Notícias




Data Inicial:
(dd/mm/aaaa)  

Data Final:
(dd/mm/aaaa)  
Título:
Palavras na Notícia:



Instagram do CREF2/RS promove mais duas lives
10/07/2020
Fonte: CREF2/RS

Nos próximos dias, o CREF2/RS vai dar continuidade às suas lives pelo Instagram. Na terça-feira, dia 14 de julho, Jorge Kovács (CREF 006197-G/MT) irá abordar o tema “Como fazer um bom treino em casa, com pouco ou nenhum acessório”. Já na quinta-feira, dia 16 de julho, o Conselho vai receber Ednei Torresini (CREF 003786-G/RS), para a apresentação “Educação Física nos cruzeiros marítimos: nova possibilidade de atuação”.

Graduado em Educação Física pela Universidade de Santo Amaro, Kovács é pós-graduado em Gerontologia e tem especialização em pilates e em treinamento funcional, pelas Escolas IHP e pelo Mentorship Samorai. Além de atuar como palestrante, é personal trainer desde 2007 e já trabalhou nas academias dos principais clubes de São Paulo.

Torresini é graduado em Educação Física pela UFSC, pós-graduado em gestão e marketing esportivo e ex-atleta de futsal. Já atuou em academias, clubes, escolas e resorts. É um dos primeiros profissionais de Educação Física do Rio Grande do Sul a desempenhar a função de instrutor esportivo em cruzeiros marítimos, com diversas viagens internacionais realizadas pela empresa italiana Costa Cruzeiros. Atualmente, é preparador físico da seleção brasileira de futebol masculino para surdos.

As lives do CREF2/RS ficam salvas no IGTV do Instagram. Clique aqui para conferir as edições passadas.

Confira a programação:

14 de julho, terça-feira, às 17h
Jorge Kovács (CREF 006197-G/MT)
Como fazer um bom treino em casa, com pouco ou nenhum acessório

16 de julho, quinta-feira, às 17h
Ednei Torresini (CREF 003786-G/RS)
Educação Física nos cruzeiros marítimos: nova possibilidade de atuação


lives Instagram



CREF2/RS promove mais duas lives pelo Instagram
12/06/2020
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS vai seguir fazendo as suas lives pelo Instagram nos próximos dias. Na terça-feira, dia 16 de junho, Luciano Elias (CREF 000108-G/RS) irá falar sobre o tema “Gestão de carreira dos profissionais de Educação Física”. Já na quinta-feira, dia 18 de junho, o Conselho vai receber Eduardo Isaia Filho, para a apresentação “Entendendo como funciona o Google for Education”. As transmissões iniciarão às 17h.

Luciano Elias é gestor esportivo e personal coach pela Sociedade Brasileira de Coaching. Atuou como diretor executivo do Sport Club Internacional, entre outros clubes de futebol, e foi gerente geral de instalação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e na Copa do Mundo do Brasil. Tem mais de 25 anos de experiência na área e é co-fundador da plataforma Futcarreiras, dedicada ao desenvolvimento de profissionais do futebol e do futsal.

Mestre em Ciência da Computação pela UFRGS, Eduardo Isaia Filho possui certificação do Google nos níveis Innovator, Educator e Trainer; e da Apple nas categorias Teacher, Teacher Swift Playgrounds e Professional Learning. Atualmente, é professor e coordenador de Processos de Tecnologias Digitais na Aprendizagem, na ULBRA, e co-host do EdueDai Podcast.

Confira a programação:

16 de junho, terça-feira, às 17h
Luciano Elias (CREF 000108-G/RS)
Gestão de carreira dos profissionais de Educação Física

18 de junho, quinta-feira, às 17h
Eduardo Isaia Filho
Entendendo como funciona o Google for Education

23 de junho, terça-feira, às 16h
Davi Grass (CREF 001321-G/RS)
Volta das atividades após flexibilização da quarentena

25 de junho, quinta-feira, às 17h
Zé Gioscia (CREF 002852-G/RS)
Autoestima: um retrato da pandemia


lives Instagram



CREF2/RS realiza mais três lives pelo Instagram
22/05/2020
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS dará continuidade às suas lives no Instagram nos próximos dias. Na terça-feira, dia 26 de maio, Guga Binotto (CREF 004133-G/RS) irá conversar sobre o tema “O passo a passo para criar sua consultoria online”. Já na quarta-feira, dia 27 de maio, o Instagram do Conselho vai receber Alessandro Gamboa (CREF 001534-G/RS) e Samuel de Almeida (CREF 013510-G/RS), com a apresentação “Fiscalização do exercício profissional da Educação Física”. Por fim, na quinta-feira, dia 28 de maio, Diogo Netto (CREF 010337-G/PR) estará online para falar sobre o tema “Atuação do profissional de Educação Física nas ações do CBF Social”. Todas as transmissões iniciarão às 17h.

Especialista em Fisiologia do Exercício e em Obesidade e Emagrecimento, Guga Binotto é proprietário do Studio Guga Binotto Personal Trainer, em Porto Alegre, empreendedor digital e mentor de carreiras. Autor do livro “Personal 10 Mil”, também ministra diversos cursos online, especialmente sobre gestão de negócios.

Sócio-diretor da G2 Sports e consultor de academias, Alessandro Gamboa atualmente é 2º vice-presidente do CREF2/RS e presidente da Comissão de Orientação e Fiscalização. Samuel de Almeida é assessor de fiscalização do Conselho.

Diogo Netto é doutor em Medicina Esportiva e atua como gerente de Desenvolvimento Técnico, Responsabilidade Social e Sustentabilidade da CBF. Também é membro da Comissão de Desenvolvimento Técnico da Conmebol, coach integral sistêmico pela FEBRACIS e conferencista internacional, abordando o tema “Futebol na infância e na adolescência” nas suas palestras.

Confira a programação completa:

26 de maio, terça-feira, às 17h
Guga Binotto (CREF 004133-G/RS)
O passo a passo para criar sua consultoria online

27 de maio, quarta-feira, às 17h
Alessandro Gamboa (CREF 001534-G/RS) e Samuel de Almeida (CREF 013510-G/RS)
Fiscalização do exercício profissional da Educação Física

28 de maio, quinta-feira, às 17h
Diogo Netto (CREF 010337-G/PR)
Atuação do profissional de Educação Física nas ações do CBF Social

2 de junho, terça-feira, às 17h
Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS) e Ricardo Catunda (CREF 000001-G/CE)
Implicações no ensino da Educação Física pós-pandemia

4 de junho, quinta-feira, às 17h
Claudio Franzen (CREF 003304-G/RS)
Trajetória no esporte, construção na profissão


lives Instagram



Profissionais de Educação Física conquistam reconhecimento na CBO
28/02/2020
Fonte: CREF1/RJ

Os profissionais de Educação Física foram reconhecidos pela Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), sob o código 2241-40, como “Profissional de Educação Física na Saúde”. A nova descrição foi adicionada no sistema em 17 de fevereiro deste ano. Com ela, a categoria passa a ter maior visibilidade dentro do Sistema Único de Saúde (SUS), podendo desenvolver as suas atividades com a respectiva remuneração, da mesma forma que as demais profissões da área da saúde.

Junto ao novo termo, há outras sete classificações: Avaliador Físico, Ludomotricista, Preparador de Atleta, Preparador Físico, Técnico de Desporto Individual e Coletivo (exceto futebol), Técnico de Laboratório e Fiscalização Desportiva, Treinador Profissional de Futebol. Com a inclusão da classificação número 2241-40, a descrição primária foi ampliada com a seguinte informação: “estruturam e realizam ações de promoção da saúde mediante práticas corporais, atividades físicas e de lazer na prevenção primária, secundária e terciária no SUS e no setor privado”.

Importante ressaltar que nas características do trabalho consta que “o exercício das ocupações da família requer formação superior em Educação Física, com registro no Conselho Regional de Educação Física”.

Entre as competências descritas na letra G do Código 2241-40, estão: realizar ações de promoção da saúde mediante práticas corporais, atividades físicas e lazer, que englobam realizar atendimento individual; realizar atendimento em grupos; realizar consultas compartilhadas; participar de eventos, campanhas, ações e programas de educação em saúde; promover atividades de educação permanente; promover ações em práticas integrativas e complementares; desenvolver ações de saúde nas escolas e centros culturais; promover atividades de lazer e recreação; realizar visitas domiciliares; trabalhar em rede de serviços; matriciar equipes; desenvolver ações de atividade física e práticas corporais inclusivas na saúde; estruturar ações de atividade física e práticas corporais na prevenção primária, secundária e terciária no SUS; estruturar ações de atividade física e práticas.

Sobre a CBO

A estrutura básica da CBO foi elaborada em 1977, resultado do convênio firmado entre o Brasil e a Organização das Nações Unidas – ONU, por intermédio da Organização Internacional do Trabalho – OIT, no Projeto de Planejamento de Recursos Humanos (Projeto BRA/70/550), tendo como base a Classificação Internacional Uniforme de Ocupações – CIUO de 1968.


CBO



CREF2/RS recebe prêmio Destaque do Esporte 2019
12/12/2019
Fonte: CREF2/RS

Na noite de ontem, dia 11 de dezembro, a Prefeitura de Municipal de Porto Alegre, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Esporte, promoveu a entrega do prêmio Destaque do Esporte 2019, no Teatro Renascença. A homenagem, destinada a professores, atletas, colaboradores e parceiros que contribuíram para a realização de eventos esportivos na capital, teve 40 vencedores. O CREF2/RS, representado pelo presidente José Edgar Meurer (CREF 001953-G/RS), foi um dos condecorados pela sua contribuição à Educação Física.

“O Destaque do Esporte 2019 é uma forma singela de dizermos um obrigado um pouco mais especial a estas pessoas que tornaram os nossos quase 40 mil atendimentos do ano possíveis”, destacou o coordenador de Esporte e Lazer da Prefeitura e conselheiro do CREF2/RS Claudio Franzen (CREF 003304-G/RS). Neste ano, o prêmio foi dividido entre as categorias pedagógico, futebol, eventos, Mexatchê, Bairro e Ação e parceiros. Confira a lista de todos os vencedores:

Categoria Pedagógico:
José Paulo Giacomoni, Aline Bonatto, Jaqueline Musse, Márcia Araújo e Juliano Meneghetti

Categoria Futebol:
Paulo Roberto dos Santos (Paulão da Tuca), Eduardo Fagundes, Ernesto Natividade, Luís Gustavo Mathias (Neneco), Luiz Carlos Farias (Seu Farias) e Marcos Pacheco (Gica)

Categoria Eventos:
Carla Nunes, Daniela Nicolini, Fabio Azeredo, Ademir Possebon, Vanderlei Pinzetta, Maria Rodrigues, Matheus Vier, Carlos Alberto Santos, Vera Carvalho, Lucas dos Santos, Anderson Henriques, Leonardo Ribas e Itamar Machado

Categoria Mexatchê Rodas:
Arthur Alcorte (Rodas), Renato Werlang (Lutas) e Gil de Abreu (Lutas), Igor Batista (Águas), Anna Danielyan (Ginástica), Patrícia Fontana (Ginástica) e Luís Carlos Enck (Raquete)

Categoria Bairro em Ação:
Rosângela Rolakaiser (Parede)

Categoria Parceiros:
CREF2/RS, Associação Nacional de Aposentados e Pensionistas, Sesc-RS, Grêmio Sargento Expedicionário Geraldo Santana, Sport Club Internacional, Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, Clube São José, Associação Amigos do Banco do Brasil, Grêmio Náutico União e Sogipa


Destaque do Esporte Prefeitura



CongregaCREF reúne profissionais e estudantes em Caxias do Sul
11/11/2019
Fonte: CREF2/RS

No último sábado, dia 9 de novembro, o CREF2/RS realizou a quinta edição do CongregaCREF – Seminário Sul Brasileiro de Educação Física, em Caxias do Sul. O evento, pela primeira vez promovido em uma cidade fora de Porto Alegre, reuniu cerca de 50 profissionais e acadêmicos do curso de Educação Física para assistir às palestras conduzidas por Gustavo Callegari (CREF 004922-G/RS), Felipe Machado (CREF 008513-G/RS), Alex Souto Maior (CREF 004362-G/RJ) e Ivan Bagnara (CREF 005610-G/RS).

Contando com o conselheiro Alessandro Gonçalves (CREF 005863-G/RS) como mestre de cerimônias, o CongregaCREF iniciou às 9h, com um discurso de abertura feito pelo 2º vice-presidente Alessandro Gamboa (CREF 001534-G/RS). Além de agradecer a presença de todos, ele também destacou os esforços que o CREF2/RS tem feito para estar mais perto dos registrados do interior, seja com palestras ou com o CREF Serra – posto de atendimento em Caxias do Sul que foi reaberto início deste ano.

CrossFit e empreendedorismo

A primeira palestra da manhã, intitulada “AC/DC – antes do CrossFit e depois do CrossFit”, abordou os detalhes sobre esta modalidade. Além de contar um pouco sobre a história do CrossFit, criado na década de 90 nos Estados Unidos, Callegari também explicou como a sua chegada ao Brasil está mudando a prescrição do treinamento físico. “O CrossFit tinha muita resistência, porque achavam que lesionava bastante. Depois de quebrar este preconceito, a modalidade está conseguindo ter uma adesão maior do que a musculação tradicional, sendo praticado até mesmo por idosos e cadeirantes”, avaliou.

Na sequência, foi a vez de Machado fazer a apresentação “Motiva-AÇÃO! Atitudes empreendedoras unindo propósito com resultado”. Consultor de empresas e executive coach certificado pela Agência Nacional de Coaching, ele falou sobre as mais recentes inovações no mundo dos negócios, vinculadas ao conceito de gestão 4.0, e sobre a postura de liderança. “Na Educação Física, é importante que os profissionais desempenhem o papel de um agente de transformação, sempre atento ao que as novas tecnologias podem agregar. A boa comunicação é essencial no processo”, considerou.

Exercícios de força e Educação Física Escolar

Na primeira parte da tarde, os presentes puderam acompanhar a palestra "Exercícios de força para performance, prevenção de lesões e reabilitação", ministrada por Souto Maior. Pós-doutor em Fisiologia pela UFRJ e preparador físico de diversos atletas, como o jogador de futebol Vinícius Jr. e o lutador de UFC Thiago Marreta, ele trouxe para a discussão diversas análises sobre o treinamento físico e a melhor forma de aplicá-lo, aos diferentes tipos de público. “Não podemos comparar as pessoas que fazem atividade física como lazer com aqueles que são atletas de alta performance. No entanto, os exercícios que trazem os resultados mais eficientes – a maioria com pesos livres e pensados diante da funcionalidade do corpo humano – são os mesmos e deveriam ser mais indicados para todos os públicos”, explicou. Na sua apresentação, Souto Maior também trouxe exemplos daquilo que poderia ser melhor orientado pelos profissionais de Educação Física e como o domínio de todos os aspectos científicos do exercício é importante para quem atua na área.

O CongregaCREF encerrou com a palestra “Educação Física escolar: desafios da docência na contemporaneidade”, ministrada por Bagnara e dedicada para quem atua na área da Licenciatura. Pós-doutor em Educação nas Ciências, Ivan é professor do IFRS – Campus Erechim e abordou os desafios que envolvem a formação de professores e a docência na sua apresentação, atrelando estes tópicos à Base Nacional Comum Curricular e à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB 9394/96). Com grande experiência sobre este tema, Bagnara é um dos autores do livro “Educação Física Escolar: Política, Currículo e Didática” e atua como professor de Educação Física na Educação Básica há mais de 20 anos.


CongregaCREF Caxias do Sul CREF Serra



Fortunati fala no CREF2/RS sobre obras da Copa e revitalização da Orla
07/05/2019
Fonte: CREF2/RS

Na última sexta-feira, dia 3 de maio, o CREF2/RS recebeu José Fortunati, ex-prefeito de Porto Alegre. Ele esteve no Conselho para esclarecer as obras da Copa do Mundo, além de conversar sobre a revitalização da Orla do Guaíba e o novo trecho do projeto. Fortunati foi a primeira autoridade a aceitar o convite para participar de uma série de diálogos promovidos na sede do CREF2/RS, e que pretende trazer políticos, dirigentes e esportistas que contribuem para o esporte, para a atividade física e para a profissão de Educação Física.

De acordo com ex-Prefeito, em 2008 foram abertas as candidaturas das cidades para sediar a Copa do Mundo. Assim que finalizaram as inscrições, os dados foram levados à FIFA, com previsão de oito sedes escolhidas. Fortunati afirmou que o ex-presidente Lula cometeu um equívoco ao impor 12 sedes, pois várias das cidades incluídas nesta lista não tinham tradição no futebol. O resultado foi estádios que viraram verdadeiros elefantes brancos, a exemplo de Brasília, que teve a construção da arena mais cara no país e que atualmente tem uma média de cinco mil torcedores nos jogos lá disputados.

Quando Porto Alegre acabou sendo escolhida uma das cidades-sede, a FIFA enviou à Prefeitura as exigências a serem cumpridas para que a capital gaúcha pudesse receber a Copa do Mundo. “Nós já estávamos negociando com o Sport Club Internacional, que garantiu reformar o Beira-Rio de acordo com as normas da FIFA. Porto Alegre foi a única cidade entre as 12 sedes que não injetou recursos públicos em estádios. Para tanto, nós abrimos mão dos impostos ISSQN em troca do empréstimo gratuito do Beira-Rio durante a Copa”, esclareceu.

Outra demanda da FIFA era a modernização do Aeroporto Salgado Filho, obra que foi totalmente realizada pela Infraero. A terceira exigência foi estabelecer regras de segurança. “Para isto, foi feito um processo de revitalização, que foi facilitado devido a ótima localização do estádio. Contudo, tivemos de retirar comerciantes irregulares que atuavam há muitos anos na área, além das quadras de duas escolas de samba”. Para melhorar o acesso ao estádio, foram duplicadas a avenida Beira Rio e corredores de ônibus da avenida Padre Cacique. “Isto só aconteceu porque renegociamos com o Governo Federal mais recursos no caderno de encargos da Copa, atingindo o montante de R$ 140 milhões”.

Fortunati percebeu que poderia incluir as principais obras de mobilidade da cidade em uma nova negociação. “Então, celebramos em Brasília a aprovação dos projetos de melhoramentos para avenida Tronco, Terceira Perimetral, Elevada da Rodoviária e a duplicação das avenidas Voluntários da Pátria e Severo Dullius, no valor de R$ 888 milhões”. Porém, nem tudo ocorreu como previsto. Entre as dificuldades que provocaram o atraso na entrega das obras, Fortunati enumera a descoberta de solo arenoso e de uma imensa rocha durante as escavações, a obrigação do Ministério Público de que se trocasse o turno diurno de trabalho dos operários pelo noturno, encarecendo e atrasando as obras, e uma devastadora crise econômica em nível nacional.

Revitalização da Orla do Guaíba

Em relação à revitalização da Orla do Guaíba, o ex-Prefeito explicou que os recursos iniciais foram contratados em 2016 com a Corporação Andina de Fomento, apesar de problemas havidos anteriormente com o projeto do VLT. “Ainda assim obtivemos um empréstimo de 90 milhões de dólares e contratamos o arquiteto e urbanista Jaime Lerner para realizar o projeto”. Simultaneamente em Brasília, ocorria o escândalo político da Lava Jato, que tirou o completamente o foco do Senado sobre projetos e obras no país. Mesmo assim, em um esforço da bancada de senadores gaúchos, o empréstimo foi aprovado.

O ex-Prefeito explicou que a terceira fase do projeto, que irá urbanizar a área que vai da foz do Arroio Dilúvio ao Parque Gigante, em frente ao Beira-Rio, será voltado para a atividade física. “Esta fase tem uma vocação esportiva, com 27 quadras de futebol society, infantil, poliesportiva, tênis, vôlei de praia e tênis de praia. Também terá a maior pista de skate da América Latina, além de academia ao ar livre e para a melhor idade e parque infantil”, explica.

Fortunati finalizou afirmando ser contra a extinção da Secretaria Municipal de Esportes. “Acho uma lástima que se tenha uma ideia equivocada, e muito propagada pela grande mídia, que defende pura e simplesmente a redução do número de Secretarias”. Ele também disse estar convencido que a reforma administrativa promovida pelo atual prefeito é um desastre, e afirmou que esta análise é corroborada por técnicos de vários órgãos municipais.


Fortunati



CREF2/RS comparece às finais do 38º Jogos Comerciários do SESC-RS
13/11/2018
Fonte: CREF2/RS

O vice-presidente Giovanni Bavaresco (CREF 001512-G/RS) esteve representando o CREF2/RS na abertura das finais do 38º Jogos Comerciários, realizado pelo SESC-RS, nos dias 10 e 11 de novembro, em Porto Alegre. As disputas foram realizadas nas modalidades atletismo adulto e master (masculino e feminino), canastra (mistro), futebol sete adulto e master (masculino), futebol de campo (masculino), futsal adulto (masculino e feminino) e master (masculino) e voleibol (masculino e feminino), reunindo cerca de 1,1 mil atletas, entre trabalhadores e empresários do comércio gaúcho.

A cerimônia, feita no Ginásio do SESC Protásio Alves, contou também com a presença da medalhista olímpica Maurren Maggi e de demais autoridades. “Os Jogos Comerciários, mais uma vez, está reunindo um número muito grande de participantes, de vários cantos do Estado, com o intuito primordial da promoção da qualidade de vida através do esporte”, avaliou Bavaresco.

Ao todo, a 38ª edição dos Jogos Comerciários teve a participação de atletas de 21 cidades, com as primeiras disputas sendo realizadas ainda no mês de julho. A lista completa dos vencedores pode ser conferida aqui.


SESC eventos



Faculdade Sogipa oferece desconto em pós-graduação em Ensino e Treinamento do Futebol e Futsal
27/09/2018
Fonte: CREF2/RS

Profissionais registrados no CREF2/RS podem se inscrever no curso de especialização em Ensino e Treinamento do Futebol e Futsal, da Faculdade Sogipa, com desconto de 25% na mensalidade. A atividade, coordenada por Antônio Cimirro (CREF 004716-G/RS), é destinada àqueles que se interessam pela modalidade, tanto Licenciados como Bacharéis, e querem desenvolver habilidades da prática do esporte e demais conhecimentos teóricos.

Com duração de 18 meses e carga horária total de 360 horas, o curso está previsto para iniciar já na próxima sexta-feira, dia 29 de setembro, em Porto Alegre. Inscrições podem ser feitas e mais informações podem ser obtidas diretamente nesta página.


Convênios cursos Sogipa



Câmara de Corrida de Rua se reúne com presidente da Federação Gaúcha de Montanhismo
17/09/2018
Fonte: CREF2/RS

A Câmara Técnica de Corrida de Rua, presidida por Cláudia Ramos Lucchese (CREF 002358-G/RS), realizou sua reunião mensal no dia 13 de setembro, na sede do CREF2/RS, contando com representantes de empresas organizadoras de Trail run e membros das equipes de corrida desta modalidade. Neste encontro, a Câmara trouxe o presidente da Federação Gaúcha de Montanhismo, Nelson Brugger (CREF 006884-G/RS), para que relatasse os protocolos de segurança física e de conservação do meio ambiente utilizados no montanhismo. Estes princípios devem ser discutidos e adaptados aos tópicos que estarão presentes na Cartilha de Trail run, que será editada pelo CREF2/RS, e dirigida à divulgação aos praticantes, à sociedade e aos profissionais de Educação Física das noções de boas práticas para competir nesta modalidade, respeitando o meio ambiente e, principalmente, permitindo uma prática segura do esporte.

O presidente da Federação Gaúcha de Montanhismo explicou que os montanhistas têm uma ação muito forte ligada ao meio ambiente e à difusão de práticas de mínimo impacto nos locais onde se praticam os esportes nos ambientes naturais. "Eu havia lido no site do CREF2/RS sobre a intenção da Câmara de Corrida de Rua de produzir um manual para adaptar o corredor urbano ao trail run. Pensei que a Federação deveria contribuir, pois temos uma grande experiência na orientação das pessoas que estão começando a prática de esportes em áreas naturais”.

Brugger esclareceu que uma pessoa correndo em um parque nacional, mesmo sem saber, ajuda a defender aquela área de preservação, pois quando você tem um grupo razoável ocupando estes espaços, inibisse a ação de caçadores, palmiteiros e garimpeiros. "Contudo, reforçamos a compreensão que estes espaços são mais frágeis e têm um equilíbrio delicado”. O montanhista explicou que todos os parques naturais apresentam alguma área aproveitável para a atividade física, tendo apenas que adaptar o tipo de público e de percurso ao terreno.

Ele reforçou a expertise que a Federação tem de orientação das pessoas sobre as recomendações e cuidados, tanto na proteção der meio ambiente, quanto referentes aos cuidados de segurança pessoal. "Isto vai desde como fazer um banheiro no meio do mato, o que se enterra no buraco e o que não pode ser deixado, a que distância tem que ficar de uma fonte de água, como identificar água potável, entre outros exemplos".

Quantos aos animais silvestres, Brugger disse existir um temor disseminado em relação a cobras e serpentes, mas que o animal que causa o maior número de acidentes mortais é a abelha. "Aconselhamos a não usar perfume ou desodorante quando for praticar atividades nestes lugares, pois o cheiro é um forte atrativo para os insetos. Isso não é uma coisa óbvia para um corredor de rua urbano", complementa.

O presidente da Federação analisa que os esportes da natureza são menos estruturados que os esportes tradicionais, apresentando uma informalidade maior. "Futebol e voleibol você aprende na escola. Surfe e escalada não", resume, e cita a Argentina e Chile como países na América Latina que estão na vanguarda da prática dos esportes na natureza.

Um artigo do ex-presidente do Instituto Estadual de Florestas do Rio de Janeiro, André Ilha, publicado no site da Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada (CBME) sobre a política de visitação em áreas protegidas corrobora a ideia de preservação defendida por Brugger. "Desta forma, acreditamos firmemente que, pelo menos, uma parcela destes visitantes, caso tenha tido uma experiência positiva de acordo com o seu interesse e a sua aptidão física, levantará a voz em defesa dos parques visitados, exigindo mais verbas, mais estrutura e mais fiscalização contra os verdadeiros criminosos. Na mesma linha, as pessoas que desenvolverem um vínculo afetivo com parques desfrutados através da experiência direta, serão aquelas que oferecerão o necessário anteparo político para barrar propostas legislativas que visem a reduzi-los, extingui-los ou “flexibilizar” suas regras de proteção para atender a poderosos interesses econômicos sempre à espreita".


Câmara Técnica de Corrida de Rua



CREF2/RS revela vencedores do Troféu Destaque 2018
03/09/2018
Fonte: CREF2/RS

Comemorando o Dia do Profissional de Educação Física, o CREF2/RS realizou no sábado, dia 1º de setembro, a cerimônia de entrega do Troféu Destaque 2018. O prêmio, que chegou ao seu sétimo ano consecutivo, homenageou as pessoas e as empresas que mais de destacaram ao longo do último ano, em 17 categorias diferentes. Os estabelecimentos que completaram dez anos de registro também receberam um certificado como forma de reconhecimento.

A abertura da cerimônia foi feita pela presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), que destacou a importância da data e o reconhecimento da premiação depois de seis edições. “O Dia do Profissional de Educação Física, que comemoramos com o Troféu Destaque, é um momento único no ano, em que podemos estar perto de muitos colegas e de sentir orgulho pelo que fazemos pela profissão e pela sociedade”, avaliou. A forma de escolha dos vencedores, com uma votação aberta no site do CREF2/RS para a definição dos três finalistas de cada categoria, também foi mencionada pela Presidente.

Confira os ganhadores:

Profissional de Academia:
Viviane Rigotti (CREF 000429-G/RS)
Graduada pelo IPA, Viviane possui pós-graduação em Ciências do Esporte pela UFRGS e formação na área de pilates pela STOTT. Participa constantemente de cursos de aprimoramento profissional na área, atuando como instrutora de ginástica localizada, step, bodypump e GAP, além da atividade de personal trainer. Atualmente, trabalha nas academias Bodytech, Fórmula e Ineex, em Porto Alegre.

Profissional da Saúde:
Alexandre Ritter (CREF 002070-G/RS)
Graduado pela UFRGS, Alexandre possui mestrado e doutorado em Ciências do Movimento Humano pela mesma Universidade. É professor da Diretoria de Esporte, Recreação e Lazer da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte de Porto Alegre. Atua principalmente nas áreas de postura corporal humana, em especial de crianças e adolescentes, e de exercício físico na promoção da saúde na terceira idade.

Profissional de Atividade Física na Empresa e Ginástica Laboral:
Cleber Picco (CREF 009417-G/RS)
Licenciado e bacharel em Educação Física pela Unijuí, Cleber possui também Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos. Como analista de lazer no SESI, coordenou o Programa de Ginástica na Empresa. É sócio-fundador e atualmente coordenador da Academia Fitness Center, em Horizontina, onde implementou o Programa de Ginástica Laboral e Consultoria para Empresas, que atende diversas organizações da região.

Profissional de Esporte Radical e de Aventura:
Felipe Raupp (CREF 001673-G/RS)
Fundador da Associação dos Surfistas de Torres, instituição por ele presidida, Felipe é responsável por diversas conquistas do esporte na cidade. Proprietário da Escola de Surf Felipe Raupp desde 1984, também em Torres, é arbitro e técnico da Federação Gaúcha de Surf e possui curso de técnico pela International Surfing Association. Tem experiência como free surfer nos Estados Unidos, Austrália, Peru, El Salvador e Nicarágua.

Profissional de Paradesporto e Atividade Adaptada:
Giuliano Liotto (CREF 019483-G/RS)
Especialista em Fisiologia do Exercício pela UGF, Giuliano é mestre em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS e Professor da URI – Erechim. Presidente da Associação Erechim de Judô, é também Membro da Special Needs Judo Union, entidade que rege o Judô Para Todos, além de técnico da Seleção Brasileira da modalidade. Desenvolveu o Projeto Judô Para Todos Erechim, que atende diversas crianças com deficiência no Judô escolar.

Profissional de Corrida de Rua:
Eduardo Remião (CREF 001855-G/RS)
Graduado em Educação Física pelo IPA e especialista em Fisiologia do Exercício e em Ciências do Esporte pela UFRGS, Eduardo é ex-atleta de atletismo e de triatlo, com títulos nacionais e internacionais. É personal trainer e técnico de corrida há mais de 25 anos. É ainda coordenador da Remião Treinamento Físico e um dos fundadores da Federação Gaúcha de Triathlon e da Associação de Assessorias Esportivas do Rio Grande do Sul.

Profissional com Atuação em Projetos Sociais:
Vinícius Flores (CREF 017362-G/RS)
Vinícius atua desde 2010 com a modalidade de tênis, e é idealizador do projeto social “Tênis na Comunidade”, de 2013. Através do projeto, que adapta quadras públicas de futsal para o tênis, treina alunos que figuram entre as melhores colocações no ranking estadual de Tênis. Também é servidor da Secretaria do Esporte e Lazer de Caxias do Sul, onde trabalha com a iniciação e formação da modalidade com cerca de 500 alunos do município.

Profissional de Recreação:
Silvana Maziero (CREF 009847-G/RS)
Graduada em Educação Física e especialista em Ensino Especial pela Universidade de Caxias do Sul, Silvana foi professora de ginástica aeróbica e atuou nas Escolas de Educação Infantil Karamelada, Vovó Lu e na Crecha Tia Fran. Atualmente coordena o Serviço de Recreação Terapêutica Hospitalar e Projetos Sociais do Hospital Geral de Caxias do Sul, desempenhando também a função de professora de natação para pacientes da ala infantojuvenil e de instrutora de Ginástica Laboral para os funcionários do Hospital.

Profissional de Escola:
Luiz Rossetto (CREF 005469-G/RS)
Graduado em Educação Física pela Universidade de Passo Fundo e pós-graduado em Ciência do Esporte pela mesma instituição, Luiz Valério trabalha há mais de 20 anos na antiga Escola Agrotécnica de Sertão, hoje IFRS Campus Sertão. Atualmente, treina equipes de voleibol e handebol masculinas e femininas, com participação em diversas competições estaduais. Também promove torneios de integração entre municípios próximos a Sertão.

Profissional de Lutas:
Alexandre Velly Nunes (CREF 001933-G/RS)
Doutor em Pedagogia do Movimento Humano pela Universidade de São Paulo, Alexandre é treinador de judô graduado pela Deutsch Judo Bund, da Alemanha. Foi professor da Academia Brasileira de Treinadores do Instituto Olímpico Brasileiro do COB e integrante da Comissão de Combate ao Doping da Confederação Panamericana de Judô. Atuou na organização dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e atualmente é professor adjunto da UFRGS.

Profissional Técnico Desportivo:
Dênio Peixoto (CREF 004135-G/RS)
Dênio é coordenador técnico do Departamento de Voleibol do Grêmio Náutico União desde 2005 e há nove anos atua como técnico das seleções gaúchas femininas da modalidade. Com experiência em categorias de base, profissional e voleibol escolar, possui experiência na organização de eventos esportivos e é, desde 2015, também técnico das equipes de voleibol do Colégio Batista.

Mérito da Educação Física:
Benno Becker Júnior (CREF 01644-G/RS)
Graduado em Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e em Psicologia pela PUC-RS, Benno é doutor em psicologia pela Universidade de Barcelona. Atualmente é professor convidado em diferentes universidades do país e do exterior, sendo ainda colaborador em periódicos na área da psicologia do esporte. É também vice-presidente da Federación Sudamericana de Deporte para la Paz.

Profissional do Ano:
Álvaro Laitano da Silva (CREF 000006-G/RS)
Especialista em Educação Psicomotora pela UFRGS, foi professor da rede pública de ensino estadual. Atualmente é professor da Faculdade de Educação Física da Ulbra nos Campus Gravataí e Guaíba, atuando principalmente nos temas educação física, natação, aprendizagem, futebol e história. Dedicou-se à defesa da profissão e dos profissionais junto ao Sindicato, Conselho e Associação dos Profissionais de Educação Física.

Pessoa Jurídica – Academia:
Mapi Academia – Canoas (CREF 001682-PJ/RS)
Com quase duas décadas de reconhecimento junto à comunidade de Canoas, a Mapi Academia conta com uma estrutura moderna, equipamentos de alta performance e uma grande diversidade de modalidades oferecidas aos seus frequentadores, como musculação, treinamento funcional, zumba, kangoo jump, yoga, muay thai, jiu-jitsu e ballet fitness. Possui ainda aulas específicas para crianças e para a terceira idade.

Pessoa Jurídica – Clube ou Sociedade:
Grêmio Sargento Expedicionário Geraldo Santana (CREF 000372-PJ/RS)
Um dos maiores clubes do Rio Grande do Sul, referência entre as entidades do mesmo porte, o Grêmio Sargento Expedicionário Geraldo Santana foi criado em 1948, a partir da união de duas entidades. Com um importante quadro associativo, atende, além de militares das três forças, associados civis. Na área de esportes, atua com atividades de ginásio e de piscina, em modalidades como futsal, vôlei, judô, natação e hidroginástica.

Personalidade do Ano:
Luiz Celso Giacomini (CREF 001449-G/RS)
Mestre em Ciências do Movimento Humano pela Universidade Federal de Santa Maria, Luiz é professor do curso de graduação de Educação Física da UFSM. Técnico de handebol com diversos títulos brasileiros e sul-americanos, atuou também à frente da Seleção Brasileira desta modalidade. Foi presidente da Federação Gaúcha de Handebol, presidente da Fundergs e membro da Associação Mundial Antidopagem. Atualmente é Secretário Nacional de Esporte de Alto Rendimento do Ministério do Esporte.

Veículo de Comunicação:
Radar Esportivo – Rádio Universidade AM – Santa Maria
No ar desde 1981 na Rádio Universidade AM, da Universidade Federal de Santa Maria, o Programa Radar Esportivo é dedicado exclusivamente ao esporte, sendo reconhecido por abrir espaço para todas as modalidades individuais e coletivas e eventos esportivos locais, regionais, estaduais, nacionais e internacionais. Produz entrevistas, reportagens, comentários, notícias, curiosidades, quadros e um toque especial dos sons do esporte.


Troféu Destaque



Vereadores farão Moção de Repúdio a MP que retira recursos do esporte
11/07/2018
Fonte: Site da Câmara Municipal de Porto Alegre

A elaboração de uma Moção de Repúdio ao texto da Medida Provisória (MP) nº 841/18 que, desde o dia 11 de junho, retira mais de R$ 541 milhões, oriundos de percentuais das apostas nas loterias federais, de projetos de incentivo ao esporte, em especial ao atletismo brasileiro, foi o encaminhamento adotado após debate sobre o tema, na tarde desta terça-feira (10/7), no encontro conjunto das comissões de Educação, Cultura, Esportes e Juventude (CECE), e de Defesa do Consumido, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh) do Legislativo Municipal. A reunião, por iniciativa do vereador André Carús (MDB), que sugeriu a redação do documento, contou com a presença de outros parlamentares e representantes de entidades esportivas.

Ao iniciar a discussão da pauta, Carús disse que a MP, da forma como foi apresentada não irá produzir os resultados pretendidos, que é o de reduzir a violência nas cidades a partir da transferência de boa parte dos recursos do esporte juvenil para o Fundo Nacional da Segurança. De acordo com o vereador, é preciso pressionar o governo federal para reverter a situação “com a máxima urgência, porque os danos já estão causando estragos”.

Retrocesso

Para o vice-presidente de formação de atletas do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), Fernando Manuel de Matos Cruz, a MP retrocede em conquistas que vinham sendo obtidas desde a Lei Pelé. Disse, ainda, que da parte percentual do que é arrecadado com as loterias e destinada ao esporte, só atingiu a área de incentivo à formação de jovens para o atletismo. “O prejuízo é grande porque esses recursos vinham sendo investidos em equipamentos, como a construção de pistas atléticas, piscinas e outros; no pagamento de profissionais e no fomento à participação de atletas em competições, o que agora não é mais possível”.

Cruz explicou como o recurso, em média de R$ 40 milhões anuais, era distribuído até que a MP entrasse em vigor e zerasse os repasses de 0,5% de todos os prognósticos de loterias aos cuidados do CBC. “Ao esporte escolar cabia 5%, ao esporte universitário 10%, ao comitê paraolímpico 15%, às despesas administrativas 20% e os 50% restantes ao esporte olímpico e aos clubes”.

Luciana Miorro, coordenadora de Projetos Esportivos do Grêmio Náutico União, declarou que é grande a expectativa dos jovens atletas com a possibilidade de reversão dos efeitos da MP. “Eles estão apreensivos porque foi graças a esses recursos que muitos puderam ser incluídos no esporte”, disse. Ela exemplificou que no União, entre outras formas de investimento, foi possível revitalizar o piso de dois ginásios e equipar o departamento médico, entre outras melhorias “que refletem no preparo dos atletas para competições nacionais e internacionais”.

José Haroldo Arataca, diretor técnico e treinador da Confederação Brasileira de Atletismo (CBA), considerou que, apesar de danosa pelo seu contexto, a MP teve um resultado positivo. “Já vim aqui nesta Casa Legislativa muitas vezes e é a primeira vez que vejo a união dos representantes das entidades em defesa do esporte”. Arataca, no entanto, lamentou não ver a indignação popular. “As pessoas choram pela nossa colocação em sexto no Mundial, mas não se manifestam ao fato de estarmos na 84º posição em educação”, criticou.

Segundo o diretor da CBA, os recursos cortados atingem ainda, o esporte escolar, inviabilizando qualquer iniciativa, como os tradicionais jogos universitários. Ele elogiou a gestão dos recursos que até então eram destinados ao CBC e comparou: “a pista da Sogipa, com o controle da entidade foi construída por R$ 1,8 milhões e uma semelhante, na Ufrgs custou cerca de R$ 10 milhões”. Arataca também lembrou que parte dos recursos cortados do atletismo foram para reforçar o próprio prêmio das loterias, que aumentou recentemente de valor, e também para o futebol, por força da pressão feita pela “bancada da bola”.

Equívoco

O vice-presidente da Federaclubes, Carlos Humberto Rigon, disse que a MP é um equívoco. Além de prejudicar imediatamente aos clubes mais estruturados, como Sogipa, União e Veleiros, corta, também, o sonho das entidades menores que vinham se organizando para a aprovação de projetos junto ao CBC. Ele adiantou que o tema será um dos pontos a ser debatido no Congresso da Federaclubes que acontece em Gramado nos próximos dias 20, 21 e 22 de julho.

Lauro Aguiar, vice-presidente do Conselho Regional de Educação Física da 2ªRegião (CREF2RS) informou que o tema vem sendo tratado, também, no âmbito da Assembleia Legislativa, onde uma Audiência Pública está sendo chamada para discutir os efeitos da MP 841/18. Ele lamentou os poucos fóruns de debate e criticou a falta de realização das Conferências do Esporte. “Não somos contra a segurança pública, mas entendemos que não adianta construir presídios se não investirmos em prevenção à violência e isso se faz com iniciativas como a do incentivo da prática do esporte, assim como de investimentos em educação e cultura para os nossos jovens”.

Mauro Myskin, vice-presidente do Colégio Brasileiro de Ciência do Esporte, afirmou que a extinção da secretaria de Esportes e as políticas públicas para o setor, em Porto Alegre, foram completamente abandonadas. Ressaltou a importância da união de todos para a derrubada da MP, o que considera fundamental para a continuidade de projetos que vinham sendo desenvolvidos pelas entidades e clubes.

Leonardo Monteiro, que representou o deputado federal João Derly (Rede) ressaltou que a MP, que entrou em vigor no dia 12 de junho, tem prazo de 45 dias para ser apreciada pelo Congresso, ou passará a trancar a pauta. Ele lembrou, no entanto, que como há o recesso de julho e a contagem é interrompida, o prazo deve vencer em meados de agosto. “A solução mais rápida é a de pressão sobre o governo para que ele reveja os efeitos da MP sobre o Esporte. Fora isso, ou é esperar a votação, que pode ser pela derrubada, alteração do texto ou aprovação, ou ainda, aguardar os 120 dias para ver a MP, caso não seja apreciada em plenário, perca automaticamente os seus efeitos”.

Paulo Eduardo Barbosa Santos, presidente do Conselho Municipal de Desportos (CMD) reforçou as críticas à falta de incentivo ao esporte na capital gaúcha. Disse que o tratamento em Brasília, com a MP é semelhante ao que vem sendo destinado ao setor em um ano e sete meses do atual governo. Que o CMD perdeu recursos orçamentários, sede e, assim como os demais, qualquer apoio para o desenvolvimento do trabalho dos conselheiros.

Medida

Em suas manifestações, os vereadores presentes ao encontro, assim como o proponente da pauta, se posicionaram contra a retirada de recursos do esporte. De acordo com Cassiá Carpes (PP), o problema da falta de verbas não é diferente de quando foi presidente da extinta Fundação de Esporte e Lazer do Estado do Rio Grande do Sul (Fundergs). "Era preciso muito jogo de cintura para podermos realizar algo", justificou. João Bosco Vaz (PDT) disse que a MP coloca uma pá de cal sobre qualquer possibilidade de investimento em esporte na capital, visto que o atual governo não realiza nenhum aporte ao setor, assim como nas demais áreas, como na social, "totalmente abandonadas pelo poder público".

Na mesma linha Sofia Cavedon (PT), lamentou o desmonte do esporte na cidade. Ela ainda ressaltou que devido aos projetos do Executivo que trancam a pauta, a Moção de Repúdio não poderá ser votada com a celeridade que merece e, portanto, "o melhor é coletar as assinaturas dos vereadores para remetê-la o mais rápido ao presidente da Câmara Federal". disse. Prof. Alex Fraga (PSol) alertou que é necessário deixar clara a intenção da interrupção imediata dos efeitos da MP na Moção, visto se permanecer com seus efeitos por quatro meses, até que perca o seu valor, "irá provocar estragos que só poderão ser recuperados no ano que vem".

Para a vereadora Comandante Nádia (MDB), presidente da Cedecondh, a união de esforços em prol do Esporte é importante. Disse que os vereadores estão engajados na luta das entidades e clubes para fazer valer o desejo da comunidade esportiva brasileira. Tarciso Flecha Negra (PSD), que presidiu o encontro, destacou que o esporte é capaz de salvar a vida de muitos jovens. Ele lembrou a sua história e a importância que o setor tem para coibir a violência. Da mesma forma a vereadora Mônica Leal (PP) informou que assinará a Moção. Para ela, não se pode colocar em confronto a Segurança e o Esporte. "Cada um dos setores tem a sua importância e devem ter a atenção dos governos", declarou. O vereador Alvoni Medina (PRB), também participou do encontro.

Texto: Milton Gerson (reg. prof 6539)
Edição: Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154)
Foto: Andielli Silveira/CMP


epúdio a MP que retira recursos do esporte



CREF em Revista discute questões de gênero na Educação Física Escolar
01/06/2018
Fonte: CREF2/RS

A nova CREF2/RS em Revista, que tem como tema de capa as questões relacionadas à diversidade e à igualdade de gênero, já está disponível para leitura pela Internet e para download. A publicação discute como os profissionais de Educação Física que atuam nas escolas devem agir frente aos conflitos que surgem diariamente, desconstruindo a oposição que existe entre o masculino e o feminino.

Com o intuito complementar o debate sobre este assunto, a reportagem de capa é acompanhada pelo perfil de Eduarda Luizelli (CREF 004280-G/RS), uma das profissionais pioneiras na disseminação do futebol feminino do Rio Grande do Sul. Há ainda matérias sobre os benefícios da caminhada nórdica, sobre a presença da ginástica rítmica gaúcha nos Jogos Escolares da Juventude, sobre as ações de fiscalização realizadas pelo CREF2/RS na fronteira com Santa Catarina e sobre o Fórum de Mobilização Gaúcha pela Educação Física Escolar, ocorrido em Torres.

Você também pode acessar a edição online da nossa publicação diretamente pela plataforma Issuu, cujo aplicativo gratuito está disponível para tablets e para smartphones em geral.


revista diversidade gênero futebol feminino



CREF2/RS revela vencedores do Troféu Destaque 2017
04/09/2017
Fonte: CREF2/RS

Comemorando o Dia do Profissional de Educação Física, o CREF2/RS realizou na última sexta-feira, dia 1º de setembro, a cerimônia de entrega do Troféu Destaque 2017. O prêmio, que chegou ao seu sexto ano consecutivo, homenageou as pessoas e as empresas que mais de destacaram ao longo do último ano, em 15 categorias diferentes. Os estabelecimentos que completaram dez anos de registro também receberam um certificado como forma de reconhecimento durante a noite.

A abertura da cerimônia foi feita pela presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), que destacou a importância da data e o reconhecimento da premiação depois de cinco edições. “O Dia do Profissional de Educação Física, que comemoramos com o Troféu Destaque, é um momento único no ano, em que podemos estar perto de muitos colegas e de sentir orgulho pelo que fazemos pela profissão e pela sociedade”, analisou. A forma de escolha dos vencedores, com uma votação aberta no site do CREF2/RS para a definição dos três finalistas de cada categoria, também foi mencionada pela Presidente. “Somos mais de 25 mil registrados e queremos que todos participem, tanto do Troféu Destaque como do dia a dia do Conselho. Esta é a nossa maior honra”.

Confira os ganhadores:

Mérito da Educação Física
Vilson Fermino Bagatini (CREF 000009-G/RS)
Formado em Educação Física e em Pedagogia, Bagatini possui diversos cursos de aperfeiçoamento na área e é pós-graduado em Técnicas Esportivas em Futebol, Handebol e Voleibol e Mestre em Educação pela Universidade de Paris. Autor de 12 livros, foi docente de dezenas de cursos no Brasil e no exterior e Delegado Regional da FIEP, sendo agraciado pela instituição com a Cruz de Prata de Honra Internacional.

Profissional do Ano
Pedro Rodrigues Curi Hallal (CREF 024120-G/RS)
Mais jovem reitor a ocupar o cargo na Universidade Federal de Pelotas, assumiu a liderança da instituição em 2017. Possui mestrado e doutorado em Epidemiologia pela Universidade e realizou estágio pós-doutoral no Instituto de Saúde da Criança em Londres. É um dos sócios-fundadores da Sociedade Brasileira de Atividade Física e Saúde e bolsista de produtividade do CNPq.

Profissional de Academia
Roberta Forini Ortega (CREF 012398-G/RS)
Formada pela Universidade Federal de Pelotas, atua desde 2001 em academias. Em Pelotas, atuou com musculação, ginástica, natação e hidroginástica, ministrando também aulas de bike, local, step, combate e lecionando também na Faculdade Anhanguera de Pelotas. Em Porto Alegre desde 2012, atua nas academias Natasul e Fórmula, como personal trainer e professora em diferentes modalidades.

Profissional de Atividade Física na Empresa e Ginástica Laboral
Aline de Andrades Silva (CREF 017502-G/RS)
É graduada pela UNISC e atua desde 2006 na área de licenciatura e de bacharelado. Trabalhou junto a Escolas de Educação Infantil, com Recreação e Lazer, tendo atuado ainda como personal trainer. Atualmente, trabalha com Atividade Física na Empresa e Ginástica Laboral, além de atividades aquáticas, como natação infantil e hidroginástica.

Profissional com Atuação em Projetos Sociais
Paulo Cezar Mello (CREF 003951-G/RS)
É professor da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia da Universidade de Passo Fundo e coordenador adjunto do curso de Educação Física Licenciatura no Campus Soledade da Universidade. Na UPF, coordena o Projeto de Extensão “Educação Inclusiva Equoterapêutica”, que concorreu ao Prêmio Educação RS em 2016, do Sinpro. É também diretor da Escola Municipal de Autistas Profª Olga Caetano Dias, de Passo Fundo.

Profissional de Escola
César Augusto Osorio Dornelles (CREF 000875-G/RS)
Pós-graduado em Ciência do Desporto e em Psicomotricidade pela UFRGS, Cesar possui atuação voltada ao ensino da prática pedagógica da Educação Física em nível do pré-escolar e Ensinos Fundamental e Médio, e no desporto escolar de voleibol e atletismo. Atualmente trabalha no Colégio Estadual Júlio de Castilhos, como professor e treinador de voleibol, e na Escola Infantil Tartaruguinha Verde como professor de Psicomotricidade.

Profissional de Paradesporto e Atividade Adaptada
Cláudia Regina Alfama (CREF 006362-G/RS)
É especialista em Ética e Educação em Direitos Humanos pela UFRGS. É profissional de Educação Física da FADERS – Acessibilidade e Inclusão há 23 anos, onde atualmente coordena o Núcleo Estadual do Paradesporto. Faz parte ainda do Comitê Paralímpico Brasileiro, atuando como técnica de voleibol sentado e de bocha paralímpica da Associação Nacional de Desporto para Deficientes.

Profissional de Recreação
Eneida Feix (CREF 002116-G/RS)
É especialista em Educação Psicomotora, em Lazer e Recreação e em Jornalismo Esportivo e possui mestrado na área de Ciências do Movimento Humano. Tem 40 anos de experiência na área de Recreação, com atuação no Ministério do Esporte, na Secretaria Municipal de Educação e de Esportes, Recreação e Lazer de Porto Alegre, na FUNDERGS e nos Ensinos especial, Fundamental, Médio e Superior.

Profissional Técnico Desportivo
André Luís Rocha Scott (CREF 001215-G/RS)
É atualmente coordenador do Departamento de Basquete do Grêmio Náutico União, além de técnico nas categorias de base e principal do esporte no clube, onde trabalha desde 1992. Atuou como técnico da modalidade também no colégio LaSalle Santo Antônio, onde era professor nos Ensinos Fundamental e Médio. Treinou ainda a Seleção Gaúcha de Basquete nas categorias sub-13, sub-15 e sub-17.

Profissional de Corrida de Rua
Leonardo Rossato Ribas (CREF 003760-G/RS)
Especializado em fisiologia do exercício e em treinamento de atletismo, atua na Sogipa e no grupo PerCorrer. Como treinador de atletismo, participou dos últimos mundiais de atletismo e de revezamento, além dos Jogos Olímpicos do Rio, como treinador da seleção brasileira. Atua também com corrida e caminhada recreativa, com o objetivo maior de proporcionar mais saúde, socialização e qualidade de vida aos praticantes.

Profissional de Saúde
Emilian Rejane Marcon (CREF 002792-G/RS)
É mestre em Ciências da Saúde pela Fundação Universitária de Cardiologia e Doutora em Medicina – Ciências Cirúrgicas pela UFRGS, atuando como pesquisadora nas áreas de obesidade mórbida, exercício físico e cirurgia bariátrica. Atualmente, trabalha no Hospital de Clínicas de Porto Alegre e na Unidade Básica Santa Cecília, onde desenvolve um programa de exercícios físicos para pacientes pré e pós-cirurgia bariátrica.

Clube ou Sociedade
Clube do Professor Gaúcho (CREF 000269-PJ/RS)
O Clube do Professor Gaúcho é a única agremiação social de educadores do Brasil e maior clube classista da América do Sul. Foi fundado em 1966 sob o lema: “a união de uma classe materializada em concreto”. Mantém atualmente três sedes sociais, em Porto Alegre, Santa Maria e Balneário Pinhal, sendo um consagrado espaço de sociabilidade que proporciona convívio entre professores de todas as instituições de ensino.

Academia
Cia Athlética (CREF 001430-PJ/RS)
Presente no mercado há 30 anos, a Cia. Athletica atende 35.000 alunos e conta com 18 unidades pelo Brasil. Em Porto Alegre, conta com ambiente moderno com 3000m² e mais de 30 modalidades de aulas coletivas. A partir de avaliação física e nutricional, sua equipe de profissionais especializada desenvolve um programa completo de atividades de acordo com o perfil, objetivos, preferências e disponibilidade de tempo do aluno.

Veículo de Comunicação
Vozes do Esporte – Rádio Charrua
É um programa de conversa e entrevistas sobre o esporte local e em geral, sendo o mais tradicional programa de esportes da Fronteira Oeste do Estado. Criado para fomentar, discutir, organizar e melhorar o esporte na cidade de Uruguaiana, é apresentado por Vicente Majó da Maia. Está no ar há dezoito anos, sendo cinco na Rádio Charrua, e foi responsável por diversas conquistas na área esportiva da região.

Personalidade do Ano
João Derly
É ex-judoca, bicampeão mundial da modalidade, e também campeão em diversos outros torneios. Participante ativo de campanhas sociais quando atleta, após aposentar-se do judô de alto rendimento fundou o Instituto Pódium, projeto que leva o judô gratuitamente a crianças em situação de vulnerabilidade social. Eleito vereador em 2012 e deputado federal em 2014, tem como principais bandeiras o esporte e as causas sociais.


Troféu Destaque



Câmara Técnica de Futebol promove palestra sobre “Design Thinking”
29/08/2017
Fonte: CREF2/RS

Mais de 30 profissionais e estudantes de Educação Física assistiram nesta tarde, dia 29, a palestra “Abrindo novas oportunidades no Futebol”, ministrada por Rafael Freitas Barbosa, que tem em seu currículo bacharelado em Administração e mestrado em Economia, tendo experiência como professor de Mercado Financeiro, Finanças Comportamentais e Empreendedorismo. Ele é co-fundador do Mais Lab+Ideias+Ação Desenvolvedora de Negócios. O evento foi uma realização da Câmara Técnica de Futebol do CREF2/RS.

Barbosa apresentou em sua palestra uma abordagem sistemática para a inovação, denominada Design Thinking. Segundo o professor, novas ideias devem surgir com base na perspectiva do cliente, uma das melhores estratégias para direcionar as escolhas do empreendimento e verificar oportunidades de negócio. “Cada pessoa tem que descobrir o que sabe fazer bem, e dentro de uma zona de segurança, ir testando suas possibilidades até chegar ao seu nicho profissional. Não somos ensinados a tomar iniciativas. Com esta ferramenta, construímos nossa própria fórmula”, explica.

Segundo o professor, um exemplo prático desta prática é como a tecnologia da informação vem transformando as pessoas em cidadãos digitais, em busca de experiências em tempo real e personalizadas, a qualquer momento. “Steve Jobs é o grande artífice desta revolução”, define. Para Barbosa, o caminho usual na construção de um empreendimento passa pela formação de custos. “Fico impressionado com a enorme velocidade com que academias abrem e fecham suas portas em sequência”. Por isso, aconselha, é sempre necessário desenhar um negócio que funcione com o menor custo possível.

O foco é a centrado na compreensão dos anseios das pessoas para as quais se cria um produto ou serviço. Também é importante transformar desafios em oportunidades, experimentando novos pontos de vista e ter agilidade na produção da ideia, para aprender com os erros e evoluir rapidamente. “Na realidade, Design Thinking é menos Thinking e mais Saber. É o renascimento de uma nova atitude, combinada com tecnologia e ciências cognitivas, somada à beleza de produzir algo que as pessoas não sabiam que necessitavam”, afirma.


Câmara Técnica de Futebol



Câmara Técnica de Futebol realiza palestra nesta terça-feira no CREF2/RS
28/08/2017
Fonte: CREF2/RS

A Câmara Técnica de Futebol irá realizar amanhã, dia 29 de agosto, uma palestra na sede do CREF2/RS, aberta para profissionais de Educação Física e demais acadêmicos do curso. A atividade, que vai abordar as novas oportunidades de atuação no futebol, será ministrada por Rafael Freitas Barbosa, co-fundador do MaisLab Ideias e Ação Desenvolvedora de Negócios e com experiência em mercado financeiro e empreendedorismo. A palestra terá entrada gratuita e as inscrições poderão ser feitas diretamente no local.

Palestra “Abrindo Novas Oportunidades Profissionais no Futebol”
Data: terça-feira, dia 29 de agosto, das 13h30 às 17h30
Local: CREF2/RS – Salão de Festas
Endereço: Rua Coronel Genuíno, 421/401 – Centro
Inscrições: gratuitas no local


Futebol Palestra



CONFEF divulga nota de repúdio à decisão que autoriza ex-goleiro Bruno a dar aulas de futebol
09/08/2017
Fonte: CONFEF

Diante da recente decisão proferida pela 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais da Comarca de Varginha, em Minas Gerais, que promoveu o ex-goleiro Bruno Fernandes a função de professor, permitindo o ensino do futebol a crianças e adolescentes como parte do pagamento de sua pena, o CONFEF manifesta o seu mais veemente repúdio e preocupação, entendendo ser um descaso da Justiça oferecer a jovens referência tão imprópria em seu processo de formação. Deste modo, o Conselho compromete-se a mobilizar as entidades representantes dos direitos das crianças e adolescentes a fim de reverter a decisão.

Anteriormente, uma determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) impediu que o ex-atleta exercesse a sua profissão de goleiro de Futebol. A Justiça mineira, no entanto, autorizou Bruno a ministrar aulas de futebol a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, econômica ou familiar. Com a nova decisão, o ex-goleiro poderá exercer a função de professor sem a formação acadêmica necessária. Que conhecimento didático, metodológico e ético possui este condenado? Quais valores morais e sociais este indivíduo transmitirá a estes jovens?

A decisão é perigosa e traz riscos, sobretudo à saúde de crianças e adolescentes, assim como ao desenvolvimento das competências e habilidades motoras, tão necessárias de serem ensinadas com ética e competência. Os princípios como respeito à integridade física, mental e social da criança e do adolescente foram preteridos por um olhar exclusivamente técnico sob o ponto de vista jurídico, unilateral e descontextualizado da ótica social. A decisão judicial desrespeita também a Convenção sobre os Direitos das Crianças, que em seu artigo 3º estabelece que “todas as ações relativas às crianças, levadas a efeito por instituições públicas ou privadas de bem-estar social, tribunais, autoridades administrativas ou órgãos legislativos, devem considerar, primordialmente, o interesse maior da criança”.

O CONFEF não questiona a importância das políticas públicas prisionais, que focam no trabalho como oportunidade de recuperação de detentos e remição da pena. Contudo, entende que a decisão da justiça estica a corda ao limite máximo da compreensão e torna o instrumento de reinserção social difícil de ser aceito em sua forma, alcance e eficiência.


CONFEF



CREF2/RS divulga vencedores do sorteio Convenção Brasil 2017
01/06/2017
Fonte: CREF2/RS

O Conselho sorteou, entre terça e quinta-feira, dias 30 de maio e 1º junho, respectivamente, 21 vagas para os cursos do Convenção Brasil deste ano. A programação completa do evento, que irá ocorrer de 8 a 11 de junho, no Parque Esportivo da PUCRS (Avenida Ipiranga, 6690 – Prédio 81), está disponível aqui.

Todos os vencedores estão sendo contatados por e-mail e deverão responder a mensagem, confirmando presença. No dia de cada curso, os nomes dos contemplados estarão no estande de credenciamento será necessária a apresentação de um documento de identidade com foto para a realização da inscrição, de forma totalmente gratuita.

Confira os vencedores:

Curso Fitness nº 01: “Personal Premium: Treinamento & Gestão”
Cristiane Ribeiro Braga (CREF 016623-G/RS)

Curso Fitness nº 06: “Treinamento de Boxe Feminino”
Cristiane Russo Ferreira (CREF 008628-G/RS)

Curso Gestão nº 14: “Coordenador: Talento para Ser Líder”
Fabio de Souza Lucio (CREF 024469-G/RS)

Curso Wellness nº 18: “Funcional Dance”
Eduardo Fagundes da Silva (CREF 025161-G/RS)

Curso Wellness nº 21: “Exercício Físico na Empresa: um Negócio Rentável para Todos”
Felipe Benevides (CREF 009974-G/RS)

Curso Wellness nº 26: “Lesões no Fitness e no Esporte”
Elisandra Souza Soares dos Santos (CREF 022177-G/RS)

Curso Esporte nº 30: “Treinamento de Corrida: do Iniciante ao Campeão”
Isabel Cristina da Silva Cunha (CREF 016468-G/RS)

Curso Fitness nº 02: “Boxe Funcional”
Jonata Cesar Macagnan Teles (CREF 013206-G/RS)

Curso Fintess nº 10: “A Base do Levantamento de Pesos para o CrossTraining e Treinamento Funcional”
Monalize Cândido Pacheco (CREF 024642-G/RS)

Curso Gestão nº 15: “Como Evitar os 10 Erros Fatais na Gestão”
Mayara Machado Rodrigues (CREF 022385-G/RS)

Curso Wellness nº 19: “Workshop de Liberação Miofascial”
Leandro da Silva Pereira (CREF 023175-G/RS)

Curso Wellness nº 22: “Mat Pilates Original”
Aline Cerqueira Gomes (CREF 009127-G/RS)

Curso Acqua nº 32: “Hidro Acqua Performance: Treinamento Aquático Aplicado no Desempenho Motor”
Fernando Mattos Fernandes (CREF 009640-G/RS)

Curso Fitness nº 4: “Kettlebell: do Fitness ao Treinamento Físico Funcional”
Fátima Aparecida Cunha de Almeida (CREF 012736-G/RS)

Curso Fitness nº 12: “Treinamento Feminino”
Caroline Maria Mielke (CREF 024633-G/RS)

Curso Gestão nº 17: “Empreendedor Fitness Digital”
Vivian Escoteguy Pereira (CREF 020474-G/RS)

Curso Wellness nº 20: “A Avaliação Física Pode Melhorar seus Resultados”
Aline Duarte da Silveira (CREF 023181-G/RS)

Curso Wellness nº 24: “Ginástica Laboral: Oficinas Práticas, Planejamento e Inovação de Programa”
Luális Alves (CREF 024359-G/RS)

Curso Esporte nº 28: “Inovação no Futsal e Futebol”
Ariel Da Forno Mastella (CREF 024116-G/RS)

Curso Nutrição nº 33: “Nutrição e Treinamento Esportivo: Estratégia para Alta Performance”
Glaciane Girardello (CREF 011330-G/RS)


Convenção Brasil



Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física reúne representantes de 30 instituições de ensino
29/05/2017
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS realizou, nos dias 26 e 27 de maio, o VII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul. O evento, que ocorreu pela primeira vez na FADERGS, em Porto Alegre, reuniu cerca de 30 representantes de instituições de ensino de todo o Estado, para debater assuntos relacionados ao estágio e à fiscalização, bem como ao empreendedorismo e à educação a distância.

A abertura do evento, que contou com a presença do presidente do CONFEF Jorge Steinhilber (CREF 000002-G/RJ), foi feita pela presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS). A sua fala, além de destacar o trabalho feito pelo Sistema CONFEF/CREFs visando o fortalecimento da profissão, que atualmente conta com 500 mil registrados em todo o país, foi complementada por Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional. “O Fórum, que surgiu com a demanda de debater assuntos importantes para o dia a dia das faculdades, chega ao seu sétimo ano, com um histórico de grandes discussões, sobre temas como políticas públicas, tecnologia e saúde mental, entre outros mais”, comentou.

Já Steinhilber aproveitou a sua saudação inicial também para destacar o número significativo de coordenadores presentes no Fórum. “Isto mostra que o nosso ensino está nas mãos de pessoas preocupadas em discutir o futuro dos profissionais que estão sendo formados pelas faculdades. O Conselho, atuando politicamente, enfrenta os mesmos desafios dos professores, que é solidificar a Educação Física em todos os seus âmbitos”.

Palestras e debates

A primeira apresentação foi feita pela assessora jurídica do CREF2/RS Cristiane Costa e pela coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS). Elas explicaram o funcionamento do procedimento de fiscalização, do momento da visita aos trâmites jurídicos finais, e como a lei de estágio é inserida neste contexto. “O Conselho só verifica se há o termo de estágio assinado e já tivemos casos em que a pessoa autuada colocou a culpa na Universidade por estar fora da sua área. Eles alegaram que não tiveram a informação sobre a divisão entre a Licenciatura e o Bacharelado e que sempre tiveram autorização para fazer estágio fora do seu curso”, relatou a dupla.

O assunto, complementado por tópicos relacionados à responsabilidade técnica de academias e à disputas judiciais que o Sistema CONFEF/CREFs enfrenta atualmente quanto às lutas, ao futebol e à dança, teve prosseguimento com a palestra de Steinhilber. O Presidente do CONFEF numerou as parcerias que existem entre as instituições de ensino e os Conselhos Profissionais e apresentou um breve panorama da Educação Física e da sua evolução enquanto curso superior. “Os professores universitários precisam, mais do que nunca, auxiliar os acadêmicos para que eles criem uma identidade profissional desde o primeiro semestre”, analisou.

O segundo dia de evento, no sábado pela manhã, teve início com a palestra de Marcelo Curth (CREF 011605-G/RS), que trouxe para discussão o empreendedorismo na Educação Física. Com larga experiência na área, ele destacou que muitos egressos do curso de Educação Física têm o perfil empreendedor e que, por causa disto, as faculdades deveriam explorar mais este tema em seus currículos. “A maioria das instituições de ensino tem disciplinas de gestão, mas ainda não se dá aula com ênfase no empreendedorismo. As ferramentas necessárias para quem pretende abrir o seu próprio negócio ainda são pouco estudadas nos cursos de Educação Física”.

A última parte do Fórum foi marcada pela mesa redonda “Educação a Distância”, com as presenças de Steinhilber e de Dari Göller (CREF 002469-G/RS), da UNIJUÍ. Neste momento, todos os coordenadores puderam relatar as experiências que vivenciam em suas faculdades e o Presidente do CONFEF ainda pode reforçar o entendimento que a Educação Física não pode ser transformada em um curso totalmente a distância. O “CONFEF, junto ao Conselho Nacional de Saúde, já se movimenta na Câmara de Deputados para barrar esta ideia”, adiantou. “O EAD só pode existir se tiver qualidade, com estágios obrigatórios, material didático bem elaborado e exigências avaliativas. O desafio é fazer com que os alunos estabeleçam uma relação de troca com os outros estudantes e uma identidade profissional, mesmo longe da sala de aula”, complementou Göller.


Fórum de Coordenadores Ensino Superior



CREF2/RS sorteia 21 cursos da Convenção Brasil 2017
16/05/2017
Fonte: CREF2/RS

O Conselho vai sortear, a partir do dia 30 de maio, 21 vagas para alguns dos cursos que serão oferecidos na Convenção Brasil deste ano, entre os dias 8 e 11 de junho, no Parque Esportivo da PUCRS (Avenida Ipiranga, 6690 – Prédio 81). As inscrições já estão abertas e podem participar todos os profissionais com registro ativo e em dia com suas obrigações estatutárias. Pessoas Jurídicas com Responsável Técnico ativo também estão aptas a concorrer. Clique aqui e confira o regulamento completo.

Para participar, é necessário apenas preencher o formulário disponível neste link e selecionar os cursos de interesse (pode ser mais de um – não há limite no número de inscrições). Os profissionais que forem contemplados com uma das vagas serão automaticamente excluídos dos próximos sorteios. Em www.convencaobrasil.com.br, é possível conferir os dias e os horários de cada atividade. Há em disputa uma vaga para cada curso.

As inscrições serão encerradas sempre às 12h do dia anterior ao sorteio de cada curso e os sorteios serão realizados a partir de terça-feira, dia 30 de maio, na sede do CREF2/RS. Confira as datas de sorteio e os respectivos cursos:

30 de maio:
Curso Fitness nº 01: “Personal Premium: Treinamento & Gestão”
Curso Fitness nº 06: “Treinamento de Boxe Feminino”
Curso Gestão nº 14: “Coordenador: Talento para Ser Líder”
Curso Wellness nº 18: “Funcional Dance”
Curso Wellness nº 21: “Exercício Físico na Empresa: um Negócio Rentável para Todos”
Curso Wellness nº 26: “Lesões no Fitness e no Esporte”
Curso Esporte nº 30: “Treinamento de Corrida: do Iniciante ao Campeão”

31 de maio:
Curso Fitness nº 02: “Boxe Funcional”
Curso Fintess nº 10: “A Base do Levantamento de Pesos para o CrossTraining e Treinamento Funcional”
Curso Gestão nº 15: “Como Evitar os 10 Erros Fatais na Gestão”
Curso Wellness nº 19: “Workshop de Liberação Miofascial”
Curso Wellness nº 22: “Mat Pilates Original”
Curso Esporte nº 27: “Brincadeiras e Jogos”
Curso Acqua nº 32: “Hidro Acqua Performance: Treinamento Aquático Aplicado no Desempenho Motor”

1º de junho:
Curso Fitness nº 4: “Kettlebell: do Fitness ao Treinamento Físico Funcional”
Curso Fitness nº 12: “Treinamento Feminino”
Curso Gestão nº 17: “Empreendedor Fitness Digital”
Curso Wellness nº 20: “A Avaliação Física Pode Melhorar seus Resultados”
Curso Wellness nº 24: “Ginástica Laboral: Oficinas Práticas, Planejamento e Inovação de Programa”
Curso Esporte nº 28: “Inovação no Futsal e Futebol”
Curso Nutrição nº 33: “Nutrição e Treinamento Esportivo: Estratégia para Alta Performance”


Convenção Brasil



Câmara Técnica de Futebol fará reuniões itinerantes nas Instituições de Ensino Superior
08/05/2017
Fonte: CREF2/RS

O presidente da Câmara Técnica de Futebol, Alessandro Gamboa (CREF 001534-G/RS), afirmou na última sexta-feira (5) que está empenhado em aumentar o quórum de presenças nas reuniões, mesmo que os encontros já tenham contado com a presença de reconhecidos profissionais da área. Para atrair os participantes, Gamboa aprovou com o professor do IPA, Luiz Afonso Gomes (CREF 000484-G/RS), a promoção de reuniões itinerantes. “Iniciaremos este novo formato por Porto Alegre e Região Metropolitana, para posteriormente avançarmos pelo interior do Estado”, afirma. Com isto, deduz Gamboa, haverá uma aproximação concreta da Câmara junto aos professores da futebol em suas próprias faculdades.

De acordo com o presidente da Câmara, a pauta das reuniões itinerantes tratará em primeiro lugar do mercado de trabalho, focado no aspecto lazer, esporte e recreativo. “Basicamente para quem quer trabalhar com futebol de forma recreacional, visando atividade física, bem-estar e saúde”. Gamboa pontua que o mercado para quem trabalha neste nicho enfrenta dificuldades. "Apesar do Brasil ser o país do futebol, o mercado tem baixíssimo nível de absorção de profissionais, pois os maiores investimentos vão para o futebol de alto rendimento". Gamboa cita como exemplo Porto Alegre, onde os profissionais que atuam no Inter ou no Grêmio estão bem posicionados, mas se atuarem na várzea, enfrentarão condições mínimas de trabalho.

O segundo foco, afirma Gamboa, é a criação de eventos. “Iniciaremos com cursos pequenos, trazendo um profissional que atue no futebol, seja jogador, treinador ou juiz, para ele repassar conhecimentos durante um dia”. Outra possibilidade aventada serão palestras com administradores de empresas, para ensinar as melhores ferramentas de gestão do mercado de trabalho. “Mais adiante, se tudo evoluir bem, pensamos em um congresso multidisciplinar de futebol", concluiu Gamboa.

Os profissionais de Educação Física que desejarem participar da Câmara de Futebol podem enviar um e-mail para administrativo@crefrs.org.br. Eles serão informados das datas e locais das próximas reuniões.


Câmara Técnica de Futebol



Sistema CONFEF/CREFs é contra anteprojeto que permite treinador de futebol sem formação
12/04/2017
Fonte: CONFEF

Está em tramitação, na Câmara dos Deputados, um anteprojeto que busca a reforma da Lei Pelé e do Estatuto do Torcedor. A proposta, que atualmente é analisada pela Comissão Especial de Reformação da Legislação do Esporte, propõe permitir que ex-atletas, sem a devida formação superior, possam atuar como treinadores de futebol.

Para o relator da Comissão e deputado federal Rogério Marinho, o projeto se preocupa com o futuro dos ex-jogadores de futebol, que ao longo de suas carreiras não tiveram a oportunidade de estudar. O Sistema CONFEF/CREFs, por outro lado, considera a medida um retrocesso, pois autoriza que indivíduos sem o devido conhecimento científico, biológico, pedagógico e ético atuem na área dos profissionais de Educação Física, colocando a saúde de diversas pessoas em risco.

De acordo com o CONFEF, os parlamentares deveriam instigar o estudo ao longo da carreira esportiva de todos os atletas brasileiros, bem como incentivar as entidades do desporto a exigir o curso de Educação Física para a função de treinador. “Sem a orientação para que as escolinhas de futebol sejam conduzidas apenas por profissionais qualificados, contribuímos para a manutenção de um círculo vicioso de desníveis sociais. Portanto, temos a obrigação de reverter este processo e dar a todos o direito de um atendimento de qualidade”, escreveu em uma nota comentando o projeto.

A proposta ainda precisa ser aprovado pela Comissão Especial de Reformulação da Legislação do Esporte para seguir para votação no Plenário. Mais informações aqui.


Futebol treinador de futebol



CREF2/RS se solidariza com Associação Chapecoense de Futebol
29/11/2016
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS se solidariza com a Associação Chapecoense de Futebol e com todas as famílias envolvidas neste momento de muita dor.

Lamentamos profundamente o acidente aéreo ocorrido ontem, na Colômbia, e deixamos aqui a nossa homenagem e também o nosso reconhecimento ao preparador físico Anderson Paixão (CREF 003971-G/RS) e aos outros tantos profissionais da comissão técnica que viajavam junto com o time.

#ForçaChape


CREF2 RS Chapecoense



Ministro do Esporte defende obrigatoriedade da Educação Física no Ensino Médio
19/10/2016
Fonte: Ministério do Esporte

O ministro do Esporte Leonardo Picciani participou, no começo deste mês, da audiência pública da Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados para falar sobre os Jogos Olímpicos e Paralímpicos e sobre o legado dos megaeventos. Questionado pelos parlamentares sobre a proposta que retiraria a obrigatoriedade das aulas de Educação Física do currículo do Ensino Médio, Picciani se mostrou contrário à medida.

“Minha posição, enquanto ministro do Esporte, é pela defesa da permanência da Educação Física como matéria curricular obrigatória, mas é inegável que o Ensino Médio precisa de uma reforma que modernize e o torne mais aplicável à vida das pessoas”, opinou o Ministro. “Devemos avançar na prática da Educação Física, ofertando a disciplina a todos os estudantes, sempre com a presença de profissionais da área”, complementou.

A reunião da Comissão do Esporte também discutiu sobre os rumos do esporte para os próximos ciclos olímpicos e paralímpicos. Para Picciani, o principal legado é a inspiração para que as pessoas pratiquem, vivam e acompanhem o esporte, entendendo-o como uma política pública fundamental para a qualidade de vida e para o desenvolvimento humano. No encontro, também estiveram presentes o secretário de Alto Rendimento do Ministério do Esporte Luiz Lima e o secretário nacional de Futebol Gustavo Perrella. O deputado federal César Halum é quem preside a Comissão do Esporte na Câmara.

Foto: Roberto Castro/Ministério do Esporte


Educação Física Escolar Medida Provisória CONFEF



Câmara Técnica de Futebol organiza divulgação de ações na mídia
09/08/2016
Fonte: CREF2/RS

A Câmara Técnica de Futebol do CREF2/RS realizou, no dia 3 de agosto, sua terceira reunião do ano, contando com a presença do seu presidente Alessandro de Azambuja Gamboa (CREF001534-G/RS) e dos convidados Luiz Afonso Gomes (CREF 000484-G/RS) e Everton Pergher (CREF 020632-G/RS). No início da reunião debateu-se o baixo índice de comparecimento nas reuniões da Câmara, e o impacto negativo que isto traz para as estratégias que pretendem uma melhor inserção do profissional de Educação Física no Futebol.

Na pauta, debateu-se a criação da Missão e Visão da Câmara de Futebol. Entre os debates, observou-se a necessidade de se criar e aprimorar os procedimentos e as ações do profissional no Futebol em seus diferentes âmbitos. Já em relação à Visão, estabeleceu-se a necessidade dos profissionais de Educação Física serem referência em assuntos referentes ao Futebol.

Após a discussão e análise do contexto do Futebol e do CREF2/RS, decidiu-se a divulgação da Câmara de Futebol nas mídias e universidades, além de matérias na revista e boletim eletrônico do CREF2/RS. Também ficou acertado convidar o SINPEFRS e as APEF RS para participar da próxima reunião da Câmara.


Câmara Técnica de Futebol



CREF2/RS em Revista: Nicolas Sanchez é um dos árbitros de tênis selecionados para a Olimpíada
29/07/2016
Fonte: CREF2/RS em Revista

O “uruguaio-gaúcho” Nicolas Sanchez (CREF 012322-G/RS), professor de tênis do Teresópolis Tênis Clube, é um dos convocados pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para fiscalizar os melhores tenistas do mundo, que vão participar da próxima Olimpíada. Natural da cidade de Nueva Helvecia, Sanchez se mudou para Porto Alegre ainda durante a infância, quando o seu pai, um tenista profissional de grande sucesso em terras uruguaias, foi contratado pela Sogipa, na década de 80.

Juiz de linha há 15 anos, o árbitro tem uma extensa lista de campeonatos no currículo, que inclui o Pan-americano de 2007 e o Rio Open, realizado no ano passado. Preparado para vivenciar o maior evento esportivo do mundo, Sanchez quer aproveitar a ida ao Rio de Janeiro também para adquirir conhecimento. A entrevista, que reproduzimos parcialmente abaixo, foi publicada na última edição do CREF2/RS em Revista sobre os Jogos Olímpicos e pode ser conferida na íntegra no link.

Por que ser árbitro e não atleta?

O fato de ser árbitro e não atleta, pra mim, foi algo que teve uma transição natural. Queria continuar neste meio esportivo e, para isto, já tinha feito o curso da Federação Internacional de Tênis (ITF). Rapidamente, já estava arbitrando os maiores tenistas do mundo . No momento, estou atuando somente nos torneios da ITF, da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) e da Associação de Tênis Feminino (WTA), como árbitro de linha. Vale salientar que esta parte de já ter sido atleta e conhecer alguns tenistas profissionais torna o meu trabalho um pouco mais fácil, porque este conhecimento me dá toda a base de como o jogo vai ser.

O que é mais motivador e desafiador no seu dia a dia de trabalho como juiz?

O que mais me motiva em ser árbitro é ter a oportunidade de conhecer os maiores tenistas do mundo e fazer parte dos torneios da ATP e da WTA. O árbitro é fundamental para o andamento de cada torneio. Quanto aos desafios, às vezes não são as jogadas que exigem mais, mas o conjunto, o torneio como um todo. Tem vezes que pegamos partidas longas, tenistas complicados, calor, e tudo isto nos demanda uma concentração redobrada, para não perder o foco na partida. É como se estivéssemos dentro da quadra jogando! O atleta, quando não está concentrado, acaba perdendo a partida. No nosso caso, podemos perder a marca da bola, um ponto, e assim tornar a partida mais tensa do que o normal.

Além da sua carreira como árbitro, você também é professor de tênis. Como fazer para conciliar as duas profissões?

As duas carreiras são bem tranquilas de administrar, porque as aulas não são competitivas, são apenas sociais, com cunho da aprendizagem e da saúde. Elas não comprometem em nada as arbitragens. Se optasse por treinar alguma equipe profissional, mesmo em nível estadual, eu teria que escolher a carreira de árbitro ou de treinador. Sou presidente da Associação Gaúcha de Árbitros de Tênis (AGAT) e o item mais importante é este: o árbitro não pode estar ligado a nenhuma equipe ou clube. Além disto, é muito interessante arbitrar os torneios profissionais e passar as experiências e as curiosidades do mundo do tênis para os alunos, mesmo que eles sejam apenas tenistas de primeira viagem. Também passo para eles informações de como funcionam os rankings, as competições da ATP e da WTA, quais os tenistas que estão em ascensão. Repasso ainda o calendário dos torneios, pois é muito importante que eles vejam ao vivo, bem de perto, como o esporte funciona.

As suas primeiras competições internacionais como árbitro foram os Jogos Pan-americanos do Rio e a Copa Davis. Como surgiram essas primeiras oportunidades, em eventos de grande visibilidade?

As maiores competições foram, realmente, o Pan-americano de 2007 e a Copa Davis, em duas oportunidades, em 2012 e 2015. Antes, eu já tinha arbitrado torneios, futures e challengers de nível da ITF e da ATP. As oportunidades surgiram pelo bom desempenho e alto nível da arbitragem que sempre mostrei dentro da quadra, me destacando como chefe de equipe. A Olimpíada será a maior competição em que irei atuar, mas são inúmeros os torneios de alto nível que já participei. Um dos últimos foi o Rio Open 2016, onde pude arbitrar os jogos de Rafael Nadal, John Isner, Pablo Cuevas, entre outros tenistas do primeiro escalão mundial.

Como você está se preparando para a Olimpíada? O que está sendo diferente no seu dia a dia?

A preparação mais intensa iniciamos em janeiro deste ano, com a convocação para os torneios mais importantes e que contaram com a participação de tenistas de ponta, que exigem o máximo de cada árbitro. Tem também a parte da saúde física e mental, que é importante para permanecermos muito bem concentrados dentro da quadra. O meu dia a dia ainda continua o mesmo, mas acredito que em breve já estaremos com atividades específicas para a Olimpíada.

Quais são as suas expectativas com os Jogos Olímpicos deste ano? O que você espera levar desta experiência para a sua carreira de professor e de árbitro de tênis?

As expectativas são as melhores possíveis! Espero respirar cada momento desta atmosfera esportiva, que é o maior evento esportivo do mundo. Quero aprender e absorver tudo que for possível, já que os Jogos Olímpicos não são só a modalidade de tênis, mas também todos os outros esportes. Espero que ocorra tudo como planejado, já que penso que a Olimpíada não voltará para o Brasil tão cedo. Só terei esta única oportunidade. Quero trazer para cá um legado da mais alta qualidade e poder dizer para a minha filha, para os alunos e para os amigos que fiz história, participando como árbitro da Olimpíada.

O tênis brasileiro nunca ganhou uma medalha olímpica, mesmo que tenha revelado grandes atletas. O que a modalidade ainda precisa desenvolver para se tornar competitiva também nos Jogos Olímpicos?

Tivemos e ainda temos tenistas extraordinariamente talentosos. Atualmente, o melhor tenista brasileiro, Thomaz Bellucci, está na 35ª colocação do ranking da ATP. No feminino, a melhor é a Teliana Pereira, que está na 86ª posição. Eles terão a dura missão de trazer uma medalha olímpica. Já nas duplas, temos uma real possibilidade, pois o Marcelo Mello está no 2º lugar e formará a dupla com o Bruno Soares, que se encontra na 7ª colocação. Um torneio singular, como a Olimpíada, mexe com a cabeça. Ela aparece a cada quatro anos e, quando os atletas estão lá, ficam deslumbrados com a grandiosidade. Nem todos estão focados na medalha de ouro e acabam por se distrair com a estrutura do evento. No tênis, sempre falamos que o atleta é 50% cabeça, ou seja, ele depende de concentração total. Os atletas brasileiros devem trabalhar isto para almejar o brilho do ouro.

Como o tênis brasileiro pode crescer depois dos Jogos Olímpicos?

O esporte no Brasil, de um modo geral, nunca aproveita 100% o legado deixado. Passamos por isso no Pan-americano e na Copa do Mundo. Cabe às entidades esportivas pensarem de uma maneira mais decisiva. Praticamente, vivemos só do futebol no Brasil, mas temos várias modalidades que precisam de investimentos, pois têm grandes talentos sem oportunidade e patrocínio. Acredito que, nesta Olimpíada, os verdadeiros gestores se sentirão influenciados e verão que o esporte necessita de apoio em longo prazo. No tênis, sempre dizemos que o importante é investir nas categorias de base, através de escolinhas comunitárias gratuitas e quadras públicas, facilitando o interesse da população pela modalidade. Já fiz muitos cursos nas maiores escolas de tênis do mundo e todos são taxativos: o maior investimento deve ser nas categorias de base e na formação.


Tênis Olimpíada Jogos Olímpicos



CREF2/RS e Valorize firmam convênio para Pessoas Jurídicas
27/06/2016
Fonte: CREF2/RS

As Pessoas Jurídicas registradas no CREF2/RS têm, a partir de agora, mais um convênio à disposição. O Conselho e a empresa de consultoria esportiva Valorize, com sede em Porto Alegre, firmaram uma parceria para oferecer 10% de desconto na realização de projetos incentivados.

Para se candidatar a um dos editais promovidos pela Lei de Incentivo ao Esporte, a Pessoa Jurídica precisa ser da natureza esportiva, sem fins lucrativos, e estar em funcionamento há mais de um ano. Associações públicas, confederações, clubes, federações e fundações privadas, por exemplo, são algumas das entidades aptas a concorrer.

Entre os diversos projetos que podem ser realizados, estão: eventos esportivos, como campeonatos, circuitos e provas; reformas de centros de treinamento; construção de ginásios; seminários para professores, técnicos e praticantes; escolinhas de futebol, vôlei, basquete e de outras modalidades esportivas. Mais informações pelo e-mail projetos@valorizeprojetos.com.br ou pelo site www.valorizeprojetos.com.br


Convênios



CREF2/RS discute projetos com deputado federal João Derly
20/06/2016
Fonte: CREF2/RS

A presidente do CREF2/RS, Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), visitou na última sexta-feira (17) o deputado federal e ex-campeão mundial de judô João Derly em seu escritório de Porto Alegre. Durante a reunião, Carmen explicou ao parlamentar que o Conselho está se aproximando dos legisladores gaúchos no intuito de amplificar as lutas dos 30 mil registrados no estado, aos quais se somam cerca de 400 mil profissionais de Educação Física brasileiros.

Derly disse fazer parte da Frente Parlamentar da Educação Física na Câmara Federal. "Neste momento, estamos discutindo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), e sempre que tenho oportunidade de falar com o pessoal da Educação Física reafirmo a importância de unirmos forças e aumentarmos nossa representatividade. Na verdade, temos pouca união, pois verificamos poucos professores e ex-atletas valorizados em secretarias, o que culmina na falta da obrigatoriedade do profissional de Educação Física nas séries iniciais", avaliou Derly.

Carmen demonstrou preocupação ao deputado quanto o andamento do PLS 552/2013, que amplia as possibilidades de atuação como técnicos esportivos a atletas ou ex-atletas da modalidade em que pretendam atuar, desde que comprovem no mínimo cinco anos de atividade, e revoga a Lei nº 8.650, de 20 de abril de 1993, que trata apenas do exercício da profissão de treinador de futebol. Derly afirmou que já havia discutido esta questão com o presidente do CONFEF. “O treinador de rendimento pode ser aberto e os próprios CREFs poderiam intermediar e gerirem esta relação. Na questão da formação, quando se trabalha inclusive com crianças, é imperativo o registro", declarou o deputado.

Também foi debatida a proposta de extinção do bacharelado feita pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). Carmen explicitou que com a criação do bacharelado houve a integração com as áreas de saúde, o que proporcionou a abertura de vagas de trabalho nos NASFs, hospitais e clínicas. “Se fores a qualquer faculdade de Educação Física, verás que o aluno do bacharelado está satisfeito com o curso escolhido, portanto, este projeto é unilateral e antidemocrático”.

Ao final da reunião, João Derly sugeriu a realização de uma Audiência Pública conjunta com a Frente Parlamentar do Esporte, para discutir leis de interesse dos profissionais de Educação Física, trazendo para o debate professores, profissionais de Educação Física, atletas e ex-atletas.


Legislativo



Câmara Técnica de Futebol discute dificuldades na profissão
09/06/2016
Fonte: CREF2/RS

A Câmara Técnica de Futebol do CREF2/RS realizou na quarta-feira (8) sua primeira reunião do ano. Nela, estiveram presentes o presidente da Câmara Alessandro de Azambuja Gamboa (CREF 001534-G/RS), Luiz Augusto Busi de Severo (CREF 009985-G/RS) e Luiz Afonso Gomes (CREF 000484-G/RS).

A pauta principal do encontro, segundo Gamboa, foram as dificuldades enfrentadas pelos profissionais de Educação Física que optam pelo futebol como área de atuação. “Praticamente só há campo de trabalho nos grandes clubes de futebol”, explica. Os integrantes da Câmara discutiram ações para melhorar o mercado de trabalho e aumentar a valorização do profissional que trabalha com o futebol. Neste sentido, Luiz Afonso Gomes sugeriu a criação de um Congresso Gaúcho de Futebol. Também foi proposta a constituição de um cadastro de profissionais que trabalham com futebol no estado, além do levantamento dos campos de futebol públicos existentes em Porto Alegre.

A próxima reunião da Câmara Técnica de Futebol ocorrerá na sede do CREF2/RS no dia 6 de julho, às 14h. Todos os profissionais registrados podem participar, bastando apenas confirmar a presença antecipadamente pelo e-mail secretaria@crefrs.org.br ou pelo telefone (51) 3288-0212.


Câmara Técnica de Futebol



CREF2/RS anuncia vencedores dos cursos da Convenção Brasil
01/06/2016
Fonte: CREF2/RS

Entre os dias 17 e 27 de maio, o CREF2/RS sorteou 45 vagas para 28 cursos da 23ª Convenção Brasil, que será realizada de 9 a 12 de junho no Parque Esportivo da PUCRS, em Porto Alegre. Todos os vencedores foram contatados diretamente por e-mail. Confira aqui a lista completa dos ganhadores:

Curso Fitness nº 01: “Personal: Gestão, Hipertrofia e Emagrecimento”
André Ferreira Davila (CREF 014421-G/RS)

Curso Fitness nº 02: “Ritmos Total: Ritmos Populares & Danças Urbanas (Iniciação, Motivação e Inclusão)”
Ana Luiza Volz (CREF 020719-P/RS)
Sheila Machado (CREF 015472-G/RS)

Curso Fitness nº 03: “Jump do A ao Z: Teoria e Muita Prática”
Andersen Ortiz (CREF 012874-G/RS)
Thiago de Sousa Silva (CREF 021526-G/RS)

Curso Fitness nº 04: “Crossfit Total”
Marcelo Ramos Raymundo (CREF 000379-G/RS)

Curso Fitness nº 05: “Treinamento Aplicado para Corrida de Rua”
Guilherme Batista da Silva (CREF 017343-G/RS)
Laisa Bard (CREF 020305-G/RS)
Ênio Gonçalves Júnior (CREF 008128-G/RS)

Curso Fitness nº 06: “Ginástica de Academia”
Rosana Bramraiter Delfim (CREF 014943-G/RS)
Ana Paula Alves Nascimento (CREF 021868-G/RS)
Leroy Becker Monteiro (CREF 023214-G/RS)

Curso Fitness nº 07: “Funcional Board Fitness e Board HIIT”
Moacir Coradi Júnior (CREF 018779-G/RS)
Lelis Larissa Scharb (CREF 019286-G/RS)

Curso Fitness nº 12: “IV Convenção Sul-Brasileira de Treinamento Funcional”
Eduardo Zanotta Gonçalves (CREF 010038-G/RS)

Curso Fitness nº 13: “Musculação: Fisiologia e Técnicas Avançadas de Treinamento para Hipertrofia Muscular”
Marcelo Barnetche Kauer (CREF 002303-G/RS)

Curso Fitness nº 14: “Step para Todos”
Ticiana Nienow (CREF 016179-G/RS)

Curso Fitness nº 15: “Salsa, Merengue, Cumbia, Reggaeton, Samba e Funk para Academias e Grupos de Dança”
Jefferson Braga da Silva (CREF 009856-G/RS)
Marcelo Moletta (CREF 013687-G/RS)

Curso Gestão nº 16: “Coordenação: Líder Eficiente é um Coordenador de Alta Performance”
Henrique Felicetti (CREF 013504-G/RS)

Curso Gestão nº 20: “Elaboração de Projetos Culturais e Esportivos”
Jari dos Santos Filho (CREF 001776-G/RS)
Israel Bravo Vieira (CREF 017318-G/RS)
Thais Chiapinotto dos Santos (CREF 019162-G/RS)

Curso Wellness nº 23: “Treinamento Funcional para a 3ª Idade”
Douglas do Santos (CREF 014173-G/RS)
Pedro Grams (CREF 022495-G/RS)

Curso Wellness nº 24: “Recuperação Músculo Esquelética de Quadril e Coluna Vertebral”
Cairo Lucca Ribeiro (CREF 014098-G/RS)

Curso Wellness nº 25: “Conquistando Gestantes: Treinamento Físico Seguro e Eficaz Durante a Gravidez”
João Carlos Fernandes da Silva (CREF 014097-G/RS)

Curso Wellness nº 26: “Ginástica Laboral e Ergonomia: Promovendo a Qualidade de Vida no Trabalho”
Jeverson de Arma (CREF 014091-G/RS)
Rogério Rosinha Bastos (CREF 018634-G/RS)
Ser – Saúde, Educação e Reabilitação (CREF 000034-PJ/RS)
Rafael Seixas dos Santos (CREF 015808-G/RS)
Maurício Iung (CREF 021321-G/RS)

Curso Wellness nº 27: “Recuperação Músculo Esquelético de Joelho e Ombro (CE)”
Karin Goés de Souza (CREF 011918-G/RS)

Curso Wellness nº 28: “Treinamento Board Pilates”
Fabiana Disegna (CREF 011085-G/RS)

Curso Lutas nº 29: “Preparação Física para Atletas de Jiu Jitsu”
Andrius Boldrin (CREF 011731-G/RS)

Curso Lutas nº 30: “Lutas: Princípios Pedagógicos e Científicos da Iniciação e Treinamento”
Alexandre Tristão da Silva (CREF 014496-G/RS)
Júlio César Fiorin (CREF 002453-G/RS)

Curso Esporte e Lazer nº 31: “Futebol de Campo: da Iniciação ao Profissional”
Ednei Torresini (CREF 003786-G/RS)
Evair Bonatti (CREF 018216-G/RS)

Curso Esporte e Lazer nº 32: “Escola Funcional: Como Aplicar os Exercícios Funcionais na Escola e a Recreação nas Academias”
Cassiane Rossini (CREF 002934-G/RS)
Bruna Kolling (CREF 018666-G/RS)

Curso Esporte e Lazer nº 33: “Escolinha de Esportes: da Infância à Adolescência”
Jussara Mesquita da Costa (CREF 009226-G/RS)

Curso Esporte e Lazer nº 34: “Escola + Educação Física = Aprendizagem com Alegria”
Rafael Gambino Teixeira (CREF 009460-G/RS)

Curso Acqua nº 35: “Hidro Total: 70% prática e 30% teórica”
Daniele Gomes de Oliveira (CREF 013701-G/RS)

Curso Acqua nº 36: “Natação: Condicionamento, Saúde e Estética”
Rodrigo de Carli Riboli (CREF 008347-G/RS)


Convenção Brasil



CREF2/RS visita senador Paim e solicita apoio contra PL 552/2013
27/05/2016
Fonte: CREF2/RS

Nesta quarta-feira (25), a presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CRFEF 001910-G/RS) visitou o senador Paulo Paim em seu escritório de Canoas. Na ocasião, Carmen solicitou apoio ao senador para barrar o Projeto de Lei do Senado nº 522/2013, do senador Alfredo Nascimento (PR-AM) e com emenda do senador Romário (PSB-RJ), que ampliam as possibilidades de atuação como técnicos esportivos a atletas ou ex-atletas da modalidade em que pretendam atuar, desde que comprovem no mínimo cinco anos de atividade, e revoga a Lei nº 8.650, de 20 de abril de 1993, que trata apenas do exercício da profissão de treinador de futebol.

"Nós estávamos articulando para que estes técnicos ex-atletas atuassem como estrategistas do futebol”, disse Carmen. “Mas o senador Romário quer permitir que atletas em qualquer modalidade possam atuar como técnicos. Isso inclui as categorias de base e crianças, podendo causar muito mais danos à saúde do que benefícios”. Segundo Paim, a emenda do senador Romário tem que ser avaliada com mais critério, e que articulará o pedido do CREF2/RS no Senado. “Eu me orgulho de fazer parte da história da regulamentação da profissão de Educação Física no Brasil, um movimento que acompanho desde a década de 90”, afirmou.

“Do mesmo modo, o sistema CONFEF/CREFs acredita ser inadequada a minuta do projeto de resolução que tramita no CNE, que prevê a extinção do Curso de Bacharelado em Educação Física”, alertou Carmen, explicando que a Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, com o apoio de diversas Instituições de Ensino Superior do Estado, manifestaram-se contra a proposta por ser unilateral e sem ampla discussão. “Pensar que a Educação Física tenha apenas uma formação com foco na Educação Básica que contemple a atuação em todos os campos profissionais é atestar que a superficialidade seja o caminho da formação”, complementou.

Por fim, Carmen convidou o senador para o maior evento da Educação Física no Brasil, realizado no mês de janeiro, em Foz do Iguaçu, onde comparecerão mais de três mil profissionais de Educação Física, no qual será prestada uma homenagem ao parlamentar pela sua contribuição à profissão de Educação Física.


PL 552 2013



CREF2/RS sorteia 45 vagas para cursos da Convenção Brasil
05/05/2016
Fonte: CREF2/RS

O Conselho vai sortear, a partir do dia 17 de maio, 45 vagas para 28 cursos que serão oferecidos na 23ª Convenção Brasil deste ano, entre os dias 9 e 12 de junho, no Parque Esportivo da PUCRS (Avenida Ipiranga, 6690 - Prédio 81). As inscrições já estão abertas e podem participar todos os profissionais com registro ativo e em dia com suas obrigações estatutárias. Pessoas Jurídicas com Responsável Técnico ativo também estão aptas a concorrer. Clique aqui e confira o regulamento completo.

Para participar, é necessário apenas preencher o formulário disponível neste link e selecionar os cursos de interesse (pode ser mais de um – não há limite no número de inscrições). Os profissionais que forem contemplados com uma das vagas serão automaticamente excluídos dos próximos sorteios. Em www.convencaobrasil.com.br, é possível conferir os dias e os horários de cada atividade.

As inscrições serão encerradas sempre às 12h do dia anterior ao sorteio de cada curso e os sorteios serão realizados durante oito dias, a partir de terça-feira, dia 17 de maio, na sede do CREF2/RS. Confira as datas de sorteio, o número de vagas e os respectivos cursos:

17 de maio:
Curso Fitness nº 01: “Personal: Gestão, Hipertrofia e Emagrecimento” (1 vaga)
Curso Fitness nº 02: “Ritmos Total: Ritmos Populares & Danças Urbanas (Iniciação, Motivação e Inclusão)” (2 vagas)
Curso Fitness nº 03: “Jump do A ao Z: Teoria e Muita Prática” (2 vagas)

18 de maio:
Curso Fitness nº 04: “Crossfit Total” (1 vaga)
Curso Fitness nº 05: “Treinamento Aplicado para Corrida de Rua” (3 vagas)
Curso Fitness nº 06: “Ginástica de Academia” (3 vagas)

19 de maio:
Curso Fitness nº 07: “Funcional Board Fitness e Board HIIT” (2 vagas)
Curso Fitness nº 12: “IV Convenção Sul-Brasileira de Treinamento Funcional” (1 vaga)
Curso Fitness nº 13: “Musculação: Fisiologia e Técnicas Avançadas de Treinamento para Hipertrofia Muscular” (1 vaga)

20 de maio:
Curso Fitness nº 14: “Step para Todos” (1 vaga)
Curso Fitness nº 15: “Salsa, Merengue, Cumbia, Reggaeton, Samba e Funk para Academias e Grupos de Dança” (2 vagas)
Curso Gestão nº 16: “Coordenação: Líder Eficiente é um Coordenador de Alta Performance” (1 vaga)

24 de maio:
Curso Gestão nº 20: “Elaboração de Projetos Culturais e Esportivos” (3 vagas)
Curso Wellness nº 23: “Treinamento Funcional para a 3ª Idade” (2 vagas)
Curso Wellness nº 24: “Recuperação Músculo Esquelética de Quadril e Coluna Vertebral” (1 vaga)
Curso Wellness nº 25: “Conquistando Gestantes: Treinamento Físico Seguro e Eficaz Durante a Gravidez” (1 vaga)

25 de maio:
Curso Wellness nº 26: “Ginástica Laboral e Ergonomia: Promovendo a Qualidade de Vida no Trabalho” (5 vagas)
Curso Wellness nº 27: “Recuperação Músculo Esquelético de Joelho e Ombro (CE)” (1 vaga)
Curso Wellness nº 28: “Treinamento Board Pilates” (1 vaga)

26 de maio: Curso Lutas nº 29: “Preparação Física para Atletas de Jiu Jitsu” (1 vaga)
Curso Lutas nº 30: “Lutas: Princípios Pedagógicos e Científicos da Iniciação e Treinamento” (2 vagas)
Curso Esporte e Lazer nº 31: “Futebol de Campo: da Iniciação ao Profissional” (2 vagas)
Curso Esporte e Lazer nº 32: “Escola Funcional: Como Aplicar os Exercícios Funcionais na Escola e a Recreação nas Academias” (2 vagas)

27 de maio:
Curso Esporte e Lazer nº 33: “Escolinha de Esportes: da Infância À Adolescência” (1 vaga)
Curso Esporte e Lazer nº 34: “Escola + Educação Física = Aprendizagem com Alegria” (1 vaga)
Curso Acqua nº 35: “Hidro Total: 70% prática e 30% teórica” (1 vaga)
Curso Acqua nº 36: “Natação: Condicionamento, Saúde e Estética” (1 vaga)


Convenção Brasil Sorteio



CONFEF divulga nota de repúdio ao projeto de lei que permite a atuação de ex-atletas como técnicos esportivos
11/04/2016
Fonte: CONFEF

O Conselho Federal de Educação Física – CONFEF, apresenta à sociedade brasileira e à categoria dos Profissionais de Educação Física do Brasil o seu repúdio ao Projeto de Lei do Senado nº 522/2013, de autoria do senador Alfredo Nascimento (PR-AM), que dispõe sobre as relações de trabalho do técnico ou treinador profissional de modalidade desportiva coletiva e revoga a Lei nº 8.650, de 20 de abril de 1993, que trata apenas do exercício da profissão de treinador de futebol. No seu trâmite legislativo, o PLS 522/2013 recebeu emenda do senador Romário (PSB-RJ) que amplia as possibilidades de atuação como técnicos a atletas ou ex-atletas da modalidade em que pretendam atuar, desde que comprovem no mínimo cinco anos de atividade.

O CONFEF reafirma que os mais de 400 mil profissionais de Educação Física habilitados no Brasil atuam em todos os níveis do Esporte, desde a iniciação até o alto rendimento, nas diferentes modalidades esportivas. Para adquirirem as competências técnico-científicas necessárias para intervir nesta dimensão do exercício profissional, esses profissionais são obrigados a cumprir uma jornada acadêmica mínima de 3.200h e quatro anos, conforme normas do Ministério da Educação e da Lei 9696/98.

Para a sociedade, é importante reafirmar que a prática esportiva, qualquer que seja ela, só terá o seu verdadeiro alcance – físico, educativo e social, quando orientada por profissionais egressos de cursos específicos, com uma sólida formação. Assim, não se deve confundir exigência de qualidade com reserva de mercado, no que se aplica a máxima do CONFEF: exercício profissional em Educação Física, a boa formação faz a diferença!

O CONFEF reafirma o apreço de toda a categoria pelos ex-atletas e se empenha para que lhes seja assegurado o reconhecimento e o agradecimento de todos os brasileiros pelos esforços e resultados esportivos alcançados. Contudo, o exercício profissional na área do Esporte pressupõe o aprendizado de teorias, de procedimentos técnicos, de competências específicas e a prática de estágios em ambientes próprios, sob orientação e supervisão, além da responsabilidade profissional ditada por um código de ética.

Em pleno Século XXI, constata-se a urgência do Brasil avançar na garantia de direitos sociais aos ex-atletas, assegurando-lhes uma vida digna ao final do seu percurso esportivo. Igualmente, o Brasil também precisa admitir definitivamente os avanços técnicos e científicos que estão na base das experiências exitosas dos processos de iniciação, desenvolvimento e aprimoramento do Esporte, o que demanda a necessidade de formação superior específica para entender, discernir e aplicar esses conhecimentos. Ao desconsiderar essas premissas, o PLS 522/2013 não só coloca em risco a saúde da sociedade como também compromete o futuro do esporte nacional. São crianças e jovens cujas experiências esportivas estarão sob a orientação de pessoas sem a devida qualificação profissional. Pois só a experiência como atleta não torna o indivíduo apto a desempenhar tais atividades.

O CONFEF entende como inadequado o PLS 522/2013, que demonstra desconhecimento das atribuições desta categoria profissional. O PLS também desconsidera a Carta Internacional da Educação Física, Atividade Física e Esporte da UNESCO, documento de caráter internacional que expressa a necessidade de que as pessoas que assumem responsabilidade profissional pela Educação Física e pelo Esporte devam ter a formação e as qualificações adequadas.

Como fica demonstrado, a democratização de acesso a qualquer atividade socialmente importante, não pode ser garantida sem que se resguarde a qualidade do exercício profissional. Dessa forma, o Conselho Federal de Educação Física compromete-se a lutar para que o PLS 522/2013 não seja aprovado e convoca os profissionais de Educação Física e a sociedade a se manifestarem junto aos autores e relatores do projeto, ponderando sobre a inviabilidade desta iniciativa.


CONFEF



FUGE confirma realização de vários eventos esportivos em 2016
22/03/2016
Fonte: CREF2/RS

Nesta terça-feira (22), ocorreu na sede do CREF2/RS a assembleia geral ordinária da Federação Universitária Gaúcha de Esportes (FUGE). Na pauta da reunião, foi apresentado o relatório das atividades desenvolvidas em 2015, além do calendário de eventos 2016. Está confirmada a realização da Liga Universitária Gaúcha de Futebol e de Tênis de Mesa, dos 37° Jogos Universitários Gaúchos (JUGs 2016), da 29ª Copa Unisinos, dos Jogos Universitários Gaúchos da Educação Física (JUGEF 2016), da Liga do Desporto Universitário 2016 e dos 64º Jogos Universitários Brasileiros (JUBs 2016).

Estiveram presentes à reunião o presidente da FUGE e conselheiro do CREF2/RS João Guilherme de Souza Queiroga (CREF 000839-G/RS), o gerente esportivo da UFRGS, Cláudio Roberto Paiva, e os professores Jonas Ronaldo de Mello (CREF 002553-G/RS), da FEEVALE, Alexsandro Bauer (CREF 013716-G/RS), da ULBRA, Luciane Cabral de Fraga (CREF 017762-G/RS), e Glauber Azambuja Nunes (CREF 020089-G/RS), do IPA, Francisco Carlos Lemes de Menezes (CREF 000075-G/RS), da Feevale, e Glauco Salusse Borges (CREF 023452-G/RS).


FUGE



Presidente do CONFEF visita CREF2/RS e traz solidariedade ao conselheiro federal Professor Garcia
21/01/2016
Fonte: CREF2/RS

O presidente do CONFEF Jorge Steinhilber (CREF 000002-G/RJ) esteve hoje (21) na sede do CREF2/RS. De acordo com o Steinhilber, suas visitas aos Conselhos Regionais têm o objetivo de manter a harmonia do Sistema CONFEF/CREFs. “Principalmente quando surgem ameaças externas, como o recente projeto do Conselho Nacional de Educação (CNE) de extinção do bacharelado e a proposta da criação de cursos de graduação em gestão esportiva e futebol pelo Ministério da Educação, já que não está claro qual o objetivo deste curso”, explicou.

Steinhilber também conversou com a presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) questões relativas à Educação Física Escolar, assunto que será tratado em um encontro promovido pelo CONFEF em breve. O presidente ressaltou que a data da visita ao CREF2/RS se reveste de um significado especial, já que hoje é o aniversário do conselheiro federal Professor Garcia (CREF 000002-G/RS), que está hospitalizado há mais de 180 dias. “Vim prestar solidariedade de todo o Sistema CONFEF/CREFs, na certeza de que ele vai superar esta fase e retornar ao nosso convívio rapidamente. O conselheiro, além de muito ativo e competente, tem uma bela história na construção da profissão de Educação Física no Brasil”, destacou.


Sistema CONFEF CREFs



CREF2/RS presente na assinatura do patrocínio do Banrisul a clubes das séries C e D
30/09/2015
Fonte: Palácio Piratini

A presidente do CREF2/RS, Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), esteve presente na assinatura do acordo em que o governo estadual, através do Banrisul, vai patrocinar os clubes gaúchos de futebol que disputam as séries C e D do Campeonato Brasileiro, nesta reta final da competição. O acordo foi assinado nesta terça-feira (29), em evento no Palácio Piratini. O patrocínio do banco se dará por cota única. O repasse será de cerca de R$ 300 mil para cada um dos participantes gaúchos no torneio. Juventude, Brasil de Pelotas e Caxias são os clubes que disputam a Série C. Ypiranga e Lajeadense competem na Série D. Os times já jogam neste final de semana com o nome do banco nas camisetas.


Futebol



Senado aprova carga horária mínima de 2 horas de Educação Física por semana
03/09/2015
Fonte: Centro Esportivo Virtual

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado aprovou, na última terça-feira (1º), o projeto de lei que estabelece a carga horária semanal mínima de duas horas para a prática de Educação Física em instituições de ensino fundamental e médio (PLS 249/2012). A aprovação marcou, ainda, as comemorações do Dia do Profissional de Educação Física, lembrado todos os anos no dia 1º de setembro.

O senador Romário (PSB-RJ), relator do projeto, parabenizou os profissionais da área e ressaltou a importância da prática de exercícios físicos para a saúde das pessoas. “Parabéns e, da minha parte, muito obrigado a estes profissionais que foram tão importantes durante os meus 30 anos jogando futebol. Espero que, com a prática de esportes, possamos ter uma saúde bem melhor”, disse.

Para o autor do projeto, o senador Eduardo Amorim (PSC-SE), há um crescente enfraquecimento da prática da Educação Física nas escolas. Além disto, segundo o senador, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) não determina a carga horária desta disciplina, apesar de estabelecer a obrigatoriedade das aulas e os casos em que a prática de Educação Física é facultativa.

A votação na Comissão foi terminativa e o texto agora segue para a apreciação da Câmara dos Deputados.


Educação Física Escolar



CREF2/RS divulga ganhadores do Troféu Destaque 2015
20/08/2015
Fonte: CREF2/RS

Os vencedores do Troféu Destaque 2015, prêmio que homenageia os melhores profissionais de Educação Física do ano, foram divulgados pelo CREF2/RS. As categorias “Academia”, “Clube ou Sociedade”, “Mérito da Educação Física”, “Profissional do Ano”, “Veículo de Comunicação” e “Personalidade do Ano” foram escolhidos pela Plenária do CREF2/RS. A escolha das demais categorias foi feita por meio de votação no site do Conselho aberta a todos os profissionais de Educação Física registrados e em dia com suas obrigações estatutárias, a partir de lista tríplice, indicada por Comissão ou Câmara Técnica.

O CREF2/RS parabeniza a todos os vencedores e indicados desta edição do Troféu Destaque, que por meio de suas trajetórias vitoriosas ajudam a dignificar nossa Profissão.

Categoria Academia: Academia Sal da Terra (CREF 000009-PJ/RS) – Atuando desde 1987, a Sal da Terra é uma das mais tradicionais academias de Porto Alegre, e o seu trabalho é realizado dentro dos parâmetros profissionais, com quadro de profissionais devidamente registrados no CREF2/RS, contando com excelente infraestrutura.

Categoria Clube ou Sociedade: Grêmio Náutico União (CREF 000505-PJ/RS) – Formação de atletas e investimento no esporte, Top of Mind da revista Amanhã, vencedor por toda sua tradição no esporte e pelas grandes conquistas de seus atletas, nos diversos esportes em que atuam.

Categoria Profissional do Ano: José Anchieta (CREF 000337-G/RS) – Profissional de Educação Física formado na UFRGS e pós-graduado em Dança na PUC/RS, é professor da Graduação do Curso de Educação Física da UNISINOS RS. Ganhou vários prêmios, entre eles o de melhor instrutor internacional de Fitness da Espanha – 1997. Foi criador do Método de Ginástica Afro Aeróbica e autor do livro "Ginástica Afro Aeróbica".

Categoria Mérito da Educação Física: Ivan Fonseca Gallo (CREF 004207-G/RS) – Possui graduação em Educação Física pela UFRGS e especialização em Metodologia do Ensino Superior pela Unisinos. Atualmente é Professor e Técnico da Unisinos e Técnico da Federação Gaúcha de Voley Ball.

Categoria Veículo de Comunicação – RBS TV – Vida e Saúde. Por acompanhar o trabalho de profissionais de Educação Física por meio de entrevistas e reportagens sobre saúde, nutrição, atividade física, beleza e comportamento.

Categoria Personalidade do Ano: Kalil Sehbe Neto – Ex-secretario Estadual do Esporte e do Lazer, militou em prol dos profissionais de Educação Física e de atletas com a criação da Lei Estadual Pró-Esporte de Incentivo ao Esporte Gaúcho. Também coordenou o Comitê Gestor da Copa do Mundo 2014.

Categoria Profissional de Escola: Luis Eurico Kerber (CREF 001203-G/RS) – Graduado pela Feevale e pós-graduado em Ciências da Atividade Física – Aspectos da Medicina do Esporte. Atua na Educação Básica desde 2002 e como professor universitário da Feevale desde 2005. Trabalha também na rede municipal de ensino de Ivoti. Já desenvolveu projetos de atividades físicas de aventura na natureza e de promoção da saúde na escola.

Categoria Profissional de Esporte Educacional: Luiz Afonso Gomes (CREF 000484-G/RS) – Possui graduação pelo IPA, mestrado em Ciências Sociais e especialização em Basquete e em Futebol. É o docente mais antigo do IPA, onde atua desde 1980. Coordena o curso de pós-graduação Futebol e Futsal: do Treinamento à Gestão e atua na área de ensino-aprendizagem em treinamento, performance, avaliação e motivação.

Categoria Profissional de Paradesporto e Atividade Adaptada: Tiago José Frank (CREF 015592-G/RS) – Possui graduação pela UCS e é coordenador do setor de Paradesporto e Lazer Inclusivo da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer de Caxias do Sul. Atuou como supervisor do Centro Integrado das Pessoas com Deficiência (CIDEF/UCS) e como técnico da seleção brasileira sub-21 de basquete em cadeira de rodas, tornando-se campeão Parapanamericano em 2013. Dedica-se ao desenvolvimento e promoção de atividades de esporte e lazer para pessoas com deficiência.

Categoria Profissional de Recreação e Lazer: Desire Lacreta Maridakis (CREF 006536-G/RS) – Possui graduação e especialização pelo IPA, é ex-atleta profissional de voleibol e funcionária, desde 1985, da Prefeitura Municipal de Canoas. Atua há 26 anos no Centro Olímpico Municipal (COM), que oferece programas de atividade física, de esporte, de lazer e escolinhas esportivas à comunidade.


Troféu Destaque



CREF2/RS divulga ganhadores do Troféu Destaque 2015
19/08/2015
Fonte: CREF2/RS

Os vencedores do Troféu Destaque 2015, prêmio que homenageia os melhores profissionais de Educação Física do ano, foram divulgados pelo CREF2/RS. As categorias “Academia”, “Clube ou Sociedade”, “Mérito da Educação Física”, “Profissional do Ano”, “Veículo de Comunicação” e “Personalidade do Ano” foram escolhidos pela Plenária do CREF2/RS. A escolha das demais categorias foi feita por meio de votação no site do Conselho aberta a todos os profissionais de Educação Física registrados e em dia com suas obrigações estatutárias, a partir de lista tríplice, indicada por Comissão ou Câmara Técnica.

O CREF2/RS parabeniza a todos os vencedores e indicados desta edição do Troféu Destaque, que por meio de suas trajetórias vitoriosas ajudam a dignificar nossa Profissão.

Categoria Academia: Academia Sal da Terra (CREF 000009-PJ/RS) – Atuando desde 1987, a Sal da Terra é uma das mais tradicionais academias de Porto Alegre, e o seu trabalho é realizado dentro dos parâmetros profissionais, com quadro de profissionais devidamente registrados no CREF2/RS, contando com excelente infraestrutura.

Categoria Clube ou Sociedade: Grêmio Náutico União (CREF 000505-PJ/RS) – Formação de atletas e investimento no esporte, Top of Mind da revista Amanhã, vencedor por toda sua tradição no esporte e pelas grandes conquistas de seus atletas, nos diversos esportes em que atuam.

Categoria Profissional do Ano: José Anchieta (CREF 000337-G/RS) – Profissional de Educação Física formado na UFRGS e pós-graduado em Dança na PUC/RS, é professor da Graduação do Curso de Educação Física da UNISINOS RS. Ganhou vários prêmios, entre eles o de melhor instrutor internacional de Fitness da Espanha – 1997. Foi criador do Método de Ginástica Afro Aeróbica e autor do livro "Ginástica Afro Aeróbica"

Categoria Mérito da Educação Física: Ivan Fonseca Gallo (CREF 004207-G/RS) – Possui graduação em Educação Física pela UFRGS e especialização em Metodologia do Ensino Superior pela Unisinos. Atualmente é Professor e Técnico da Unisinos e Técnico da Federação Gaúcha de Voley Ball.

Categoria Veículo de Comunicação – RBS TV – Vida e Saúde. Por acompanhar o trabalho de profissionais de Educação Física por meio de entrevistas e reportagens sobre saúde, nutrição, atividade física, beleza e comportamento.

Categoria Personalidade do Ano: Kalil Sehbe Neto – Ex-secretario Estadual do Esporte e do Lazer, militou em prol dos profissionais de Educação Física e de atletas com a criação da Lei Estadual Pró-Esporte de Incentivo ao Esporte Gaúcho. Também coordenou o Comitê Gestor da Copa do Mundo 2014.

Categoria Profissional de Escola: Luis Eurico Kerber (CREF 001203-G/RS) – Graduado pela Feevale e pós-graduado em Ciências da Atividade Física – Aspectos da Medicina do Esporte. Atua na Educação Básica desde 2002 e como professor universitário da Feevale desde 2005. Trabalha também na rede municipal de ensino de Ivoti. Já desenvolveu projetos de atividades físicas de aventura na natureza e de promoção da saúde na escola.

Categoria Profissional de Esporte Educacional: Luiz Afonso Gomes (CREF 000484-G/RS) – Possui graduação pelo IPA, mestrado em Ciências Sociais e especialização em Basquete e em Futebol. É o docente mais antigo do IPA, onde atua desde 1980. Coordena o curso de pós-graduação Futebol e Futsal: do Treinamento à Gestão e atua na área de ensino-aprendizagem em treinamento, performance, avaliação e motivação.

Categoria Profissional de Paradesporto e Atividade Adaptada: Tiago José Frank (CREF 015592-G/RS) – Possui graduação pela UCS e é coordenador do setor de Paradesporto e Lazer Inclusivo da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer de Caxias do Sul. Atuou como supervisor do Centro Integrado das Pessoas com Deficiência (CIDEF/UCS) e como técnico da seleção brasileira sub-21 de basquete em cadeira de rodas, tornando-se campeão Parapanamericano em 2013. Dedica-se ao desenvolvimento e promoção de atividades de esporte e lazer para pessoas com deficiência.

Categoria Profissional de Recreação e Lazer: Desire Lacreta Maridakis (CREF 006536-G/RS) – Possui graduação e especialização pelo IPA, é ex-atleta profissional de voleibol e funcionária, desde 1985, da Prefeitura Municipal de Canoas. Atua há 26 anos no Centro Olímpico Municipal (COM), que oferece programas de atividade física, de esporte, de lazer e escolinhas esportivas à comunidade.


Troféu Destaque



Registrados no CREF2/RS têm desconto na aquisição da franquia Little Kickers
23/07/2015
Fonte: CREF2/RS

Pessoas Físicas e Jurídicas registradas no CREF2/RS têm agora desconto de 10% na aquisição da franquia Little Kickers. O método pioneiro, que alia aulas não convencionais de futebol e interação com a língua inglesa, surgiu na Inglaterra há doze anos e já pode ser adotado por escolinhas e clubes aqui no Rio Grande do Sul.

Para Everson Pergher (CREF 020632-G/RS), proprietário da franquia máster da Little Kickers no Brasil, trata-se de um projeto inovador para as áreas do futebol e do ensino da língua inglesa e uma oportunidade para quem tem vontade de empreender na Educação Física, com um investimento inicial baixo. As aulas, que estimulam a imaginação o desenvolvimento das aptidões motoras, são destinadas para crianças de um ano e meio a sete anos de idade.

A dinâmica do Little Kickers já está estabelecida nos países do Reino Unido e na Austrália, no Canadá, na África do Sul, no Chile, em Hong Kong, entre outros mais. No Brasil, você pode entrar em contato com a franqueada máster pelo e-mail contato@lkfc.com.br e pelos telefones (51) 8052-0210 e (51) 8952-5309. Mais informações pela página www.lkfc.com.br.


Convênios Futebol



Troféu Destaque 2015 abre votação na próxima quarta-feira
09/07/2015
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS, com o objetivo de apoiar e valorizar os profissionais e estabelecimentos registrados no Conselho, está realizando mais uma edição do Troféu Destaque, em comemoração ao Dia do Profissional de Educação Física, celebrado em 1º de setembro. A votação ocorrerá de maneira online, pelo site do Conselho, entre os dias 15 de julho e 9 de agosto. A votação será aberta nas seguintes categorias, com os profissionais concorrentes abaixo:

Categoria Profissional de Escola:

GABRIEL LUIS DE ABREU (CREF 014587-G/RS)
Possui graduação pela UCS e, desde 2010, é professor da rede municipal de Farroupilha, onde atua na Escola de Ensino Fundamental Antonio Minella e treina o time feminino mirim de futsal do colégio. Trabalha também na rede municipal de Caxias do Sul, na Escola Renato João Cesa.

LUIS EURICO KERBER (CREF 001203-G/RS)
Possui graduação pela Feevale e pós-graduação em Ciências da Atividade Física – Aspectos da Medicina do Esporte. Atua na Educação Básica desde 2002 e como professor universitário da Feevale desde 2005. Trabalha também na rede municipal de ensino de Ivoti. Já desenvolveu projetos de atividades físicas de aventura na natureza e de promoção da saúde na escola.

VIRGINIA ROLIM WOLFFENBUTTEL (CREF 000055-G/RS)
Possui graduação pela UFRGS e atua na Educação Física escolar há 30 anos. Na Escola Estadual Mariz e Barros, em Porto Alegre, coordena há mais de 10 anos a equipe de handebol masculino Jovem Talentos, que já participou e venceu diversos campeonatos municipais e estaduais.

Categoria Profissional do Esporte Educacional:

JORGE LUIZ BRANDLI FERNANDES (CREF 001674-G/RS)
Possui graduação pela UFSM e mestrado em Ciência do Movimento Humano. É técnico de handebol das equipes Margaria Lopes/ASH e ASH/Praxis AS e professor do curso de Educação Física da Ulbra Santa Maria. Possui também experiência como atleta profissional e árbitro de handebol.

LUIZ AFONSO GOMES (CREF 000484-G/RS)
Possui graduação pelo IPA, mestrado em Ciências Sociais e especialização em Basquete e em Futebol. É o docente mais antigo do IPA, onde atua desde 1980. Coordena o curso de pós-graduação Futebol e Futsal: do Treinamento à Gestão e atua na área de ensino-aprendizagem em treinamento, performance, avaliação e motivação.

RICARDO BASTOS SIKILERO (CREF 002835-G/RS)
Possui graduação pela UFRGS e especialização em Gestão no Esporte. É coordenador de esportes e professor do Colégio La Salle São João, de Porto Alegre, e da Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul, onde é responsável pela organização dos Jogos Escolares (JERGS – 1ª CRE). Como técnico desportivo, já atuou no Lindóia Tênis Clube, na Associação Leopoldina Juvenil, no Grêmio Náutico Gaúcho e no Teresópolis Tênis Clube.

Categoria Profissional de Paradesporto e Atividade Adaptada:

FABIANE PEREIRA PÓVOA (CREF 008729-G/RS)
Possui graduação pela Ulbra e especialização em Arte, Corpo e Educação. É professora de dança em cadeira de rodas, desde 2013, da Escola Paralímpica Gaúcha, vinculada ao RS Paradesporto. Já atuou no Centro de Estudos da Atividade Motora Adaptada, da Ulbra, e na Associação Canoense de Deficientes Físicos. Desde 2014, trabalha também na APAE Eldorado, com dança e Educação Física adaptada.

FELIPE DE OLIVEIRA MOTTA (CREF 006765-G/RS)
Possui graduação pela UFPel e é professor da Escola de Educação Especial José Alvares de Azevedo, em Rio Grande, que atende deficientes visuais. É técnico de atletismo pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e já participou de três Paralimpíadas Escolares: duas como treinador da equipe de atletismo do Rio Grande do Sul e uma como staff de goalball do Estado.

TIAGO JOSÉ FRANK (CREF 015592-G/RS)
Possui graduação pela UCS e é coordenador do setor de Paradesporto e Lazer Inclusivo da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer de Caxias do Sul. Atuou como supervisor do Centro Integrado das Pessoas com Deficiência (CIDEF/UCS) e como técnico da seleção brasileira sub-21 de basquete em cadeira de rodas, tornando-se campeão Parapanamericano em 2013. Dedica-se ao desenvolvimento e promoção de atividades de esporte e lazer para pessoas com deficiência.

Categoria Profissional de Recreação e Lazer:

DESIRE LACRETA MARIDAKIS (CREF 006536-G/RS)
Possui graduação e especialização pelo IPA, é ex-atleta profissional de voleibol e funcionária, desde 1985, da Prefeitura Municipal de Canoas. Atua há 26 anos no Centro Olímpico Municipal (COM), que oferece programas de atividade física, de esporte, de lazer e escolinhas esportivas à comunidade.

JAIME ZORZI (CREF 000207-G/RS)
Possui graduação e pós-graduação pela UFRGS e experiência de mais de 30 anos na Secretaria Municipal de Educação e na Secretaria Municipal de Esportes, Recreação e Lazer de Porto Alegre. Foi coordenador do Parque Ramiro Souto, na Redenção, que oferece diversas atividades à população, como brinquedoteca, caminhadas orientadas e ginástica.

REJANE PENNA RODRIGUES (CREF 002150-G/RS)
Possui graduação pela Escola Superior de Educação Física de Cachoeira do Sul e foi, durante três gestões, secretária de Esportes, Recreação e Lazer de Porto Alegre. É ex-secretária Nacional do Desenvolvimento de Esporte e de Lazer, vinculada ao Ministério do Esporte, e ex-diretora de operações e serviços da Autoridade Pública Olímpica, no Rio de Janeiro.


CREF2 RS



Câmara de Futebol do CREF2/RS propõe Fórum para debater categorias de base
29/06/2015
Fonte: CREF2/RS

A Câmara Técnica de Futebol do CREF2/RS reuniu-se na última sexta-feira (26) na sede do Conselho. Na ocasião, foram abordadas a revisão do planejamento estratégico e a elaboração de um Fórum de Futebol com o tema categorias de base, tendo como público-alvo os profissionais registrados do Conselho, os professores de Educação Física da rede pública e privada e acadêmicos.

Estiveram presentes na reunião o presidente da Câmara, Álvaro Laitano (CREF 000006-G/RS), o secretário Antônio Cimirro (CREF 004716-G/RS) e o convidado Paulo Dias (CREF 009423-G/RS). A próxima reunião será realizada no dia 10 de julho, às 14h. As reuniões da Câmara Técnica de Futebol ocorrem periodicamente no CREF2/RS e são abertas à participação dos Profissionais de Educação Física.


Futebol de base



Legado deixado pela Copa é tema de evento promovido pelo Fórum-RS
15/09/2014
Fonte: Crefito5/RS

O legado deixado pela Copa do Mundo em Porto Alegre foi o tema do debate “A Copa Passou. E agora?”, promovido pela Câmara de Defesa da Sociedade, do Fórum-RS. O evento ocorreu na última quinta-feira (11), no Centro Universitário Metodista IPA.Sob a mediação do jornalista Alexandre Appel, os participantes do evento apresentaram seus pontos de vista relacionados ao legado deixado à capital pelo Mundial de Futebol que ocorreu em junho, especialmente em relação às áreas da saúde, controle social da gestão pública, fiscalização do andamento de obras, segurança pública, fiscalização das contas públicas e os impactos do evento no setor imobiliário.

Em seu pronunciamento, Pedro Gabril, vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS, comentou a importância dos Observatórios Sociais para o acompanhamento da gestão pública, uma vez que esses são instrumentos para a participação direta dos cidadãos na política social. “Os Observatórios Sociais dão à sociedade civil a oportunidade de transformar a indignação da população em ações que contribuam efetivamente para o controle dos gastos públicos”, comentou. Ele lembrou ainda que municípios, estados e União têm a obrigação de divulgar seus dados de gestão por meio de seus portais transparência.

Leo Arno Richter, presidente do CREA-RS, também falou sobre as obras e os custos disso para os cofres públicos. Segundo ele, 933 milhões de reais foram envolvidos apenas nas obras para a Copa do Mundo. Além disso, o diretor de Controle e Fiscalização do TCE-RS disse que um dos pontos positivos do evento mundial foi o fortalecimento dos órgãos de controle, trazendo uma economia antes mesmo que os gastos fossem feitos. “O TCE fiscalizou todas as etapas das obras. Essa atuação prévia e concomitante permitiu que aproximadamente 70 milhões não fossem desviados”, afirmou.




Jogos Escolares do RS têm inscrições abertas
05/05/2014
Fonte: Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul

As escolas da rede de ensino público de Porto Alegre podem se inscrever até o dia 15 de maio para participarem dos Jogos Escolares do Rio Grande do Sul 2014. Promovida pela Secretaria de Educação do Estado, a atividade conta com nove modalidades: tênis de mesa, atletismo, basquete, futebol de campo, futsal, handebol, orientação, vôlei e xadrez.

Podem participar dos JERGS todos os alunos regularmente matriculados nos estabelecimentos de ensino público da 1ª Coordenadoria Regional de Educação, nascidos entre 1997 e 2004. A exigência para os professores responsáveis pelas equipes e/ou atletas é o curso superior em Licenciatura em Educação Física, como exige a lei nº 11.585, que entra em vigor no ano que vem, e o registro no CREF2/RS.

A expectativa dos JERGS 2014 é superar a edição do ano passado, quando participaram 213 mil estudantes de 1.850 escolas públicas. A abertura oficial do JERGS 2014 será realizada amanhã, 6 de maio, na Escola Estadual de Ensino Fundamental Paraíba (Rua Adão Pinheiro da Silva, 490 - Aberta dos Morros), em Porto Alegre.

As inscrições devem ser feitas pelos alunos em suas respectivas escolas.




CREF2/RS realiza avaliações antropométricas na Festa do Trabalhador em Canoas
02/05/2014
Fonte: CREF2/RS

Segundo estimativa da Prefeitura, mais de 10 mil pessoas compareceram ontem na Festa do Trabalhador, em Canoas. O evento, promovido pela Secretaria de Esporte e Lazer do município, contou com vasta programação. O CREF2/RS participou da atividade com espaço em que servidores do Conselho puderam atender a população, com informações sobre a importância do exercício físico e realizar avaliações antropométricas.

A Festa começou às 9h e se estendeu até a tarde. No Parque Esportivo Eduardo Gomes, os moradores de Canoas também tiveram à disposição outros serviços, como encaminhamento de carteira profissional e atividades culturais, que variaram entre peças teatrais e shows musicais. Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), coordenadora do Departamento de Orientação e Fiscalização, salientou a importância do CREF2/RS em participar de eventos como este. "Podemos mostrar para a população como o Conselho e a Fiscalização atuam, e também esclarecer o papel fundamental que o profissional de Educação Física tem na sociedade".

Realizada pelos profissionais do CREF2/RS, as avaliações antropométricas mediram o IMC (Índice de Massa Corporal) e o Percentual de Gordura dos interessados. "É muito legal ter acessos a estes serviços, e ainda sem pagar", comentou Mariana Pereira, uma das participantes da Festa do Trabalhador, à equipe de Comunicação da Prefeitura de Canoas. Em um conjunto de mais de 60 atividades, os canoenses também encontraram no Parque Esportivo Eduardo Gomes lutas de judô, jogos de futebol, local para prática de skate e palestras sobre saúde do trabalho e do trabalhador.




Deputado Afonso Hamm destaca realização de audiência pública para formação de atletas
13/02/2014
Fonte: Ass. Imprensa Afonso Hamm

Na próxima quarta-feira, dia 19, o plenário 7, da Câmara dos Deputados, servirá de cenário para realização de Audiência Pública para tratar da Formação de Atletas no Brasil. O evento, foi sugerido pelo deputado federal Afonso Hamm (PP-RS), que é sub-relator desta área na Comissão Especial PL 6753, de 2013, que “cria o Programa de Fortalecimento dos Esportes Olímpicos (Proforte).

Afonso Hamm fez um pronunciamento em plenário para destacar a realização da audiência que terá como objetivo debater o fortalecimento do esporte das categorias de base, em todas as modalidades, visando à formação de novos atletas. O evento contará com presença dos representantes dos pequenos e médios clubes que pretendem realizar projetos de formação, representantes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Ministério do Esporte.

Hamm comenta que esse debate também terá como propósito tratar da disponibilização de recursos para investimentos na área de formação. O deputado é autor do artigo 29, na Lei Geral da Copa, que trata dos lucros que a FIFA vai obter no Brasil com a Copa do Mundo e que parte, ou seja, no mínimo 10%, seja para investir na formação para evitar as drogas, o descaminho em relação aos nossos jovens.




CREF2/RS discute legado da Copa do Mundo
02/12/2013
Fonte: CREF2/RS

A Câmara de Futebol do CREF2/RS realizou no Ginásio Tesourinha, em Porto Alegre, no dia 25/11 o evento ""A Copa do Mundo, seu legado e a importância para o esporte escolar"". Durante o evento, o Secretário Municipal para a Copa de 2014, João Bosco Vaz, explicou que a oportunidade é importante por reunir formadores de opinião e poderá desmitificar muitos fatos. ""Aquela antiga Copa da Paixão transformou-se em um grande negócio, onde ganham todos. As pessoas tem ideia errada que o governo aporta dinheiro na FIFA, o que é um engano. ""
Bosco explicou que o Estado apenas deu incentivos para compra de material de construção. ""Nada comparado aos R$ 450 milhões que o Corinthians recebeu"", afirmou. Vaz reforçou a ideia que o esporte escolar será beneficiado, e que a FIFA está fazendo parceria com a Associação Cristã de Moços e com a rede pública de ensino, onde serão dadas aulas de história e geografia sobre os países participantes da Copa, deixando um legado de conhecimento.
O secretário disse ainda que a SMED manterá salas de recreação para que as crianças sejam cuidadas antes dos jogos por cerca de 30 professores. ""O que temos que ter em mente é que não existem eventos com 100% de acertos. Temos que trabalhar com a perspectiva de errar o menos possível"", complementou.
O Secretário do Esporte e do Lazer do Rio Grande do Sul e Coordenador Geral do Comitê Gestor da Copa 2014, Kalil Sehbe explicou que nenhuma categoria irá se beneficiar tanto com a Copa como os Profissionais de Educação Física. ""Nosso mercado se ampliará e se tornará mais complexo"", argumenta Kalil, que também questionou a forma como as escolas vão perceber a Copa. ""Temos de nos esforçar para que as crianças compreendam este evento como cidadania e um processo de construção da autoestima"". O secretário ressaltou os projetos sociais que a FIFA legou nos países em que houve Copa. ""Na África do Sul ainda estão em andamento cinco destes projetos, que beneficiam milhares de pessoas"". Kalil complementou sua fala ressaltando que os maiores legados são os intangíveis. ""Tudo o que melhorar na saúde e segurança irá reverter automaticamente para toda a sociedade"".




CREF2/RS participa da eventos comemorativos na PUCRS e FAMES
05/09/2013
Fonte: CREF2/RS

Na última segunda-feira, dia 02 de setembro, o CREF2/RS esteve presente em dois eventos comemorativos ao Dia do Profissional de Educação Física, ocorridos na PUCRS, em Porto Alegre, e na FAMES, em Santa Maria.
Na PUC, houve uma mesa redonda em homenagem aos Profissionais. Participaram o convidado Élio Carravetta, que dividiu com os presentes sua experiência na área da Educação Física e futebol e o gestor Áureo Gonçalves Marques representando o Conselho na ocasião, além da presença do SINPEF/RS.
O evento comemorativo ao 1º de Setembro em Santa Maria teve representação do CREF2/RS pelo Profissional Clery Quinhones Lima. Na ocasião, que contou com a presença da Direção da FAMES e da Coordenação de Curso da Educação Física da Faculdade, alguns Profissionais relataram suas experiências na área.
Apresentações de Zumba e Treinamento Funcional encerraram o evento.




Estudo aponta que é preciso estar ativo o dia inteiro para manter a boa forma
25/02/2013
Fonte: Zero Hora

Você seguiu direitinho as recomendações do médico (e da Organização Mundial de Saúde): 30 minutos de exercício físico por dia, de segunda a sexta. Está satisfeito consigo mesmo, tem saúde garantida, correto? Não completamente.

Um estudo novo da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) sugere que uma pessoa que se exercita apenas nesses poucos minutos, mas passa o resto do dia sentado ou realizando atividades que não demandam muito movimento, tem as mesmas condições de saúde de alguém que não faz exercício nenhum, mas fica zanzando de um lado para o outro o dia todo.

Até 10 anos atrás, a ciência se fixava somente nos benefícios do tempo do exercício físico — aquele vôlei, futebol, academia, corrida e caminhada, todos esportes de grande intensidade, mas que consomem somente de 5% a 8% do tempo acordado de uma pessoa. O restante da boa forma vem das atividades corriqueiras do dia a dia: cozinhar, passear com o cachorro, se levantar da mesa do trabalho para pegar um cafezinho, caminhar até a padaria para comprar pão etc.

Na última década, países como Austrália, Estados Unidos e Inglaterra têm fixado sua atenção no que as pessoas fazem fora do horário de praticar esportes. No Brasil, há alguns estudos que relatam o tempo que adolescentes ficam na frente do computador, da televisão e do videogame, mas ainda não havia um perfil completo de como as pessoas se movimentam rotineiramente: deslocamentos, lazer, trabalho e estudo.

Em tese de mestrado, Grégore Mielke, pesquisador do comportamento sedentário da UFPel, apresentou um estudo feito com quase 3 mil moradores de Pelotas, mas que pode ser aplicado na população de outras cidades de médio porte. Os resultados são surpreendentes: 10% dos entrevistados passam 12 horas ou mais por dia sentados. E quanto mais velha for a pessoa, menor será o comportamento sedentário.

O próprio conceito de sedentarismo muda:

— É possível que uma pessoa pratique muita atividade física, mas seja sedentária. Se ela ficar sentada na maior parte do tempo, sem se movimentar e só se exercitar meia hora por dia, pode ser considerada sedentária. E isso pode se reverter em uma pior condição de saúde — avalia Mielke.

Sedentarismo, portanto, significa se movimentar pouco durante o dia. E outra coisa, bem diferente, é ser fisicamente ativo. Assim, Mielke dividiu os entrevistados em quatro grupos:

1. Fisicamente ativos e não sedentários
2. Fisicamente ativos e sedentários
3. Fisicamente inativos e não sedentários
4. Fisicamente inativos e sedentários.

Os integrantes dos grupos 2 e 3 teriam os mesmos gastos energéticos durante o dia. Mas antes de cancelar a academia, preste atenção ao que diz Mielke:

— Eu gosto de fazer uma analogia: comer muita fruta ou verdura não anula os efeitos de comer muita gordura. O que eu quero dizer com isso é que os caminhos metabólicos para o gasto energético são diferentes e não se deve abandonar nenhum hábito que seja saudável para o organismo. O problema é que se tomou que 30 minutos de atividade física seriam uma cápsula de saúde e a pessoa não precisaria fazer mais nada. E isso não é verdade.




Câmara do Futebol articula eventos para 2013
24/01/2013
Fonte: CREF2/RS

O Presidente da Câmara Temática do Futebol do CREF2/RS Áureo Gonçalves Marques reuniu-se hoje, dia 24, com o Presidente Eduardo Merino para o planejamento do próximo encontro da Câmara, que ocorrerá dia 7 de março. Foi articulada a proposta de várias ações a serem desenvolvidas durante o ano, entre as quais a distinção dos profissionais que atuam nos segmentos do esporte educacional, alto rendimento e participação e lazer.

Áureo ressaltou na ocasião a importância do trabalho do Profissional habilitado no futebol gaúcho. “Dentre tantos expoentes formados em Educação Física, encontramos Celso Roth, Mano Menezes, Felipão e Roger que possuem formação superior, o que possibilita um diferencial nos conhecimentos sobre o corpo e o desenvolvimento humano”, ressalta.




Câmara do Futebol articula eventos para 2013
24/01/2013
Fonte: CREF2/RS

O Presidente da Câmara Temática do Futebol do CREF2/RS Áureo Gonçalves Marques reuniu-se hoje, dia 24, com o Presidente Eduardo Merino para o planejamento do próximo encontro da Câmara, que ocorrerá dia 7 de março. Foi articulada a proposta de várias ações a serem desenvolvidas durante o ano, entre as quais a distinção dos profissionais que atuam nos segmentos do esporte educacional, alto rendimento e participação e lazer.

Áureo ressaltou na ocasião a importância do trabalho do Profissional habilitado no futebol gaúcho. “Dentre tantos expoentes formados em Educação Física, encontramos Celso Roth, Mano Menezes, Felipão e Roger que possuem formação superior, o que possibilita um diferencial nos conhecimentos sobre o corpo e o desenvolvimento humano”, ressalta.




Câmara do Futebol realiza primeira reunião
21/11/2012
Fonte: CREF2/RS

Realizou-se hoje, 21/11, a primeira reunião da Câmara Temática do Futebol do CREF2/RS, que contou com a presença de representantes do futebol profissional, amador, dirigentes e árbitros. O objetivo da Câmara é a aproximação do Conselho com o futebol escolar, amador e profissional praticado no Estado.

Na ocasião, Áureo Gonçalves Marques foi eleito presidente da Câmara. “O trabalho do Profissional habilitado é muito importante em um País que tem uma população voltada a este esporte, ainda mais com Porto Alegre sendo sede de megaeventos”, explicou Marques. Ele afirmou que a Câmara irá buscar parcerias para desenvolver ações de qualificação para o setor.

Segundo o Presidente do CREF2/RS, Eduardo Merino, é importante destacar o conhecimento humanístico e técnico que a formação em Educação Física proporciona. “A formação superior dá o diferencial em conhecimentos sobre o corpo e o desenvolvimento humano, cinesiologia, didática e treinamento físico, entre outros”.




Plenária do CREF2/RS define novos integrantes das comissões e dos grupos de trabalho
21/11/2012

Ocorreu no dia 20/11 a segunda reunião plenária do CREF2/RS com a presença dos Conselheiros eleitos para o mandato 2012/2018. Entre os trabalhos realizados, ficaram definidas as comissões e grupos de trabalho.

O Presidente do CREF2/RS Eduardo Merino destacou na ocasião o alto índice de renovação entre os conselheiros eleitos. “São 12 novos integrantes no Plenário, todos com grande experiência profissional que estão trazendo suas expertises para as diversas comissões do CREF2/RS”.

Segundo Merino, a nova composição do Conselheiros é o ponto alto de uma eleição com elevada participação de votantes no CREF2/RS. “A intensa busca de manifestação na esfera política representa o amadurecimento dos Profissionais de Educação Física e também uma maior circulação de ideias, além de uma saudável disputa de propostas”, avalia.
Leia abaixo a relação das comissões, dos grupos de trabalho e dos seus integrantes :


COMISSÕES


Comissão de Controle e Finanças
Álvaro Fernando Laitano da Silva
Cláudio Renato Costa Franzen
Denisse Fagundes Ugalde
Leila de Almeida Castillo Iabel


Comissão de Ética Profissional
Carlos Mazzoni
Francisco Vargas Neto
Giovanni Bavaresco
João Antônio da Silva Rosa
Luiz Augusto Copstein Waldemar
Carlos Alberto Cimino
Eliana Alves Flores

Comissão de Orientação e Fiscalização
Carmen Masson
Giovanni Bavaresco
Luciane Citadin
Lauro Ubirajara Barboza de Aguiar

Comissão de Legislação e Normas
João Guilherme Queiroga
Leila de Almeida Castillo Iabel
Eliana Alves Flores
José Edgar Meurer

Comissão de Ensino Superior e Preparação profissional
Alexandre Greco
Carlos Ernani Olendzki de Macedo
Cláudio Gutierrez
Paula Maduro

Comissão de Licitação
Francisco Menezes
Eliana Alves Flores
Sonia Waengertner

Comissão Temporária de Eventos
Carmen Masson
Alexandre Greco
Claudio Franzen

GRUPOS DE TRABALHO

Câmara Temática de Futebol Coordenação: Conselheiro Álvaro Laitano
Câmara Temática de Educação Física Escolar Coordenação: Conselheira Miryam Brauch
Câmara Temática de Atividade Física na Empresa e Ginástica Laboral Coordenação: Conselheiro Lauro Aguiar
Câmara Temática de Lutas Coordenação: Conselheiro Alexandre Velly
Câmara Temática de Para-desporto e Atividade Adaptada Coordenação: Conselheira Leila de Almeida Castillo Iabel
Câmara Temática de Pessoa Jurídica Coordenação: Conselheira Rosa Maria Marin Pacheco
Câmara Temática de Esporte de Aventura Cordenação: Conselheiro Alexandre Greco
Câmara Temática da Saúde Coordenação: Conselheira Carmen Masson
Câmara Temática de Esporte Educacional Coordenação: Conselheiro João Guilherme Queiroga
Câmara Temática de Esporte Rendimento Coordenação: Conselheiro Carlos Cimino
Câmara Temática de Gestão e Marketing em Educação Física Coordenação: Conselheira Luciane Citadin