Notícias




Data Inicial:
(dd/mm/aaaa)  

Data Final:
(dd/mm/aaaa)  
Título:
Palavras na Notícia:



Ciclo de Palestras CREF2/RS 20 Anos reúne cerca de 90 participantes em Santa Maria
02/10/2019
Fonte: CREF2/RS

Na manhã de ontem, dia 1º de outubro, o Conselho promoveu a segunda edição do Ciclo de Palestras CREF2/RS 20 Anos, em Santa Maria. A atividade, realizada na Faculdade Metodista Centenário, reuniu cerca de 90 participantes, entre profissionais registrados e estudantes, para assistir às apresentações conduzidas por Mariângela Afonso (CREF 008426-G/RS) e Fabrício Boscolo (CREF 028184-G/RS).

Depois de uma breve fala do conselheiro Clery de Lima (CREF 000297-G/RS), o evento iniciou com a palestra “Educação Física: Perspectiva e Formação de Professores”. Pós-doutora em Educação Física pela UFRGS, Mariângela é professora da ESEF/UFPel, além de autora de diversos artigos sobre temas ligados às mudanças e perspectivas do ensino, formação de professores e atividade física na escola. Na sua apresentação, ela falou sobre a carreira docente, atrelada à importância da formação continuada, e sobre as dificuldades enfrentadas por quem é professor.

Trazendo exemplos de iniciativas da UFPel, como o projeto de extensão “Ressignificando a Educação Física na Escola”, Mariângela destacou que as condições salariais precárias, assim como as recentes determinações que envolvem a Base Nacional Comum Curricular, podem fazer que o papel do professor de Educação Física perca sentidos e significados. “A saída que temos é nos diversificar enquanto profissionais, buscando capacitações e a renovação da nossa própria função. A aquisição de conhecimento é fundamental para que possamos defender a Educação Física na escola”, frisou.

A segunda palestra do evento, intitulada “Treinamento Intervalo de Alta Intensidade: Método de Treino, Limitações e Potencialidades”, foi dedicada a todos que atuam na área do Bacharelado. Doutor em Educação Física pela UNICAMP, professor da ESEF/UFPel e integrante do grupo de pesquisa em treinamento desportivo e desempenho físico da universidade, Fabrício é autor de diversas publicações sobre estes assuntos e membro do National Strenght and Conditioning Association e do American College of Sports Medicine. Na sua palestra, ele destacou que existem diferentes tipos de treinamento intervalado de alta intensidade e identificou todos os mitos que envolvem o HIIT.

Mostrando que o treinamento intervalo de alta intensidade existe desde os anos 20, mas que se tornou uma forte tendência no mundo fitness há pouquíssimo tempo, Fabrício também salientou que os profissionais de Educação Física precisam dominar profundamente as suas características e particularidades, para a sua correta aplicação. “O HIIT não é uma novidade científica, como muitos acham, e não é mal tolerado por sedentários. Como existem diferentes tipos de HITT, a prescrição do treinamento precisa ser baseada em parâmetros individuais, com a duração, intensidade e recuperação embasadas sempre em dados científicos”, explicou.

O Ciclo de Palestras CREF2/RS 20 Anos ainda terá edições em Uruguaiana, Pelotas, Passo Fundo e Santa Cruz do Sul. As informações estão disponíveis neste link.


Ciclo 20 Anos Santa Maria



CREF2/RS homenageia vencedores do Troféu Destaque 2019
02/09/2019
Fonte: CREF2/RS

No sábado, dia 31 de agosto, o CREF2/RS promoveu a entrega do Troféu Destaque 2019. O prêmio, criado pelo Conselho como forma de comemorar o Dia do Profissional de Educação Física, celebrado em 1º de setembro, teve a sua cerimônia realizada na Praça dos Fundadores do Grêmio Náutico União, com um coquetel festivo.

Divididos em quatro categorias principais, os finalistas do Troféu Destaque 2019 foram escolhidos pelos profissionais registrados, que puderam indicar os seus favoritos por meio de uma votação aberta no site do Conselho. Todos os ganhadores foram eleitos pela Plenária e revelados durante a cerimônia. As empresas que completaram dez anos de registro ininterrupto, em 2019, também foram convidadas para a festa e receberam um certificado de homenagem pelos serviços prestados.

A cerimônia iniciou às 20h, com um discurso do presidente do CREF2/RS José Edgar Meurer (CREF 001953-G/RS). Na sua fala, ele deu boas-vindas aos presentes e reforçou a relevância do Troféu Destaque, sobretudo para a valorização da profissão. “É com grande honra que o CREF2/RS parabeniza e homenageia diversos profissionais de Educação Física nesta noite, pelo trabalho importantíssimo que desempenham para toda a sociedade”, frisou.

Homenagens especiais

Além dos quatro vencedores conhecidos durante a cerimônia, o CREF2/RS entregou outros quatro prêmios. O primeiro foi o Voto de Louvor ao profissional Juliano Mantovani (CREF 025864-G/RS), professor de Educação Física do Instituto Estadual de Educação Assis Chateaubriand, em Charqueadas. Na última semana, Mantovani ficou conhecido no Brasil inteiro por proteger os alunos da sua escola de um atentado, evitando uma grande tragédia.

Edison Cardoso (CREF 000001-G/RS), mais conhecido pelo apelido de Macaco e falecido em abril de 2018, também foi condecorado. Um dos criadores do CREF2/RS e ex-presidente da Federação Gaúcha de Basquete e da APEF, ele foi representado pelos seus dois filhos e recebeu o troféu Homenagem Especial – In Memoriam. Referência para o esporte e para a Educação Física, Cardoso obteve reconhecimento por atuar de maneira pioneira para a regulamentação e para a valorização da profissão.

O conselheiro federal Carlos Cimino (CREF 001691-G/RS), que foi o mestre de cerimônias do evento, ainda chamou ao palco Joel Pedroso (CREF 000241-G/RS), vencedor na categoria Personalidade; e Renita Dametto, homenageada com o Mérito da Educação Física. Eles receberam os seus troféus através de uma escolha feita diretamente pela Plenária. A lista completa dos ganhadores do Troféu Destaque 2019 é:

Categoria Profissional – Atuação Bacharelado:
Roberta Borges (CREF 007239-G/RS)
Graduada em Educação Física pela UFPel e pós-graduada em marketing esportivo e academias de ginástica, é proprietária da Academia VO2 Beta, em Pelotas, há 18 anos. Atua na área fitness com aulas de jump, step, local e é uma das referências em todo o Estado nas modalidades kangoo jumps, board fitness e HUGS 7.

Categoria Profissional – Atuação Licenciatura:
Josiane Fassini (CREF 013909-G/RS)
Graduada em Educação Física pela Ulbra Canoas e pós-graduada em Mídias e Educação, é professora da Escola Municipal Miguel Couto, em Nova Santa Rita. Atua com a inclusão através do projeto “Educação Física Inclusiva na EJA”, com atividades desportivas adaptadas, como goalball e vôlei sentado. É também coordenadora do projeto “A Escola da Universidade”, em parceria com o curso de Educação Física da Ulbra.

Categoria Profissional – Atuação Projetos Sociais:
Evandir Ferraz (CREF 008382-P/RS)
Conhecido pelo nome artístico Mike Júnior, é professor de street dance no Ballet Gutierres, em Porto Alegre. Pioneiro em adotar e explorar a cultura hip hop em suas aulas, há 15 anos desenvolve um projeto social no Centro Comunitário da Vila Orfanotrófio, aproximando crianças carentes da dança. É idealizador da modalidade hip hop fitness e instrutor de step nas academias Movere Fitness, HF Personal Training e Fit Academia.

Categoria Pessoa Jurídica:
Fazendo Onda (CREF 001345-PJ/RS)
Em atividade desde 202, a Fazendo Onda é uma escola de natação e academia de Igrejinha. Além de aulas de natação, hidroginástica e caminhada aquática, também desenvolve projetos de emagrecimento para grupos de pessoas com IMC acima da faixa “Obesidade 1”, com duração de seis meses e prêmios para os melhores resultados. Em quatro etapas realizadas até o momento, ajudou a eliminar mais de 620kg somente através da atividade física.

Personalidade:
Joel Pedroso (CREF 000241-G/RS)
Graduado em Educação Física pelo IPA, é oficial da reserva da Brigada Militar. Atuou grande parte da sua carreira no Corpo de Bombeiros e exerceu diversas funções, como coordenador dos salva-vidas da Operação Golfinho, diretor da Escola de Educação Física da Brigada Militar e comandante dos Bombeiros em Porto Alegre. Também foi coordenador de segurança aquática na Olimpíada e Paralimpíada do Rio de Janeiro, nas provas de remo e canoagem. Atualmente é gerente de esportes do Grêmio Náutico União e presidente da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático.

Mérito da Educação Física:
Renita Dametto
Graduada em Educação Física pela Feevale, é especialista em Treinamento Esportivo e mestre em Educação. Ex-atleta da Seleção Brasileira de handebol, foi professora rede pública de Porto Alegre, secretária de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul e presidente da FUNDERGS. Integrou o Conselho Nacional de Esporte e Lazer, o Conselho Nacional da Ciência e Tecnologia e a Câmara Técnica da Lei de Incentivo ao Esporte. Instituiu o Programa RS Educação Digital e o Programa de Apoio aos Parques Tecnológicos. Coordenou a reestruturação do CETE, o 20° Campeonato Mundial de Atletismo Máster e a Passagem da Tocha Olímpica em Porto Alegre.


Trofeu Destaque



Comissão de Ensino Superior faz reunião com 14 coordenadores de cursos de Educação Física
26/08/2019
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS reuniu-se na última sexta-feira, 23 de agosto, com 14 coordenadores de cursos de Educação Física. No encontro, foram debatidas adequações às Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Educação Física, publicadas na Resolução nº 6/2018 pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). Este é o novo marco legal da formação em Educação Física, estabelecendo o ano de 2020 como prazo final para que os cursos adaptem os seus projetos pedagógicos aos preceitos da resolução.

Durante a reunião, entendeu-se que as Diretrizes não favorecem nem a integração com a área da saúde, nem o entrosamento com a área de formação dos professores. Os coordenadores também observaram que os quatro semestres iniciais com entrada única devem ser revogados ou flexibilizados. Como solução, foi sugerido que os cursos mantenham o atual sistema de escolha pelos alunos, entre Licenciatura e Bacharelado, e que o núcleo comum permaneça durante toda a graduação. Outra proposta foi a redistribuição das cargas horárias do estágio incluindo a pesquisa.

Débora Garcia (CREF 002202-G/RS), presidente da Comissão, destacou o grande número de instituições que compareceram à reunião. "Isto dá um peso maior às sugestões de mudanças das Diretrizes, que serão encaminhados à Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do Conselho Federal”, explicou.


Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional



CREF2/RS divulga finalistas do Troféu Destaque 2019
21/08/2019
Fonte: CREF2/RS

Na manhã desta quarta-feira, dia 21 de agosto, o CREF2/RS divulgou os nomes de todos os finalistas do Troféu Destaque 2019. O prêmio, criado pelo Conselho como forma de comemorar o Dia do Profissional de Educação Física, terá a sua cerimônia de entrega realizada no dia 31 de agosto, no Grêmio Náutico União.

Divididos em quatro categorias, os finalistas listados abaixo, em ordem alfabética, foram escolhidos pelos profissionais registrados, que puderam indicar os seus favoritos por meio de uma votação aberta no site do Conselho, durante o último mês de julho. Outras duas categorias – Personalidade e Mérito da Educação Física – terão os seus ganhadores eleitos diretamente pela Plenária. Todos os vencedores do Troféu Destaque serão conhecidos somente no dia 31 de agosto.

As empresas que estão completando dez anos de registro ininterrupto, em 2019, também serão homenageadas na cerimônia. Confira os finalistas:

Categoria Profissional – Atuação Bacharelado:

Camilla Padilha da Silva Dutra (CREF 025641-G/RS)
Graduada em Educação Física pela Faculdade Sogipa, é criadora do método de treinamento Generation System e sócia-proprietária da Kangoo Top Team, empresa especializada em kangoo jumps. Atua em academias de Porto Alegre.

Roberta Anselmo Borges (CREF 007239-G/RS)
Graduada em Educação Física pela UFPel e pós-graduada em marketing esportivo e academias de ginástica, é proprietária da Academia VO2 Beta, em Pelotas, há 18 anos. Atua na área fitness com aulas de jump, step, local e é uma das referências em todo o Estado nas modalidades kangoo jumps, board fitness e HUGS 7.

Tiago Barrionuevo Proença (CREF 012034-G/RS)
Graduado em Educação Física pelo IPA, é proprietário da BPro – Treinamento Físico Funcional, em Porto Alegre. É um dos precursores da modalidade no Rio Grande do Sul e também ministra diversos cursos sobre o assunto no Brasil e no exterior.

Categoria Profissional – Atuação Licenciatura:

Anelise Reis Gaya (CREF 024009-G/RS)
Graduada em Educação Física pelo IPA, tem doutorado pela Universidade do Porto, em Portugal. Atualmente é docente da ESEFID da UFRGS e professora do Programa de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano. É coordenadora do Projeto Esporte Brasil e atua em várias iniciativas relacionadas à promoção da saúde nas aulas de Educação Física Escolar.

Fabiani Dias da Silveira (CREF 002949-G/RS)
Graduado em Educação Física pelo IPA, tem mais de 30 anos de experiência na Educação Física Escolar e atualmente é professor do Colégio Sinodal do Salvador, de Porto Alegre. Em Novo Hamburgo, atua também em um projeto social que fomenta o handebol em escolas municipais, formando equipes para participar de diversos campeonatos. Foi professor substituto da cadeira de handebol da ESEFID/UFRGS, de 2011 a 2012 e é o criador de um projeto de intercâmbio técnico e cultural de handebol entre o Brasil e a Áustria.

Josiane Margarete de Araújo Fassini (CREF 013909-G/RS)
Graduada em Educação Física pela Ulbra Canoas e pós-graduada pela UFRGS em Mídias e Educação, é professora da Escola Municipal Miguel Couto, em Nova Santa Rita. Atua com a inclusão através do projeto “Educação Física Inclusiva na EJA”, com atividades desportivas adaptadas, como goalball e vôlei sentado. É também coordenadora do projeto “A Escola da Universidade”, em parceria com o curso de Educação Física da Ulbra.

Categoria Profissional – Atuação Projeto Social:

Evandir Ricardo Viegas Ferraz (CREF 008382-P/RS)
Conhecido pelo nome artístico Mike Júnior, é professor de street dance no Ballet Gutierres, em Porto Alegre. Pioneiro em adotar e explorar a cultura hip hop em suas aulas, há 15 anos desenvolve um projeto social no Centro Comunitário da Vila Orfanotrófio, na zona sul de Porto Alegre, aproximando crianças carentes da dança. É idealizador da modalidade hip hop fitness e instrutor de step nas academias Movere Fitness, HF Personal Training e Fit Academia.

Rosani Oliveira Franco (CREF 005930-G/RS)
Graduada em Educação Física pelo IPA, é coordenadora do Instituto Tênis – Núcleo Porto Alegre. O projeto, que já atendeu quatro mil crianças, tem o objetivo de desenvolver o tênis e de transformar o Brasil numa potência do esporte nos próximos 20 anos, oferecendo a modalidade gratuitamente para crianças de escolas municipais e estaduais, que dificilmente teriam acesso, através de aulas regulares de Educação Física e com atividades em parques públicos.

Tânia Beatriz Rodrigues da Silva (CREF 027013-G/RS)
Graduada em Educação Física pela Universidade La Salle, atua no SESI/FIERGS como monitora de esportes. Há 14 anos também é voluntária na Associação dos Amigos do Centro Olímpico Municipal (AACOM), em parceria com a Prefeitura Municipal de Canoas, ministrando aulas de fitness e de ritmos.

Categoria Pessoa Jurídica:

Fazendo Onda (CREF 001345-PJ/RS)
Em atividade desde 2002, a Fazendo Onda é uma escola de natação e academia de Igrejinha. Além de aulas de natação, hidroginástica e caminhada aquática, também desenvolve projetos de emagrecimento para grupos de pessoas com IMC acima da faixa “Obesidade 1”, com duração de seis meses e prêmios para os melhores resultados. Em quatro etapas realizadas até o momento, ajudou a eliminar mais de 620kg somente através da atividade física.

Fit Academia (CREF 002825-PJ/RS)
Em atividade desde 2014, a Fit Academia é de Porto Alegre e conhecida pelo seu ambiente familiar. Oferece diversas atividades aos seus alunos, como grupo de corrida, treinamento funcional e yoga. Como diferenciais tem o Circuito 60+, dedicado ao público da terceira idade, e cumpre todas as normas de acessibilidade, como rampas de acesso para cadeirantes, banheiro adaptado no térreo e elevador interno.

Sublime Academia (CREF 001162-PJ/RS)
Em atividade desde 2008, a Sublime Academia é de Santa Cruz do Sul e busca contribuir para o equilíbrio físico e mental dos seus alunos, com um ambiente agradável e acolhedor. Conta com uma ampla estrutura, totalmente climatizada, com diversas opções de atividades, como pilates, treinamento funcional, musculação e outras tantas aulas coletivas, ministradas por profissionais altamente qualificados e comprometidos.


Troféu Destaque



Indicações ao Troféu Destaque 2019 encerram neste domingo
09/07/2019
Fonte: CREF2/RS

Os profissionais registrados têm até o próximo domingo, dia 14 de julho, para fazer a sua indicação ao Troféu Destaque 2019. O prêmio, entregue pelo CREF2/RS anualmente àqueles que mais se destacaram ao longo do último ano, faz parte das comemorações do Dia do Profissional de Educação Física, celebrado em 1º de setembro.

O regulamento e o link para a votação estão disponíveis aqui.

Nesta edição do Troféu, podem participar das categorias Profissional e Pessoa Jurídica profissionais com registro ativo, regular e em dia. Já vencedor da categoria Personalidade, cuja votação não está aberta pela página do Conselho, será escolhido diretamente pelos membros do Plenário do CREF2/RS.

As indicações feitas pelos profissionais registrados resultarão numa lista com três finalistas. Os nomes mais votados serão revelados no site do CREF2/RS e, posteriormente, os vencedores serão eleitos pela Plenária. Os ganhadores vão ser conhecidos somente na cerimônia de entrega do Troféu, dia 31 de agosto no Grêmio Náutico União.

Categorias:

Profissional – Atuação Bacharelado
Profissional – Atuação Licenciatura
Profissional – Atuação Projeto Social
Pessoa Jurídica
Personalidade

Clique aqui para participar.


Troféu Destaque



Estão abertas as indicações para o Troféu Destaque 2019
06/06/2019
Fonte: CREF2/RS

Os profissionais registrados têm até o dia 14 de julho para fazer a sua indicação ao Troféu Destaque 2019. O prêmio, entregue pelo CREF2/RS anualmente àqueles que mais se destacaram ao longo do último ano, faz parte das comemorações do Dia do Profissional de Educação Física, celebrado em 1º de setembro.

O regulamento e o link para a votação estão disponíveis aqui.

Nesta edição do Troféu, podem participar das categorias Profissional e Pessoa Jurídica profissionais com registro ativo, regular e em dia. Já vencedor da categoria Personalidade, cuja votação não está aberta pela página do Conselho, será escolhido diretamente pelos membros do Plenário do CREF2/RS.

As indicações feitas pelos profissionais registrados, desde que fundamentadas, resultarão numa lista com três finalistas. Os nomes mais votados serão revelados no site do CREF2/RS e, posteriormente, os vencedores serão eleitos pela Plenária. Os ganhadores vão ser conhecidos somente na cerimônia de entrega do Troféu.

Categorias:

Profissional – Atuação Bacharelado
Profissional – Atuação Licenciatura
Profissional – Atuação Projeto Social
Pessoa Jurídica
Personalidade

Clique aqui para participar.


Troféu Destaque



Comissão de Ensino Superior responde dúvidas sobre as novas Diretrizes Curriculares Nacionais
01/04/2019
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS realizou sua reunião mensal na última sexta-feira, dia 29 de março, na sede do Conselho. Estiveram presentes Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), Débora Garcia (CREF 001069-G/RS), Any Mery Lunardi (CREF 001765-G/RS) e Helena D’Azevedo. Durante os trabalhos, foram analisados e respondidos os questionamentos enviados por e-mail pelos coordenadores de curso relativos às novas Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de graduação em Educação Física.

Entre as várias perguntas encaminhadas pelas Instituições de Ensino Superior, havia dúvidas relativas, por exemplo, se a universidade deveria ofertar Licenciatura na metade do curso, caso a maioria dos estudantes optasse pelo Bacharelado. Segundo a Comissão, a responsabilidade de ofertar cabe a cada instituição e as adequações acontecerão conforme as necessidades. Outro esclarecimento solicitado pelos coordenadores se referia a necessidade de haver um único projeto pedagógico para Licenciatura e Bacharelado. O projeto, no entendimento da Comissão, necessita disponibilizar um núcleo comum (1.600 horas) e uma parte específica (também de 1.600 horas), e que as disciplinas comuns não deverão ultrapassar o quarto semestre.


Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional



CREF2/RS participa de duas formaturas na Universidade de Caxias do Sul
07/03/2019
Fonte: CREF2/RS

Nos dias 9 e 15 de fevereiro, a conselheira do CREF2/RS Carla Tartarotti (CREF 006564-G/RS) participou da formatura de 34 estudantes de Bacharelado e de 21 estudantes de Licenciatura do curso de Educação Física da Universidade de Caxias do Sul (UCS). Durante as cerimônias, que contaram com presença de Ricardo Rech (CREF 006574-G/RS), professor e coordenador dos cursos, foi realizada a entrega da Cédula de Identidade Profissional (CIP) aos formandos.

Segundo Carla, é dever do CREF2/RS estar presente neste momento tão especial da vida profissional dos recém-formados: "em ambas as solenidades fui muito bem recebida pelos alunos e pude perceber a importância dada à presença do CREF2/RS nestes eventos. Como também sei da obrigação de prestarmos orientação na futura vida profissional dos recém-graduados", comentou.


Formatura



CREF2/RS participa da formatura na Universidade La Salle-Canoas
25/02/2019
Fonte: CREF2/RS

Na última sexta-feira, dia 22 de fevereiro, a conselheira do CREF2/RS, Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS), participou da formatura do curso de Educação Física da Universidade La Salle-Canoas. Na cerimônia, que contou com a presença de 34 recém-graduados dos cursos de Licenciatura e de Bacharelado, foi realizada a entrega da Cédula de Identidade Profissional (CIP) aos formandos.

De acordo com o Coordenador do Curso de Educação Física da UNILASALLE- Canoas, José Rogério Vidal, a presença do Conselho na cerimônia significa reconhecimento e valorização dos formandos e da instituição de ensino. Constatação da excelência de nosso curso e valorização da profissão, pois um profissional deve ter consciência de suas responsabilidades para com a sociedade. E o Conselho representa institucionalmente isso. Nosso curso sempre será parceiro na busca da valorização de nossa profissão".


Formatura



CREF2/RS participa de formatura na Faculdade Sogipa
19/02/2019
Fonte: CREF2/RS

Na última sexta-feira, dia 15 de fevereiro, a Conselheira do CREF2/RS Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS), participou da formatura do curso de bacharelado na Faculdade Sogipa (FACSOGIPA). A cerimônia contou com a presença de 33 recém-graduados, tendo sido feita a entrega da Cédula de Identidade Profissional (CIP) aos formandos.

Um dos destaques da formatura foi a formatura em bacharelado do provisionado em Judô Roberson Silva dos Passos (CREF 16304-G/RS). Após a cerimônia, a Cédula de Identidade Profissional foi entregue ao profissional de Educação Física pela Conselheira Débora Rios Garcia. Apesar de já possuir o registro de provisionado junto ao CREF2/RS, Roberson optou por cursar a faculdade de Educação Física por achar necessário agregar conhecimento científico a grande experiência prática adquirida no esporte desde 1992.

De acordo com a Conselheira e presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional Débora Garcia, a presença do Conselho nas formaturas busca a aproximação com recém-formandos, esclarecendo o papel do CREF2/RS na defesa dos interesses da sociedade em relação aos serviços prestados pelo profissional de Educação Física.


Formatura



CREF2/RS participa da formatura da Univates
14/01/2019
Fonte: CREF2/RS

No último sábado, dia 12 de janeiro, o vice-presidente do CREF2/RS Giovanni Bavaresco (CREF 001512-G/RS) esteve em Lajeado participando da formatura do curso de Educação Física da Universidade Vale do Taquari (Univates). Na cerimônia, que contou com a presença de 25 recém-graduados nos cursos de Licenciatura e de Bacharelado, foi feita a entrega da Cédula de Identidade Profissional (CIP) aos formandos.

De acordo com Bavaresco, que aparece na foto ao lado de Leonardo Rosa (CREF 006576-G/RS), coordenador do curso de Educação Física da Univates, a presença do Conselho deu um caráter institucional complementar à solenidade.

O Departamento de Registro do CREF2/RS, durante a última semana, se deslocou à universidade para realizar a coleta das digitais para as CIP’s. Todas as Comissões de Formatura e as Instituições de Ensino Superior podem solicitar a presença do CREF2/RS nas suas cerimônias de colação de grau, desde que a solicitação seja feita com 30 dias de antecedência ao evento e realizada com a presença de, no mínimo, cinco formandos.

Mais informações sobre o procedimento de entrega da CIP nas formaturas estão disponíveis na Portaria 2016/000352.


Formatura Univates



Conselheira do CREF2/RS participa de Semana Acadêmica na Faculdade Anhanguera
08/10/2018
Fonte: CREF2/RS

No dia 28 de setembro, a conselheira do CREF2/RS Marcia da Cruz (CREF 007542-G/RS) representou o Conselho na Primeira Semana Acadêmica do curso de Educação Física Bacharelado da Faculdade Anhanguera de Caxias do Sul. Os temas abordados pela conselheira foram a regulamentação da profissão, desde a criação do Sistema CONFEF/CREFs, até as conquistas mais recentes, como a inclusão do profissional de Educação Física no Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF). O evento contou com a participação de aproximadamente 30 estudantes.

Marcia também esclareceu aos alunos como é o dia a dia de trabalho no CREF2/RS, e deu dicas de como se informar de todas as resoluções do sistema CREF/CONFEF, bem como localizar profissionais e academias registrados, além se referir às parcerias do Conselho com instituições de ensino, academias, quadras e clubes. Além disso, a palestra também tratou da legislação profissional, como a Lei de Estágio, e ressaltou a importância do trabalho de Fiscalização na repressão aos irregulares e no trabalho de orientação que realiza em suas visitas. Ao final, Márcia respondeu as questões mais presentes relativas à profissão na região de Caxias do Sul.


Instituições de Ensino Superior



CREF2/RS entrega cédulas profissionais para formandos da FSG Centro Universitário da Serra Gaúcha
31/08/2018
Fonte: CREF2/RS

A conselheira do CREF2/RS Marcia da Cruz (CREF 007542-G/RS) participou em Caxias do Sul da formatura de 12 estudantes de Bacharelado e um em Licenciatura em Educação Física no Centro Universitário da Serra Gaúcha-FSG, no dia 29 de agosto. Participaram da cerimônia formandos autoridades e familiares. Segundo Marcia, o momento da formatura é uma das primeiras vitórias profissionais dos recém-formados. "Estarmos presentes na entrega da CIP aos recém-formandos dá um caráter institucional complementar à solenidade", explicou.

O Departamento de Registro do CREF2/RS se deslocou à universidade para coletar digitais. É importante frisar que todos os formandos podem solicitar a entrega de CIPs na formatura. O serviço será realizado será realizada quando no mínimo cinco formandos solicitarem o registro profissional ao CREF2/RS. Também é necessário que a Instituição envie para o CREF2/RS, com no mínimo 30 dias de antecedência do evento, o convite da formatura, com data, local e horário, nominata da turma de formandos em folha timbrada, carimbada e assinada, atestando a data da colação de grau, CPF e a base legal de cada acadêmico. Não serão aceitas solicitações por e-mail.

A Comissão de Formatura ou a Instituição de Ensino Superior deverá providenciar junto aos formandos e enviar para o endereço da Sede do CREF2/RS, em envelope único, com no mínimo 30 dias de antecedência do evento, os documentos para requerimento de registro. Os documentos serão analisados pelo Departamento de Registro e, caso estejam em conformidade, os procedimentos de registro serão realizados para, no ato da solenidade de formatura, um Conselheiro representante entregar as CIPs.

Mais informações sobre o procedimento de entrega de CIP na formatura, acesse a PORTARIA 2016/000352.


Formatura



Fiscalização do CREF2/RS realiza palestra para alunos do 1º semestre de Educação Física da UFRGS
26/06/2018
Fonte: CREF2/RS

A coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação (DEFOR) do CREF2/RS, Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), e a supervisora da Fiscalização, Denise Candaten (CREF 010750-G/RS), realizaram palestra nos dias 25 e 26 de junho para cerca de 40 alunos do 1º semestre do curso de Educação Física da ESEFID - Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança – da UFRGS.

Os temas abordados pelas palestrantes foram regulamentação da profissão, a criação do Conselho, provisionados, Licenciatura e Bacharelado, Educação Física escolar (Pls), fiscalização, exercício ilegal, lei de estágio, denúncias, o que é necessário para abertura de uma academia, questões éticas e temas polêmicos no judiciário, entre outros assuntos. Após a fala das palestrantes, o espaço foi aberto para perguntas.

Segundo Fernanda Rodrigues, esta aproximação do Conselho junto aos estudantes é muito importante para que os eles conheçam já no início do curso informações essenciais sobre a conduta e os procedimentos que terão que adotar após formados. "Assim, quando estes futuros profissionais estiverem no mercado, poderão contribuir para o construção de uma profissão cada vez mais sólida e respeitada". Já a supervisora Denise Candaten ressaltou o interesse demonstrado pelos alunos no tempo reservado às perguntas. "O grau de empatia e envolvimento destes universitários demonstra seu comprometimento com sua capacitação profissional", afirmou.


DEFOR



UFRGS adapta currículo da Educação Física
15/06/2018
Fonte: CREF2/RS

A presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), a conselheira Débora Garcia (CREF 002202-G/RS) e a assessora jurídica Cristiane Correa estiveram reunidas com o diretor da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da UFRGS (ESEFID/UFRGS), Ricardo Petersen, e o representeante do COMGRAD, Clézio Gonçalves, no dia 5 de junho, no Ministério Público. A pauta do encontro foi acertar o cumprimento das diretrizes curriculares, de acordo com a representação encaminhada ao MPF pelo CREF2/RS, instaurada no Inquérito nº 1.29.000.002127/2016-65.

Segundo a direção da UFRGS, as mudanças já foram decididas pelo MEC e o novo currículo já foi encaminhado às instâncias superiores, objetivando a separação dos cursos de Licenciatura e Bacharelado. A UFRGS também informou que foram editados novos projetos de programas pedagógicos específicos para os cursos de Educação Física da Universidade e para adaptar a forma de ingresso específica nos cursos, principalmente em decorrência do controle e avaliação do MEC.

Segundo o representante da COMGRAD, as propostas estão na Câmara de Graduação da Universidade e seguirão para os Conselhos de Ensino e Conselho Universitário. Após a aprovação, prevê-se a aplicação da alteração no vestibular de 2019/1. O MPF solicitou à UFRGS que encaminhe um ofício com as alterações que serão adotadas pela Universidade em relação à questão.


Currículo



Reunião da Câmara Técnica de Corrida de Rua discute Trail Run
11/06/2018
Fonte: CREF2/RS

A Câmara Técnica de Corrida de Rua realizou sua reunião no dia 7 de junho, na sede do CREF2/RS. Na ocasião, a presidente da Câmara, Cláudia Ramos Lucchese (CREF 002358-G/RS), informou que um dos principais objetivos a serem propostos aos profissionais de Educação Física e à sociedade será estabelecer um regramento específico para organizar corridas de rua, já que o papel do CREF2/RS é fiscalizar os profissionais de Educação Física e não os competidores. Além desse ponto, será iniciado um trabalho de orientação sobre regras e conduta para o Trail Run. A modalidade é cada vez mais popular e apresenta desafios diferentes da corrida de asfalto, sendo um esporte que consiste em correr “fora de pista”, por trilhas de montanha ou caminhos secundários, cruzando riachos e rios, com subidas e descidas íngremes.

Durante a reunião, o profissional Luís Leandro discorreu sobre o que precisa para organizar uma prova de Trail Run, que é registrado no Brasil com a marca “Circuíto Trilhas e Montanhas”, e elencou uma série de itens para que se protocole o conjunto de regras e condutas para o esporte. Além disto, Leandro disse que a Confederação Brasileira de Atletismo já possui algumas normas sobre o esporte. Ele também deu uma visão sobre os negócios que são gerados pelo Trail Run. Já João Remião comparou o tipo de organização de provas entre as modalidades corridas de rua e Trilhas e Montanha. Na primeira, não existe a necessidade de um profissional na organização, mas sim de um responsável técnico com registro de no CREF2/RS. Na segunda modalidade, também há necessidade de um RT, mas com conhecimentos de terrenos e montanhas.

Cláudia Lucchese questionou sobre a metodologia de treinos, e se os grupos se reúnem sem Rts. Damião colocou a proposta de se “blindar” as inscrições de RT com uma norma que só aceitem profissionais de Educação Física. Segundo Fabiano Braun, a planilha de corrida de quem deseja migrar para as montanhas deve incluir treinos específicos em superfícies instáveis como a areia e em subidas. Em paralelo, é imprescindível investir em treinos de força, com exercícios em escadas e saltos, por exemplo.

A reunião teve a participação especial do maratonista Ronaldo da Costa (CREF 010568-P/DF), que esteve em Porto Alegre, uma das cidades escolhidas para as comemorações dos 20 anos da Recorde mundial da maratona de Berlim, quando ele completou a prova em 2h06min05. Ele já havia ganho a tradicional Corrida de São Silvestre dois anos antes e chegado ao pódio nos Jogos Pan-americanos de 1995, na Argentina, conquistando o bronze para o Brasil. Atualmente Ronaldo está no 5º semestre do bacharelado em Educação Física. “Temos talento, precisamos lapidar. Não adianta pensar apenas em bater recorde. Precisamos de profissionais de Educação Física capacitados para treinar nossos jovens”, afirmou.

A reunião foi composta pela presidente da Câmara Cláudia Lucchese (CREF 002358-G/RS), Darlan Souza (CREF 015393-G/RS), Kátia Ferreira (CREF 014403-G/RS), Rodrigo Nascente (CREF 007110-G/RS), Renato Rimoli Capparelli (CREF 002109-G/RS), Eduardo Remião (CREF 001855-G/RS) e o coordenador para Trilhas e Montanhas, Luis Leandro Grassel (CREF 009564-G/RS).


Câmara Técnica de Corrida de Rua



CREF2/RS vai a Caxias do Sul com o ciclo de palestras sobre os 20 anos de regulamentação da profissão
23/05/2018
Fonte: CREF2/RS

A segunda cidade a celebrar os 20 anos da regulamentação da profissão de Educação Física pela Lei 9696/98 e a criação do sistema CONFEF/CREFs será Caxias do Sul, que receberá no dia 6 de junho o ciclo de palestras “20 anos de regulamentação da profissão de Educação Física”. O evento ocorrerá no auditório da Faculdade Anhanguera de Caxias do Sul, das 19h às 22h. As palestras têm como objetivo promover um diálogo com a sociedade, estudantes, profissionais e docentes sobre a profissão de Educação Física, suas conquistas e seus desafios. O ciclo, em conjunto com o CongregaCREF – Seminário Sul Brasileiro de Educação Física, estará entre os eventos comemorativos programados pelo Conselho para celebrar o legado de duas décadas da regulamentação da profissão.

Em Caxias do Sul, haverá duas palestras. A primeira, com início às 19h05min, tendo como tema “Educação Física: Legislação e Perspectivas”, será ministrada pela conselheira do CREF2/RS Marcia Rohr da Cruz (CREF 007545-G/RS). “Na minha palestra, entre outros assuntos, abordarei a importância da formação e da qualificação dos profissionais, capacitando-os para atender a população com serviços de qualidade e atuando preventivamente na promoção do bem-estar e da saúde”, disse. A conselheira acrescentou que também esclarecerá na sua explanação temas como a Lei do Estágio, a atuação do egresso de licenciatura e do bacharelado, as etapas dos processos de fiscalização e a Ética na atuação profissional. Marcia reforçou que tanto profissionais de Educação Física como estudantes e a comunidade estão convidados a comparecer no ciclo.

A segunda palestra da noite terá início às 20h40min, e abordará o “Treinamento Físico de Endurance e as Assessorias Esportivas”, ministrada por Eduardo Olsson Remião (CREF 001855-G/RS). Remião é ex-atleta de atletismo e triathlo, tendo obtido títulos regionais, nacionais e internacionais. Ele é técnico de corrida há mais de 25 anos, sendo fundador da Federação Gaúcha de Triathlon e da Associação de Assessorias Esportivas do RS. “Além de discorrer sobre a história da Educação Física no Brasil e sua trajetória até a regulamentação, pretendo abordar técnicas de treinamento de endurance, bem como o funcionamento das assessorias esportivas, seus métodos de avaliação, planejamento e execução, além de expor o cenário das corridas de rua e assessorias no estado e no Brasil”, explicou.

Após Caxias do Sul, a próxima cidade visitada pelo ciclo de palestras será Pelotas, em 17 de outubro, no Auditório da UFPEL.

Ciclo de palestras “20 anos de regulamentação da profissão de Educação Física” - Caxias do Sul

Data: 6 de junho, quarta-feira, das 19h às 22h
Local: Auditório da Faculdade Anhanguera
Endereço: Av. Alexandre Rizzo, 505 - Caxias do Sul
Carga horária: 4 horas
O evento terá a emissão de Certificado online aos participantes
Inscrições gratuitas até o dia 04/06/2018 aqui.


20 anos de regulamentação da profissão de Educação Física



Graduação em Educação Física da FAINTER tem reconhecimento do CREF2/RS
26/03/2018
Fonte: CREF2/RS

Na tarde desta segunda-feira, dia 26 de março, a presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) e a presidente da Comissão de Ensino Superior do CREF2/RS Débora Garcia (CREF 002202-G/RS) receberam a visita de representantes da Faculdade Interação (FAINTER). O grupo educacional, no começo deste ano, adquiriu a FAISA – Faculdades de Santo Augusto, localizada na região noroeste do Rio Grande do Sul.

O encontro, entre outros assuntos tratados pelos presentes, serviu para a apresentação dos cursos de Educação Física desta nova instituição de ensino, que já possuem autorização de funcionamento do Ministério de Educação (MEC) e são também reconhecidos pelo Conselho. De acordo com a FAINTER, somando as duas habilitações ofertadas, Bacharelado e Licenciatura na modalidade presencial, a expectativa é oferecer cerca de 200 novas vagas de graduação, todos os anos, para a comunidade acadêmica do interior do Estado.

Na reunião, a FAINTER foi representada por Daniela Haas, coordenada de graduação; Filipe Figueiredo, coordenador de pós-graduação; e pelo correspondente Nevton Pierri (CREF 021262-G/RS). Mais informações sobre esta Instituição de Ensino estão disponíveis na página www.fainter.com.br.


Ensino Superior FAINTER



CREF2/RS participa da V Semana de Educação Física da UNIASSELVI
16/10/2017
Fonte: CREF2/RS

Nos dias 10 e 11 de outubro, a assessora de Fiscalização do Conselho, Fernanda Silva Rodrigues (CREF 009604-G/RS), e a conselheira do CREF2/RS, Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS), participaram da V Semana de Educação Física dos polos IERGS/UNIASSELVI, sediado em Porto Alegre. Miryam palestrou sobre os “Campos de atuação profissional: licenciatura e bacharelado” e Fernanda abordou os "Procedimentos Fiscalizatórios: Lei de estágio e processos”.

Ao todo, cerca de 100 alunos do curso de bacharelado e licenciatura assistiram as apresentações. Também esteve presente ao evento o ex-judoca e deputado federal João Derly, além de outros palestrantes. O convite foi realizado pela professora Tracy Freitas, tutora do curso de Educação Física IERGS/Uniasselvi.


Palestras



Omitir que curso oferecido não é reconhecido pelo MEC causa dano moral
25/09/2017
Fonte: CONFEF

Oferecer curso não reconhecido pelo Ministério da Educação configura falha na prestação do serviço e omissão de informação relevante, o que gera dano moral. Assim entendeu a 1ª Turma Recursal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal ao determinar que uma instituição de ensino indenize ex-aluno que se formou, mas não conseguiu validar o diploma por falta de certificação do MEC.

O autor, que se graduou em Educação Física, não conseguiu receber a carteira profissional definitiva do conselho de classe porque o curso de bacharelado não tinha autorização oficial. A instituição alegou ter tomado todas as medidas para regularizar o curso, mas aguardava resposta do MEC, que não migrou corretamente os dados entre seus sistemas informatizados.

O juízo de primeira instância entendeu que a instituição atuou de forma indevida e violou o direito de informação do consumidor, por ter ofertado serviço durante a pendência de regularização sem avisar estudantes.

Diante disso, a instituição de ensino foi condenada a pagar R$ 8,2 mil para ressarcir o aluno pelos valores investidos no curso sem o reconhecimento do MEC, e R$ 3 mil como compensação pelos danos morais.


IES



CREF2/RS revela vencedores do Troféu Destaque 2017
04/09/2017
Fonte: CREF2/RS

Comemorando o Dia do Profissional de Educação Física, o CREF2/RS realizou na última sexta-feira, dia 1º de setembro, a cerimônia de entrega do Troféu Destaque 2017. O prêmio, que chegou ao seu sexto ano consecutivo, homenageou as pessoas e as empresas que mais de destacaram ao longo do último ano, em 15 categorias diferentes. Os estabelecimentos que completaram dez anos de registro também receberam um certificado como forma de reconhecimento durante a noite.

A abertura da cerimônia foi feita pela presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), que destacou a importância da data e o reconhecimento da premiação depois de cinco edições. “O Dia do Profissional de Educação Física, que comemoramos com o Troféu Destaque, é um momento único no ano, em que podemos estar perto de muitos colegas e de sentir orgulho pelo que fazemos pela profissão e pela sociedade”, analisou. A forma de escolha dos vencedores, com uma votação aberta no site do CREF2/RS para a definição dos três finalistas de cada categoria, também foi mencionada pela Presidente. “Somos mais de 25 mil registrados e queremos que todos participem, tanto do Troféu Destaque como do dia a dia do Conselho. Esta é a nossa maior honra”.

Confira os ganhadores:

Mérito da Educação Física
Vilson Fermino Bagatini (CREF 000009-G/RS)
Formado em Educação Física e em Pedagogia, Bagatini possui diversos cursos de aperfeiçoamento na área e é pós-graduado em Técnicas Esportivas em Futebol, Handebol e Voleibol e Mestre em Educação pela Universidade de Paris. Autor de 12 livros, foi docente de dezenas de cursos no Brasil e no exterior e Delegado Regional da FIEP, sendo agraciado pela instituição com a Cruz de Prata de Honra Internacional.

Profissional do Ano
Pedro Rodrigues Curi Hallal (CREF 024120-G/RS)
Mais jovem reitor a ocupar o cargo na Universidade Federal de Pelotas, assumiu a liderança da instituição em 2017. Possui mestrado e doutorado em Epidemiologia pela Universidade e realizou estágio pós-doutoral no Instituto de Saúde da Criança em Londres. É um dos sócios-fundadores da Sociedade Brasileira de Atividade Física e Saúde e bolsista de produtividade do CNPq.

Profissional de Academia
Roberta Forini Ortega (CREF 012398-G/RS)
Formada pela Universidade Federal de Pelotas, atua desde 2001 em academias. Em Pelotas, atuou com musculação, ginástica, natação e hidroginástica, ministrando também aulas de bike, local, step, combate e lecionando também na Faculdade Anhanguera de Pelotas. Em Porto Alegre desde 2012, atua nas academias Natasul e Fórmula, como personal trainer e professora em diferentes modalidades.

Profissional de Atividade Física na Empresa e Ginástica Laboral
Aline de Andrades Silva (CREF 017502-G/RS)
É graduada pela UNISC e atua desde 2006 na área de licenciatura e de bacharelado. Trabalhou junto a Escolas de Educação Infantil, com Recreação e Lazer, tendo atuado ainda como personal trainer. Atualmente, trabalha com Atividade Física na Empresa e Ginástica Laboral, além de atividades aquáticas, como natação infantil e hidroginástica.

Profissional com Atuação em Projetos Sociais
Paulo Cezar Mello (CREF 003951-G/RS)
É professor da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia da Universidade de Passo Fundo e coordenador adjunto do curso de Educação Física Licenciatura no Campus Soledade da Universidade. Na UPF, coordena o Projeto de Extensão “Educação Inclusiva Equoterapêutica”, que concorreu ao Prêmio Educação RS em 2016, do Sinpro. É também diretor da Escola Municipal de Autistas Profª Olga Caetano Dias, de Passo Fundo.

Profissional de Escola
César Augusto Osorio Dornelles (CREF 000875-G/RS)
Pós-graduado em Ciência do Desporto e em Psicomotricidade pela UFRGS, Cesar possui atuação voltada ao ensino da prática pedagógica da Educação Física em nível do pré-escolar e Ensinos Fundamental e Médio, e no desporto escolar de voleibol e atletismo. Atualmente trabalha no Colégio Estadual Júlio de Castilhos, como professor e treinador de voleibol, e na Escola Infantil Tartaruguinha Verde como professor de Psicomotricidade.

Profissional de Paradesporto e Atividade Adaptada
Cláudia Regina Alfama (CREF 006362-G/RS)
É especialista em Ética e Educação em Direitos Humanos pela UFRGS. É profissional de Educação Física da FADERS – Acessibilidade e Inclusão há 23 anos, onde atualmente coordena o Núcleo Estadual do Paradesporto. Faz parte ainda do Comitê Paralímpico Brasileiro, atuando como técnica de voleibol sentado e de bocha paralímpica da Associação Nacional de Desporto para Deficientes.

Profissional de Recreação
Eneida Feix (CREF 002116-G/RS)
É especialista em Educação Psicomotora, em Lazer e Recreação e em Jornalismo Esportivo e possui mestrado na área de Ciências do Movimento Humano. Tem 40 anos de experiência na área de Recreação, com atuação no Ministério do Esporte, na Secretaria Municipal de Educação e de Esportes, Recreação e Lazer de Porto Alegre, na FUNDERGS e nos Ensinos especial, Fundamental, Médio e Superior.

Profissional Técnico Desportivo
André Luís Rocha Scott (CREF 001215-G/RS)
É atualmente coordenador do Departamento de Basquete do Grêmio Náutico União, além de técnico nas categorias de base e principal do esporte no clube, onde trabalha desde 1992. Atuou como técnico da modalidade também no colégio LaSalle Santo Antônio, onde era professor nos Ensinos Fundamental e Médio. Treinou ainda a Seleção Gaúcha de Basquete nas categorias sub-13, sub-15 e sub-17.

Profissional de Corrida de Rua
Leonardo Rossato Ribas (CREF 003760-G/RS)
Especializado em fisiologia do exercício e em treinamento de atletismo, atua na Sogipa e no grupo PerCorrer. Como treinador de atletismo, participou dos últimos mundiais de atletismo e de revezamento, além dos Jogos Olímpicos do Rio, como treinador da seleção brasileira. Atua também com corrida e caminhada recreativa, com o objetivo maior de proporcionar mais saúde, socialização e qualidade de vida aos praticantes.

Profissional de Saúde
Emilian Rejane Marcon (CREF 002792-G/RS)
É mestre em Ciências da Saúde pela Fundação Universitária de Cardiologia e Doutora em Medicina – Ciências Cirúrgicas pela UFRGS, atuando como pesquisadora nas áreas de obesidade mórbida, exercício físico e cirurgia bariátrica. Atualmente, trabalha no Hospital de Clínicas de Porto Alegre e na Unidade Básica Santa Cecília, onde desenvolve um programa de exercícios físicos para pacientes pré e pós-cirurgia bariátrica.

Clube ou Sociedade
Clube do Professor Gaúcho (CREF 000269-PJ/RS)
O Clube do Professor Gaúcho é a única agremiação social de educadores do Brasil e maior clube classista da América do Sul. Foi fundado em 1966 sob o lema: “a união de uma classe materializada em concreto”. Mantém atualmente três sedes sociais, em Porto Alegre, Santa Maria e Balneário Pinhal, sendo um consagrado espaço de sociabilidade que proporciona convívio entre professores de todas as instituições de ensino.

Academia
Cia Athlética (CREF 001430-PJ/RS)
Presente no mercado há 30 anos, a Cia. Athletica atende 35.000 alunos e conta com 18 unidades pelo Brasil. Em Porto Alegre, conta com ambiente moderno com 3000m² e mais de 30 modalidades de aulas coletivas. A partir de avaliação física e nutricional, sua equipe de profissionais especializada desenvolve um programa completo de atividades de acordo com o perfil, objetivos, preferências e disponibilidade de tempo do aluno.

Veículo de Comunicação
Vozes do Esporte – Rádio Charrua
É um programa de conversa e entrevistas sobre o esporte local e em geral, sendo o mais tradicional programa de esportes da Fronteira Oeste do Estado. Criado para fomentar, discutir, organizar e melhorar o esporte na cidade de Uruguaiana, é apresentado por Vicente Majó da Maia. Está no ar há dezoito anos, sendo cinco na Rádio Charrua, e foi responsável por diversas conquistas na área esportiva da região.

Personalidade do Ano
João Derly
É ex-judoca, bicampeão mundial da modalidade, e também campeão em diversos outros torneios. Participante ativo de campanhas sociais quando atleta, após aposentar-se do judô de alto rendimento fundou o Instituto Pódium, projeto que leva o judô gratuitamente a crianças em situação de vulnerabilidade social. Eleito vereador em 2012 e deputado federal em 2014, tem como principais bandeiras o esporte e as causas sociais.


Troféu Destaque



Câmara Técnica de Futebol promove palestra sobre “Design Thinking”
29/08/2017
Fonte: CREF2/RS

Mais de 30 profissionais e estudantes de Educação Física assistiram nesta tarde, dia 29, a palestra “Abrindo novas oportunidades no Futebol”, ministrada por Rafael Freitas Barbosa, que tem em seu currículo bacharelado em Administração e mestrado em Economia, tendo experiência como professor de Mercado Financeiro, Finanças Comportamentais e Empreendedorismo. Ele é co-fundador do Mais Lab+Ideias+Ação Desenvolvedora de Negócios. O evento foi uma realização da Câmara Técnica de Futebol do CREF2/RS.

Barbosa apresentou em sua palestra uma abordagem sistemática para a inovação, denominada Design Thinking. Segundo o professor, novas ideias devem surgir com base na perspectiva do cliente, uma das melhores estratégias para direcionar as escolhas do empreendimento e verificar oportunidades de negócio. “Cada pessoa tem que descobrir o que sabe fazer bem, e dentro de uma zona de segurança, ir testando suas possibilidades até chegar ao seu nicho profissional. Não somos ensinados a tomar iniciativas. Com esta ferramenta, construímos nossa própria fórmula”, explica.

Segundo o professor, um exemplo prático desta prática é como a tecnologia da informação vem transformando as pessoas em cidadãos digitais, em busca de experiências em tempo real e personalizadas, a qualquer momento. “Steve Jobs é o grande artífice desta revolução”, define. Para Barbosa, o caminho usual na construção de um empreendimento passa pela formação de custos. “Fico impressionado com a enorme velocidade com que academias abrem e fecham suas portas em sequência”. Por isso, aconselha, é sempre necessário desenhar um negócio que funcione com o menor custo possível.

O foco é a centrado na compreensão dos anseios das pessoas para as quais se cria um produto ou serviço. Também é importante transformar desafios em oportunidades, experimentando novos pontos de vista e ter agilidade na produção da ideia, para aprender com os erros e evoluir rapidamente. “Na realidade, Design Thinking é menos Thinking e mais Saber. É o renascimento de uma nova atitude, combinada com tecnologia e ciências cognitivas, somada à beleza de produzir algo que as pessoas não sabiam que necessitavam”, afirma.


Câmara Técnica de Futebol



Fiscalização autua mais de 20 estabelecimentos e pessoas no começo de julho
25/07/2017
Fonte: CREF2/RS

Entre os dias 9 e 15 de julho, o Departamento de Fiscalização e Orientação (DEFOR) do CREF2/RS autuou 12 estabelecimentos e dez pessoas, em todo o Estado, por algum tipo de infração. Entre as empresas notificadas, cinco não possuíam registro, quatro não contavam com um profissional habilitado no momento da visita e oito estavam permitindo o exercício ilegal da profissão. Uma academia que funcionava de maneira totalmente irregular, em Gravataí, também foi fechada e vai precisar regularizar a sua situação antes de voltar a atender o público.

Os agentes fiscais do Conselho, durante a segunda semana de julho, atuaram estas dez pessoas, sendo oito por exercício ilegal da profissão, uma por estar fora da área de atuação – um Licenciado que trabalhava como Bacharelado, e um Responsável Técnico que estava descumprindo as obrigações inerentes ao seu cargo, estabelecidas no Código de Ética dos Profissionais de Educação Física. Além de Gravataí, a Fiscalização também esteve visitando estabelecimentos da área fitness em Canoas, Porto Alegre, Glorinha e Gravataí.

Você pode encaminhar a sua denúncia para o DEFOR. Para isto, basta preencher o formulário disponível nesta página.


Fiscalização DEFOR



Fiscalização fecha mais uma academia irregular em Porto Alegre
03/07/2017
Fonte: CREF2/RS

As ações do Departamento de Fiscalização e Orientação (DEFOR) do CREF2/RS, entre os dias 18 e 24 de junho, fecharam uma academia que funcionava de maneira irregular, em Porto Alegre, e autuaram outros 23 estabelecimentos, no restante do Estado, por algum tipo de infração. Entre as empresas notificadas, nove não possuíam registro, seis não contavam com um profissional habilitado no momento da visita e cinco estavam permitindo o exercício ilegal da profissão. A academia que teve as suas atividades suspensas vai precisar regularizar a sua situação antes de voltar a atender.

Os agentes fiscais do Conselho, na terceira semana de junho, também autuaram dez pessoas, sendo três por exercício ilegal da profissão e uma por estar fora da área de atuação – Licenciado que trabalhando como Bacharelado. Ao todo, foram feitas 53 visitas e atendidas 15 denúncias neste período. A Fiscalização esteve em Gramado, Canela, Taquara, Alvorada e Viamão e ainda abriu um novo Processo Administrativo de Fiscalização, referente a um caso reincidente em uma infração gravíssima.

Você sempre pode encaminhar a sua denúncia para o DEFOR. Para isto, basta preencher o formulário disponível nesta página.


Fiscalização DEFOR



CREF2/RS fecha mais quatro academias e autua 27 estabelecimentos em maio
30/05/2017
Fonte: CREF2/RS

As ações de fiscalização do CREF2/RS, realizadas entre os dias 14 e 20 de maio, resultaram em quatro academias fechadas, nas cidades de Sapucaia do Sul e Três de Maio, e em outros 27 estabelecimentos autuados por algum tipo de infração, como ausência de registro ou de um profissional habilitado no momento de visita. Para voltar a atender o público, estas empresas impedidas de funcionar precisarão, primeiramente, regularizar a situação.

Na terceira semana de maio, os agentes do Departamento de Orientação e Fiscalização (DEFOR) também atenderam 84 denúncias e notificaram 18 pessoas, por estarem fora da sua área de atuação – licenciados trabalhando como bacharelados – ou por exercício ilegal da profissão. Além disto, sete multas foram aplicadas a empresas que descumpriram o Termo de Cooperação e cinco processos foram encaminhados para serem transformados em Ação Civil Pública.

As cidades visitadas, neste período, foram Porto Alegre, São Leopoldo, Esteio, Novo Hamburgo, Sapucaia do Sul, Erechim, Getúlio Vargas, Faxinalzinho, São Valentim, Carazinho, Ijuí, Horizontina, Três de Maio, Santa Morsa, Erebango e Espumoso. O CREF2/RS segue à disposição para receber e averiguar irregularidades. Você pode contribuir com o trabalho da Fiscalização enviando a sua denúncia por aqui.


Fiscalização



Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física reúne representantes de 30 instituições de ensino
29/05/2017
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS realizou, nos dias 26 e 27 de maio, o VII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul. O evento, que ocorreu pela primeira vez na FADERGS, em Porto Alegre, reuniu cerca de 30 representantes de instituições de ensino de todo o Estado, para debater assuntos relacionados ao estágio e à fiscalização, bem como ao empreendedorismo e à educação a distância.

A abertura do evento, que contou com a presença do presidente do CONFEF Jorge Steinhilber (CREF 000002-G/RJ), foi feita pela presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS). A sua fala, além de destacar o trabalho feito pelo Sistema CONFEF/CREFs visando o fortalecimento da profissão, que atualmente conta com 500 mil registrados em todo o país, foi complementada por Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional. “O Fórum, que surgiu com a demanda de debater assuntos importantes para o dia a dia das faculdades, chega ao seu sétimo ano, com um histórico de grandes discussões, sobre temas como políticas públicas, tecnologia e saúde mental, entre outros mais”, comentou.

Já Steinhilber aproveitou a sua saudação inicial também para destacar o número significativo de coordenadores presentes no Fórum. “Isto mostra que o nosso ensino está nas mãos de pessoas preocupadas em discutir o futuro dos profissionais que estão sendo formados pelas faculdades. O Conselho, atuando politicamente, enfrenta os mesmos desafios dos professores, que é solidificar a Educação Física em todos os seus âmbitos”.

Palestras e debates

A primeira apresentação foi feita pela assessora jurídica do CREF2/RS Cristiane Costa e pela coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS). Elas explicaram o funcionamento do procedimento de fiscalização, do momento da visita aos trâmites jurídicos finais, e como a lei de estágio é inserida neste contexto. “O Conselho só verifica se há o termo de estágio assinado e já tivemos casos em que a pessoa autuada colocou a culpa na Universidade por estar fora da sua área. Eles alegaram que não tiveram a informação sobre a divisão entre a Licenciatura e o Bacharelado e que sempre tiveram autorização para fazer estágio fora do seu curso”, relatou a dupla.

O assunto, complementado por tópicos relacionados à responsabilidade técnica de academias e à disputas judiciais que o Sistema CONFEF/CREFs enfrenta atualmente quanto às lutas, ao futebol e à dança, teve prosseguimento com a palestra de Steinhilber. O Presidente do CONFEF numerou as parcerias que existem entre as instituições de ensino e os Conselhos Profissionais e apresentou um breve panorama da Educação Física e da sua evolução enquanto curso superior. “Os professores universitários precisam, mais do que nunca, auxiliar os acadêmicos para que eles criem uma identidade profissional desde o primeiro semestre”, analisou.

O segundo dia de evento, no sábado pela manhã, teve início com a palestra de Marcelo Curth (CREF 011605-G/RS), que trouxe para discussão o empreendedorismo na Educação Física. Com larga experiência na área, ele destacou que muitos egressos do curso de Educação Física têm o perfil empreendedor e que, por causa disto, as faculdades deveriam explorar mais este tema em seus currículos. “A maioria das instituições de ensino tem disciplinas de gestão, mas ainda não se dá aula com ênfase no empreendedorismo. As ferramentas necessárias para quem pretende abrir o seu próprio negócio ainda são pouco estudadas nos cursos de Educação Física”.

A última parte do Fórum foi marcada pela mesa redonda “Educação a Distância”, com as presenças de Steinhilber e de Dari Göller (CREF 002469-G/RS), da UNIJUÍ. Neste momento, todos os coordenadores puderam relatar as experiências que vivenciam em suas faculdades e o Presidente do CONFEF ainda pode reforçar o entendimento que a Educação Física não pode ser transformada em um curso totalmente a distância. O “CONFEF, junto ao Conselho Nacional de Saúde, já se movimenta na Câmara de Deputados para barrar esta ideia”, adiantou. “O EAD só pode existir se tiver qualidade, com estágios obrigatórios, material didático bem elaborado e exigências avaliativas. O desafio é fazer com que os alunos estabeleçam uma relação de troca com os outros estudantes e uma identidade profissional, mesmo longe da sala de aula”, complementou Göller.


Fórum de Coordenadores Ensino Superior



CREF2/RS realiza palestra na FADERGS
18/05/2017
Fonte: CREF2/RS

A coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação (DEFOR) do CREF2/RS, Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), e a fiscal Denise Candaten (CREF 010750-G/RS) realizaram palestra no último dia 15 para os alunos do 1º semestre do curso de Educação Física da FADERGS - Campus João Pessoa.

Os temas abordados pelas palestrantes foram regulamentação da profissão, a criação do Conselho, provisionados, Licenciatura e Bacharelado, Educação Física escolar (Pls), fiscalização, exercício ilegal, lei de estágio, denúncias, temas polêmicos no judiciário, fiscalização de gestores públicos. Após a fala das palestrantes, o espaço foi aberto para perguntas.


DEFOR



VII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do RS é realizado em Porto Alegre
13/04/2017
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS, por meio da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional (CESPP), realizará nos dias 26 e 27 de maio de 2017 o VII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do RS, na FADERGS, em Porto Alegre. No evento, serão desenvolvidos os temas Estágio e Fiscalização, Aproximações entre Licenciatura e Bacharelado, Empreendedorismo na Educação Física e Educação a Distância.

A palestra “Aproximações entre Licenciatura e Bacharelado” será ministrada pelo presidente do CONFEF e presidente da Academia Olímpica Brasileira Jorge Steinhilber (CREF 000002-G/RS), especialista em Controle Externo pela Fundação Getúlio Vargas e mestre em Ciência da Motricidade Humana pela Universidade Castelo Branco.

Já o tema "Perfil Empreendedor na Educação Física e os desafios das IES" será desenvolvido por Marcelo Curth de Oliveira (CREF 011605-G/RS), que possui pós-graduação em Administração e Marketing pela Universidade Gama Filho e em Educação a Distância pela Faculdade Senac. É mestre em Administração e Negócios pela PUC/RS e doutorando em Administração pela Unisinos. Atualmente, é docente em Instituições deEnsino Superior nas áreas de marketing, administração e Educação Física e nutrição. É ainda sócio-proprietário da Plation, que trabalha com consultoria e treinamentos em gestão comercial.

A mesa-redonda “Educação a Distância” terá como debatedores Jorge Steinhilber e Dari Francisco Göller (CREF 002469-G/RS), que possui mestrado em Educação nas Ciências pela Unijuí e doutorado em Educação Física pela UFSM. Atualmente é professor adjunto da Unijuí. O moderador será o professor da Ufpel Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS).

A inscrição no evento, permitido somente para coordenadores de curso, é gratuita e deve ser realizada até dia 28 de abril de 2017.

VII FÓRUM DOS COORDENADORES DE CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO RS
Data: 26 e 27 de maio de 2017
Local: FADERGS – Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul
Endereço: Rua Luiz Afonso, 84/sala 110 (Laboratório de Alta Complexidade) – Cidade Baixa, Porto Alegre/RS

Inscrição gratuita e exclusiva para coordenadores de curso de Educação Física


VII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física



Presidentes do CREF2/RS e do CONFEF viajam pelo Estado
29/03/2017
Fonte: CREF2/RS

Iniciou-se na quarta-feira, dia 22, um tour pelo estado realizado pela presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) e pelo  presidente do CONFEF, Jorge Steinhilber (CREF 000002-G/RJ). O intuito foi conhecer as condições objetivas da Educação Física e suas experiências práticas. O trajeto começo na tarde do dia 22, quando ambos foram à Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (FADERGS) palestrar para uma turma de bacharelado. Havia mais de 100 formandos, onde foram feitas peguntas pertinentes à profissão.

Na manhã do dia 23, a dupla rumou para Caxias do Sul, para encontrar-se com a secretária municipal de Esportes e Lazer e conselheira do CREF2/RS Márcia Rohr da Cruz (CREF 007542-G/RS), que apresentou os projetos de trabalho da sua gestão. "Nesta Secretaria 100% dos profissionais de Educação Física são registrados e estão em dia com suas obrigações estatutários com o CREF2/RS", atestou Márcia.

O prefeito Daniel Guerra abriu espaço na sua agenda para receber os dirigentes. “Guerra nos relatou que trabalhava como gestor na iniciativa privada e, utilizando esta cultura, montou seu secretariado por critérios exclusivamente técnicos, dando completa autonomia aos secretários”, explica, O prefeito afirmou que não recebe ninguém que queira falar de esportes exclusivamente com ele, indicando diretamente a secretária Márcia. "Isso nos deixa muito satisfeitos, pois é a valorização do profissional de Educação Física e de suas competências e vemos isso como um importante passo no combate ao sedentarismo. O prefeito Guerra comprou o nosso discurso”, exultou Carmen.

De volta a Porto Alegre, ambos fizeram uma visita ao conselheiro federal Professor Garcia (CREF 000002-G/RS), que sofreu um AVC ano passado e está se recuperando. “Vim prestar solidariedade de todo o Sistema CONFEF/CREFs, na certeza de que ele vai superar esta fase. O conselheiro, além de muito ativo e competente, tem uma bela história na construção da profissão de Educação Física no Brasil”, destacou Jorge. Após a visita, foram conhecer da academia INNEX, em Porto Alegre. O estabelecimento, 6 mil m² e equipamento de última geração.

Na sexta-feira, dia 24, Carmen Masson e Jorge Steinhilber participaram, em Santa Maria, do 26º Troféu Desportivo Cidade de Santa Maria e II Medalha Santa Maria/Qualisport, quando receberam a homenagem especial pelo trabalho do Sistema CREF/CONFEF. O evento é realizado há 26 anos pelo conselheiro do CREF2/RS Clery Quinhones de Lima (CREF 000297-G/RS). No sábado, foram à Ulbra Gravataí, onde ocorria o curso dos Professores sem Fronteiras da FIEP, organizado pelo profissional Everton Deiques (CREF 008538-G/RS).

Carmen afirmou estar satisfeita com o périplo por IES, academias e outros órgãos ligados ao esporte. “Foi muito interessante ver nosso progresso junto aos profissionais de Educação Física, o nível de aceitação ampliado, com a compreensão de que a legislação existe para ser cumprida. Não somos mais questionados quanto ao registro profissional, muito ao contrário, encontramos bastante carinho das pessoas, orgulhosos de fazer parte do Sistema CONFEF/CREFs", argumentou.

O presidente do CONFEF agradeceu a oportunidade do convivo nesses quatro dias, a hospitalidade e a atenção de todos os profissionais de Educação Física. “Fiquei feliz em observar o dinamismo e o comprometimento com o desenvolvimento do CREF2/RS em todas as esferas. Forram dias produtivos e surpreendentes tanto na primeira palestra como em Caxias do Sul, passando pela visita ao Garcia e culminando em Gravataí. São essas oportunidades que nos possibilitam conhecer melhor as pessoas e as vivências que passaram, os desafios que superaram e as experiências acumuladas”, afirmou.


Sistema CONFEF CREFs



CREF2/RS ministra aula inaugural no curso de Educação Física na UNICRUZ
17/03/2017
Fonte: CREF2/RS

A conselheira do CREF2/RS, Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS), e a coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação (DEFOR) do CREF2/RS, Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), estiveram nesta quarta-feira, dia 15, na Universidade de Cruz Alta (Unicruz), para realizar a aula inaugural do curso de licenciatura e bacharelado em Educação Física.

Havia cerca de 100 alunos presentes no Salão Nobre da Universidade para a aula inaugural. Os temas abordados pelas palestrantes foram regulamentação da profissão, a criação do Conselho, provisionados, Licenciatura e Bacharelado, Educação Física escolar (Pls), fiscalização, exercício ilegal, lei de estágio, denúncias, temas polêmicos no judiciário, fiscalização de gestores públicos. Após a fala das palestrantes, o espaço foi aberto para perguntas.

Segundo Fernanda, estes encontros são muito importantes, pois aproximam o CREF2/RS dos futuros profissionais. “Em pouco tempo, eles estagiarão. Aqui é uma oportunidade para que eles conheçam a Lei do Estágio e possam garantir sua segurança legal. Também têm noções sobre a atuação do Conselho e seus deveres e direitos como profissionais de Educação Física”, explicou.


Palestras



CREF2/RS participa de formatura na UNISC-Santa Cruz do Sul
20/02/2017
Fonte: CREF2/RS

Neste sábado, dia 18, o CREF2/RS, representado pelo seu vice-presidente Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), prestigiou a colação de grau de 23 formandos das turmas de bacharelado e licenciatura em Educação Física da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC). Lauro entregou a Cédula de Identidade Profissional a alguns dos formandos que a haviam solicitado ao Conselho antecipadamente.

Segundo o vice-presidente, a possibilidade de ingressar no mercado de Educação Física cresceu nos últimos tempos na região. “O município, com sua colonização germânica e sua indústria de fumo consolidada, tem vocação para o empreendedorismo, o que reflete positivamente também na amplitude da profissão de Educação Física na cidade”. A colação de grau foi simultânea à formatura da turma de Fisioterapia. “Acho interessante que estas duas profissões da área da saúde deem a largada profissional concomitantemente”, avaliou.


Formatura



Diretoria do CREF2/RS reúne-se nesta sexta-feira
17/02/2017
Fonte: CREF2/RS

A Diretoria do CREF2/RS reuniu-se nesta sexta-feira (17), quando tratou, dentre outros temas, de questões internas e de planejamento estratégico, além de realizar a entrega da Cédula de Identificação Profissional para a nova profissional de Educação Física, formada em bacharelado, Natália Carolina Pandolfo Pinto (RS-024973). “O registro na profissão traz um diferencial para nós, profissionais de Educação Física, sinalizando nossa qualificação para tratar da saúde da sociedade com segurança”, afirmou Natália.

Participaram da reunião a presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), o vice-presidente Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), a 1ª Secretária Débora Garcia (CREF 002202-G/RS), a 2ª Tesoureira Ana Maria Haas (CREF 004563-G/RS), a 1ª Tesoureira Sonia Maria Waengertner (CREF 007781-G/RS) e o 2º Secretário Carlos Ernani Olendzki de Macedo.


Reunião de Diretoria



Diferenças de registro de Pessoa Física e de Pessoa Jurídica
30/01/2017
Fonte: CREF2/RS

Dúvidas relativas aos registros no CREF2/RS para Pessoas Físicas e Pessoas Jurídicas são comuns. A Lei Federal Nº 9.696/98 dispõe sobre a regulamentação da profissão de Educação Física e cria os respectivos Conselho Federal e Regionais, sendo que a Lei Federal Nº 6.839/80 já colocava sobre a obrigatoriedade do registro de empresa nas entidades fiscalizadora do exercício da profissão.

O registro da Pessoa Física está vinculado ao CPF e habilita o profissional a exercer a atividade dentro da habilitação em que foi comprovada formação, de acordo com a base legal fornecida pela faculdade. Licenciados têm permissão para atuar na Educação Básica, formada pela educação infantil, ensino fundamental e médio, enquanto bacharéis estão habilitados para atuar no âmbito das academias, da ginástica laboral, dos clubes e como personal trainer, entre outros. Além disso, cada bacharel pode atuar como responsável técnico em até dois estabelecimentos.

Além dessas duas categorias, existem ainda os registros de provisionados: pessoas que comprovaram pelo menos três anos de atuação antes da data da regulamentação da profissão, obtendo permissão do Conselho para atuar em uma modalidade específica. A Cédula de Identidade Profissional do CREF2/RS, válida como documento identidade em todo o território nacional, identifica a categoria em que ele está habilitado a trabalhar.

Já o registro de Pessoa Jurídica deve ser obtido por todos os estabelecimentos prestadores de serviços na área de atividades físicas, desportivas ou similares. Este registro está vinculado ao CNPJ e deve ser solicitado pelo seu representante legal. Proprietários de uma PJ relacionada à Educação Física não precisam obrigatoriamente possuir registro de Pessoa Física, desde que não ministrem aulas ou orientem alunos. No entanto, todas empresas devem manter em tempo integral no seu estabelecimento um profissional de Educação Física registrado no Conselho, com habilitação em bacharelado.

O Certificado de Funcionamento é o documento que identifica o registro de uma PJ e seu responsável técnico. Emitido anualmente pelo CREF2/RS, este documento é enviado via correio para o endereço de registro da empresa.

Outro item importante é que o pagamento da anuidade de um tipo de registro não exclui o outro pagamento. Como possuem objetivos diferentes, o profissional de Educação Física que for proprietário de uma empresa de serviços de atividade física e atuar na área terá que manter em dia suas obrigações estatutárias previstas para o registro de Pessoa Física e de Pessoa Jurídica. Em caso de dúvida, entre em contato pelo telefone (51) 3288-0200 ou pelo e-mail contato@crefrs.org.br.


Registro Fiscalização



CREF2/RS fecha uma academia e autua nove estabelecimentos na terceira semana de dezembro
21/12/2016
Fonte: CREF2/RS

As ações de fiscalização do CREF2/RS, realizadas entre os dias 12 e 17 de dezembro, resultaram em uma academia fechada, na cidade de Vera Cruz, e em outros novos estabelecimentos autuados por algum tipo de infração, como ausência de registro ou de um profissional habilitado no momento de visita. Para voltar a atender o público, a empresa impedida de funcionar no interior do Estado, precisará, primeiramente, regularizar a sua situação.

Na segunda semana de dezembro, os agentes do Departamento de Orientação e Fiscalização (DEFOR) também atenderam 30 denúncias e notificaram nove pessoas ao todo, por estarem fora da sua área de atuação – licenciados trabalhando como bacharelados – ou por exercício ilegal da profissão. Além disto, também foram abertos 17 novos Processos Administrativos de Fiscalização, para empresas reincidentes em infrações gravíssimas ou que não regularizaram a sua situação dentro do prazo estipulado pelo DEFOR.

As cidades visitadas, neste período, foram Santa Cruz do Sul, Encruzilhada do Sul, Vera Cruz, Canoas, Gravataí, Alvorada e Porto Alegre. O CREF2/RS segue à disposição para receber e averiguar irregularidades. Preencha este formulário de denúncia e contribua com o trabalho da Fiscalização.


Fiscalização DEFOR



Presidente do CREF2/RS realizada palestra na URI Frederico Westphalen
17/10/2016
Fonte: CREF2/RS

Na última quinta-feira, dia 13 de outubro, a presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) esteve na Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), em Frederico Westphalen, para ministrar uma palestra para os acadêmicos de Educação Física da instituição. Além de abordar a proposta do Conselho Nacional de Educação (CNE) para a extinção do curso de Bacharelado, a apresentação também trouxe para debate o projeto de lei que propõe a reforma do Ensino Médio.

De acordo com a Presidente, o encontro foi muito interessante, sobretudo para o Conselho, que pode se aproximar ainda mais dos futuros profissionais do interior do Estado. Os acadêmicos, além de tirarem as suas dúvidas sobre estes temas polêmicos, os quais o Sistema CONFEF/CREFs repudia veementemente, também puderam entender melhor como funciona o Conselho e quais são as suas atribuições, especialmente relacionadas à fiscalização e à defesa da sociedade. “Com uma grande presença de público, a palestra foi extremamente proveitosa, pois foi possível apresentar o CREF2/RS para os estudantes, que futuramente poderão participar ativamente, enquanto registrados, do dia a dia das questões políticas que envolvem a Educação Física”, declarou.

A coordenadora do curso de Bacharelado da URI Frederico Westphalen Vera Lúcia Moraes e a diretoria de ensino da universidade Elisabete Cerutti também estiveram presentes durante a palestra. Dando continuidade a este ciclo de encontros com os estudantes de todo Estado, a Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança (ESEFID) da UFRGS será a próxima a receber a visita do CREF2/RS, já nesta quinta-feira, dia 20 de outubro.


Palestras URI Frederico Westphalen



CREF2/RS realiza palestras em Antônio Prado e Uruguaiana para comemorar Dia do Profissional de Educação Física
05/09/2016
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS, representado pela conselheira Marcia da Cruz (CREF 007542-G/RS) e pela agente de Fiscalização Denise Candaten (CREF 010750-G/RS), esteve na Prefeitura de Municipal de Antônio Prado, na última quarta-feira, dia 31 de agosto, para uma palestra. A apresentação, feita para os profissionais de Educação Física da cidade, abordou os desafios e as conquistas da profissão, bem como o trabalho desempenhado pelo Conselho.

O encontro, realizado como forma de comemorar o Dia do Profissional de Educação Física, também ocorreu em Uruguaiana na quinta-feira, dia 1º de setembro. A palestra, mais uma vez ministrada pela Conselheira, foi promovida pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Uruguaiana e, além dos profissionais, também reuniu acadêmicos do curso para um debate sobre as duas áreas de intervenção, licenciatura e bacharelado. Ao total, 150 pessoas compareceram aos dois eventos.

Como destacou Marcia, as palestras foram muito proveitosas e importantes para o CREF2/RS, já que contaram com a participação ativa da plateia, que colaborou com questionamentos e interações. “Além disto, tivemos a oportunidade de entregar o nosso material de divulgação para parte da Serra e da Fronteira Oeste do Estado, sobretudo para professores, coordenadores de curso, acadêmicos e demais pessoas que atuam na área”, acrescentou. “Também ficou acordado que faremos visitas às escolas de Antônio Prado para falar sobre a importância das aulas de Educação Física serem ministradas por profissionais habilitados, atendendo as premissas da legislação”, concluiu.


Eventos palestras



Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional organiza Fórum dos Coordenadores 2017
04/07/2016
Fonte: CREF2/RS

Os membros da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS reuniram-se no dia 30 de junho na sede do Conselho. Entre os assuntos da pauta, foram debatidas as opções de tema para o Fórum dos Coordenadores 2017, que podem variar entre “Aproximações entre Licenciatura e Bacharelado”, com apresentação da conselheira federal Iguatemy Martins (000001-G/PB), “Estágios”, com as palestrantes Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), assessora de Fiscalização e Cristiane Corrêa (OAB/RS 60.229), assessora jurídica, ambas do CREF2/RS ou ainda “Empreendedorismo”, com um destes palestrantes: Marcelo Curth ou Gastão Englert. A data sugerida para o evento será 19 e 20 de maio de 2017.

Estiveram presentes à reunião o presidente da Comissão Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) e os conselheiros Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS) e Carlos Ernani Olendzki de Macedo (CREF2/RS 001262). O próximo encontro da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional será realizado no dia 29 de julho, às 14h30min. As Comissões são órgãos de consultoria da Presidência, da Diretoria e do Plenário do CREF2/RS, às quais compete analisar, instruir e emitir pareceres nos assuntos e processos que lhe forem enviados pelo Presidente do CREF2/RS, retornando-os devidamente avaliados para decisão superior.


Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional



Disponível para leitura a revista do CREF2/RS sobre a Olimpíada
28/06/2016
Fonte: CREF2/RS

A nova CREF2/RS em Revista, que será em breve enviada às Pessoas Jurídicas registradas no Conselho, já tem a sua versão online disponível para download no site do CREF2/RS. A publicação, que tem como tema de capa os Jogos Olímpicos, apresenta um pequeno panorama da competição esportiva do mundo e dos profissionais de Educação Física do Rio Grande do Sul que já se envolveram com uma Olimpíada.

Com quatro matérias principais, a nova revista do Conselho fala sobre as expectativas do árbitro de tênis Nicolas Sanchez (CREF 012322-G/RS) e do técnico de natação Frederico Guariglia (CREF 003724-G/RS), que representarão o nosso Estado nos Jogos Olímpicos do Rio. A edição atual também aborda a trajetória dos ex-atletas de vôlei Marco Antônio Volpi e de basquete Evandro Saraiva (CREF 001009-G/RS), que participaram de clicos olímpicos nos anos 60 e 90, respectivamente. Eles contam como a competição influenciou – e ainda influencia – as suas carreiras.

Além deste conteúdo especial, a nova edição da CREF2/RS em Revista também apresenta matérias sobre o Fórum de Educação Física Escolar, realizado no final de abril em Capão Canoa, e sobre a proposta de extinção do curso de bacharelado em Educação Física, feita pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). A revista ainda dedica duas páginas às atividades do Departamento de Orientação e Fiscalização (DEFOR), com os números e detalhes das ações realizadas no primeiro trimestre deste ano, em todo o Rio Grande do Sul.

Desde este número, os exemplares impressos da CREF2/RS em Revista são enviados somente às Pessoas Jurídicas registradas e em dia com as suas obrigações estatutárias. Já os profissionais registrados podem baixar a versão em PDF da revista aqui ou também acessá-la diretamente pela plataforma Issuu, disponível para a leitura em computadores, tablets e smartphones.


Olimpíada Jogos Olímpicos Revista



CREF2/RS discute projetos com deputado federal João Derly
20/06/2016
Fonte: CREF2/RS

A presidente do CREF2/RS, Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), visitou na última sexta-feira (17) o deputado federal e ex-campeão mundial de judô João Derly em seu escritório de Porto Alegre. Durante a reunião, Carmen explicou ao parlamentar que o Conselho está se aproximando dos legisladores gaúchos no intuito de amplificar as lutas dos 30 mil registrados no estado, aos quais se somam cerca de 400 mil profissionais de Educação Física brasileiros.

Derly disse fazer parte da Frente Parlamentar da Educação Física na Câmara Federal. "Neste momento, estamos discutindo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), e sempre que tenho oportunidade de falar com o pessoal da Educação Física reafirmo a importância de unirmos forças e aumentarmos nossa representatividade. Na verdade, temos pouca união, pois verificamos poucos professores e ex-atletas valorizados em secretarias, o que culmina na falta da obrigatoriedade do profissional de Educação Física nas séries iniciais", avaliou Derly.

Carmen demonstrou preocupação ao deputado quanto o andamento do PLS 552/2013, que amplia as possibilidades de atuação como técnicos esportivos a atletas ou ex-atletas da modalidade em que pretendam atuar, desde que comprovem no mínimo cinco anos de atividade, e revoga a Lei nº 8.650, de 20 de abril de 1993, que trata apenas do exercício da profissão de treinador de futebol. Derly afirmou que já havia discutido esta questão com o presidente do CONFEF. “O treinador de rendimento pode ser aberto e os próprios CREFs poderiam intermediar e gerirem esta relação. Na questão da formação, quando se trabalha inclusive com crianças, é imperativo o registro", declarou o deputado.

Também foi debatida a proposta de extinção do bacharelado feita pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). Carmen explicitou que com a criação do bacharelado houve a integração com as áreas de saúde, o que proporcionou a abertura de vagas de trabalho nos NASFs, hospitais e clínicas. “Se fores a qualquer faculdade de Educação Física, verás que o aluno do bacharelado está satisfeito com o curso escolhido, portanto, este projeto é unilateral e antidemocrático”.

Ao final da reunião, João Derly sugeriu a realização de uma Audiência Pública conjunta com a Frente Parlamentar do Esporte, para discutir leis de interesse dos profissionais de Educação Física, trazendo para o debate professores, profissionais de Educação Física, atletas e ex-atletas.


Legislativo



Nova edição da CREF2/RS em Revista é sobre Jogos Olímpicos
17/06/2016
Fonte: CREF2/RS

A nova CREF2/RS em Revista, que tem como tema de capa os Jogos Olímpicos, já está disponível para download no site do CREF2/RS. A publicação explica, ao longo de suas páginas, como a competição esportiva mais importante do mundo contribui e ainda influencia a carreira de muitos dos profissionais de Educação Física do Rio Grande do Sul.

A reportagem de capa foi dividida em quatro matérias, para falar sobre as expectativas do árbitro de tênis Nicolas Sanchez (CREF 012322-G/RS) e do técnico de natação Frederico Guariglia (CREF 003724-G/RS), que representarão o nosso Estado nos Jogos Olímpicos do Rio; e também para abordar a trajetória dos ex-atletas de vôlei Marco Antônio Volpi e de basquete Evandro Saraiva (CREF 001009-G/RS), que participaram de ciclos olímpicos nos anos 60 e 90, respectivamente.

Além deste conteúdo especial, a nova edição da CREF2/RS em Revista também apresenta matérias sobre o Fórum de Educação Física Escolar, realizado no final de abril em Capão Canoa, e sobre a proposta de extinção do curso de bacharelado em Educação Física, feita pelo Conselho Nacional de Educação. A revista ainda dedica duas páginas às atividades do Departamento de Orientação e Fiscalização (DEFOR), em que é apresentado um resumo das ações realizadas no primeiro trimestre deste ano.

Os exemplares impressos da CREF2/RS em Revista são enviados somente às Pessoas Jurídicas registradas e em dia com as suas obrigações estatutárias. Já os profissionais registrados podem baixar a versão em PDF da revista aqui ou também acessar a edição online diretamente pela plataforma Issuu, disponível para a leitura em computadores, tablets e smartphones.


Revista Olimpíadas



Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional realiza sua reunião mensal
30/05/2016
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS reuniu-se na tarde da última sexta-feira (27), quando foi tratado o planejamento do Fórum dos Coordenadores 2017, quando haverá aproximação entre os temas comuns do bacharelado e da licenciatura. A Comissão também deliberou enviar um e-mail para os coordenadores de curso pedindo sugestões de temas e palestrantes para o evento. Em relação ao 1º de Setembro, ficou definida a realização de uma campanha de comemoração ao aniversário celebrado na data.

Estiveram presentes à reunião o presidente da Comissão Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) e os conselheiros Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS) e Carlos Ernani Olendzki de Macedo (CREF2/RS 001262).


Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional



CREF2/RS visita senador Paim e solicita apoio contra PL 552/2013
27/05/2016
Fonte: CREF2/RS

Nesta quarta-feira (25), a presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CRFEF 001910-G/RS) visitou o senador Paulo Paim em seu escritório de Canoas. Na ocasião, Carmen solicitou apoio ao senador para barrar o Projeto de Lei do Senado nº 522/2013, do senador Alfredo Nascimento (PR-AM) e com emenda do senador Romário (PSB-RJ), que ampliam as possibilidades de atuação como técnicos esportivos a atletas ou ex-atletas da modalidade em que pretendam atuar, desde que comprovem no mínimo cinco anos de atividade, e revoga a Lei nº 8.650, de 20 de abril de 1993, que trata apenas do exercício da profissão de treinador de futebol.

"Nós estávamos articulando para que estes técnicos ex-atletas atuassem como estrategistas do futebol”, disse Carmen. “Mas o senador Romário quer permitir que atletas em qualquer modalidade possam atuar como técnicos. Isso inclui as categorias de base e crianças, podendo causar muito mais danos à saúde do que benefícios”. Segundo Paim, a emenda do senador Romário tem que ser avaliada com mais critério, e que articulará o pedido do CREF2/RS no Senado. “Eu me orgulho de fazer parte da história da regulamentação da profissão de Educação Física no Brasil, um movimento que acompanho desde a década de 90”, afirmou.

“Do mesmo modo, o sistema CONFEF/CREFs acredita ser inadequada a minuta do projeto de resolução que tramita no CNE, que prevê a extinção do Curso de Bacharelado em Educação Física”, alertou Carmen, explicando que a Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, com o apoio de diversas Instituições de Ensino Superior do Estado, manifestaram-se contra a proposta por ser unilateral e sem ampla discussão. “Pensar que a Educação Física tenha apenas uma formação com foco na Educação Básica que contemple a atuação em todos os campos profissionais é atestar que a superficialidade seja o caminho da formação”, complementou.

Por fim, Carmen convidou o senador para o maior evento da Educação Física no Brasil, realizado no mês de janeiro, em Foz do Iguaçu, onde comparecerão mais de três mil profissionais de Educação Física, no qual será prestada uma homenagem ao parlamentar pela sua contribuição à profissão de Educação Física.


PL 552 2013



CREF2/RS realiza aula magna na Faculdade Metodista de Santa Maria
09/05/2016
Fonte: CREF2/RS

No dia 5 de maio, o auditório da Faculdade Metodista de Santa Maria (FAMES) foi palco da aula magna ministrada pela assessora de Fiscalização, Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), e pela assessora jurídica, Cristiane Corrêa (OAB/RS 60.229), ambas do CREF2/RS. O tema abordado foi “Questionamentos sobre as questões legais e éticas que envolvem o bacharelado em Educação Física”.

Durante a aula, foram esclarecidos aos estudantes temas como procedimentos de fiscalização, a Lei de Estágio, ações judiciais, ética e o projeto de extinção do bacharelado, proposto pela Comissão de Ensino Superior (CNE) do Ministério da Educação e que está sendo combatido pelo Sistema CONFEF/CREFs.


Eventos



CREF2/RS realiza aula magna na Faculdade Metodista de Santa Maria
18/04/2016
Fonte: CREF2/RS

No dia 5 de maio, às 19h, o auditório da Faculdade Metodista de Santa Maria (FAMES) sediará a aula magna ministrada pela conselheira e representante da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS), pela assessora de Fiscalização, Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), e pela assessora jurídica, Cristiane Corrêa (OAB/RS 60.229). O tema abordado será “Questionamentos sobre as questões legais e éticas que envolvem o bacharelado em Educação Física”.

Será um bate-papo em que se tratarão os procedimentos de fiscalização, a Lei de Estágio, ações judiciais, ética e a extinção do bacharelado. No intervalo, haverá degustação dos produtos da Nação Verde, FrutaMania e suplementos da Transformers Academia. O evento é aberto ao público em geral.

Aula Magna no curso de Educação Física da Faculdade Metodista de Santa Maria
Data: 5 de maio, quinta-feira, às 19h
Local: Auditório da FAMES, rua Dr. Turi, 2003, Centro, Santa Maria
Tema : “Questionamentos sobre as questões legais e éticas que envolvem o bacharelado em Educação Física"


Aula Magna



Documento contra a extinção do bacharelado é enviado ao ministro da Educação
11/04/2016
Fonte: CREF2/RS

No dia 8, a Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS enviou ao ministro da Educação Aloizio Mercadante e aos conselheiros do Conselho Nacional de Educação (CNE) um manifesto contendo argumentos contra a proposta de extinção do bacharelado. O documento, assinado por 22 coordenadores de cursos de Educação Física, foi entregue à Comissão de Ensino Superior pelo representante da Associação dos Dirigentes de Instituições de Ensino Superior em Educação Física (ADIESEF) e coordenador do Bacharelado da Unisinos, Cláudio Gutierrez (CREF 014210-G/RS).

Entre outros pontos, o documento ressalta que a proposta do CNE é arbitrária e unilateral e que, se aprovada, além de extinguir uma profissão e não apenas uma formação, trará imensos prejuízos na licenciatura, pois aproximadamente 2/3 dos estudantes que hoje estão cursando Educação Física o fazem buscando o bacharelado. Além disto, não se mensurou os prejuízos do fechamento de 600 cursos em todo o estado, em termos de campo de trabalho bem como da saúde pública e da qualidade de vida.

Fizeram parte da reunião, além de Gutierrez, o presidente da Câmara Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) e os conselheiros Carlos Ernani Olendzki de Macedo (CREF2/RS 001262), Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS) e Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS).


Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional



Documento contra a extinção do bacharelado é finalizado
11/03/2016
Fonte: CREF2/RS

Nesta quinta-feira, dia 10 de março, a Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS finalizou o documento que alerta para as consequências negativas da extinção do curso de bacharelado. O próximo passo será a distribuição aos coordenadores de curso para o conhecimento da íntegra do texto. Posteriormente, ele será enviado ao ministro da Educação e aos conselheiros do Conselho Nacional de Educação (CNE).

A proposta de extinção do bacharelado foi elaborada e apresentada no final de 2015 pelo Conselho Nacional de Educação, por meio de uma Comissão interna, criada especificamente para esta finalidade. Caberá ao Ministro da Educação decidir pela homologação, ou não, da proposta. Segundo o presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), o projeto de extinção é uma proposta unilateral e autoritária. “Não houve nenhum debate sobre o projeto, mas sim a pretensão de definir os rumos de uma profissão sem ouvir quem forma os profissionais”, explicou.


Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional



CREF2/RS prestigia formatura no IPA
08/03/2016
Fonte: CREF2/RS

No dia 5, o CREF2/RS, representado pelo seu vice-presidente Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), prestigiou a colação de grau de 25 formandos das turmas de bacharelado e licenciatura em Educação Física do Centro Universitário do IPA. A cerimônia, que contou com auditório lotado, foi marcada pela emoção no momento da diplomação do aluno deficiente visual André Trevisol. Segundo Lauro Aguiar, a presença do Conselho nas formaturas busca a aproximação com recém-formandos, esclarecendo o papel do CREF2/RS na defesa dos interesses da sociedade em relação aos serviços prestados pelo profissional de Educação Física e pelas pessoas jurídicas.


Formatura



Reunião contra a extinção do bacharelado tem presença do presidente do CONFEF e de 13 coordenadores de curso
24/02/2016
Fonte: CREF2/RS

Em um encontro considerado histórico pelos coordenadores das instituições de ensino superior presentes, a Comissão de Ensino Superior do CREF2/RS reuniu-se ontem, dia 23 de fevereiro, para estudar formas de sensibilizar a Comissão de Ensino Superior (CNE) do Ministério da Educação para não aprovar a proposta de extinção dos cursos de bacharelado em Educação Física. De acordo com os artigos 7º e 8º do projeto do CNE, os cursos de bacharelado deixariam de existir a partir do ano letivo seguinte à publicação da resolução.

Os coordenadores, que definiram a proposta como arbitrária e unilateral, vão lançar em breve um documento alertando sobre as consequências da extinção do curso às instituições de ensino, aos profissionais de Educação Física e à população. A reunião também contou com a presença do presidente do CONFEF, Jorge Steinhilber (CREF 000002-G/RJ), e da presidente do CREF2/RS, Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), que no mesmo dia haviam se encontrado com Sérgio Roberto Kieling, pró-reitor da UFRGS e vice-presidente da Câmara de Educação Superior, para tratar do tema.

Durante a reunião, o coordenador do bacharelado da Univates, Leonardo de Ross Rosa (CREF 006576-G/RS), relatou que os maiores problemas com a divisão dos cursos estão na falta de clareza das diretrizes e da própria interpretação das mesmas, além das regras de transição. “A solução para isso é, sim, definir novas diretrizes, mas especificando adequadamente as duas formações e seus respectivos campos de atuação com regras claras de transição, convocando instituições de ensino formadoras e os Conselhos de Educação Física, entidades que não podem ser alijadas da discussão pois é, por Lei, quem regulamenta a profissão”, afirmou.

Álvaro Reischak de Oliveira (CREF 001714-G/RS), docente da UFRGS, discorreu sobre quem atuaria nos campos que hoje são espaço dos bacharéis, caso haja a extinção do bacharelado. “Certamente não seriam os licenciados, que não têm as competências nem desenvolvem as habilidades necessárias para a atuação no campo do bacharelado. Esta lacuna naturalmente será preenchida por acadêmicos de outros cursos mais próximos da área da saúde, o que enfraqueceria por demais a profissão, restringindo o campo de atuação unicamente para o ensino na educação básica”, concluiu.

O presidente do CONFEF, Jorge Steinhilber (CREF 000002-G/RJ), avaliou que o movimento está se fortalecendo e terá condições de alertar ao CNE sobre a impropriedade da extinção do curso de bacharelado, demonstrando os prejuízos que o projeto provocará na área da saúde, onde hoje o profissional de Educação Física está inserido. “Sendo apenas licenciado, haveria perda na qualidade no serviço por falta de uma formação adequada, hoje muito bem atendida pelos cursos de bacharelado”, constatou.

Já Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), presidente da Comissão de Ensino Superior do CREF2/RS e professor do bacharelado da UFPel, destacou o papel do Conselho como aglutinador deste processo, que contou, na segunda reunião sobre o tema, com a presença significativa dos coordenadores de curso. “Além disso, com a adesão de alguns reitores, o movimento contra a extinção do bacharelado toma vulto. A partir da publicação do documento, mobilizaremos também a sociedade".


Extinção do Bacharelado



CONFEF elabora documento relativo à tentativa de acabar com o bacharelado
04/02/2016
Fonte: CONFEF

O CONFEF, diante das informações amplamente veiculadas como sendo oriundas da Audiência Pública para rediscutir as diretrizes da formação superior em Educação Física, realizada pelo Conselho Nacional de Educação em 11 de dezembro, elaborou um documento com considerações sobre o tema. Entre outros argumentos apresentados, o CONFEF explicita que embora possa haver aspectos formativos comuns à licenciatura e ao bacharelado em Educação Física, cada um desses cursos é independente e possui objetivos, perfis de egressos, matrizes curriculares, estágios e diplomas específicos. Consequentemente, o exercício profissional para os seus egressos também é diferenciado.

Nas considerações, o Sistema CONFEF/CREFs reafirmou a sua disposição em trabalhar para garantir que o exercício profissional na Educação Física seja realizado por profissionais com competência técnica, habilidades e atitudes próprias da sua profissão, conhecedores da ética e dos parâmetros de referência para o exercício da profissional, considerando cada uma das formações legalmente instituídas para a área: Licenciatura e Bacharelado em Educação Física, além de respeitar os limites das demais profissões regulamentadas.
Leia o documento na íntegra aqui


Bacharelado



Presidente do CONFEF visita CREF2/RS e traz solidariedade ao conselheiro federal Professor Garcia
21/01/2016
Fonte: CREF2/RS

O presidente do CONFEF Jorge Steinhilber (CREF 000002-G/RJ) esteve hoje (21) na sede do CREF2/RS. De acordo com o Steinhilber, suas visitas aos Conselhos Regionais têm o objetivo de manter a harmonia do Sistema CONFEF/CREFs. “Principalmente quando surgem ameaças externas, como o recente projeto do Conselho Nacional de Educação (CNE) de extinção do bacharelado e a proposta da criação de cursos de graduação em gestão esportiva e futebol pelo Ministério da Educação, já que não está claro qual o objetivo deste curso”, explicou.

Steinhilber também conversou com a presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) questões relativas à Educação Física Escolar, assunto que será tratado em um encontro promovido pelo CONFEF em breve. O presidente ressaltou que a data da visita ao CREF2/RS se reveste de um significado especial, já que hoje é o aniversário do conselheiro federal Professor Garcia (CREF 000002-G/RS), que está hospitalizado há mais de 180 dias. “Vim prestar solidariedade de todo o Sistema CONFEF/CREFs, na certeza de que ele vai superar esta fase e retornar ao nosso convívio rapidamente. O conselheiro, além de muito ativo e competente, tem uma bela história na construção da profissão de Educação Física no Brasil”, destacou.


Sistema CONFEF CREFs



CREF2/RS repudia proposta de extinção dos cursos de bacharelado em Educação Física
20/01/2016
Fonte: CREF2/RS

O repúdio à proposta do Conselho Nacional de Educação (CNE), que preconiza a extinção dos cursos de bacharelado em Educação Física, foi a tônica da reunião da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, nesta terça-feira (19), que contou com a participação de 15 representantes de instituições de ensino superior. De acordo com os artigos 7º e 8º do projeto do CNE, os cursos de bacharelado deixariam de existir a partir do ano letivo seguinte à publicação da resolução.

Segundo o presidente da Comissão de Ensino Superior e professor do bacharelado da UFPel, Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), o CRE2/RS apoia a posição tomada pela maioria das instituições, que é de veemente repúdio ao projeto. “A proposta é perigosa do ponto de vista da formação do profissional de Educação Física, pois ao mesmo tempo que extingue o bacharelado, enfraquece a licenciatura”. Merino afirmou que a próxima medida da Comissão será elaborar um documento conjunto assinado por todos os coordenadores de bacharelado do estado, ressaltando as consequências da extinção do curso para as instituições de ensino, para os profissionais de Educação Física e à sociedade em geral.

Para o coordenador do bacharelado em Educação Física da Unisinos, Cláudio Gutierrez (CREF 014210-G/RS), o projeto extinguirá o curso que possui um forte vínculo com a promoção da saúde, além de ter maior procura em todas as universidades em que são oferecidos os dois cursos. "Não teremos uma participação efetiva na saúde se não mantivermos currículos que contemplem as especificidades da área. Todo o avanço que se construiu a partir da separação dos cursos será perdido, e os ganhos conquistados pela licenciatura na área pedagógica retrocederão, enfraquecendo seu compromisso com a escola básica".

De acordo com Álvaro Reischak de Oliveira (CREF 001714-G/RS), docente da ESEF/UFRGS, mais de 150 estudantes da Faculdade se posicionaram contra a extinção do curso em um recente abaixo-assinado. “Este expressivo número de assinaturas sinaliza que os próprios alunos querem a separação dos currículos e, acima de tudo, precisam ser ouvidos na formulação das políticas de ensino”. Álvaro também ressaltou a existência de movimentos no meio acadêmico que reiteradamente defendem a extinção do bacharelado e do Sistema CONFEF/CREFs. “O que faz mais urgente uma ampla articulação política na defesa do bacharelado, currículo essencial na formação do profissional de Educação Física”.

Um documento elaborado pelo conselheiro Federal do CONFEF Emerson Silami Garcia (CREF 000046-G/MG), com considerações à proposta do CNE, alerta que a extinção do bacharelado provocará a demissão de centenas ou até milhares de docentes qualificados, pois nenhuma licenciatura de 3200 horas acomodaria tantas disciplinas quanto as que existem atualmente nos dois currículos. “Como o único curso seria licenciatura, hoje regulada pela Resolução CNE 2/2015, é natural que sobrevivam principalmente os conteúdos próprios de licenciatura. Não existe nenhum arranjo possível para acomodar todas as disciplinas na mesma carga horária. É utopia dizer que a educação continuada suprirá todas as necessidades”, sustenta o documento.

Estiveram presentes à reunião representantes da UNISC, Ulbra Canoas e Gravataí, Unijuí, Univates Lajeado, FACOS, Fadergs, Sogipa, ESEF/UFRGS, Unilasalle, Unisinos.


Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional



CREF2/RS participa de formatura na Faculdade da Serra Gaúcha
12/01/2016
Fonte: CREF2/RS

No dia 9, o CREF2/RS, representado pela profissional de Educação Física Milka Nunes Silva Julianote (CREF 019912-G/RS), prestigiou a colação de grau das turmas de bacharelado e licenciatura da 21ª turma de Educação Física da Faculdade da Serra Gaúcha (FSG), em Caxias do Sul. Na ocasião, Milka entregou aos formandos cartões de parabenização pela formatura, além de ofício relacionando os documentos necessários para realizar o registro profissional no Conselho. Com este tipo de ação, a atual gestão do CREF2/RS busca aproximar-se dos recém-formandos, esclarecendo os atributos do Conselho na defesa dos interesses da sociedade em relação aos serviços prestados pelo profissional de Educação Física e pelas pessoas jurídicas.


Formatura



Comissão de Ensino Superior elege presidente nesta terça-feira
05/01/2016
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS reuniu-se na tarde desta terça-feira (5), quando elegeu como seu presidente o conselheiro do CREF2/RS e professor da ESEF-UFPel Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), e como secretário Leomar Tesche (CREF 000129-G/RS), docente da Unijuí e também conselheiro do CREF2/RS. Segundo Merino, o encontro marca a retomada do trabalho de aproximação com as instituições de ensino superior que já vinha sendo realizado em 2015. “Neste ano, pretendemos atuar auxiliando na formação continuada, promovendo com isto a capacitação e a reciclagem de conhecimento dos profissionais de Educação Física”, explicou.

Na ocasião, os membros da Comissão trabalharam na organização da reunião de coordenadores de cursos de bacharelado, que ocorrerá no próximo dia 19 de janeiro, na sede do CREF2/RS, bem como debateram o planejamento estratégico de ações para 2016, que prevê visitas e palestras nos cursos de Educação Física, além da possibilidade da criação de um acervo digital de dissertações e teses.

Também estiveram presentes à reunião os conselheiros do CREF2/RS Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS), Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS) e Carlos Ernani Olendzki de Macedo (CREF2/RS 001262).


Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional



CONFEF edita resolução sobre esportes aquáticos
31/07/2015
Fonte: CREF2/RS

O CONFEF editou a resolução nº 280/2015, na qual define os desportos aquáticos como área de Especialidade Profissional em Educação Física. O Conselho considerou a importância da formação profissional em nível de Especialidade para o desempenho de funções específicas e próprias do exercício profissional, com segurança, competência e responsabilidade ética.

A Especialidade Profissional em desportos aquáticos, para efeito de reconhecimento pelo Sistema CONFEF/CREFs e para atuação profissional específica, destina-se, exclusivamente, aos Profissionais de Educação Física que tenham concluído o curso de bacharelado em Educação Física. A organização do esporte nacional identifica “Desportos Aquáticos” como uma grande área onde estão incluídos a natação, os saltos ornamentais, o polo aquático e o nado sincronizado. Leia a íntegra da resolução aqui.


CONFEF



Participe da pesquisa sobre Educação Física e Saúde Coletiva
25/02/2015
Fonte: CREF2/RS

Profissionais que atuam na Saúde Coletiva podem participar de pesquisa acadêmica "O Profissional de Educação Física na Saúde Coletiva". O trabalho, de autoria de Andressa de Araújo, tem a orientação de Leonardo Rosa (CREF 006576-G/RS), coordenador do curso de Educação Física – Bacharelado da Univates.

Com questões sobre carga horária, salário, formação, experiência e interesse pela área, a pesquisa é online e servirá como base para a monografia de conclusão de curso (TCC) da estudante. Para registrar a sua colaboração, clique aqui.




Profissionais são convidados a participar de pesquisa sobre Educação Física e Saúde Coletiva para trabalho de conclusão
11/02/2015
Fonte: CREF2/RS

Profissionais registrados no CREF2/RS que atuam na Saúde Coletiva podem participar da pesquisa "O educador físico na saúde coletiva", da acadêmica Andressa de Araújo e com orientação de Leonardo Rosa (CREF 006576-G/RS), coordenador do curso de Educação Física – Bacharelado da Univates.

Com questões sobre carga horária, ambiente de trabalho e interesse pela área, a pesquisa é online e servirá como base para o trabalho de conclusão de curso (TCC) da estudante. Para registrar a sua colaboração, clique aqui.




ULBRA Carazinho recebe palestra do CREF2/RS
03/11/2014

Na quarta-feira (29), o CREF2/RS promoveu palestra na ULBRA Carazinho. Com o tema "Jurídico, Fiscalização e Ética no Conselho Regional de Educação Física", a assessora jurídica Cristiane Costa falou sobre a regulamentação da profissão e a atribuição do CREF/2RS como órgão de orientação e fiscalização da atividade profissional. Com entrada gratuita, a atividade foi aberta para estudantes e profissionais da região.

O processo fiscalizatório, bem como seus desdobramentos éticos e legais, foi apresentado de maneira didática para os presentes. Além disto, outras questões importantes, como a atuação do Responsável Técnico e demais atribuições do CREF2/RS, foram trazidas para esclarecimento. "Cabe também ao Conselho verificar as condições de funcionamento dos locais onde são oferecidos os serviços, desde equipamentos até a limpeza", destacou Cristiane.

Por fim, os acadêmicos que compareceram ao auditório da Universidade também puderam se familiarizar com o registro profissional, obrigatório para todos que possuem curso superior nas modalidades de Licenciatura, Bacharelado e Licenciatura/Bacharelado, bem como provisionados. "Estudantes não podem se registrar no Sistema CONFEF/CREFs, e só podem atuar sob a supervisão de profissional habilitado", explicou Cristiane, que encerrou a atividade salientando sua importante contribuição. "O público teve suas dúvidas sanadas, participando de forma interativa do debate".




UFPel recebe V Fórum de Coordenadores de Curso de Educação Física
09/05/2014
Fonte: CREF2/RS

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) sedia, entre hoje e amanhã, o V Fórum de Coordenadores de Curso de Educação Física. Promovido pelo CREF2/RS, o evento deste ano tem como objetivo a reflexão sobre a profissão de Educação Física e suas especialidades, além do debate sobre implicações na intervenção profissional e a evasão nos cursos superiores.

A abertura do Fórum, feita por membros da Coordenação Geral e Diretoria do Conselho, serviu para apresentação de projetos dos departamentos de Registro, Jurídico e Fiscalização e Orientação. Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), coordenadora do DEFOR, falou sobre a importância do registro profissional e os coordenadores esclareceram as dúvidas mais frequentes dos alunos sobre o CREF2/RS. Além disso, Cristiane Correa, do Departamento Jurídico, relatou casos em que as universidades poderiam participar de maneira mais eficiente na fiscalização da prática profissional e na defesa da sociedade. "O CREF2/RS e as faculdades devem atuar lado a lado", comentou.

Na reunião, o Conselho reiterou a resolução do CONFEF que diferencia Licenciatura e Bacharelado em dois campos atuação distintos e reforçou a necessidade de maior diálogo com as universidades. A coordenadora de curso Magale Konrath (CREF 000378-G/RS, Feevale), por exemplo, trouxe para discussão as mudanças e os ajustes de currículo, assim como a permanente avaliação sobre as disciplinas de cada habilitação. Luciano Castro (CREF 008924-G/RS, PUCRS), por outro lado, colocou em debate os estágios e o que a universidade tem que fazer para garantir bons profissionais habilitados.

Também participaram do Fórum Daniel Zacaron (CREF 002379-G/RS, FSG), Fernanda Teixeira (CREF 005117-G/RS, UFPel), Luiz Loi (CREF 002264-G/RS, UNIJUÍ Santa Rosa), Pedro Batistella (CREF 000283-G/RS, Universidade de Cruz Alta), Vera Lucia Brauner (PUCRS), Claudio Gutierrez (CREF 014210-G/RS, ADIESEF), Cristiano da Rosa (CREF 000649-G/RS, Sogipa), Fabiano Bossle (CREF 000408-G/RS, UFRGS), José Luiz de Freitas (CREF 001797-G/RS, ULBRA Cachoeira do Sul) e os conselheiros Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS), Leomar Tesche (CREF 000129-G/RS) e Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS).




Coordenadores de curso reúnem-se na Feevale
28/05/2013
Fonte: CREF2/RS

O IV Fórum de Coordenadores de Curso de Educação Física do RS na FEEVALE refletiu sobre a Educação Física e seus objetos de estudo relacionados à saúde, estilo de vida saudável e novos temas transversais (meio ambiente, relações étnico-raciais e inclusão (na Licenciatura); e diferentes tipos e abordagens de atuação profissional na saúde (ESF; NASF; Saúde mental e do trabalhador, sua interface com a sociedade, dentro da concepção metodológica interdisciplinar e ampliada de saúde (Bacharelado).




CREF2/RS visita Faculdade da Serra Gaúcha
18/03/2013
Fonte: FSG

O presidente do CREF2-RS Eduardo Merino visitou a Faculdade da Serra Gaúcha no dia 8/03 com o objetivo de aproximar os acadêmicos da entidade, além de esclarecer dúvidas e conversar com os estudantes.

- A Serra é a 2ª maior região com profissionais credenciados e também é uma das mais adimplentes. Queremos que os acadêmicos tenham consciência de que sua profissão é regulamentada e que o Conselho pode auxiliá-los em vários aspectos. Merino foi recepcionado na FSG pelo Coordenador dos Cursos de Educação Física (Licenciatura e Bacharelado) Prof. Daniel Zacaron (foto).




Deputado visita CREF Serra
07/03/2013
Fonte: CREF2/RS

O deputado estadual Vinicius Ribeiro (PDT) Visitou o CREF Serra no dia 4, quando participou de da reunião com o GMOB – Grupo de Mobilização composto por profissionais graduados em Licenciatura e Bacharelado em Educação Física de Caxias do Sul, onde se debateu o tema: “ A presença de Profissionais devidamente habilitados e registrados no Conselho Regional de Educação Física do RS (CREF2/RS) nas séries iniciais do Ensino Fundamental. O Deputado se comprometeu a marcar uma audiência com a Secretaria Estadual de Educação. Também participaram da reunião os Profissionais de Educação Física Fabiano Baldiserra, Marcia Rohr da Cruz, a coordenadora do CREF Serra Maristela Eckert, Tatiana Pagliarin e Samantha Lamb.




Licenciado em Educação Física só pode trabalhar em áreas formais da educação
29/01/2013
Fonte: Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal – 1.ª Região

Profissionais da Educação Física que obtiveram “licenciatura” não têm direito a registro perante o Conselho Federal de Educação Física na categoria de ""bacharel"". O entendimento é da 7ª. Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª. Região.

A controvérsia veio à tona após o recebimento de um recurso pelo TRF1 (agravo regimental em agravo de instrumento), interposto pelo Ministério Público Federal. O MPF sustenta que não há lei que restrinja o exercício extraescolar das atividades dos profissionais diplomados em curso de Licenciatura em Educação Física.

Diz ser ilegal a expedição pelos Conselhos Regionais de carteiras profissionais que limitem a área de atuação dos licenciados à educação básica.

Mas, segundo o relator do agravo regimental, desembargador Reynaldo Fonseca, ampla jurisprudência dos Tribunais Federais mostra que a “Habilitação dos profissionais de Educação física está segmentada de acordo com a divisão amparada em lei (...)”. (TRF2ª Região, AC 200851010083350, Desembargador Federal Frederico Gueiros, - SEXTA TURMA ESPECIALIZADA, 18/03/2011).

Pela leitura dos autos, as Diretrizes Nacionais para os Cursos de Educação Física, de 18/02/2004, dispõem que o curso de Licenciatura forma profissionais para atuar nas escolas de ensino infantil, fundamental e médio, e, também, desempenhar atividades de planejamento, coordenação e supervisão de atividades pedagógicas no sistema formal de ensino e em pesquisas, não podendo atuar em espaços não-escolares, função essa desenvolvida pelos bacharéis em Educação Física.

O magistrado ressaltou que: “(...) segundo entendimento dos tribunais regionais federais (...) há diferenças substanciais relativamente à duração e à carga horária mínima exigidas, bem como ao conteúdo curricular especificamente direcionado aos cursos de bacharelado e de licenciatura, na área de Educação Física”.

A decisão da 7ª. Turma foi unânime.

Proc. n.º 00060374320124013400




CREF2/RS visita Fundasul
27/11/2012
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS realizou no dia 23/11 visita à instituição de ensino superior Fundasul, localizada no município de Camaquã. Na ocasião, a Conselheira Miriam Brauch e a Coordenadora Lisiane do Espírito Santo Soares proferiram palestra explicando as atribuições do Conselho aos alunos e respondendo questões quanto a regulamentação da Profissão, a diferença entre bacharelado e licenciatura, estágios e Educação Física escolar.

Na ocasião, um dos assuntos mais comentados foi a questão da denúncia de Profissionais ou não profissionais que atuam de forma errônea e antiética conforme o Conselho de Ética do CREF2/RS.

A visita foi realizada nos moldes do projeto Crefinho, que visa a aproximação com os estudantes dos cursos de Educação Físíca gaúchos e está em processo de instalação no Conselho.




CONFEF publica notas técnicas sobre avaliação física e estágios curriculares
20/11/2012
Fonte: CREF2/RS

O CONFEF recentemente emitiu duas notas técnicas visando dotar a sociedade de parâmetros de aferição da qualidade do exercício profissional, bem como de zelar pelo atendimento das exigências do campo de trabalho do Profissional de Educação Física decorrentes dos avanços científicos e tecnológicos.

A primeira nota técnica informa, orienta e padroniza condutas e procedimentos do Profissional de Educação Física no uso da avaliação física como elemento principal para prescrição de exercícios físicos e desportivos. Leia na íntegra aqui.

A segunda nota orienta a realização do estágio curricular obrigatório e não obrigatório em Educação Física nos cursos de Bacharelado e Licenciatura em Educação Física. O texto conceitua o estágio, descreve seus antecedentes históricos na Educação Física e emite extensas considerações sobre a atividade. Leia na íntegra aqui.