001534-G/RS), pela presidente do Conselho Municipal de Desporto de Caxias do Sul Carla Pretto (CREF 006564-G/RS), pelo delegado da FIEP-RS Everton Deiques (CREF 008538-G/RS), pelo representante da ACAD Brasil Fernando Sassen, pela presidente da APEF-RS Luciane Citadin (CREF 000100-G/RS), pelo profissional e proprietário de academia Rogério Menegassi (CREF 001080-G/RS) e pelos representantes do SINPEF/RS Sílvio Silveira (CREF 001529-G/RS) e Ubirajara Brites (CREF 000416-G/RS).

Confira a programação completa:

30 de junho, terça-feira, às 17h
Alexandre Lazzarotto (CREF 002537-G/RS), Angela Harthmann (CREF 008303-G/RS) e Débora Garcia (CREF 002202-G/RS)
Mestrado Profissional e Residência em Educação Física: oportunidades de formação e intervenção

2 de julho, quinta-feira, às 17h
Marc Henri Haetinger (CREF 007116-G/RS)
Estúdio de pilates, franquias e novas tendências

3 de julho, sexta-feira, às 17h
Comitê Estadual de Crise da Educação Física na COVID-19
Ações do Comitê Estadual de Crise da Educação Física na COVID-19

7 de julho, terça-feira, às 17h
Tiago Baccon (CREF 015344-G/RS)
Desafios do treinamento online

9 de julho, quinta-feira, às 17h
Carlos Cimino (CREF 001691-G/RS)
Voleibol: da arbitragem à gestão


lives instagram comitê crise covid-19



Residência Multiprofissional é uma ótima oportunidade para o profissional de Educação Física
27/02/2019
Fonte: CREF2/RS

Os bacharéis em Educação Física têm uma excelente oportunidade de aprimoramento através da Residência Multiprofissional em Saúde. A Residência é uma pós-graduação lato sensu (Especialização), voltada para a educação em serviço e destinadas às categorias que integram a área de saúde. Trata-se de um programa de cooperação intersetorial para favorecer a inserção qualificada dos jovens profissionais da saúde no mercado de trabalho, particularmente em áreas prioritárias do Sistema Único de Saúde.

Os residentes recebem uma bolsa, no valor de no valor de R$ 3.330,43, financiada pelo Ministério da Saúde e pelo Ministério da Educação. Entretanto, devem ter dedicação exclusiva, não podendo desenvolver outras atividades profissionais no período de realização do curso. Para ingressar em uma Residência Multiprofissional e em Saúde, o interessado deve ser aprovado na seleção pública realizada por instituições de ensino superior que oferecem essa modalidade de especialização lato sensu.Cabe frisar que, no caso da Educação Física, apenas bacharéis podem realizar a Residência.

A Residência tem duração de dois anos, com carga horária de 5.760 (cinco mil, setecentos e sessenta) horas, distribuídas em atividades teóricas/práticas, sob a forma de treinamento em serviço, equivalente a 60 (sessenta) horas/semana. O residente tem direito a uma folga semanal e a 30 (trinta) dias consecutivos de férias por ano, que podem ser fracionadas em dois períodos de 15 (quinze) dias. Os programas de Residência Multiprofissional e em Saúde são desenvolvidos da seguinte forma: 80% da carga horária total sob a forma de atividades práticas e 20% sob a forma de atividades teóricas ou teórico-práticas, contando com a supervisão de um preceptor (profissional de serviço) e um tutor (docente de instituição de ensino superior). Mais informações no Portal do MEC.


Residência Multiprofissional