Notícias




Data Inicial:
(dd/mm/aaaa)  

Data Final:
(dd/mm/aaaa)  
Título:
Palavras na Notícia:



CMD de Caxias do Sul realiza VII Fórum Municipal do Esporte e do Lazer
06/03/2020
Fonte: CREF2/RS

O Conselho Municipal do Desporto de Caxias do Sul vai realizar, no dia 25 de abril, o VII Fórum Municipal do Esporte e do Lazer. Com o tema "Políticas Públicas do Esporte e do Lazer", a atividade ocorrerá no Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul (Sindiserv), das 9h às 16h30min, com entrada gratuita para profissionais e acadêmicos do curso de Educação Física. As inscrições podem ser feitas por aqui ou diretamente no local.

Neste ano, a programação do Fórum contará com uma palestra ministrada pelo secretário municipal do Esporte e Lazer de Caxias do Sul Gabriel Citton e outra conduzida pela Associação dos Profissionais de Educação Fìsica do Rio Grande do Sul (Apef/RS), intitulada “Políticas Públicas no Desporto". O evento ainda vai ter uma explanação da proposta do Plano Municipal de Esporte e Lazer de Caxias do Sul e apresentação de diferentes eixos temáticos, relacionados ao Paradesporto, Lazer, Esporte e Lazer Comunitário, Esporte Escolar, Esporte de Rendimento, Programas e Projetos, Políticas Públicas e Financiamento.

VII Fórum Municipal do Esporte e do Lazer de Caxias do Sul
Data e horário: 25 de abril, sábado, das 9h às 16h30min
Local: Sindiserv – Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul
Endereço: Rua Carlos Giesen, 1217 – Exposição
Inscrições gratuitas por aqui ou diretamente no local


CMD Caxias do Sul Caxias do Sul CREF Serra



COF reúne-se com coordenador da Faculdade de Educação Física da UCS de Bento Gonçalves
13/02/2020
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Orientação e Fiscalização (COF) do CREF2/RS realizou, na última quarta-feira, dia 5 de fevereiro, mais uma reunião nas quais os seus integrantes elaboraram diretrizes para a Fiscalização do Conselho, propondo ações de orientação no âmbito regional e se manifestaram em relação aos processos de fiscalização.

Estavam presentes Alessandro Gamboa (CREF 001534-G/RS), Carla Pretto (CREF 006564-G/RS), Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), Carlos Castilhos (CREF 000877-G/RS) e Luciane Citadin (CREF 000100-G/RS). Participou como membro convidado o profissional Mauro Silva (CREF 001366-G/RS), coordenador da Faculdade de Educação Física da UCS de Bento Gonçalves e membro do Conselho Municipal do Desporto de Caxias do Sul (CMD).

A presidente do CMD e conselheira do CREF2/RS Carla Pretto, juntamente com Mauro Silva, realizou uma visita ao secretário estadual de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul João Derly, para tratar sobre o CMD. Já na sexta-feira, dia de 7 fevereiro, Gamboa e Carla foram recebidos pelo secretário de Esporte e Lazer de Caxias do Sul, Gabriel Citton (CREF 008763-G/RS), quando foram discutidos temas relativos ao exercício profissional e à fiscalização.

Na pauta da reunião da COF, foi tratada a comparação do trabalho da COF com o Planejamento Organizacional de 2020, em que Gamboa explicou quais pontos deverão ser comparados entre os documentos. Também se analisou a elaboração dos projetos Workshop do Exercício Profissional de Educação Física. Também foi debatida a possibilidade de registro das Salas de Atividades de Educação Física (SAF).

Neste momento, a assessora de Fiscalização substituta Denise Candaten (CREF 010750G-RS) apresentou o levantamento de SAF's referentes a outros Estados, relativos ao registro nos seus respectivos Conselhos Regionais. Após análise e debate, a COF decidiu por elaborar uma proposta de resolução para registro de SAF no CREF2/RS. Outro tema debatido foi o Registro de Pessoa Jurídica de Atividade Secundária.

A próxima reunião da COF ficou definida para o dia 12 de fevereiro, às 13h30min, na sede do CREF2/RS.


COF



Conselheira Carla Pretto é eleita presidente do Conselho Municipal de Desporto de Caxias do Sul
09/12/2019
Fonte: CREF2/RS

Em uma reunião plenária realizada no final de novembro, a conselheira do CREF2/RS Carla Pretto (CREF 006564-G/RS) foi eleita presidente do Conselho Municipal do Desporto de Caxias do Sul. O órgão, vinculado à Prefeitura Municipal e criado em 1999, tem como função normatizar, deliberar e fiscalizar a área de atividade esportiva da cidade, oferecendo subsídios técnicos e emitindo pareceres sobre o assunto.

A gestão 2019-2021 do CMD conta ainda com o vice-presidente Moroni Lima (CREF 005357-G/RS) e com o secretário-executivo Jorge Dutra. “Por serem dois órgãos de fiscalização, acredito que o Conselho do Desporto e o CREF2/RS poderão atuar de maneira conjunta de diversas formas – massificando a orientação da atuação do profissional de Educação Física na área esportiva, realizando eventos em parceria e fortalecendo as ações de fiscalização”, avalia Carla. Pelos próximos três anos, o CMD também terá como meta a elaboração de um novo Plano Municipal do Desporto, para que contemple políticas públicas no âmbito da iniciação esportiva.

Além deste projeto, Carla adianta outras ações que o CMD implementará daqui para frente, como a realização do prêmio Mérito Esportivo e do Fórum Municipal do Desporto, ambos previstos para ocorrer já em 2020. “A nova gestão irá se basear no cumprimento das legislações desportivas, sugerindo medidas que visem a expansão do desporto do município”, encerra a Presidente.


CMD Caxias do Sul Caxias do Sul CREF Serra



ACSAM realiza seminário de Taekwondo em Sobradinho
25/07/2018
Fonte: ACSAM

No sábado, dia 21, a Associação Centro Serra de Artes Marciais (ACSAM) realizou no município de Sobradinho o I seminário formativo do projeto Taekwondo ACSAM – Ênfase ao Esporte Educacional, evento que contou com a presença de todos os associados da entidade. As atividades teóricas iniciaram pela manhã, no auditório do Polo Regional de Educação, e na abertura do evento esteve presente o presidente do Conselho Municipal de Desportos, Lisomar Morais Dias, e representando o Colégio Tiradentes de Santa Maria, compareceu o aluno Lincoln Pontel Dalberto.

Conforme o professor Jerônimo Jesus Dalberto (CREF 18150-P/RS), coordenador do evento, o seminário desenvolveu as atividades práticas com etapas de exercícios físicos, táticos e lutas. Ao final do I seminário formativo, todos foram agraciados com medalhas e certificados de participação. Devido ao êxito do evento, futuramente deverão ocorrer novas edições. Esta edição contou com o apoio institucional do Conselho Regional de Educação Física do Rio Grande do Sul (CREF2/RS), Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Turismo e Desporto de Sobradinho e do Conselho Municipal de Desporto (CMD).


Taekwondo



Vereadores farão Moção de Repúdio a MP que retira recursos do esporte
11/07/2018
Fonte: Site da Câmara Municipal de Porto Alegre

A elaboração de uma Moção de Repúdio ao texto da Medida Provisória (MP) nº 841/18 que, desde o dia 11 de junho, retira mais de R$ 541 milhões, oriundos de percentuais das apostas nas loterias federais, de projetos de incentivo ao esporte, em especial ao atletismo brasileiro, foi o encaminhamento adotado após debate sobre o tema, na tarde desta terça-feira (10/7), no encontro conjunto das comissões de Educação, Cultura, Esportes e Juventude (CECE), e de Defesa do Consumido, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh) do Legislativo Municipal. A reunião, por iniciativa do vereador André Carús (MDB), que sugeriu a redação do documento, contou com a presença de outros parlamentares e representantes de entidades esportivas.

Ao iniciar a discussão da pauta, Carús disse que a MP, da forma como foi apresentada não irá produzir os resultados pretendidos, que é o de reduzir a violência nas cidades a partir da transferência de boa parte dos recursos do esporte juvenil para o Fundo Nacional da Segurança. De acordo com o vereador, é preciso pressionar o governo federal para reverter a situação “com a máxima urgência, porque os danos já estão causando estragos”.

Retrocesso

Para o vice-presidente de formação de atletas do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), Fernando Manuel de Matos Cruz, a MP retrocede em conquistas que vinham sendo obtidas desde a Lei Pelé. Disse, ainda, que da parte percentual do que é arrecadado com as loterias e destinada ao esporte, só atingiu a área de incentivo à formação de jovens para o atletismo. “O prejuízo é grande porque esses recursos vinham sendo investidos em equipamentos, como a construção de pistas atléticas, piscinas e outros; no pagamento de profissionais e no fomento à participação de atletas em competições, o que agora não é mais possível”.

Cruz explicou como o recurso, em média de R$ 40 milhões anuais, era distribuído até que a MP entrasse em vigor e zerasse os repasses de 0,5% de todos os prognósticos de loterias aos cuidados do CBC. “Ao esporte escolar cabia 5%, ao esporte universitário 10%, ao comitê paraolímpico 15%, às despesas administrativas 20% e os 50% restantes ao esporte olímpico e aos clubes”.

Luciana Miorro, coordenadora de Projetos Esportivos do Grêmio Náutico União, declarou que é grande a expectativa dos jovens atletas com a possibilidade de reversão dos efeitos da MP. “Eles estão apreensivos porque foi graças a esses recursos que muitos puderam ser incluídos no esporte”, disse. Ela exemplificou que no União, entre outras formas de investimento, foi possível revitalizar o piso de dois ginásios e equipar o departamento médico, entre outras melhorias “que refletem no preparo dos atletas para competições nacionais e internacionais”.

José Haroldo Arataca, diretor técnico e treinador da Confederação Brasileira de Atletismo (CBA), considerou que, apesar de danosa pelo seu contexto, a MP teve um resultado positivo. “Já vim aqui nesta Casa Legislativa muitas vezes e é a primeira vez que vejo a união dos representantes das entidades em defesa do esporte”. Arataca, no entanto, lamentou não ver a indignação popular. “As pessoas choram pela nossa colocação em sexto no Mundial, mas não se manifestam ao fato de estarmos na 84º posição em educação”, criticou.

Segundo o diretor da CBA, os recursos cortados atingem ainda, o esporte escolar, inviabilizando qualquer iniciativa, como os tradicionais jogos universitários. Ele elogiou a gestão dos recursos que até então eram destinados ao CBC e comparou: “a pista da Sogipa, com o controle da entidade foi construída por R$ 1,8 milhões e uma semelhante, na Ufrgs custou cerca de R$ 10 milhões”. Arataca também lembrou que parte dos recursos cortados do atletismo foram para reforçar o próprio prêmio das loterias, que aumentou recentemente de valor, e também para o futebol, por força da pressão feita pela “bancada da bola”.

Equívoco

O vice-presidente da Federaclubes, Carlos Humberto Rigon, disse que a MP é um equívoco. Além de prejudicar imediatamente aos clubes mais estruturados, como Sogipa, União e Veleiros, corta, também, o sonho das entidades menores que vinham se organizando para a aprovação de projetos junto ao CBC. Ele adiantou que o tema será um dos pontos a ser debatido no Congresso da Federaclubes que acontece em Gramado nos próximos dias 20, 21 e 22 de julho.

Lauro Aguiar, vice-presidente do Conselho Regional de Educação Física da 2ªRegião (CREF2RS) informou que o tema vem sendo tratado, também, no âmbito da Assembleia Legislativa, onde uma Audiência Pública está sendo chamada para discutir os efeitos da MP 841/18. Ele lamentou os poucos fóruns de debate e criticou a falta de realização das Conferências do Esporte. “Não somos contra a segurança pública, mas entendemos que não adianta construir presídios se não investirmos em prevenção à violência e isso se faz com iniciativas como a do incentivo da prática do esporte, assim como de investimentos em educação e cultura para os nossos jovens”.

Mauro Myskin, vice-presidente do Colégio Brasileiro de Ciência do Esporte, afirmou que a extinção da secretaria de Esportes e as políticas públicas para o setor, em Porto Alegre, foram completamente abandonadas. Ressaltou a importância da união de todos para a derrubada da MP, o que considera fundamental para a continuidade de projetos que vinham sendo desenvolvidos pelas entidades e clubes.

Leonardo Monteiro, que representou o deputado federal João Derly (Rede) ressaltou que a MP, que entrou em vigor no dia 12 de junho, tem prazo de 45 dias para ser apreciada pelo Congresso, ou passará a trancar a pauta. Ele lembrou, no entanto, que como há o recesso de julho e a contagem é interrompida, o prazo deve vencer em meados de agosto. “A solução mais rápida é a de pressão sobre o governo para que ele reveja os efeitos da MP sobre o Esporte. Fora isso, ou é esperar a votação, que pode ser pela derrubada, alteração do texto ou aprovação, ou ainda, aguardar os 120 dias para ver a MP, caso não seja apreciada em plenário, perca automaticamente os seus efeitos”.

Paulo Eduardo Barbosa Santos, presidente do Conselho Municipal de Desportos (CMD) reforçou as críticas à falta de incentivo ao esporte na capital gaúcha. Disse que o tratamento em Brasília, com a MP é semelhante ao que vem sendo destinado ao setor em um ano e sete meses do atual governo. Que o CMD perdeu recursos orçamentários, sede e, assim como os demais, qualquer apoio para o desenvolvimento do trabalho dos conselheiros.

Medida

Em suas manifestações, os vereadores presentes ao encontro, assim como o proponente da pauta, se posicionaram contra a retirada de recursos do esporte. De acordo com Cassiá Carpes (PP), o problema da falta de verbas não é diferente de quando foi presidente da extinta Fundação de Esporte e Lazer do Estado do Rio Grande do Sul (Fundergs). "Era preciso muito jogo de cintura para podermos realizar algo", justificou. João Bosco Vaz (PDT) disse que a MP coloca uma pá de cal sobre qualquer possibilidade de investimento em esporte na capital, visto que o atual governo não realiza nenhum aporte ao setor, assim como nas demais áreas, como na social, "totalmente abandonadas pelo poder público".

Na mesma linha Sofia Cavedon (PT), lamentou o desmonte do esporte na cidade. Ela ainda ressaltou que devido aos projetos do Executivo que trancam a pauta, a Moção de Repúdio não poderá ser votada com a celeridade que merece e, portanto, "o melhor é coletar as assinaturas dos vereadores para remetê-la o mais rápido ao presidente da Câmara Federal". disse. Prof. Alex Fraga (PSol) alertou que é necessário deixar clara a intenção da interrupção imediata dos efeitos da MP na Moção, visto se permanecer com seus efeitos por quatro meses, até que perca o seu valor, "irá provocar estragos que só poderão ser recuperados no ano que vem".

Para a vereadora Comandante Nádia (MDB), presidente da Cedecondh, a união de esforços em prol do Esporte é importante. Disse que os vereadores estão engajados na luta das entidades e clubes para fazer valer o desejo da comunidade esportiva brasileira. Tarciso Flecha Negra (PSD), que presidiu o encontro, destacou que o esporte é capaz de salvar a vida de muitos jovens. Ele lembrou a sua história e a importância que o setor tem para coibir a violência. Da mesma forma a vereadora Mônica Leal (PP) informou que assinará a Moção. Para ela, não se pode colocar em confronto a Segurança e o Esporte. "Cada um dos setores tem a sua importância e devem ter a atenção dos governos", declarou. O vereador Alvoni Medina (PRB), também participou do encontro.

Texto: Milton Gerson (reg. prof 6539)
Edição: Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154)
Foto: Andielli Silveira/CMP


epúdio a MP que retira recursos do esporte



Vereador caxiense pede vistas e adia a criação da Semana Municipal da Educação Física e Esporte
14/07/2016
Fonte: CREF2/RS

Os profissionais de Educação Física presentes na votação para a criação da Semana Municipal da Educação Física e Esporte saíram frustrados da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul nesta quarta-feira (13). O motivo foi a aprovação do pedido de vistas solicitado pelo vereador Jó Arse (PDT), que adiou a discussão por mais 15 dias. O texto inicial do projeto teve as assinaturas dos vereadores Felipe Gremelmaier (PMDB) e Jaison Barbosa (PDT), junto a do ex-vereador Washington Cerqueira. O substitutivo partiu da iniciativa de Jaison Barbosa (PDT).

Segundo a presidente do CREF2/RS, Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), causou surpresa que justamente um ex-secretário dos esportes se oponha ao projeto. “O vereador Jó Arse deveria ter a sensibilidade e perceber que a ação é uma demanda da própria comunidade. Não obstante, acreditamos que o projeto será aprovado em 15 dias”, avaliou. O Conselho Municipal do Desporto (CMD) de Caxias Do Sul esteve representado na Câmara de Vereadores pelos conselheiros Marcia Rohr da Cruz (CREF 007542-G/RS) e Vladimir Flores. “Nas próximas etapas, é fundamental que a população caxiense acompanhe atentamente o projeto e o pedido de vistas do vereador”, alertou Marcia.


CMD de Caxias do Sul



Amanhã ocorre o IV Fórum Municipal do Esporte, Paradesporto e Lazer em Caxias do Sul
01/07/2016
Fonte: CREF2/RS

O Conselho Municipal de Desporto (CMD) e a Prefeitura de Caxias irão realizar, amanhã, dia 2 de julho, o IV Fórum Municipal de Esporte, Paradesporto e Lazer. O evento, que irá ocorrer no auditório do SEST/SENAT, terá entrada gratuita. A atividade é aberta para profissionais de Educação Física e para comunidade em geral.

Com as palestras do vice-presidente de Esportes do Esporte Clube Juventude, Paulo Henrique Marchioro; e do presidente do Centro Integrado das Pessoas com Deficiência (CIDEF), Evair Ramos; o Fórum será das 8h às 12h e vai levar para o debate diversas questões relacionadas ao esporte e ao lazer adaptado, comunitário, educacional e de rendimento.

As inscrições ainda podem ser feitas de maneira antecipada por aqui ou diretamente no local, no momento da entrada ao evento. Mais informações pelo e-mail cmd@caxiasdosul.rs.gov.br.

IV Fórum Municipal do Esporte, Paradesporto e Lazer
Data: sábado, 2 de julho, das 8h às 12h
Local: SEST/SENAT
Endereço: Rua Luís Fracescuti, 41 – Bairro Pioneiro
Inscrições: aqui e informações pelo e-mail cmd@caxiasdosul.rs.gov.br


Eventos



IV Fórum Municipal do Esporte, Paradesporto e Lazer é neste sábado em Caxias do Sul
28/06/2016
Fonte: CREF2/RS

Neste sábado, dia 2 de julho, o Conselho Municipal de Desporto de Caxias do Sul (CMD), em parceria com Prefeitura, realizará o IV Fórum Municipal do Esporte, Paradesporto e Lazer. O evento terá entrada gratuita e vai ser realizado no auditório do SEST/SENAT, das 8h às 12h.

O Fórum, que está chegando na sua quarta edição, terá em sua programação as palestras do vice-presidente de Esportes do Esporte Clube Juventude, Paulo Henrique Marchioro; e do presidente do Centro Integrado das Pessoas com Deficiência (CIDEF), Evair Ramos. Além disto, haverá também a apresentação de eixos temáticos, sobre esporte e lazer adaptado, comunitário, educacional, de rendimento e financiamento.

A atividade é aberta para profissionais de Educação Física, assim como para a comunidade em geral. As inscrições podem ser feitas neste link e mais informações obtidas pelo e-mail cmd@caxiasdosul.rs.gov.br.

IV Fórum Municipal do Esporte, Paradesporto e Lazer
Data: sábado, 2 de julho, das 8h às 12h
Local: SEST/SENAT
Endereço: Rua Luís Fracescuti, 41 – Bairro Pioneiro
Inscrições: aqui e informações pelo e-mail cmd@caxiasdosul.rs.gov.br


Eventos Caxias do Sul Esporte Paradesporto



IV Fórum Municipal do Esporte, Paradesporto e Lazer ocorre em Caxias do Sul
17/06/2016
Fonte: CREF2/RS

A Prefeitura de Caxias do Sul e o Conselho Municipal de Desporto (CMD) vão realizar, na manhã do dia 2 de julho, o IV Fórum Municipal do Esporte, Paradesporto e Lazer no auditório SEST/SENAT, localizado na rua Luís Fracescuti, n.º41, bairro Pioneiro.

Na programação, haverá palestras com o vice-presidente de Esportes do Juventude, Paulo Henrique Marchioro, com o presidente do Centro Integrado das Pessoas com Deficiência (CIDEF), Evair Pinheiro Ramos, além de eixos temáticos sobre esporte e lazer adaptado, comunitário, educacional, de rendimento e financiamento.

IV Fórum Municipal do Esporte, Paradesporto e Lazer
Data: sábado, 2 de julho, das 8h às 12h
Local: rua Luís Fracescuti, 41, bairro Pioneiro, Caxias do Sul
Inscrições e informações no Facebook cmdcaxiasdosul ou pelo e-mail cmd@caxiasdosul.rs.gov.br


CMD de Caxias do Sul



CMD de Caxias do Sul entrega Prêmio Mérito Esportivo na segunda-feira
10/03/2016
Fonte: CREF2/RS

Na próxima segunda-feira, dia 14 de março, a partir da 19h30min, ocorrerá a entrega do Prêmio Mérito Esportivo 2015 na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul. Os agraciados foram indicados pela comunidade e escolhidos pelos conselheiros do Conselho Municipal de Desporto. Entre os homenageados, duas pessoas receberão o prêmio postumamente, entre elas o profissional de Educação Física Willians Charles Leite (CREF 004621-G/RS), falecido em 2015.

O Prêmio, instituído pelo CMD em 2003, é uma forma de agradecimento e reconhecimento aos atletas e entidades de Caxias do Sul que se destacaram na área desportiva durante o ano. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de Caxias do Sul e tem apoio da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer do município.


CMD de Caxias do Sul



CMD de Caxias do Sul estuda parceria com a BM em projeto de lutas para crianças
07/03/2016
Fonte: CREF2/RS

Nessa sexta-feira (4), o Conselho Municipal do Desporto (CMD) de Caxias do Sul realizou, na Secretaria Municipal do Esporte e Lazer, sua reunião ordinária com a presença dos representantes das 15 entidades que compõem o Conselho. Segundo a presidente do CMD e conselheira do CREF2/RS Márcia Rohr (CREF 007542-G/RS), o encontro oportunizou aos integrantes do Conselho apresentarem sugestões de atividades e ações que beneficiem a comunidade caxiense no esporte, paradesporto, lazer e atividades físicas. “Dentre as principais propostas estudadas, destaca-se a criação de um projeto que ofereça às crianças um dia de Judô e de Jiu-jitsu no quartel da Brigada Militar da cidade e a realização de um campeonato municipal destas modalidades de luta”, explicou.

Durante a reunião, também foi articulada a criação de uma Frente Parlamentar de Vereadores, por onde possam tramitar as reivindicações que chegam ao Conselho. O CMD é um órgão colegiado de caráter consultivo, normativo, deliberativo e fiscalizador, representativo da comunidade desportiva de Caxias do Sul. Neste ano, as reuniões ordinárias acontecerão sucessivamente nas entidades que compõem o Conselho.


CMD



CMD de Caxias do Sul, CREF2/RS e representantes de lutas reúnem-se na Serra
16/02/2016
Fonte: CREF2/RS

O Conselho Municipal do Desporto (CMD) de Caxias do Sul, o CREF2/RS e representantes de várias modalidades de luta da região da Serra reuniram-se no último dia 12. De acordo com a presidente do Conselho Municipal de Desporto e conselheira do CREF2/RS, Márcia Rohr da Cruz (CREF 007542-G/RS), o encontro foi uma resposta à solicitação da comunidade da Região e dos profissionais destes esportes que cobravam maior fiscalização por parte do CREF2/RS e das autoridades locais.

Durante a reunião, a advogada do CREF2/RS Andréia Zucheto Araújo explicou que atualmente o Conselho está impedido de fiscalizar estas modalidades devido à decisão do recurso especial 1.012.692 do STJ, na qual os Ministros entenderam que a orientação das lutas não é exclusividade dos profissionais de Educação Física. Já o presidente da Câmara Técnica de Lutas do CREF/RS, Felipe Gomes Martinez (CREF 003930?G/RS), recordou o início da sua carreira como atleta de judô, e ressaltou a importância da presença do profissional de Educação Física no ambiente das lutas e artes marciais. “Estas modalidades vão além do aprendizado empírico ou da mera atividade física, caracterizando um processo de formação pessoal que envolve ética, hierarquia, disciplina e a construção da cidadania”, assegurou.

Todos os representantes manifestaram o desejo de que se tenha algum tipo de fiscalização na modalidade, e por consenso foi proposto levar ao Sistema CONFEF/CREFs a ideia da organização de cursos de qualificação técnica para atuação nas diferentes modalidades de luta, travando parcerias com Instituições de Ensino Superior. A presidente do Conselho Márcia Rohr da Cruz informou que será realizada uma pesquisa sobre a lei que dá origem às Federações e Confederações das diferentes modalidades de lutas, onde será verificada a quem está atribuída a fiscalização da atuação dos Profissionais. Segundo Márcia, a reunião foi um grande avanço na discussão do tema. “Demos um passo importante na busca do equilíbrio entre as partes envolvidas nestas modalidades”, afirmou.


Lutas



III Fórum Municipal do Esporte e Lazer do CMD de Caxias do Sul debate Olimpíadas e políticas públicas
20/10/2015
Fonte: CREF2/RS

O Conselho Municipal do Desporto (CMD) de Caxias do Sul realizou no dia 17 seu III Fórum Municipal do Esporte e Lazer. O evento, que contou com apoio do CREF2/RS e da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer do município, teve como tema os Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 e visou fomentar as práticas desportivas no município, bem como debater com a população as prioridades das políticas públicas no segmento esportivo.

A presidente do CMD, Márcia Rohr da Cruz (CREF 007542 G/RS), destacou a importância da atuação do profissional de Educação Física no município serrano. “Observamos uma mudança de atitude e uma cobrança mais efetiva por parte da população para que o profissional habilitado esteja presente no atendimento, garantindo serviços de qualidade”, assinalou. Quanto à gestão dos esportes, Márcia lembrou que o Fiesporte, projeto da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer, dará oportunidade para que projetos esportivos e de lazer bem elaborados sejam desenvolvidos na região. “São R$ 3,3 milhões disponibilizados neste ano”, explicou.

O conselheiro Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), representante do CREF2/RS no evento, reforçou a importância do CMD como um instrumento político da sociedade caxiense e de parceria com o CREF2/RS. “Trabalhando com prioridade nas politicas públicas relacionadas à promoção da saúde e na prevenção das doenças, o CMD é nosso aliado na luta para que a Educação Física nas séries iniciais seja ministrada por profissionais de Educação Física, ou em ações por um modo de vida mais saudável e na luta contra a obesidade e doenças relacionadas ao sedentarismo”, afirmou.

As mesas-redondas contaram com a participação de Alvaro Koslowski (CREF 006163-G/RS), membro do Comitê Olímpico Brasileiro e treinador de Canoagem Velocidade, trazendo questões relativas à preparação para os Jogos Olímpicos, Fernando Silveira, que teorizou sobre captação e projetos para patrocínios esportivos. Já o treinador da seleção paralímpica de basquete em cadeiras de rodas, Tiago Frank (CREF 015592-G/RS), discorreu sobre Políticas Públicas de Esporte e Lazer para Pessoas com Deficiência em Caxias do Sul. Ao final do Fórum, foram abordados os eixos temáticos esporte educacional, comunitário, adaptado e inclusão e esporte de rendimento.


CMD



CMD de Caxias do Sul realiza seu III Fórum Municipal do Esporte e Lazer
25/09/2015
Fonte: CMD

O Conselho Municipal do Desporto (CMD) de Caxias do Sul realizará no dia 17 de outubro o III Fórum Municipal do Esporte e Lazer. O evento ocorrerá das 8h as 12h no auditório do Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul (SINDISERV), localizado na rua Carlos Giesen, 1217, bairro Exposição, Caxias do Sul. A participação é gratuita, mas sugere-se a doação de 1 kg de alimento não perecível.

O CMD é um órgão colegiado, presidido pela profissional de Educação Física Márcia Rohr (CREF 007542-G/RS), de caráter consultivo, normativo, deliberativo e fiscalizador, representativo da comunidade desportiva da cidade. Recentemente o CMD elaborou um documento propondo a criação da Semana Municipal da Educação Física em Caxias do Sul. A sugestão é que a data conste no calendário oficial do município e que seja comemorada, anualmente, na primeira semana do mês de setembro, tendo o dia 1º de setembro como a data principal de sua programação, coincidindo com o Dia do Profissional de Educação Física.

III Fórum Municipal do Esporte e Lazer de Caxias do Sul
Programação
8h: Credenciamento
8h30min: Abertura
9h: Mesa-redonda temática: Olimpíadas Preparação para os Jogos Olímpicos - ministrante: Álvaro Koslowski (CREF 006163-G/RS)
Captação e Projetos para Patrocínios Esportivos - ministrante: Fernando Silveira
Políticas Públicas de Esporte e Lazer para Pessoas com Deficiência em Caxias do Sul - ministrante: Tiago Frank (CREF 015592-G/RS)
11h: Eixos Temáticos - Esporte e Lazer Comunitário/Adaptado, Educacional/Rendimento/Financiamento Público
11h30min: Apresentação e Discussão dos Eixos
12h: Encerramento

Data: 17 de outubro, sábado
Local: Auditório SINDISERV
Endereço: Rua Carlos Giesen, 1217 - Bairro Exposição
Inscrições: Conselho Municipal do Desporto - CMD Fone: (54) 3215 4320 / 3215 4240 / 3221 0873
E-mail: cmd@caxias.rs.gov.br
Inscrições gratuitas. Sugere-se a doação de 1 kg de alimento não perecível


Conselho Municipal do Desporto



Troféu Mérito Esportivo premia destaques de 2014 em Caxias do Sul
18/12/2014
Fonte: Prefeitura de Caxias do Sul

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria do Esporte e Lazer (SMEL) e do Conselho Municipal do Desporto (CMD), realizou na segunda-feira (15) a entrega do Troféu Mérito Esportivo 2014. A presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) esteve presente na cerimônia, que teve como objetivo homenagear personalidades e entidades esportivas caxienses que se destacaram durante o ano.

Para Jó Arse, secretário municipal do Esporte de Lazer, a cidade pode ser intitulada a capital estadual do esporte. "Se somados os resultados dos JIRGS 2014, Caxias do Sul seria a grande campeã. Isso é a comprovação de todo trabalho realizado e dedicação dos profissionais que são disseminadores do esporte caxiense".

A premiação, com troféus e certificados, foi entregue em sete categorias: Educacional, Especial, Base, Rendimento, Técnico, Comunitário e Administrativo. A escolha foi feita a partir de indicação dos nomes pelos representantes das entidades que compõem o CMD. A lista completa com os vencedores pode ser acessada aqui.

Foto: Morgana Perini/Prefeitura de Caxias do Sul




Presidente do CREF2/RS comparece em posse do Conselho de Desportes de São Leopoldo
06/06/2014
Fonte: CREF2/RS

Na última quarta-feira (4), o prefeito de São Leopoldo Aníbal Moacir da Silva deu posse ao novo Conselho Municipal de Desporto (CMD). Com funções fiscais, deliberativas, consultivas e propositivas, o CMD é formado por 16 membros titulares, sendo oito ligados ao governo e outros oito relacionados a entidades de classe. Participam do grupo os ex-conselheiros do CREF2/RS Marco Aurélio Cornelius (CREF 002882-G/RS), como presidente, e Francisco Carlos Lemes de Menezes (CREF 000075-G/RS), como representante titular do CREF2/RS.

Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) também compareceu à cerimônia. No discurso, a Presidente do CREF2/RS destacou o papel importante que o Conselho Municipal de Desportes tem em São Leopoldo. "A cidade tem Lei, desde 2008, que obriga a presença de professores de Educação Física em todas as séries do Ensino Fundamental", comentou. Ela também destacou que todos os mais de 100 professores de Educação Física do município são registrados no Conselho e, assim, estão submetidos ao Código de Ética dos Profissionais de Educação Física.

Foto: Prefeitura Municipal de São Leopoldo




Conselho Municipal do Desporto (CMD) de Caxias do Sul toma posse
18/07/2013
Fonte: CMD

Formado por 14 titulares e 14 suplentes, o Conselho Municipal do Desporto (CMD) de Caxias do Sul tomou posse nesta segunda-feira (15/08) para um novo mandato de dois anos. Trata-se de um órgão colegiado de caráter consultivo, normativo, deliberativo e fiscalizador, representativo da comunidade desportiva da cidade.

As principais atribuições são oferecer subsídios técnicos para a criação do plano municipal do desporto; estabelecer regime de mútua colaboração entre órgãos públicos, federações, ligas e entidades estaduais e federais; estudar e sugerir medidas que visem à expansão e ao aperfeiçoamento do desporto no âmbito municipal, entre outras.

Criado no governo Pepe Vargas, entre as conquistas mais importantes do CMD estão o apoio à formação da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel) e do Fundo Municipal de Esporte e Lazer (Fundel). Mais recentemente, o organismo estabeleceu o Mérito Esportivo, para premiar pessoas e entidades que se destacam nas áreas de esporte e educação, além de colaborar em várias ações da Smel.

O conselheiro João Carlos Mariani, representante das Entidades de Deficientes Físicos e Sensoriais, foi eleito presidente, e Muray Lizott, dos Clubes Esportivos, Recreativos e Sociais, vice-presidente. Gabriel Citton era o dirigente da entidade.

A solenidade ocorreu no Salão Nobre do Centro Administrativo, e o prefeito Alceu Barbosa Velho destacou a importância dessa organização:

— Este conselho é atuante e dá uma diretriz definitiva e indispensável para a Smel.




CREF Serra faz reunião conjunta com CMD de Caxias do Sul
03/10/2012
Fonte: CREF2/RS

O posto de atendimento avançado do CREF2/RS na Serra sediou, no dia 02 de outubro, uma reunião entre membros do Conselho Municipal do Desporto de Caxias do Sul (CMD) e integrantes CREF2/RS. O objetivo foi informar o plano de ação proposto para o CREF Serra e aproximar as ações das entidades.

Na ocasião, foram esclarecidas dúvidas sobre questões jurídicas e administrativas referentes ao Conselho Regional de Educação Física. Também foram apresentados dados comparativos das orientações e fiscalizações realizadas no período 2011/2012 e anunciado um reforço nas atividades do Posto com a contratação de um novo fiscal a partir de 2013.

Durante a reunião o presidente do CMD, Gabriel Citton, solicitou uma parceria entre as entidades para orientar atividades físicas realizadas no município, citando como exemplo os campeonatos organizados pelo SESC e SESI.