Notícias




Data Inicial:
(dd/mm/aaaa)  

Data Final:
(dd/mm/aaaa)  
Título:
Palavras na Notícia:



Fórum-RS firma termo de cooperação com Ministério Público Federal
12/03/2020
Fonte: CREF2/RS

Ricardo Breirer, presidente do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões Regulamentadas do Rio Grande do Sul (Fórum-RS), assinou ontem um termo de cooperação técnica entre os diversos Conselhos representados pela associação com o Ministério Público Federal. Representando o CREF2/RS no ato, estiveram presentes o presidente José Edgar Meurer (CREF 001953-G/RS) e assessor de fiscalização Samuel de Almeida (CREF 013510-G/RS).

O termo de cooperação assinado tem o objetivo de promover ações conjuntas voltadas para aproximar e integrar as instituições. “O Fórum-RS tem trabalhado em prol da sociedade e da fiscalização do exercício profissional. Essa é uma caminhada importante. Temos expertises em todas as áreas das profissões regulamentadas, fato que garante, ainda mais, a efetividade da contribuição com o Ministério Público Federal”, comentou Breier.

A procuradora-chefe do MPF/RS Cláudia Paim ressaltou a importância do Fórum dos Conselhos: “O MPF/RS já faz um constante contato com diversos Conselhos Profissionais, mas é muito importante que isso se fortaleça cada vez mais. Esse termo de cooperação técnica nos garante a proximidade necessária para prestar melhores serviços à sociedade”. Reunindo 29 Conselhos Profissionais, o Fórum-RS representa cerca de um milhão de profissionais registrados no Rio Grande do Sul.

Foto: Sergio Trentini – OAB/RS


Forum-RS Fiscalização



Entidades criticam fim da inscrição obrigatória em Conselho Profissional
06/11/2019
Fonte: Agência Câmara Notícias

Representantes de Conselhos de profissões regulamentadas repudiaram nesta terça-feira, dia 5 de novembro, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 108/19, elaborada pelo Ministério da Economia, que autoriza a atuação de profissionais sem a necessidade de registro nos respectivos órgãos, desde que a atividade desenvolvida não implique “risco de dano concreto à vida, à saúde, à segurança ou à ordem social".

O texto também define os Conselhos Profissionais como Pessoas Jurídicas de direito privado, que atuam em colaboração com o Estado. Atualmente, o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) é que essas entidades têm natureza autárquica.

O presidente do Conselho Federal de Corretores de Imóveis, João Teodoro da Silva, criticou a transformação dos Conselhos em entidades de natureza privada. Para Silva, a mudança pode comprometer o poder de polícia que permite a essas entidades fiscalizar e punir maus profissionais. “Quando no exercício de suas funções institucionais, os Conselhos são o próprio Estado”, disse Silva, que participou do debate sobre a PEC na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados.

Assessor jurídico do Conselho Federal de Medicina, Francisco Souza também defendeu a manutenção dos conselhos como entidades de direito público. “O poder de polícia é indelegável ao particular. Não há como dissociar a natureza jurídica pública dos Conselhos”. Bruno Fernandes, do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, destacou que as entidades defendem a profissão, e não os profissionais. “Não é corporativismo. É muito diferente. A gente não faz carinho no profissional. Por isso, não é sindicato, é interesse público.”

Foto: Pablo Valadares-Câmara dos Deputados


Conselhos Profissionais



MPF recomenda ao Ministério da Educação suspender autorização para funcionamento de novos cursos EAD na área da saúde
10/10/2019
Fonte: Ministério Público Federal

O Ministério Público Federal encaminhou na última terça-feira, dia 8 de outubro, uma recomendação ao Ministério da Educação para que seja suspensa, imediatamente, a autorização para funcionamento de novos cursos de graduação na área da saúde na modalidade Educação a Distância (EAD). O pedido é para que esta determinação seja mantida até que seja concluída a tramitação do Projeto de Lei 5414/2016, que trata do tema, ou até que haja a devida regulamentação do art. 80 da Lei 9.394/96 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação), sobre desenvolvimento do ensino a distância.

O credenciamento de Instituições de Educação Superior exclusivamente para oferta de cursos de graduação na modalidade à distância foi autorizado pelo Decreto nº 9.057, de maio de 2017. O ato não prevê tratamento diferenciado para cursos voltados ao campo da saúde. No entanto, o ensino para essa área temática conta com diretrizes específicas e já anteriormente aprovadas pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS). A Resolução CNS 350, de junho de 2005, por exemplo, determina que a abertura de cursos no campo da saúde somente pode ser feita pelo MEC caso não haja objeção por parte do Ministério da Saúde e do próprio Conselho Nacional.

Acerca do tema, o CNS também tem publicada, desde 2016, uma resolução na qual externa posicionamento contrário à autorização de todo e qualquer curso de graduação da área da saúde ministrado na modalidade EAD. O documento aponta preocupação com os prejuízos que tais cursos podem oferecer à qualidade da formação dos profissionais, bem como os riscos que esses profissionais possam causar à sociedade, “uma vez que passam por uma formação inadequada e sem integração do ensino com a comunidade”.

Na recomendação, o Ministério Público Federal destaca que a formação de profissionais de saúde demanda uma interação constante entre trabalhadores da área, estudantes e pacientes, a fim de assegurar a integralidade da atenção, a qualidade e a humanização do atendimento prestado aos indivíduos, famílias e comunidades. Nesse sentido, é fundamental que os estudantes estejam inseridos em atividades práticas como forma de aperfeiçoar o ensino teórico.

O MPF ressalta que a formação na área da saúde não se limita a oferecer conteúdos teóricos, pois “exige o desenvolvimento de habilidades técnicas, clínicas e laboratoriais que não são passíveis de aquisição na modalidade EAD, sem o contato direto com o ser humano, visto tratar-se de componentes da formação que se adquirem nas práticas inter-relacionais”.

A recomendação cita ainda uma nota pública contra a graduação à distância na área da saúde assinada por cinquenta entidades representativas de associações nacionais de ensino, conselhos profissionais, federações e executivas estudantis. No documento, as entidades defendem que a formação de trabalhadores no campo da saúde deve ser realizada por meio de cursos presenciais, com o objetivo principal de garantir a segurança e a resolubilidade na prestação dos serviços de saúde à população brasileira.

A recomendação ao MEC se dá no âmbito de um inquérito civil que tramita na Procuradoria da República em Goiás e é assinada pela procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat, e pela procuradora regional dos Direitos do Cidadão no Estado, Mariane Guimarães. O Ministério da Educação terá 30 dias para que informe as medidas adotadas para o cumprimento da solicitação ou as razões para o seu não acatamento.

Foto: Agência Brasil


EAD



CREF2/RS participa do Arrastão da Fiscalização no Litoral gaúcho
18/01/2019
Fonte: CREF2/RS/Assessoria de Comunicação do CRMV-RS

Agentes fiscais das áreas de Medicina Veterinária e Zootecnia, Educação Física, Nutrição, Medicina, Biologia, Farmácia, Fonoaudiologia, Administração e Engenharia realizaram uma série de ações no Litoral gaúcho nesta semana, do dia 15 ao dia 17, para verificar a situação de estabelecimentos da área de saúde. O Arrastão de Fiscalização, como foi denominada a atividade, é uma iniciativa do Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum/RS), com foco na saúde única, que compreende as áreas humana, animal e ambiental.

Os fiscais percorrem municípios do Litoral Norte e Sul para garantir o cumprimento das normas que garantem o bom funcionamento e atendimento em hospitais, clínicas veterinárias, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Unidades Básicas de Saúde (UBSs), laboratórios e prefeituras e constataram uma série de irregularidades. O objetivo é fiscalizar o exercício regular das profissões e se a estrutura e serviços oferecidos condizem com as exigências previstas em lei, garantindo que a sociedade tenha acesso a serviços de qualidade.

O Departamento de Fiscalização e Orientação (DEFOR) do CREF2/RS visitou órgãos públicos e estabelecimentos privados que oferecem algum tipo de atividade privativa do profissional de Educação Física. O objetivo foi reprimir profissionais sem registro ou o exercício ilegal da profissão. Durante a ação, foram fiscalizados um hospital em Tramandaí e outro em Torres, sem nenhuma intercorrência constatada. Também foram vistoriadas três Unidades de Pronto Atendimento (UPA), localizadas em Torres e Capão das Canoa, bem como as prefeituras responsáveis pelas Unidades. Em uma das UPAs, era oferecido serviço de caminhada e alongamento para terceira idade, porém sem acompanhamento de profissional de Educação Física devidamente habilitado. Também foram flagrados profissionais sem registro atuando em dois municípios. Ao todo, foram sete estabelecimentos fiscalizados, entre hospitais, pronto atendimento e prefeituras.
Foto: Fórum-RS


Arrastão de Fiscalização



TRF-4 limita método pilates aos profissionais de Educação Física e fisioterapeutas
21/12/2018
Fonte: CREF2/RS

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) emitiu uma decisão, no último mês de novembro, delimitando o uso do pilates entre profissionais de Educação Física e fisioterapeutas, reconhecendo também a legalidade da fiscalização realizada pelos seus respectivos Conselhos Profissionais, CREF e CREFITO. O acórdão atende uma demanda antiga do CREF2/RS, que sempre tentou esclarecer e orientar os profissionais em suas ações, a partir do entendimento difuso que se tinha sobre o método.

A decisão, assinada pelo desembargador Rogério Favreto, compreendeu que a atuação com o pilates exige formação em fisioterapia, quando destinada a restaurar, desenvolver e conservar a capacidade física do paciente; e em Educação Física, quando caracterizada como atividade física, com o intuito de promover o condicionamento físico. Dessa forma, a oferta do método pilates só pode ser feita por pessoas com a formação acadêmica necessária, sendo passível de fiscalização pelo CREFITO5 e pelo CREF2/RS no âmbito do Rio Grande do Sul, quando caracterizado o exercício irregular da profissão.

Já em vigor nos três estados da região sul, a sentença do TRF-4 garante a segurança da sociedade, pois assegura que todas as intervenções com o método pilates sejam oferecidas apenas por profissionais com as duas formações autorizadas, de acordo com a habilitação e com a finalidade de cada uma das áreas. A denúncia de estabelecimentos e de pessoas que oferecem pilates sem a devida capacidade técnica pode ser feita diretamente por aqui.


pilates



CREF2/RS e PROCON realizam ação em academias da Região Metropolitana
04/12/2018
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS, com o apoio de outros Conselhos Profissionais, participou das ações da 7ª Semana Estadual de Fiscalização, entre os dias 26 e 29 de novembro. O trabalho conjunto, sob a coordenação do PROCON, visitou academias de Porto Alegre, Canoas e São Leopoldo, onde foram averiguadas algumas infrações, como a ausência de um profissional de Educação Física orientando as atividades nesses locais e estabelecimentos funcionando sem registro junto ao Conselho.

Com o tema “Defesa do Consumidor”, a 7ª Semana Estadual de Fiscalização teve o intuito de garantir produtos e serviços de qualidade, oferecidos somente por profissionais habilitados em diversas áreas de atuação. De acordo com o PROCON, muitos estabelecimentos autuados também estavam descumprindo normas do Código do Consumidor, por não terem a tabela de preços exposta na entrada e por se recusarem a assinar contrato com os clientes.

As academias autuadas pelo Departamento de Fiscalização e Orientação (DEFOR) do CREF2/RS têm agora um prazo para apresentar a sua defesa e só poderão voltar a funcionar depois que regularizem a sua situação. Você também pode colaborar com o trabalho dos agentes fiscais do Conselho preenchendo o formulário de denúncia disponível nesta página.


Fiscalização



Novos conselheiros e Diretoria do CREF2/RS tomam posse
30/10/2018
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS realizou, ontem à tarde, dia 29 de outubro, a cerimônia de posse dos seus novos conselheiros. O evento, organizado na Câmara Municipal de Porto Alegre, marcou o início do mandato de seis anos de metade dos membros do Plenário, que foram escolhidos pelos profissionais de Educação Física nas eleições de setembro.

Com a presença de representantes do Governo do Estado, da Prefeitura, da Federação Internacional de Educação Física (FIEP) e de outros Conselhos Profissionais, os presentes foram conduzidos aos seus cargos pela ex-presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), que também fez o discurso de abertura. Ela salientou o crescimento do CREF2/RS nos últimos anos e os desafios que serão enfrentados para uma maior valorização dos profissionais no futuro.

Os novos membros do Plenário, com os demais conselheiros eleitos, ainda se reuniram para eleger a Diretoria do CREF2/RS para os próximos três anos. Atuando fortemente em nome dos profissionais de Educação Física, a nova gestão assume com o compromisso reabrir o CREF Serra e de criar representações regionais, de buscar a redução dos valores de anuidades, de trabalhar pela diminuição das taxas pagas ao ECAD, de aumentar e qualificar as ações de fiscalização e de proporcionar uma maior participação do Conselho na construção de políticas públicas, lutando também contra os cursos EAD na área.

A nova diretoria do CREF2/RS é composta por:

Presidente: José Edgar Meurer (CREF 001953-G/RS)
Graduado em Educação Física pelo IPA, José Edgar foi subsecretário de Esportes do Rio Grande do Sul, diretor técnico da Fundergs e, recentemente, Secretário Municipal de Esportes, Recreação e Lazer de Porto Alegre, de 2010 a 2016.

1º Vice-Presidente: Giovanni Bavaresco (CREF 001512-G/RS)
Graduado em Educação Física pelo IPA, Giovanni é pós-graduado em Treinamento Desportivo e diretor da CB Brasil – Saúde Sport e Fitness.

2º Vice-Presidente: Alessandro Gamboa (CREF 001534-G/RS)
Graduado pelo IPA e pós-graduado em Ciências da Saúde e em Administração e Marketing Esportivo, Alessandro é sócio-diretor da G2 Sports e consultor de academias.

1º Secretário: Claudio Franzen (CREF 003304-G/RS)
Graduado em Educação Física e pós-graduado em Dança e Consciência Corporal pela Universidade Gama Filho, Claudio é mestre em Pedagogia em Educação Física e pentacampeão mundial de Ginástica Aeróbica. Atualmente é Gestor de Esporte da Prefeitura de Porto Alegre.

2º Secretário: Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS)
Graduado pela UFRGS e doutor em Ciências do Esporte, Eduardo é o atual coordenador do curso de Educação Física da UFPel. Foi professor da Ulbra e presidente do CREF2/RS entre 2010 e 2014.

1º Tesoureiro: Alessandro Gonçalves (CREF 005863-G/RS)
Graduado em Educação Física pela UFRGS, Alessandro é mestre em Reabilitação e Inclusão pelo IPA e também pós-graduado em Ergonomia do Trabalho e em Gestão de Pessoas Estratégicas e Negócios. Atualmente é diretor da GPA Soluções em Educação e Saúde Corporativa.

2ª Tesoureira: Luciane Citadin (CREF 000100-G/RS)
Graduada em Educação Física pelo IPA e pós-graduada em Treinamento Desportivo e em Cinesiologia, Luciane foi coordenadora das academias Bodytech e INEXX. Atualmente é coordenadora técnica da Sogipa e presidente da APEF, desde 2015.

Os demais membros recém-eleitos do CREF2/RS:

Luciane Paz (CREF 003952-G/RS)
Graduada em Educação Física pelo IPA, Luciane é pós-graduada em Gestão de Academia. No momento, atua como personal trainer e instrutora de diversas academias, como Espaço Ativo, Academia Alternativa e Academia Moinhos Fitness.

Bruno Araújo (CREF 012860-G/RS)
Graduado em Educação Física pela UFpel e pós-graduado em Reabilitação Cardíaca pela Universidade Gama Filho, Bruno é sócio-proprietário da Academia Moinhos Fitness, de Pelotas.

Carla Tartarotti (CREF 006564-G/RS)
Graduado em Educação Física pela UCS, Carla é pós-graduada em Educação Física Escolar pela Universidade Gama Filho e mestre em Reabilitação e Inclusão pelo IPA. É proprietária da Academia Físico Fashion e criadora do programa de exercícios físicos para crianças Serelepe Fit.

Carlos Castilhos (CREF 000877-G/RS)
Graduado em Educação Física pelo IPA e pós-graduado em Ciências do Esporte e em Fisiologia do Exercício, Carlos foi campeão de gaúcho de Ginástica Aeróbica em diversas oportunidades e desde 1998 atua como personal trainer em academias e condomínios.

Rodrigo Campos (CREF 001530-G/RS)
Graduado em Educação Física pelo IPA, Rodrigo é pós-graduado em Ciências do Esporte pela PUCRS. Atua como personal trainer e instrutor de musculação da Academia Bodytech, em Porto Alegre, desde 2006.

Os novos membros suplentes do Conselho são:

Roberta Pinto (CREF 004665-G/RS)
Graduada em Educação Física pela URCAMP, Roberta é pós-graduada em Atividade Física Adaptada e em Administração e Qualidade. Foi proprietária da Atlhética Academia, de Bagé, e desde 2017 é coordenadora técnica das Academias do SESC/RS.

Everton Gomes (CREF 002615-G/RS)
Graduado em Educação Física pela Ulbra Canoas, Everton é pós-graduado em Dança e Consciência Corporal pela Universidade Gama Filho. É professor e proprietário da Academia Corpo e Forma, de Guaíba.

Ninon Leal (CREF 001350-G/RS)
Graduada em Educação Física pela Ulbra, Ninon é pós-graduada em Ciências do Esporte e Treinamento Físico pela UFRGS. Foi professora de Educação Física Escolar em diversos municípios e atualmente é sócia-proprietária das academias Pró Fitness.

Any Mery Lunardi (CREF 001765-G/RS)
Graduada em Educação Física pelo IPA, Any Mery é professora de ginástica e sócia-proprietária da academia Aerostep, de Porto Alegre.


Eleições conselheiros



FÓRUM-RS realiza VIII Seminário de Fiscalização Profissional
19/06/2018
Fonte: CREF2/RS

O FÓRUM-RS (Fórum dos Conselhos Regionais das Profissões Regulamentadas do Rio Grande do Sul) realizará no dia 31 de agosto o VIII Seminário de Fiscalização Profissional. O evento terá como tema “O Futuro das Profissões”, que impacta diretamente sobre todas as profissões e principalmente aos Conselhos Profissionais que têm entre suas competências a fiscalizá-las.

Entre os objetivos do seminário, discutir e repensar as carreiras profissionais, adaptando-as às novas tecnologias e aos novos tempos, além do seu impacto nas atividades fiscalizatórias. Desta forma, os desafios serão debatidos em conjunto com a Câmara a Defesa da Sociedade - CDS. O evento acontecerá em Porto Alegre, e o Fórum/RS conta com a mobilização e presença de representações de todas as regiões do estado, para melhor qualificam os debates e consolidar a atuação das Entidades.

VIII Seminário de Fiscalização Profissional
Local: Porto Alegre
Data: 31 de agosto, terça-feira
Horário: das 8h30min às 17h30min
Endereço: Auditório Mondercil Paulo de Moraes, Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, Av. Aureliano de Figueiredo Pinto, 80 – 3ºand. Bairro Praia de Belas – Porto Alegre/RS
Inscrições: pelo e-mail seminarioforum2018@gmail.com e a doação de 1kg de alimento não perecível a ser doado ao Banco de Alimentos


VIII Seminário de Fiscalização Profissional



CREF2/RS e CREF3/SC fiscalizam fronteira conjuntamente
23/02/2018
Fonte: CREF2/RS

Os Departamentos de Fiscalização do CREF2/RS e do Conselho Regional de Educação Física de Santa Catarina – CREF3/SC – realizaram uma ação conjunta nesta terça-feira, dia 20, na fronteira norte dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Foram mobilizados para a ação dois fiscais gaúchos e um catarinense. A equipe visitou Passo de Torres, Praia Grande, São João de Sul e Torres, fiscalizando quatro estabelecimentos. Uma academia foi fechada em Praia Grande pois não contava com a presença de um profissional de Educação Física orientando as atividades. Para retornar a funcionar normalmente, os proprietários deverão regularizar sua situação perante o CREF3/RS.

A operação conjunta dos CREFs foi embasada legalmente na resolução CONFEF nº 076/2004, que dispõe sobre a uniformização dos procedimentos de transferência de registro profissional no âmbito do Sistema CONFEF/CREFs. Em seu artigo 7º, o documento afirma que os profissionais que residirem próximos às fronteiras de CREFs que tenham área de abrangência distinta, e trabalharem em mais de uma Unidade Federativa, ficarão vinculados ao CREF do local de domicílio, e que deverão informar ao CREF no qual possuam registro, mediante requerimento, afirmando que trabalham em mais de uma Unidade Federativa.

Para Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação do CREF2/RS, a parceria é importante pois consolida a cooperação entre dois conselhos profissionais em uma ação efetiva em prol da Educação Física. "Com isto, somamos esforços para coibir o exercício ilegal profissão e outras irregularidades na fronteira entre os dois estados. Devido ao sucesso da operação, já estamos articulando novas ações com o CREF3/SC", afirmou.

Já o presidente do CREF3/SC, Irineu Wolney Furtado (CREF 003767-G/SC), afirmou que essa sinergia reforça o objetivo maior dos conselhos, que é defender a sociedade e zelar pela qualidade dos serviços profissionais oferecidos, através da habilitação, regulação e fiscalização do exercício profissional de Educação Física. “A cooperação fortalece o trabalho desenvolvido pelos CREFs e estimula a valorização da profissão”, finalizou.


DEFOR



Fiscalizações e Arrastão da Saúde marcam o Litoral norte
29/01/2018
Fonte: CREF2/RS

A última semana de janeiro foi marcada por ações conjuntas dos conselhos regionais no Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Nos dias 25 e 26 de janeiro, os conselhos de Educação Física (CREF2/RS), Administração (CRA-RS), Farmácia (CRF-RS) e Técnicos de Radiologia (CRTR-6) realizaram ações de Fiscalização nesta região. Os agentes de orientação e fiscalização visitaram hospitais e prefeituras do litoral.

Já no sábado, dia 27, foi realizada a 6º edição do “Arrastão da Saúde”, com o apoio do Sesc/RS. Representantes dos conselhos profissionais percorreram a praia distribuindo kits informativos, com dicas de saúde e de prevenção de doenças. Estiveram presentes à ação os Conselhos de Administração (CRA-RS), Biologia (CRBio-03), Educação Física (CREF2/RS), Farmácia (CRF-RS), Medicina Veterinária (CRMV-RS) e Nutrição (CRN-2).


Arrastão da Saúde



Arrastão da Saúde vai a Tramandaí neste sábado
22/01/2018
Fonte: FÓRUM–RS

No próximo sábado (27/01), a orla marítima de Tramandaí receberá, a partir das 10h, mais uma edição do Arrastão da Saúde, ação realizada pelo Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum/RS), com o apoio do Sesc/RS.

A ação é promovida pela Câmara da Saúde do Fórum/RS com o objetivo de incentivar a cultura da saúde na comunidade e esclarecer à população quanto a importância dos Conselhos na defesa da saúde coletiva.

Representantes dos Conselhos de Administração (CRA-RS), Biologia (CRBio-03), Educação Física (CREF2/RS), Farmácia (CRF-RS), Medicina Veterinária (CRMV-RS), Nutrição (CRN-2) e Odontologia (CRO-RS) percorrerão a praia distribuindo kits de informativos, com dicas de saúde e de prevenção de doenças.

Arrastão da Saúde
Local: início na Estação Verão Sesc/RS, na beira da praia de Tramandaí/RS
Data: sábado, 27 de janeiro, das 10h às 12h
Promoção: Câmara da Saúde do Fórum/ RS


FÓRUM–RS



Arrastão da Saúde acontece nas areias de Tramandaí no dia 27 de janeiro
05/01/2018
Fonte: Fórum/RS

No último sábado de janeiro (27/01), a orla marítima de Tramandaí receberá, a partir das 10h, mais uma edição do Arrastão da Saúde, ação realizada pelo Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum/RS), com o apoio do Sesc/RS.

A ação é promovida pela Câmara da Saúde do Fórum/RS com o objetivo de incentivar a cultura da saúde na comunidade e esclarecer à população quanto a importância dos Conselhos na defesa da saúde coletiva.

Representantes dos Conselhos de Administração (CRA-RS), Biologia (CRBio-03), Educação Física (CREF2/RS), Farmácia (CRF-RS), Medicina Veterinária (CRMV-RS), Nutrição (CRN-2) e Odontologia (CRO-RS) percorrerão a praia distribuindo kits de informativos, com dicas de saúde e de prevenção de doenças.

Arrastão da Saúde
Local: início na Estação Verão Sesc/RS, na beira da praia de Tramandaí/RS
Data: sábado, 27 de janeiro, das 10h às 12h
Promoção: Câmara da Saúde do Fórum/ RS


Arrastão da Saúde



Fórum dos Conselhos promove 2ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde
28/07/2017
Fonte: CREF2/RS

A Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões Regulamentadas do Rio Grande do Sul (Fórum-RS) vai realizar na próxima quarta-feira, dia 2 de agosto, a 2ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde. O evento, com entrada gratuita e aberto para a comunidade em geral, ocorrerá no auditório do Conselho Regional de Psicologia (CRP/RS), em Porto Alegre, das 9h às 11h30min.

Com o título “Cooperação dos Conselhos Profissionais na Implementação e Vigilância em Saúde”, a conferência vai abordar tópicos como o papel da vigilância em saúde, as práticas e os processos de trabalho das vigilâncias epidemiológica, sanitária e em saúde ambiental e do trabalhador. O monitoramento dos agentes causadores de doenças e a participação social no fortalecimento da vigilância em saúde também estarão em pauta durante o evento.

2ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde
Data: 2 de agosto, quarta-feira, das 9h às 11h30min
Local: Auditório do CRP/RS
Endereço: Avenida Protásio Alves, 2854 - 4º Andar - Petrópolis
Inscrições: gratuitas no local


Vigilância em Saúde Fórum-RS Câmara da Saúde



Encontro Sul Brasileiro das Comissões de Fiscalização e Ética reúne CREFs da região sul em Porto Alegre
27/06/2017
Fonte: CREF2/RS

A capital gaúcha foi sede, na última sexta e sábado, dias 23 e 24 de junho, do II Encontro Sul Brasileiro das Comissões de Orientação e Fiscalização e Ética Profissional. O evento, que teve o intuito de discutir e de padronizar os procedimentos voltados à atuação de fiscalização, assim com ao trabalho relacionado à Comissão de Ética, contou com a presença de diversos representantes do CREF2/RS, CREF3/SC e CREF9/PR.

Depois de uma rápida saudação da presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), que destacou a honra que o CREF2/RS teve em organizar um evento deste porte, o Encontro iniciou, na sexta-feira, com a palestra do conselheiro federal Angelo Vargas (CREF 000007-G/RJ), sobre o valor financeiro da ética e como este assunto se relaciona com o dia a dia das Comissões. “Os agentes fiscais vão à rua não para fechar academias, mas para reduzir os riscos à sociedade. A Comissão de Fiscalização, por exemplo, tem uma grande viés pedagógico, pois não adianta um trabalho corretivo se não houver uma atuação preventiva e educadora”, comentou.

A fala do palestrante, que também salientou com a ausência de disciplinas sobre as questões jurídicas durante a graduação comprometem, de certa forma, a atuação dos profissionais de Educação Física no futuro, foi complementada por uma breve apresentação de Rony Tschoeke (CREF 004979-G/PR), do CREF9/PR. O conselheiro, que aprofundou o tópico da função pedagógica da Comissão de Ética Profissional, reforçou a ideia que o trabalho dos Conselhos é muito mais voltado para a educação do que para a punição. “A nossa atuação é para que o profissional entenda toda a amplitude e a responsabilidade da sua intervenção, não atrelada apenas às questões técnicas”.

Ao longo destes dois dias, as Comissões de Orientação e Fiscalização e de Ética Profissional também tiveram a oportunidade de se reunir separadamente e de debater tópicos bastante específicos às suas rotinas. Nestes encontros, os membros dos três CREFs da região sul puderam trocar experiências, apresentar seus números e buscar formas de aproximar o trabalho que é feito no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Paraná. A atuação em parceria com o Ministério Público, os Termos de Cooperação, as dificuldades dos agentes fiscais e a falta de esclarecimento entre entre a população quanto à exigência da Cédula de Identidade Profissional foram alguns dos tópicos discutidos.

No sábado, o Encontro teve uma palestra do procurador de Justiça do Rio Grande do Sul Paulo Valério Moraes. Ele apresentou, para todos os presentes, o Código de Direito do Consumidor e a sua conexão com as funções desempenhadas pelos Conselhos Profissionais. “O que se espera dos CREFs é que eles protejam a sociedade. Por isto, toda a população deveria buscar saber, quando procura uma academia, se aquele serviço está sendo prestado realmente por um profissional de Educação Física”, declarou. “A importância dos Conselhos está em assegurar o bem-estar e a qualidade de vida. Os profissionais de Educação Física já são reconhecidos como profissionais de saúde, o que só amplia a necessidade de combater a prática e aqueles produtos que são considerados nocivos”, completou.

Ao final das atividades, as Comissões elaboraram um documento oficial, que será levado posteriormente ao CONFEF, para que todo o esforço pela padronização dos procedimentos entre os CREFs da região sul também seja visto e discutido pelos demais Conselhos Regionais do país. “Há um caminho extremamente necessário, para todo o Sistema CONFEF/CREFs uniformize o seu trabalho. Este Encontro está dando um passo para que a gente alcance este objetivo”, declarou Irineu Furtado (CREF 003767-G/SC), presidente do CREF3/SC, numa das falas que encerrou o evento.


Fiscalização Ética Profissional



CREF2/RS participa da audiência pública sobre os cursos EAD na área na saúde
08/06/2017
Fonte: CREF2/RS

A Câmara da Saúde do Fórum-RS realizou ontem, dia 7 de junho, uma audiência pública para debater os cursos de graduação à distância e a formação por EAD na área da saúde. O encontro, que contou com a presença dos presidentes do CREF2/RS e do CONFEF, respectivamente Carmen Masson (CREF 01910-G/RS) e Jorge Steinhilber (CREF 0000002-G/RJ), foi proposto pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, representada pelo deputado estadual Valdeci Oliveira.

Carmen e Steinhilber fizeram parte da mesa, juntamente com representantes de outros nove Conselhos Profissionais da área da saúde e membros da Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Sul, do Conselho Nacional de Saúde e da UNE. William Perez, presidente da Comissão de Ensino Farmacêutico, do Conselho Federal de Farmácia, foi quem abriu a discussão, falando a respeito da representatividade dos profissionais de saúde no Brasil, atualmente estimados em quatro milhões de pessoas. Ele também abordou questões relacionadas ao mercado educacional no país, informando que 76% das vagas no Ensino Superior está concentrada na área privada e que existem, aproximadamente, 274 mil acadêmicos na modalidade EAD na área da saúde.

Diante destes números, Carmen salientou que os Conselhos não são contra o uso da tecnologia, mas que há um consenso de que a formação básica destes profissionais precisa ser feita de maneira presencial. “Não estamos nos opondo ao EAD, inclusive acreditamos que esta seja uma ótima modalidade para os níveis de pós-graduação. Mas a Educação Física, assim como os demais cursos da área da saúde, tem as suas particularidades que só podem ser trabalhadas com a prática. Caso isto não ocorra, a formação destes futuros profissionais poderá ficar comprometida”.

Com espaço aberto para a fala dos demais presentes e também da plateia, a Audiência definiu que a Câmara da Saúde, em parceria com a Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, irá encaminhar, nas próximas semanas, uma proposta de projeto de lei estadual para inviabilizar estes cursos EAD em todo o Rio Grande do Sul. Como destacou Oliveira, há também o plano de elaborar uma cartilha para a sociedade em geral, esclarecendo os prejuízos que poderão ser gerados pela formação EAD na área da saúde.


Câmara da Saúde Fórum-RS EAD



Audiência Pública sobre EAD ocorre nesta quarta na Assembleia Legislativa
06/06/2017
Fonte: CREF2/RS

A Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões Regulamentadas do Rio Grande do Sul (Fórum-RS) vai realizar amanhã, dia 7 de junho, a Audiência Pública Sobre os Cursos de Formação a Distância para a Área da Saúde. O evento ocorrerá na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, a partir das 19h, com entrada gratuita.

Nos últimos anos, o MEC vem estimulando a disseminação do modelo de Ensino a Distância (EAD), com o objetivo de facilitar o acesso de estudantes ao nível superior. Tendo em vista esta realidade, o Conselho Federal de Educação Física encaminhou um ofício a Hélio Chaves Filho, diretor de Regulação e Supervisão em EAD do Ministério da Educação, para que o curso não seja oferecido nesta modalidade. No documento, o CONFEF listou os problemas inerentes à aplicação do EAD, tanto na Educação Física como nas demais graduações na área da saúde.

A Audiência, que contará com a presença do CREF2/RS e de representantes dos demais Conselhos Profissionais da saúde, terá o intuito de debater este tema e os seus desdobramentos, muito deles relacionados ao desenvolvimento das competências destes futuros profissionais. Compareça!

Audiência Pública Sobre os Cursos de Formação a Distância para a Área da Saúde
Data: quarta-feira, dia 7 de junho, às 19h
Local: Auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa
Endereço: Praça Marechal Deodoro, 1010 – Centro Histórico


Audiência Pública Fórum-RS saúde EAD



Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física reúne representantes de 30 instituições de ensino
29/05/2017
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS realizou, nos dias 26 e 27 de maio, o VII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul. O evento, que ocorreu pela primeira vez na FADERGS, em Porto Alegre, reuniu cerca de 30 representantes de instituições de ensino de todo o Estado, para debater assuntos relacionados ao estágio e à fiscalização, bem como ao empreendedorismo e à educação a distância.

A abertura do evento, que contou com a presença do presidente do CONFEF Jorge Steinhilber (CREF 000002-G/RJ), foi feita pela presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS). A sua fala, além de destacar o trabalho feito pelo Sistema CONFEF/CREFs visando o fortalecimento da profissão, que atualmente conta com 500 mil registrados em todo o país, foi complementada por Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional. “O Fórum, que surgiu com a demanda de debater assuntos importantes para o dia a dia das faculdades, chega ao seu sétimo ano, com um histórico de grandes discussões, sobre temas como políticas públicas, tecnologia e saúde mental, entre outros mais”, comentou.

Já Steinhilber aproveitou a sua saudação inicial também para destacar o número significativo de coordenadores presentes no Fórum. “Isto mostra que o nosso ensino está nas mãos de pessoas preocupadas em discutir o futuro dos profissionais que estão sendo formados pelas faculdades. O Conselho, atuando politicamente, enfrenta os mesmos desafios dos professores, que é solidificar a Educação Física em todos os seus âmbitos”.

Palestras e debates

A primeira apresentação foi feita pela assessora jurídica do CREF2/RS Cristiane Costa e pela coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS). Elas explicaram o funcionamento do procedimento de fiscalização, do momento da visita aos trâmites jurídicos finais, e como a lei de estágio é inserida neste contexto. “O Conselho só verifica se há o termo de estágio assinado e já tivemos casos em que a pessoa autuada colocou a culpa na Universidade por estar fora da sua área. Eles alegaram que não tiveram a informação sobre a divisão entre a Licenciatura e o Bacharelado e que sempre tiveram autorização para fazer estágio fora do seu curso”, relatou a dupla.

O assunto, complementado por tópicos relacionados à responsabilidade técnica de academias e à disputas judiciais que o Sistema CONFEF/CREFs enfrenta atualmente quanto às lutas, ao futebol e à dança, teve prosseguimento com a palestra de Steinhilber. O Presidente do CONFEF numerou as parcerias que existem entre as instituições de ensino e os Conselhos Profissionais e apresentou um breve panorama da Educação Física e da sua evolução enquanto curso superior. “Os professores universitários precisam, mais do que nunca, auxiliar os acadêmicos para que eles criem uma identidade profissional desde o primeiro semestre”, analisou.

O segundo dia de evento, no sábado pela manhã, teve início com a palestra de Marcelo Curth (CREF 011605-G/RS), que trouxe para discussão o empreendedorismo na Educação Física. Com larga experiência na área, ele destacou que muitos egressos do curso de Educação Física têm o perfil empreendedor e que, por causa disto, as faculdades deveriam explorar mais este tema em seus currículos. “A maioria das instituições de ensino tem disciplinas de gestão, mas ainda não se dá aula com ênfase no empreendedorismo. As ferramentas necessárias para quem pretende abrir o seu próprio negócio ainda são pouco estudadas nos cursos de Educação Física”.

A última parte do Fórum foi marcada pela mesa redonda “Educação a Distância”, com as presenças de Steinhilber e de Dari Göller (CREF 002469-G/RS), da UNIJUÍ. Neste momento, todos os coordenadores puderam relatar as experiências que vivenciam em suas faculdades e o Presidente do CONFEF ainda pode reforçar o entendimento que a Educação Física não pode ser transformada em um curso totalmente a distância. O “CONFEF, junto ao Conselho Nacional de Saúde, já se movimenta na Câmara de Deputados para barrar esta ideia”, adiantou. “O EAD só pode existir se tiver qualidade, com estágios obrigatórios, material didático bem elaborado e exigências avaliativas. O desafio é fazer com que os alunos estabeleçam uma relação de troca com os outros estudantes e uma identidade profissional, mesmo longe da sala de aula”, complementou Göller.


Fórum de Coordenadores Ensino Superior



Câmara da Saúde do Fórum-RS discute cursos EAD e propõe audiência pública
26/04/2017
Fonte: CREF2/RS

Na manhã de hoje, dia 26 de abril, a Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões Regulamentadas no Rio Grande do Sul (Fórum-RS) esteve reunida, na sede do CREF2/RS, para discutir os cursos de graduação na modalidade Ensino à Distância (EAD). A presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) e o vice-presidente Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS) integram a Câmara e participaram do encontro.

Na reunião, entre outros tópicos, Aguiar destacou a necessidade de que seja elaborado um projeto de lei, em nível estadual, que proíba a formação na área da saúde totalmente à distância. A sugestão de fazer uma audiência pública sobre o assunto foi aceita por todos os integrantes da Câmara, que ainda salientaram que uma iniciativa neste sentido poderia chamar a atenção de toda a sociedade. “Os Conselhos Profissionais também podem entrar em contato com os deputados federais, para que possamos fazer desta audiência um grande movimento nacional”, comentou Carmen.

Além disto, ficou definido que esta audiência pública será realizada em junho e que serão convidados representantes do CONFEF e da Secretaria Estadual de Saúde para participar do debate, também aberto aos profissionais de Educação Física e aos acadêmicos do curso. Uma proposta de projeto de lei ainda foi apresentada e debatida pelos Conselhos que integram a Câmara da Saúde do Fórum-RS.


Fórum-RS Câmara da Saúde EAD



CREF2/RS participa do Dia Mundial da Saúde na Praça da Alfândega
11/04/2017
Fonte: Assessoria/PMPA

Na última sexta-feira, dia 7, o CREF2/RS, junto aos conselhos que compõe a Câmara da Saúde do Fórum/RS e a Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre, estiveram na Praça da Alfândega, da 9h às 17h, para orientar a população a manter a qualidade de vida e dar dicas de alimentação saudável no sentido de prevenir a depressão.

A programação teve aulas de Yoga, Tai Chi Chuan, alongamento e dança, dicas de preservação do meio ambiente, atividades para idosos, rodas de conversa e oficinas de Abayomi, valorizando a diversidade cultural. Profissionais de diversas áreas da saúde e parceiros deram dicas de saúde, prevenção da tuberculose e do câncer de mama, com lançamento de livro e horta comunitária.

A Unidade de Saúde Vila Safira, localizada no bairro Mário Quintana, levou à praça o projeto de educação alimentar "Na medida certa", que reúne um grupo de 30 participantes da comunidade. Os encontros são quinzenais, com acompanhamento multiprofissional para avaliar pressão arterial, colesterol, glicose, índice de massa corporal e atropometria. "Nosso estilo de vida influencia na saúde física e emocional. Então, quando a pessoa está de bem com a vida, isso reflete no bem-estar geral consigo mesma", avalia a médica e coordenadora da US, Estela Gomes.

A Câmara da Saúde do Fórum/RS foi representada no evento pelos conselhos regionais de Nutrição, Biologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Farmácia e Educação Física. No local, as autarquias prestaram informações de forma geral para a população, instruindo sobre as atividades dos conselhos profissionais.


Dia Mundial da Saúde



Dia Mundial da Saúde é comemorado na Praça da Alfândega nesta sexta-feira
04/04/2017
Fonte: CREF2/RS

Nesta sexta-feira, dia 7, o CREF2/RS, junto aos conselhos que compõe a Câmara da Saúde do Fórum/RS, estará na Praça da Alfândega, da 9h às 17h, em Porto Alegre, para comemorar o Dia Mundial da Saúde, com o tema “Depressão: vamos conversar!”

A iniciativa reforça a prevenção à depressão e as formas de tratá-la, considerando que a doença pode levar a graves consequências. Conversar abertamente sobre depressão é o primeiro passo para entender melhor o assunto e reduzir o estigma associado a ele. Assim, cada vez mais pessoas poderão procurar ajuda.

A Câmara da Saúde do Fórum/RS será representada no evento pelos conselhos regionais de Nutrição, Biologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Farmácia e Educação Física. No local, as autarquias prestarão informações de forma geral para a população, instruindo sobre as atividades dos conselhos profissionais.

Dia Mundial da Saúde
Data: 7/04, sexta-feira
Local: Praça da Alfandega
Horário: das 9h às 17h
Tema: “Depressão: vamos conversar!”


Dia Mundial da Saúde



Reunião da Câmara da Saúde do Fórum/RS discute EAD
16/03/2017
Fonte: CREF2/RS

O vice-presidente do CREF2/RS, Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), esteve presente nesta terça-feira, dia 14, da reunião da Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum/RS), realizada na sede da OAB. Entre as putas discutidas, o risco de extinção dos cargos SUSEPE, o termo de cooperação técnica dos Conselhos Profissionais com Ministério Público do RS, Observatórios Sociais e o Movimento dos Conselhos Profissionais da área da saúde contra os cursos de graduação predominantemente na modalidade EAD, entre outros.

Segundo Lauro, o MEC já autorizou 274,1 mil vagas de ensino a distância, em 11 das 14 profissões da saúde. “A Educação Física tem uma oferta de 68 mil vagas”, alerta o vice-presidente. Para seu funcionamento, os cursos EAD deveriam obedecer uma série requisitos, mas que na prática não são cumpridos, tais como: não observância às diretrizes curriculares, bem como a carga horária e sua integralização; deficiência nas avaliações; falta de capacitação dos docentes; inexistência de estágios obrigatórios e atividades laboratoriais, dentre outros. Aliados a esses elementos que não condicionam a uma formação de qualidade, há uma proposta de mudança por parte do MEC, que altera o Decreto nº 5.622/2005, comprometendo ainda mais a qualidade da formação.

“O EAD deixa de exigir o credenciamento prévio para oferta presencial; credenciamento único para oferta de graduação e de pós-graduação lato sensu; credenciamento lato sensu EAD fica restrito às escolas de governo”, explica Lauro. Já os polos de apoio presencial passam a ser criados pelas instituições de ensino, que deverão informá-los ao MEC, no prazo de 60 dias, a partir da expedição do ato interno de criação, respeitando o quantitativo anual .

Os tutores que exercem atividades compatíveis com a docência deverão ser contratados como docentes (tutores a distância) e fica prevista a possibilidade de oferta de curso EAD totalmente virtual, mas, inicialmente, somente em caráter experimental e condicionado à autorização pelo MEC, mesmo para instituições com autonomia (Art. 10). A IES somente poderá pedir curso 100% virtual após o reconhecimento do primeiro curso EAD. O que, para o vice-presidente do CREF2/RS, é um erro pedagógico, já que no ensino da Educação Física faz-se indispensáveis aulas presenciais. “É necessário um amplo debate sobre o tema do EAD, pois corremos o risco de precarizar ainda mais nosso ensino”, alerta Lauro.


FÓRUM RS - Câmara da Saúde



Reunião da Câmara da Saúde do Fórum/RS discute EAD
16/03/2017
Fonte: CREF2/RS

O vice-presidente do CREF2/RS, Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), esteve presente nesta terça-feira, dia 14, da reunião da Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum/RS), realizada na sede da OAB. Entre as pautas discutidas, o risco de extinção dos cargos SUSEPE, o termo de cooperação técnica dos Conselhos Profissionais com Ministério Público do RS, Observatórios Sociais e o Movimento dos Conselhos Profissionais da área da saúde contra os cursos de graduação predominantemente na modalidade EAD, entre outros.

Segundo Lauro, o MEC já autorizou 274,1 mil vagas de ensino a distância, em 11 das 14 profissões da saúde. “A Educação Física tem uma oferta de 68 mil vagas”, alerta o vice-presidente. Para seu funcionamento, os cursos EAD deveriam obedecer uma série requisitos, mas que na prática não são cumpridos, tais como: não observância às diretrizes curriculares, bem como a carga horária e sua integralização; deficiência nas avaliações; falta de capacitação dos docentes; inexistência de estágios obrigatórios e atividades laboratoriais, dentre outros. Aliados a esses elementos que não condicionam a uma formação de qualidade, há uma proposta de mudança por parte do MEC, que altera o Decreto nº 5.622/2005, comprometendo ainda mais a qualidade da formação.

“O EAD deixa de exigir o credenciamento prévio para oferta presencial; credenciamento único para oferta de graduação e de pós-graduação lato sensu; credenciamento lato sensu EAD fica restrito às escolas de governo”, explica Lauro. Já os polos de apoio presencial passam a ser criados pelas instituições de ensino, que deverão informá-los ao MEC, no prazo de 60 dias, a partir da expedição do ato interno de criação, respeitando o quantitativo anual .

Os tutores que exercem atividades compatíveis com a docência deverão ser contratados como docentes (tutores a distância) e fica prevista a possibilidade de oferta de curso EAD totalmente virtual, mas, inicialmente, somente em caráter experimental e condicionado à autorização pelo MEC, mesmo para instituições com autonomia (Art. 10). A IES somente poderá pedir curso 100% virtual após o reconhecimento do primeiro curso EAD. O que, para o vice-presidente do CREF2/RS, é um erro pedagógico, já que no ensino da Educação Física faz-se indispensáveis aulas presenciais. “É necessário um amplo debate sobre o tema do EAD, pois corremos o risco de precarizar ainda mais nosso ensino”, alerta Lauro.


FÓRUM RS - Câmara da Saúde



Arrastão da Saúde leva sete conselhos profissionais a Tramandaí no último sábado
30/01/2017
Fonte: CREF2/RS

No último sábado, dia 28, a orla marítima  da praia de Tramandaí recebeu mais uma edição do Arrastão da Saúde, ação realizada durante o veraneio pelo Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum/RS). A caminhada, com duração das 9h30min às 11h, teve início na Tenda do SESC-RS, entidade que tradicionalmente apoia o evento. O Arrastão é promovido pela Câmara da Saúde do Fórum/RS com o objetivo de incentivar a cultura da saúde na comunidade e esclarecer à população quanto a importância dos Conselhos na defesa da saúde coletiva.

Participaram cerca de 25 funcionários e conselheiros representando os Conselhos de Administração (CRA-RS), Biologia (CRBio-03), Educação Física (CREF2/RS), Fonoaudiologia (CREFONO7), Farmácia (CRF-RS), Fisioterapia e Terapia Ocupacional (CREFITO-5) e Medicina Veterinária (CRMV-RS). Entre as informações e materiais repassados na ação, foram demonstradas práticas integrativas e complementares da saúde, a atuação do fonoaudiólogo no estímulo à amamentação, dicas sobre diabetes, envelhecimento ativo, a prática de atividade física para o bem-estar e a saúde, dicas para pets, vida sustentável e câncer de pele.

O vice-presidente do CREF2/RS Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS) esteve presente representando os profissionais de Educação Física. Segundo Lauro, o Arrastão traz vivo o conceito de interdisciplinaridade, como uma das ideias nucleares para consolidação da área da saúde. “Aqui podemos praticar o foco na perspectiva dos profissionais que estão com o desafio de concretizá-la na prática, entendida como uma competência que resulta de um conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes”, explica.


FÓRUM RS - Câmara da Saúde



Arrastão da Saúde acontece neste sábado nas areias de Tramandaí
24/01/2017
Fonte: CREF2/RS

No próximo sábado (28/01), a orla marítima de Tramandaí receberá, das 9h às 12h, mais uma edição do Arrastão da Saúde, ação realizada pelo Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum/RS), com o apoio do SESC-RS. A ação é promovida pela Câmara da Saúde do Fórum-RS com o objetivo de incentivar a cultura da saúde na comunidade e esclarecer à população quanto a importância dos Conselhos na defesa da saúde coletiva.

Representantes dos Conselhos de Administração (CRA-RS), Biologia (CRBio-03), Educação Física (CREF2/RS), Fonoaudiologia (CREFONO7), Farmácia (CRF-RS), Fisioterapia e Terapia Ocupacional (CREFITO-5) e Medicina Veterinária (CRMV-RS) percorrerão a praia distribuindo kits informativos, com dicas de saúde e de prevenção de doenças. Compareça!

Arrastão da Saúde
Local: início na tenda do SESC-RS, beira da praia de Tramandaí – Rio Grande do Sul
Data: sábado, 28 de janeiro, das 9h às 12h


Fórum-RS



Arrastão da Saúde acontece nas areias de Tramandaí no dia 28 de janeiro
12/01/2017
Fonte: CREF2/RS

No último sábado de janeiro (28/01), a orla marítima de Tramandaí receberá, das 9h às 12h, mais uma edição do Arrastão da Saúde, ação realizada pelo Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum/RS), com o apoio do SESC-RS. A ação é promovida pela Câmara da Saúde do Fórum-RS com o objetivo de incentivar a cultura da saúde na comunidade e esclarecer à população quanto a importância dos Conselhos na defesa da saúde coletiva.

Representantes dos Conselhos de Administração (CRA-RS), Biologia (CRBio-03), Educação Física (CREF2/RS), Fonoaudiologia (CREFONO7), Farmácia (CRF-RS), Fisioterapia e Terapia Ocupacional (CREFITO-5) e Medicina Veterinária (CRMV-RS) percorrerão a praia distribuindo kits informativos, com dicas de saúde e de prevenção de doenças. Compareça!

Circuito da Saúde
Local: início na tenda do SESC-RS, beira da praia de Tramandaí – Rio Grande do Sul
Data: sábado, 28 de janeiro, das 9h às 12h


Arrastão da Saúde



CREF2/RS participa do VI Seminário de Fiscalização Profissional
14/11/2016
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS participou nesta sexta sexta-feira, dia 11, do VI Seminário de Fiscalização Profissional promovido pelo Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões e com apoio da OAB/RS. A iniciativa teve como tema “Ações conjuntas entre Conselhos Regionais e Ordens das Profissões com entidades Públicas – Foco na gestão pública”. O evento foi realizado no Auditório Mondercil Paulo de Moraes do Ministério Público do Rio Grande do Sul.

Durante o Seminário, foram debatidos temas como ações de parcerias entre as diversas instituições que, de forma direta ou indireta, contribuem para a realização das atividades de fiscalização como PROCON, Ministério Público, Brigada Militar e Tribunal de Contas da União e do Estado. Também esteve na pauta outros temas como ações do Grupo de Agentes Jurídicos dos Conselhos e Ordens (GAJ), no que se refere à dívida ativa e ao exercício ilegal da profissão, e a discussão sobre a campanha 10 Medidas contra a corrupção.

O vice-presidente do CREF2/RS, Lauro Ubirajara de Aguiar (CREF 002782-G/RS) ressaltou as ações em conjunto com o serviço público, que podem orientar o judiciário em questões ligadas aos conselhos. “Nem todos os juízes têm expertises em áreas ligadas às profissões regulamentadas. Por isto, cada vez mais firmamos termos de cooperação com a FAMURS, OAB, TRT para termos um aporte mais objetivo, já que o Estado não está respondendo a altura dos seus encargos”, disse.

Para a fiscal Cláudia Miranda (CREF-009683), o Seminário foi uma excelente oportunidade para troca de experiências com outros conselhos profissionais regulamentados, além da possibilidade de dialogar com órgãos públicos. “Com isto, podemos ter outros exemplos de abordagem, além de divulgarmos e desmitificarmos o trabalho da fiscalização”, afirmou.


DEFOR



CREF2/RS apoia abertura da CPI da Segurança Pública
27/10/2016
Fonte: CREF2/RS

Na manhã de hoje, dia 27 de outubro, a presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) compareceu à sede da OAB/RS para, junto a outros representantes de Conselhos Profissionais e de entidades de classe, assinar o requerimento para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), relacionada à Segurança Pública. O objetivo da criação deste grupo é investigar o destino dos recursos orçamentários da área e analisar eventuais ações indevidas ou omissas cometidas pelas autoridades competentes.

De acordo com a Presidente, o Estado vive hoje uma grande crise de segurança pública, sendo a sociedade a sua maior vítima. Na cerimônia da assinatura, o presidente da OAB/RS Ricardo Breier também destacou que a CPI terá a tarefa de propor a formatação de um Sistema Único de Segurança Pública. “Após vários registros de homicídios no Estado, o atual Governo não apresentou nenhum projeto de políticas pública sobre o tema. Ampliar o efetivo de policiais, criar bases de policiamento comunitário e zerar o deficit de vagas no sistema prisional foram algumas promessas de campanha que ainda não foram cumpridas. Por isto, vamos criar uma CPI para investigar a omissão do governo do Estado”, apontou.

Conselho lamenta morte de profissional de Educação Física em Porto Alegre

Uma das mais recentes vítimas da crise da segurança pública no Estado foi o profissional de Educação Física Marcelo de Oliveira Dias (CREF 000648-G/RS), assassinado na última quinta-feira, dia 20 de outubro, no estacionamento de um supermercado em Porto Alegre. De acordo com a 6ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHHP), que investiga o caso, Dias foi morto por criminosos após ser confundido com um traficante.

Por entender que atualmente o poder público é ineficiente em assegurar a vida e a segurança de seus cidadãos, o CREF2/RS lamenta o falecimento de Dias e se compromete, ao assinar o requerimento para a abertura da CPI da Segurança Pública, a contribuir para que a cidadania e o bem-estar da população sejam restituídos em todo o Estado. “Temos que pensar numa base sólida para a Segurança Pública, com a criação de políticas públicas eficientes, para que o atual e os futuros governadores respeitem os seus princípios e entendam que esta é uma área coletiva”, declarou a Presidente.


Segurança Pública



CREF2/RS participa de reunião com Ministro do Trabalho na OAB/RS
16/09/2016
Fonte: CREF2/RS

Na manhã desta sexta-feira, dia 16 de setembro, foi realizada uma reunião, na sede da OAB/RS, com o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, e com representantes do Fórum dos Conselhos Profissionais e Ordens das Profissões Regulamentadas do Rio Grande do Sul (Fórum-RS). O encontro, que contou com a presença da presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), serviu para, entre outras coisas, esclarecer alguns pontos a respeito da atualização da legislação trabalhista, projeto em andamento pelo Governo Federal.

Neste sentido, Nogueira ressaltou que o Ministério tem a obrigação de promover políticas públicas de proteção de trabalho, as quais os Conselhos Profissionais têm muito o que contribuir. “Criamos dois grupos de trabalho para analisar modificações, um específico em previdência e outro sobre as questões trabalhistas. Estamos chamando as centrais sindicais, assim como outros órgãos da sociedade, para que possamos chegar a propostas comuns”, frisou. Além disto, o Ministro também esclareceu que as bases destas leis não serão modificadas, apesar dos boatos que têm circulado, principalmente na Internet, nos últimos tempos. “Queremos a consolidação da CLT. Não vamos modificar a jornada de trabalho, o FGTS ou o13º salário. O nosso esforço é para que novas oportunidades de emprego sejam criadas”, complementou.

Antônio Palácios, presidente do Fórum-RS, reforçou que estes assuntos são de extrema importância para a instituição, que abrange mais de 500 mil profissionais registrados em todos os Conselhos e Ordens das Profissionais do Estado. De acordo com ele, o Fórum-RS tem o interesse de se aproximar ainda mais do Ministério do Trabalho e de continuar debatendo estas questões.


Eventos OAB políticas públicas



Conselhos da saúde se reúnem para discutir estratégias em defesa da qualidade de assistência à saúde
19/07/2016
Fonte: Crefito5

Os Conselhos Profissionais da área da saúde se reuniram na manhã de hoje, dia 19 de julho, para discutir estratégias de ação em defesa dos interesses das profissões e da sociedade. A reunião, realizada na sede do Conselho de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito5), contou também com a presença dos Conselhos de Farmácia, Biomedicina, Nutrição, Odontologia, Enfermagem e Psicologia. O CREF2/RS esteve representado pela presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), pelo vice-presidente Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS) e pela 1ª secretária Débora Garcia (CREF 002202-G/RS).

Neste primeiro encontro, foi analisado o impacto do PLS 350/2014, também conhecido como Novo Ato Médico, para cada uma das profissões da área da saúde. Segundo o presidente do Crefito5, Fernando Prati, o Projeto de Lei que tramita no Senado é vago no que diz respeito as atividades privativas de médicos, podendo causar diferentes interpretações e desconforto entre as profissões. “O projeto é uma ameaça à autonomia das profissões que atuam na área da saúde. Precisamos mostrar aos senadores e deputados os riscos de um projeto como esse para a sociedade”, afirmou.

De um modo geral, os participantes entendem que o Projeto de Lei provocará um problema geral de saúde, a partir do momento em que ratifica a hierarquia histórica dos médicos sobre os outros profissionais da área da saúde e ameaça a valorização e a autonomia de mais de 300 mil profissionais só no Rio Grande do Sul. A proposta é que as entidades representativas se unam para debater com os parlamentares de forma mais sólida politicamente, a fim de colocar o ponto de vista das áreas da saúde preocupadas com atos de monopólio.

Para isto, foi proposta a criação de uma frente multiprofissional que atuará em defesa da saúde, composta por membros de cada uma das áreas interessadas, que buscará melhor assistência dos serviços de saúde para a sociedade. Além disso, os Conselhos se comprometeram a elaborar um documento manifestando o posicionamento contra o Projeto e entregá-lo aos representantes gaúchos no Senado a fim de buscar apoio para a não aprovação.


Câmara da Saúde



Reunião do Grupo de Agentes Fiscais organiza Seminário de Fiscalização do Fórum-RS
28/06/2016
Fonte: CREF2/RS

O Grupo de Agentes Fiscais do RS (GAF-RS), órgão integrante do Fórum dos Conselhos e Ordens das Profissões Regulamentadas (Fórum-RS), esteve reunido ontem, dia 27, na sede do Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas - 4ª Região CONRERP/4. Na pauta, atuação e estrutura de fiscalização do CONRERP/4, ações conjuntas do GAF com o PROCON, ações de fiscalização do GAF em órgãos e instituições públicas e a participação do GAF na organização do Seminário de Fiscalização do Fórum-RS.

A coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação, Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), representou o CREF2/RS na reunião. Segundo Fernanda, a reunião trouxe uma intensa troca de experiências e informações entre os diversos conselhos. “Com isso, procuramos a integração e a otimização dos processos fiscalizatórios”, afirmou.

A reunião teve a presença de 15 conselhos profissionais: Administração, Biblioteconomia, Biologia, Biomedicina, Contabilidade, Educação Física, Farmácia, Fisioterapia e TO, Medicina Veterinária, Nutricionistas, Odontologia, Psicologia, Química, Relações Públicas e Técnicos em Radiologia.


DEFOR



Reunião da Câmara da Saúde do Fórum-RS ocorre no CREF2/RS
22/06/2016
Fonte: CREF2/RS

Na manhã desta quarta-feira, dia 22 de junho, o CREF2/RS sediou a reunião da Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões do Rio Grande do Sul (Fórum-RS). O encontro, que contou com a presença de representantes do CRF-RS, CRMV-RS, CRBM-5 e do CRTR-RS, serviu para debater a realização do II Simpósio Fórum-RS e questões relacionadas ao alvará sanitário para Pessoas Jurídicas. O CREF2/RS foi representado pela presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), que também coordena a Câmara, e pelo vice-presidente Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS).

Além destes, outro tema abordado foi a inclusão da Câmara da Saúde na Comissão Especial da Saúde da OAB/RS. Os grupos, que unirão forças para realizar atividades em conjunto a partir de agora, também contarão com a contribuição da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Como salientou Everton Borges, assessor de relações institucionais do CRF-RS, estas parcerias são importantes para o desenvolvimento de políticas de prevenção de doenças, não só de tratamento “Também queremos dar andamento às questões que se referem à inclusão das demais áreas da saúde nos planos de saúde, algo muito importante para a sociedade”, pontuou.

O II Simpósio do Fórum-RS, que será realizado no dia 6 de julho na sede do Conselho Regional de Administração (CRA-RS), tem o intuito de promover a integração dos Conselhos da saúde entre si e com a sociedade. Aguiar, que realizará a palestra “Ações integrantes na prevenção da saúde dos gaúchos” durante o evento, convidou todos os presentes para participar. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas aqui, até o dia 5 de julho.

Quanto ao alvará sanitário, os presentes discutiram a criação de uma exigência de registro nos Conselhos Profissionais para que as Pessoas Jurídicas possam obtê-los junto às Prefeituras. Como destacaram os integrantes da Câmara da Saúde, esta determinação seria bastante benéfica à sociedade, pois ajudaria a compensar a atual falta de normatização para a obtenção do documento e também auxiliaria a fiscalização de estabelecimentos relacionados à área da saúde. O assunto deverá ser levado para debate também na Comissão Especial da Saúde da OAB/RS.


Fórum-RS Câmara da Saúde



CREF2/RS participa de reunião do Grupo de Agentes Fiscais do Fórum-RS
31/05/2016
Fonte: CREF2/RS

No último dia 30, ocorreu a reunião do Grupo de Agentes Fiscais do Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (GAF) realizada na Federação de Associações de Municípios do RS (FAMURS).

Na pauta, foram debatida as ações conjuntas de fiscalização entre conselhos e Procons, ações colaborativas e propositivas com os gestores públicos e o desenvolvimento do material técnico de apoio aos gestores públicos e a participação na organização do VI Seminário de Fiscalização do Fórum-RS.

Participaram representando o CREF2/RS o vice-presidente da entidade Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS) e a coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação, Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS). Segundo Fernanda, a reunião foi bastante positiva. “Tratamos de ações para instrumentalizar cada vez mais os fiscais dos conselhos e promover ações para o bem da sociedade”, afirmou. Lauro concordou com a qualidade da reunião. “Contando com agentes fiscais de diversos conselhos das profissões, pudemos elaborar ações e parcerias com a FAMURS”, explicou.

Estiveram presentes representantes dos Conselhos Profissionais de Administração, Biologia, Biomedicina, Economia, Educação Física, Engenharia e Agronomia, Farmácia, Fisioterapia e TO, Nutricionistas, Psicologia, Química, Odontologia, Relações Públicas e Técnicos em Radiologia.


DEFOR



Câmara da Saúde realiza encontro “Saúde na Mídia: uma questão de ética” no IPA
09/05/2016
Fonte: CREF2/RS

A ética no contexto da saúde, a regulamentação da publicidade da área, reclamatórias, defesa de interesse de consumidores e análise da inserção dos profissionais serão alguns assuntos debatidos a partir das 13h30min, do dia 20 de maio, no auditório do IPA, em Porto Alegre, no seminário “Saúde na Mídia: uma questão de ética”. Promovido pela Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões Regulamentadas do Estado do Rio Grande do Sul (FÓRUM-RS), o evento contará com palestra “Ética no Contexto da Saúde”, ministrada pelo filósofo e professor da PUCRS, Leonardo Agostini. Também acontecerá uma mesa redonda com representantes do CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), Procon, Associação Riograndense de Publicidade, Movimento das Donas de Casa e Consumidores e de Assessoria Jurídica de Conselho Profissional, que debaterão a regulamentação da publicidade, reclamatórias, defesa de interesse de consumidores e análise da inserção dos profissionais da saúde na mídia.

O evento ocorre no momento em que o Brasil está passando por um momento de turbulência política, econômica e de crise de valores. O esporte é anunciado como fator fundamental para o desenvolvimento da educação, da saúde, da formação cidadã, de prevenção de doenças, redução da violência, e de combate à obesidade. São muitos os benefícios e valores transmitidos através da disciplina. Entretanto, é preciso entender que o esporte não é um fim em si mesmo, e sim um meio, uma ferramenta que necessita de agentes para que os fins (benefícios e valores) sejam atingidos. O exercício físico e esportivo se mal orientado, dinamizado e ensinado de forma errônea, pode causar danos, lesões físicas, psíquicas, morais e sociais.

O que pode ou não pode? O que é ético e de que forma isso influencia a vida das pessoas? Para os Conselhos Profissionais da área da saúde, tratar sobre assuntos tão importantes para a vida da população exige responsabilidade. A iniciativa é gratuita e será aberta aos profissionais e estudantes de Biologia, Biomedicina, Educação Física, Farmácia, Fonoaudiologia, Nutrição e Medicina Veterinária. Também será possível a participação da comunidade no evento que tem, ainda, o apoio do Instituto Metodista IPA.

“Saúde na Mídia: uma questão de ética”
Data: sexta-feira, 20 de maio, às 13h30min
Local: Auditório Oscar Machado, Centro Universitário Metodista IPA
Endereço: rua Coronel Joaquim Pedro Salgado, 80, bairro Rio Branco, Porto Alegre
Inscrições gratuitas por aqui


Câmara da Saúde



CREF2/RS participa do seminário Diálogo Público Transparência e Boas Práticas realizado pelo TCU
26/04/2016
Fonte: CREF2/RS

Nesta segunda-feira (25), o CREF2/RS participou do Seminário Diálogo Público Transparência e Boas Práticas nos Conselhos de Fiscalização Profissional (CFPs), realizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) na sede do Ministério Público/RS, em Porto Alegre. O encontro reuniu conselhos profissionais dos três estados do Sul do país, além de outras unidades federativas. A presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), o vice-presidente Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), a assistente administrativa Thaísa Gomes e a assistente financeira Grasielle Nunes representaram o CREF2/RS na ocasião.

O evento foi aberto pelo ministro-substituto do TCU Weder de Oliveira, que realizou a palestra Visão Geral Sobre os Conselhos de Profissão: Orçamento, Licitação e Transparência, na qual destacou aspectos históricos dos CFPs e destacou a relevância para a sociedade da Lei de Acesso à Informação (LAI), Lei 12.527, de 2011. Também ocorreram os painéis Boas práticas em contratações compartilhadas; Relatório de gestão e contas ordinárias em Conselhos de Profissão; Licitações, contratos, diárias e Orientação para os Conselhos de Fiscalização das Atividades Profissionais.

Segundo a presidente do CREF2/RS, o seminário foi uma excelente oportunidade de aproximação do TCU com os conselhos profissionais. “Além de abrir um canal de diálogo direto com o Tribunal, este evento sanou dúvidas em relação aos procedimentos do Portal da Transparência, prestação de contas e as nuances da Lei de Responsabilidade Fiscal”, explicou. Para o vice-presidente do Conselho, todas as questões levantadas apontam para a importância da união dos conselhos. “Neste sentido, o Fórum dos Conselhos Regionais, reunindo experiências comuns, auxilia a balizar a legalidade da nossa atuação”, afirmou.


TCU



CREF2/RS comemora Dia Mundial da Saúde no Largo Glênio Peres
04/04/2016
Fonte: CREF2/RS/PMPA

Na próxima quinta-feira (7), das 9h às 16h, o CREF2/RS e os Conselhos membros da Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões Regulamentadas do RS (Fórum-RS) comemorarão o Dia Mundial da Saúde no Largo Glênio Peres, em frente ao Mercado Público de Porto Alegre. Serão nutricionistas, farmacêuticos, fonoaudiólogos, profissionais da Educação Física e médicos veterinários que oferecerão dicas de saúde e de bem-estar. Também serão prestadas informações quanto à importância dos Conselhos Profissionais, já que a função primordial das instituições é fiscalizar o exercício ilegal das profissões, garantindo com isto a qualidade dos serviços oferecidos à sociedade.

A população também terá à disposição oficinas com orientações de como organizar a geladeira ou manter a casa segura, sem riscos para idosos e crianças, que são as principais vítimas em acidentes domésticos. Na Feira da Saúde, os participantes poderão simular a compra de alimentos, testando se predomina a escolha por alimentos saudáveis, momento em que nutricionistas darão dicas de como priorizar a boa alimentação. A programação inclui aulas de Yoga, Tai Chi Chuan, alongamento e dança, apresentações teatrais, dicas de reciclagem e preservação do meio ambiente e dos arroios da cidade, atividades para idosos, roda de conversa sobre qualidade de vida, exposição de sementes nativas e coral da etnia Mbyá Guarani Tekoá Ka’aguy Mirim. Profissionais estarão à disposição com dicas de saúde bucal, prevenção da tuberculose e do câncer de mama, saúde escolar, agricultura familiar e horta comunitária.

Foto: Betina Carcuchinski/PMPA


Dia Mundial da Saúde



CREF2/RS solicita ao prefeito de Porto Alegre o registro profissional dos professores de Educação Física da rede municipal
27/01/2016
Fonte: CREF2/RS

A presidente do CREF2/RS, Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), esteve nesta terça-feira (26) no gabinete do prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, para entregar ofício que solicita o registro no Conselho Regional de Educação Física de todos os professores de Educação Física da rede Municipal de ensino de Porto Alegre. Carmen estava acompanhada do vice-presidente do CREF2/RS, Lauro Ubirajara Barboza de Aguiar (CREF 002782-G/RS), da conselheira Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS) e da assessora jurídica Cristiane Costa. Os secretários municipais de Educação, Cleci Maria Jurach, e de Esportes, Recreação e Lazer, José Edgar Meurer (CREF 001953-G/RS), estiveram presentes à reunião.

A presidente do CREF2/RS explicou ao prefeito e aos secretários que o ofício é fundamentado na Lei Federal nº 9.696/98, que regulamenta a Profissão de Educação Física, e na Lei Estadual nº 14.540/2014, recentemente publicada, que determina a exigência de registro para nomeação em concursos públicos no Rio Grande do Sul. “Não gostaríamos entrar em conflito com um parceiro como a prefeitura, por isso viemos solicitar ao prefeito que informe a todos que trabalham na Educação Física escolar e nos parques e praças municipais a necessidade do registro no CREF2/RS”.

De acordo com a assessora jurídica do CREF2/RS, a obrigatoriedade do registro é uma matéria jurídica pacificada, "Houve sentença prolatada pelo Pleno do STF afirmando que não é o diploma, mas sim o respectivo registro que dá a habilitação legal para o exercício do profissional de Educação Física". Cristiane também informou que o Ministério da Educação expediu, em 2013, nota técnica concluindo que os temas relacionados ao exercício profissional são de competência dos Conselhos Profissionais.

Ao final da reunião, Fortunati afirmou que enviará ofício, com o documento do Conselho anexado, a cada um dos profissionais que trabalham com atividade física no município, pedindo para que se regularizem junto ao CREF2/RS.


Registro profissional



“Arrastão da Saúde” marca o sábado dos veranistas na orla de Tramandaí
19/01/2016
Fonte: CREF2/RS

Na manhã deste sábado (16), a Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Profissionais do RS esteve presente na orla de Tramandaí realizando o “Arrastão da Saúde”, atividade que marcou a sexta edição do Circuito da Saúde. Representantes dos Conselhos de nutricionistas, farmacêuticos, fonoaudiólogos, profissionais de Educação Física e médicos veterinários percorreram a praia distribuindo aproximadamente 500 kits de informativos, com dicas de saúde e de prevenção de doenças.

Na ação estiveram presentes o vice-presidente do CREF2/RS Lauro Ubirajara Barboza de Aguiar (CREF 002782-G/RS) e a conselheira Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS). Segundo Lauro, este tipo de evento é uma excelente oportunidade para reforçar a importância dos Conselhos Profissionais na proteção dos serviços prestados à população. “Esta caminhada ajuda a esclarecer a diversidade da atuação dos Conselhos e o nosso compromisso com a saúde integral, a cidadania e a qualidade de vida”.


FÓRUM RS - Câmara da Saúde



Conselhos Profissionais promovem “Arrastão da Saúde” em Tramandaí no dia 16 de janeiro
07/01/2016
Fonte: CREF2/RS

A 6ª edição do Circuito da Saúde promete agitar as areias da praia de Tramandaí no próximo dia 16 de janeiro, quando a Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum/RS) promoverá o “Arrastão da Saúde”. Das 10h às 12h, equipes multidisciplinares de nutricionistas, farmacêuticos, fonoaudiólogos, profissionais da Educação Física e médicos veterinários percorrerão a orla oferecendo aos veranistas dicas de saúde e de bem-estar. O Circuito da Saúde também tem como objetivo esclarecer à população a importância dos Conselhos Profissionais, já que a função primordial das instituições é fiscalizar o exercício ilegal das profissões, garantindo com isto a qualidade dos serviços oferecidos à sociedade.

Circuito da Saúde - “Arrastão da Saúde”
Local: beira da praia de Tramandaí
Data: sábado, 16 de janeiro, das 10h às 12h


Câmara da Saúde Fórum RS



Encontro entre acadêmicos e conselhos profissionais debate Controle Social
17/11/2015
Fonte: CREF2/RS

Com o tema “Conselhos de Controle Social”, a Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum/RS) promoveu em Porto Alegre, no dia 13 de novembro, o 2º Encontro dos Acadêmicos com os Conselhos Profissionais da Saúde. O evento, ocorrido em Porto Alegre no auditório do Conselho dos Corretores de Imóveis do Rio Grande do Sul (CRECIRS), visou, ainda, esclarecer aos estudantes sobre os objetivos e a importância das entidades como órgãos orientadores, disciplinadores e fiscalizadores do exercício legal das profissões.

Na abertura do evento, a coordenadora da Câmara da Saúde, nutricionista Carmem Franco, ressaltou o papel exercido pelos conselhos profissionais como protetores da sociedade, evitando, por meio de fiscalização, que pessoas não habilitadas exerçam profissões regulamentadas, pondo em risco a saúde da população. “Como temos inúmeras profissões com estas características, elas se congregam pelas suas expertises em fóruns”, explicou. Carmem enfatizou a certeza de que os estudantes de hoje serão as lideranças do amanhã. "Por isso, a Câmara da Saúde tenta reunir-se com os acadêmicos uma vez por ano. Na última ocasião, recebemos a demanda de debater o Controle Social, instrumento pelo qual se busca a solução das deficiências sociais com mais eficiência".

O vice-presidente do CREF2/RS, Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), afirmou que este tipo de ação servirá como exemplo à sociedade, ampliando a cidadania. “O Controle Social tem-se mostrado essencial para que os gestores sejam responsáveis e estabeleçam suas decisões em prol do interesse público e de demandas da sociedade”. Aguiar definiu como inegável o potencial democrático do Controle Social tanto pelo Estado, como pelo cidadão, na busca da transparência democrática.

Segundo o farmacêutico bioquímico Rodrigo Silveira Pinto, palestrante do evento, não houve lei promulgada no país até 1992 que trouxesse a noção de Controle Social. "Isto aconteceu para que os movimentos sociais não se apropriassem deste instrumento democrático", constatou. Ele também afirmou que participação social é o que gera Controle Social, evitando a reserva de poder hoje existente nos conselhos de saúde. “Isto porque sabemos ser pouco representativo apenas um membro nos conselhos”. Ele ressaltou que o fato de a população achar que o profissional de saúde detém todo o conhecimento causa prejuízo na implantação do Controle Social. “Temos que romper esta cultura de apropriação do poder”, finalizou.


Fórum-RS



2º Encontro dos Acadêmicos com os Conselhos Profissionais analisa Controle Social
26/10/2015
Fonte: CREF2/RS

Com o tema “Conselhos de Controle Social”, a Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum/RS) realizará em Porto Alegre, no dia 13 de novembro, seu 2º Encontro dos Acadêmicos com os Conselhos Profissionais da Saúde. O evento ocorrerá das 13h às 17h15min, no auditório do Creci, rua Guilherme Alves, 1010, e será uma ótima oportunidade para os alunos dos cursos superiores da área da saúde conhecerem as experiências e os objetivos dos Conselhos de Controle Social, bem como terem contato com seus futuros conselhos profissionais. Entre os palestrantes, está o farmacêutico Rodrigo Silveira Pinto, especialista em planejamento estratégico situacional, atenção primária orientada à comunidade e com ampla experiência em Conselhos de Controle Social.

O Encontro é organizado pelos Conselhos Regionais de Educação Física, Fonoaudiologia, Biomedicina, Técnicos em Radiologia, Farmácia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Medicina Veterinária, Nutricionistas e Química.

2º Encontro dos Acadêmicos com os Conselhos Profissionais
Programa:
13h: Credenciamento
13h30min: Abertura
14h:Palestra: Controle Social – palestra com o farmacêutico Rodrigo Silveira Pinto
14h40min: Debate
15h: Integração Aluno/Conselho
15h30min: Dinâmica de prática em Controle Social – Tema: Violência
17h15min: Encerramento
O evento é gratuito e as inscrições podem ser feitas pelo link http://www.forum-rs.com.br/new/evento.php?id=13 .


Fórum-RS



Conselheira realiza palestra no I Simpósio do Fórum RS
07/10/2015
Fonte: CREF2/RS

A conselheira Eneida Feix (CREF 002116-G/RS) proferiu ontem (6) a palestra “Interações propositivas da qualificação da saúde e bem-estar da sociedade” no I Simpósio do Fórum RS, na qual fez um relato minucioso da interação do Conselho com os profissionais de Educação Física e com a sociedade. O evento, que teve como tema “O papel dos Conselhos Profissionais junto à sociedade”, foi realizado na sede do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECIRS), com organização da Câmara da Saúde Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissionais Regulamentadas do Rio Grande do Sul (Fórum-RS).

Em sua exposição, Eneida ressaltou a importância da troca interdisciplinar de conhecimentos. “Participar de eventos com outros conselhos vem sendo uma política eficaz para aprimorarmos a nossa gestão”, afirmou. A conselheira discorreu sobre a pauta de lutas em prol da Educação Física travada pelo Conselho, ampliada neste ano com a defesa da Fundergs e do CETE. “Por meio de mobilização e pressão política, conseguimos retirar o regime de urgência do Projeto de Lei que extingue a Fundação”. Ela frisou que as verbas destinadas à atividade física não são gastos públicos, mas sim investimento em saúde e inclusão social.

A conselheira explicou que a obrigatoriedade do profissional de Educação Física habilitado orientando as séries iniciais Educação Física Escolar, uma luta histórica do Conselho, obteve importante vitória em 2014 em Porto Alegre com a aprovação da Lei nº 11.585, de autoria do vereador Professor Garcia (CREF 000002-G/RS), que obriga a formação em curso superior de Licenciatura em Educação Física para a docência dessa disciplina no Ensino Fundamental “Diante da epidemia de obesidade e doenças relacionas, como diabetes e hipertensão, nossa luta é para torná-la estadual”.

Na mesa-redonda que se seguiu ao debate, foram abordados temas como fiscalização e a interação com a SMIC, Vigilância Sanitária, Procon, Polícia Civil e Brigada Militar. Também estiveram presentes a presidente do CREF2/RS, Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), o presidente da Câmara Técnica de Ginástica Laboral e Atividade Física na Empresa do CREF2/RS, Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), e o presidente do CRECIRS, Flávio Koch.


Fórum-RS



Fórum-RS realiza simpósio sobre o papel dos conselhos profissionais na sociedade
22/09/2015
Fonte: CREF2/RS

No dia 6 de outubro, a Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissionais Regulamentadas do Rio Grande do Sul (Fórum-RS) e a Câmara de Defesa da Sociedade realizarão o I Simpósio do Fórum RS. Com o tema “O papel dos Conselhos Profissionais junto à sociedade”, o evento tem como público-alvo assessorias de comunicação, conselheiros, agentes fiscais e diretorias, e acontecerá no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECIRS), localizado na avenida Borges de Medeiros, 308, 15º andar, Centro, Porto Alegre. As vagas são limitadas e as inscrições gratuitas podem ser feitas até o dia 5 de outubro.

I Simpósio do Fórum RS
"O papel dos Conselhos Profissionais junto à sociedade"
Programação
13h45min - Credenciamento
14h15min - Abertura
14h45min às 15h30min - Apresentações
CRECI-RS "Como utilizar o Facebook para aproximar seu credenciado". Fernanda Coiro - jornalista
CRN-2 "Alimentação saudável e segura nas cantinas escolares - O diferencial do selo de qualidade". Maiele B. Bianchini - nutricionista
CRF-RS "Denúncias: como receber, como apurar". Elisa Tramontini - farmacêutica
CREF2/RS: "Interações propositivas da qualificação da saúde e bem-estar da sociedade". Eneida Feix - profissional de Educação Física (CREF 002116-G/RS)
15h30min - Intervalo
15h45min - Mesa de debates
17h15min - Encerramento

Data: terça-feira, 6 de outubro
Local: Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECIRS), av. Borges de Medeiros, 308, 15º andar, Centro, Porto Alegre
Vagas limitadas
Inscrições gratuitas no site www.forum-rs.com.br


Fórum-RS



CREF2/RS homenageia os melhores do ano com o Troféu Destaque
04/09/2015
Fonte: CREF2/RS

Na terça-feira (1º), o Hotel Plaza São Rafael foi o local escolhido pelo CREF2/RS para a cerimônia de entrega do Troféu Destaque 2015. O prêmio, que homenageou os profissionais de Educação Física do ano, teve os seus vencedores escolhidos pela Plenária do Conselho e pelos registrados, que puderam votar em quatro categorias diferentes.

Com a presença de membros dos demais Conselhos Profissionais e de autoridades, como José Edgar Meurer (CREF 001953-G/RS), representando o prefeito José Fortunati; e Alexandro Lopes, diretor de Esportes da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul; a cerimônia também premiou, com um certificado, as empresas que completaram em 2015 dez anos de registro no CREF2/RS. Na abertura do jantar comemorativo, a presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) agradeceu a presença de todos e destacou a relevância do prêmio, que chegou nesta nova edição com o status de "Oscar da Educação Física gaúcha". "É uma satisfação enorme reunir todos vocês, que têm uma participação relevante na profissão para comemorar o Dia do Profissional de Educação Física", comentou.

Os homenageados foram: Academia Sal da Terra (CREF 000009-PJ/RS, academia), Grêmio Náutico União (CREF 000505-PJ/RS, clube ou sociedade), José Anchieta (CREF 000337-G/RS, profissional do ano), Vida e Saúde – RBS TV (veículo de comunicação), Kalil Sehbe Neto (personalidade do ano), Luis Eurico Kerber (CREF 001203-G/RS, profissional de Escola), Luiz Afonso Gomes (CREF 000484-G/RS, profissional de Esporte Educacional), Tiago José Frank (CREF 015592-G/RS, profissional de Paradesporto e Atividade Adaptada) e Desire Lacreta Maridakis (CREF 006536-G/RS, profissional de Recreação e Lazer).

No seu discurso, Carmen reiterou a ideia de continuar realizando a premiação, nestes mesmos moldes. "O CREF2/RS quer reunir os profissionais e que todos se sintam em casa no Conselho. A Educação Física vem crescendo a cada dia e, para que a nossa profissão fique cada vez mais forte, precisamos nos unir. O CREF2/RS somos todos nós", declarou. A galeria de fotos com os homenageados será divulgada, em breve, no Facebook do Conselho.


Troféu Destaque



Câmara da Saúde do Fórum-RS propõe inserção de novos profissionais na Saúde Suplementar
03/09/2015
Fonte: CREF2/RS

A Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissionais Regulamentadas do Rio Grande do Sul (Fórum-RS) entregou, na tarde desta quarta-feira (2), um ofício à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O documento, elaborado pelo CREF2/RS em conjunto com os demais Conselhos da área, solicita que a ANS avalie as propostas de inserção de outros profissionais na Saúde Suplementar e que as operadoras de planos de saúde adotem novos programas de promoção e de prevenção da saúde.

O ofício, que foi recebido por Renata Cachapuz, chefe do núcleo da ANS de Porto Alegre; e por Sílvia Ludwig, chefe substituta do órgão; mostra que os Conselhos Profissionais estão preocupados em repensar a organização da Saúde Suplementar, para que se saia do modelo hegemonicamente centrado na doença, e se adote uma postura eficaz de promoção da saúde. Como salientou Everton Borges, assessor de relações institucionais do Fórum-RS, a ideia é que todos os outros profissionais da área, como nutricionistas, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, profissionais de Educação Física, farmacêuticos e biomédicos, estejam também à disposição dos beneficiários dos planos. "O nosso intuito é promover a saúde e não somente tratar as doenças. Isto, em longo prazo, trará uma economia até mesmo para as empresas operadoras".

O discurso de Borges foi reforçado por Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), presidente do CREF2/RS e da Câmara da Saúde do Fórum-RS, que destacou a importância de se investir em equipes multidisciplinares. "Nós precisamos ter um olhar diferente, já que várias doenças poderiam ser prevenidas se repensássemos a maneira como se trabalha a saúde, não apenas a doença", pontuou. Para ela, todos os profissionais da área tem um papel essencial neste processo e é preciso atuar de forma conjunta para que a população mude os seus hábitos e para que os planos de saúde adotem os procedimentos alternativos, como a homeopatia, a fitoterapia, a quiropraxia e outros.

A Câmara da Saúde aproveitou a entrega do ofício para também propor que a ANS crie mecanismos que exijam das operadoras de planos de saúde o desenvolvimento de programas para a prevenção de doenças e que estimulem a adesão dos beneficiários. A Agência se comprometeu em realizar uma nova reunião com as operadoras de planos de saúde para levar a proposta adiante.


Câmara da Saúde Fórum-RS



Encontro reúne Câmara da Saúde do Fórum/RS, Defensoria Pública e representante da saúde suplementar
21/07/2015
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS esteve presente, nesta segunda-feira (20), na reunião ampliada da Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões Regulamentadas do RS (Fórum/RS), realizada na sede da Defensoria Pública do Estado, com a participação de representante da saúde suplementar. Na pauta, debateu-se políticas públicas de prevenção e promoção da saúde, a inclusão e ampliação da oferta de serviços oferecidos por profissionais da saúde, promovendo a multidisciplinariedade, interdisciplinaridade e transdisciplinaridade nos planos de saúde, bem como a oferta de práticas integrativas e complementares destes, além do direito do consumidor na escolha de serviços e profissionais disponibilizados, entre outros temas.

Durante o evento, Enir Madruga de Ávila, defensor público e subdirigente do Núcleo de Defesa da Saúde (NUDS) da Defensoria Pública, avaliou que atualmente a Defensoria Pública trata as consequências, e não as causas dos problemas da saúde. "A cultura da receita médica com força de lei lotou os fóruns com ações de saúde. Vemos casos em que pessoas têm condições de pagar o medicamento, mas pelo meio judicial obrigam que o Estado o faça, prejudicando as pessoas carentes. Temos que abandonar estas práticas paternalistas e diminuir consideravelmente a judicialização da saúde”, ressalta.

A presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) avaliou que a construção da Câmara da Saúde demonstrou o quanto há de desconhecimento por parte de um profissional da saúde em relação a área de atuação de outra profissão da mesma área. “Quando comecei a dialogar com os fonoaudiólogos, percebi que eu atribuía equivocadamente várias de suas incumbências à prática médica”. Carmen também ressaltou o trabalho multidisciplinar como uma característica da prevenção e da promoção da saúde. "Somente as práticas integradas e complementares darão resultado na área da saúde. Cabe enfatizar que dados científicos demonstram que de cada dólar investido em atividade física, reduz-se 4,2 dólares em potenciais gastos na saúde".

Carmem Franco, vice-presidente do Conselho Regional de Nutricionistas (CRN2), ressaltou que o grande objetivo dos conselhos é a proteção da sociedade por meio do efetivo serviço profissional, e não a mera ação corporativa, como muitas vezes é veiculado. "Por isto, acho importante os conselhos mostrarem tanto suas ações como suas limitações, trazendo luz as questões de fundo da nossa saúde. Isto pode proporcionar economia aos cofres públicos, o que vem a ser um argumento muito convincente para adesão dos governantes".

Já o representante da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil (CASSI-RS), Everton Silva, afirmou que mesmo após 12 anos de atuação em forma de autogestão, a operadora ainda tem dificuldades em identificar espaços de atuação dos profissionais. "A questão da interdisciplinariedade propriamente dita ainda é complexa, e nos deparamos cotidianamente com ela”, explica. Silva trouxe dados de pesquisas que demonstram que cerca de 70% dos usuários dos serviços de saúde respeitam a prescrição médica, mas apenas 40% obedecem a orientação do médico para modificar hábitos não saudáveis. "Sabendo que a prescrição médica é lei e detém todo um peso cultural inculcado, o que sobra para as prescrições dos nutricionistas ou terapeutas ocupacionais? Esta autoridade é que tem que ser balanceada", pondera.

Na ocasião, o conselheiro do CREF2/RS Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS) afirmou que não resta opção aos trabalhadores da saúde que não seja a união, mesmo que na forma de cooperativas. "Existe uma cultura no Brasil em que os médicos, engenheiros e advogados são sobrevalorizados. Temos que mostrar a sociedade e aos outros profissionais a nossa centralidade na questão da promoção da saúde e na prevenção de doenças. Vamos estreitar laços com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e traçar estratégias para enfrentar os problemas da saúde no país”.

Também estiveram presentes à reunião representantes dos conselhos profissionais de Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia e Psicologia.


FÓRUM RS - Câmara da Saúde



Conselho comparece ao lançamento da Frente Parlamentar de Defesa do Consumidor
01/06/2015
Fonte: CREF2/RS

O lançamento da Frente Parlamentar de Defesa do Consumidor, realizado hoje à tarde (1) na Assembleia Legislativa, contou com a presença de representes do CREF2/RS. Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), presidente do Conselho; Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), 1º secretário; e Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação; compareceram à sessão, comandada pela deputada Any Ortiz. A ampliação da Semana Nacional de Fiscalização Conjunta, executada pelos conselhos profissionais em parceria com o PROCON-RS, e ações conjuntas com a Câmara de Defesa da Sociedade do Fórum-RS estão entre os novos objetivos do grupo.

"O nosso trabalho é importante, pois temos o dever de mostrar que o consumidor gaúcho é valorizado", comentou Any na abertura da sessão. "Queremos trabalhar em conjunto com a Defensoria Pública, com os conselhos e com os PROCONs. A Frente Parlamentar de Defesa do Consumidor tem o intuito de levar ações de fiscalização para todos os municípios do Estado", completou a deputada.

Também estiveram presentes na sessão Flávia do Canto, diretora-executiva do PROCON-RS; Felipe Kirchner, da Defensoria Pública do Rio Grande do Sul; Cesar Faccioli, secretário de Justiça e Direitos Humanos do Estado; Alcebíades Santini; presidente do Fórum de Defesa do Consumidor; e Teresa Cristina Moesch, presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB-RS.




V Seminário de Fiscalização Profissional e I Encontro Nacional de Agentes Fiscais reúnem Conselhos de todo Brasil
27/04/2015
Fonte: Fórum-RS

Mais de 200 pessoas se reuniram na última sexta-feira (24), na sede do Centro Universitário Metodista – IPA, em Porto Alegre, para prestigiar o V Seminário de Fiscalização Profissional e o I Encontro Nacional de Agentes Fiscais. Os eventos, organizados pela Câmara de Defesa da Sociedade do Fórum dos Conselhos e Ordens Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum-RS), contaram com a presença de representantes de conselhos federais e de conselhos regionais de 16 estados. O tema desta edição foi "A importância das Profissões Regulamentadas para a construção de um Brasil mais ético".

Na abertura, Flávio Koch, presidente do Fórum-RS, destacou a importância da realização dos eventos simultâneos para a discussão da ética profissional, como forma de contribuir para a construção de um país melhor. A autonomia dos conselhos profissionais foi o foco da palestra magna, ministrada pelo jurista e professor universitário Marco Fridolin dos Santos, que falou sobre normas deontológicas, autonomia dos conselhos profissionais e princípios da subsidiariedade.

Na palestra Modernização dos Processos de Fiscalização da Atividade Profissional, o consultor em processos de gestão André Zago fomentou a discussão sobre a necessidade de mudança de paradigmas para a gestão de processos e a modernização desses processos através de ferramentas inovadoras que facilitam e os tornam ainda mais eficazes. Encerrando as atividades da manhã, o debate A Importância das Profissões Regulamentadas para a Construção de um Brasil Mais Ético foi mediado pelo vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS, Pedro Gabril da Silva.

Durante a tarde, a palestra A Atuação dos Conselhos Profissionais na Garantia dos Direitos do Consumidor foi ministrada pelo procurador de justiça Paulo Valério Moraes, que falou sobre os seis princípios das relações de consumo: igualdade, liberdade, dignidade, solidariedade social, intervenção estatal eficiente e vulnerabilidade. Logo após, o procurador do Banco Central do Brasil, Yuri Machado, falou sobre conselhos profissionais e responsabilidade administrativa: Fiscalização e o espaço de atuação do agente público, abordando a responsabilidade e a atuação do agente fiscal. “A atuação do fiscal deve estar voltada sempre à proteção do interesse público”, ressaltou.




Presidente do CREF2/RS participa de audiência pública que tratou do concurso da Secretaria Estadual de Saúde
24/04/2015
Fonte: CREF2/RS

Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), presidente do CREF2/RS, participou da audiência pública que tratou da situação dos aprovados no concurso realizado pela Secretaria Estadual de Saúde em 2014. O debate, promovido na última quarta-feira (22) e proposto pela deputada Manuela, contou também com a presença do deputado Valdeci Oliveira, presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, e de demais representantes sindicais e de outros conselhos profissionais da saúde.

Célia Chaves, do Conselho Estadual de Saúde, Cláudio Augustin, do Sindicato dos Servidores Públicos do Rio Grande do Sul, e Alpheu Amaral (CREF 014032-G/RS), da Comissão dos Aprovados, integraram a mesa e salientaram, em seus discursos, a importância das nomeações, interrompidas no começo do ano pelo Governo do Estado. "Os serviços de saúde estão muito aquém da necessidade dos gaúchos", frisou Célia. "Atualmente, o que se percebe são condições inadequadas de atendimento e uma piora na qualidade da saúde da população", completou.

Almeida apresentou os números do concurso e destacou que o Governo ainda precisa chamar 664 profissionais de saúde aprovados no processo seletivo, sendo seis de Educação Física. Na sua fala, que encerrou a reunião, Carmen declarou que a causa tem também o apoio do CREF2/RS e do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões Regulamentadas do Rio Grande do Sul (Fórum-RS). Além disto, salientou que é preciso modificar o paradigma da saúde. "É preciso desconstruir a ideia equivocada que a Secretaria de Saúde é apenas para o tratamento de doenças. É necessário incorporar a prevenção e a promoção".




Fórum-RS comemora Dia Mundial da Saúde com ação no Shopping Total
08/04/2015
Fonte: CREF2/RS

A quinta edição do Circuito da Saúde, em comemoração ao Dia Mundial da Saúde, foi realizada ontem (7), no Shopping Total. A ação, promovida pela Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum-RS) com o apoio do SESI-RS, ofereceu diversos serviços gratuitos à população ao longo do dia, como avaliação nutricional e antropométrica, verificação de pressão arterial, disfagia de memória e de voz, entre outros mais.

O evento teve também o intuito de esclarecer a população quanto à importância dos conselhos profissionais na defesa da saúde e da sociedade. "A saúde não pode ser separada por profissões, pois depende da boa alimentação, da atividade física e de outros vários fatores", explicou o 1º secretário do CREF2/RS Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS). "Para garantir boa saúde, é preciso a integração de todas as áreas e políticas públicas que invistam não só no tratamento, mas também na prevenção de doenças", completou.

O CREF2/RS realizou cerca de 50 avaliações antropométricas no local e também distribuiu material informativo sobre as atividades do Conselho e sobre os benefícios da atividade física. "O nosso papel é justamente este, levar a informação e explicar para as pessoas porque a saúde deve ser questão prioritária na vida de todos", analisou Aguiar. Também participam da ação os conselhos de Farmácia (CRF-RS), Fisioterapia e Terapia Ocupacional (CREFITO5), Fonoaudiologia (CREFONO 7), Nutricionistas (CRN2) e Medicina Veterinária (CRMV-RS).




CREF2/RS e conselhos profissionais participam do Dia Mundial da Saúde no Shopping Total nesta terça
02/04/2015
Fonte: CREF2/RS

O Shopping Total recebe, na próxima terça-feira (7), a quinta edição do Circuito da Saúde, em comemoração ao Dia Mundial da Saúde. A ação, realizada pela Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum-RS), vai oferecer diversos serviços gratuitos à população, como avaliação nutricional e antropométrica, verificação da pressão arterial, disfagia de memória e de voz, entre outros.

O evento tem também o intuito de esclarecer a sociedade quanto à importância dos conselhos profissionais na defesa da saúde. Além do CREF2/RS, participam da ação os conselhos de Farmácia (CRF-RS,) Fisioterapia e Terapia Ocupacional (CREFITO5), Fonoaudiologia (CREFONO 7), Nutricionistas (CRN2) e Medicina Veterinária (CRMV-RS).

V Circuito da Saúde – Dia Mundial da Saúde
7 de abril, terça-feira, das 13h às 20h
Local: Shopping Total (Avenida Cristóvão Colombo, 545 – Floresta)
Primeiro Piso – Pavimento Cristóvão Colombo (em frente à Renê Calçados): CRN2 e CREF2/RS
Segundo Piso – Pavimento Gonçalo de Carvalho (em frente à Trip House): CRF-RS, CREFITO5, CREFONO 7, CRMV-RS




IV Circuito da Saúde leva Conselho para realizar avaliações antropométricas no litoral
13/01/2015
Fonte: CREF2/RS

No último final de semana, as praias de Tramandaí e Atlântida Sul receberam a quarta edição do Circuito da Saúde. A atividade, promovida pelo Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum-RS) com o apoio do SESC-RS, tem como objetivo promover e incentivar a saúde da comunidade, oferecendo diversos serviços à população, como orientação nutricional, teste de glicemia, medição de pressão arterial, auriculoterapia, quiropraxia e avaliações antropométricas.

"O trabalho que o SESC-RS faz no litoral é muito importante", analisou Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), 1º secretário do CREF2/RS. "Além de aproximar os profissionais de diferentes áreas, o evento também marca a inserção dos conselhos na sociedade, para a prevenção e promoção da saúde", completou. Outras atividades de lazer também foram proporcionadas ao longo de sábado (1), em Tramandaí, e domingo (11), em Atlântida Sul. O público que compareceu à casa do SESC à beira-mar tiveram à disposição aula de dança, bubble soccer, kangoo jump, entre outras mais.

No espaço destinado ao atendimento da comunidade, o CREF2/RS realizou cerca de 50 medições de IMC e orientou a população sobre os benefícios do exercício físico. "As pessoas estão nos procurando bastante. Elas querem saber quem é o profissional de Educação Física", destacou Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação. "É muito importante mostrar para elas que existe um Conselho que fiscaliza e defende a sociedade", completou. Participaram da ação junto ao CREF2/RS os Conselhos de Nutricionistas, Educação Física, Farmácia, Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Odontologia e Medicina Veterinária.




Conselho participa do Circuito da Saúde neste final de semana em Tramandaí e Atlântida Sul
05/01/2015
Fonte: CREF2/RS

As praias de Tramandaí e Atlântida Sul recebem, nos dias 10 e 11 de janeiro, respectivamente, o IV Circuito da Saúde. Com a participação do CREF2/RS, a ação vai proporcionar à população diversos serviços, como orientação nutricional, informações sobre alimentação orgânica, testes de glicemia, verificação de pressão arterial, auriculoterapia, quiropraxia e avaliações antropométricas.

O evento é realizado pela Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum-RS), com o apoio do SESC/RS, e tem como objetivo promover e incentivar a saúde da comunidade. A ação também tem como intuito esclarecer à população quanto a importância dos Conselhos na defesa da saúde coletiva, já que a função primordial dessas instituições é fiscalizar o exercício legal das profissões, garantindo com isto a qualidade dos serviços oferecidos à sociedade.

IV Circuito da Saúde

Tramandaí – 10/1 (sábado)
Local: Casa Estação Verão SESC – avenida Beira Mar (próximo ao número 2030 – em frente ao condomínio Quebra Mar)
Horário: das 10h às 15h

Atlântida Sul – 11/1 (domingo)
Local: Casa Estação Verão SESC – avenida Beira Mar (próximo ao número 684 – em frente à pousada Gaivota)
Horário: das 10h às 15h




CREF2/RS e conselhos da saúde finalizam projeto de novo Código Sanitário
26/11/2014
Fonte: CREF2/RS

Na manhã desta quarta-feira (26), foi entregue à Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa projeto de novo Código Sanitário Estadual. O documento, elaborado pelo CREF2/RS em parceria com outros conselhos profissionais, tem o intuito de garantir a saúde e o bem-estar da sociedade.

Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), 1º secretário do CREF2/RS, e Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação, integraram a comissão que elaborou o projeto entre 2013 e 2014. "O novo Código é síntese do debate com a sociedade, a partir de uma série de audiências públicas realizadas em todo o Estado", frisou a deputada Marisa Formolo, integrante do grupo. O deputado Adilson Troca, presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente, também salientou que agora o documento deve tramitar na Assembleia para ser transformado em lei.

Com a participação do CREF2/RS e dos conselhos de Odontologia (CRO-RS), Medicina (CREMERS), Nutricionistas (CRN-2), Fonoaudiologia (CREFONO7), Farmácia (CRF-RS) e da FAMURS, o projeto do novo Código "contemplou diversas demandas e entende a saúde de modo amplo", como comentou Alexandre Sartori, representante do CRF-RS. "A elaboração do documento foi de grande aprendizado, pois dividimos experiências de nossa prática profissional com os outros conselhos e também com a gestão pública", completou.




Fórum-RS promove III Colóquio dos Conselhos Profissionais
27/10/2014

Na última sexta-feira (24), fiscais, conselheiros, funcionários e demais integrantes dos conselhos profissionais participaram do III Colóquio promovido em parceria pela Câmara de Defesa da Sociedade (CDS), Grupo de Assessores Jurídicos (GAJ) e Grupo de Agentes Ficais (GAF) do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões (Fórum-RS). O tema desta edição foi “Fórum: atuante no controle social e eficiente no ato de julgar”.

Na abertura do evento, o presidente do Fórum-RS Flávio Koch, juntamente com os representantes de cada grupo Miriam Terezinha da Silva (CDS), Maiele Lewandowski (GAF) e Cesar Augusto Boeira da Silva (GAJ), ressaltou a participação dos conselhos no evento. O painel de abertura contou também com a presença do vice-presidente de Relações Institucionais do Conselho Regional de Contabilidade, Pedro Gabril, que falou sobre a importância dos Observatórios Sociais espalhados pelo Brasil como uma ferramenta de controle social.

A segunda e última parte do Colóquio foi comandada por Marco Stefani, assessor jurídico dos Conselhos Regionais de Nutrição e de Fonoaudiologia, que falou sobre como investigar, processar e julgar com justiça. De acordo com ele, um bom julgamento deve ser sempre imparcial, consciente e seguro. Stefani explicou todas as etapas do processo ético, iniciando pela investigação, passando pelo processo e, por fim, o julgamento. “Cada etapa deve ser conduzida por pessoas diferentes para garantir a justiça e a imparcialidade, pois cada etapa tem sua própria psicologia que é diferente das demais”, explicou.




CREF2/RS sedia reunião dos assessores jurídicos dos Conselhos Profissionais
03/10/2014
Fonte: CREF2/RS

Na tarde de ontem (2), o CREF2/RS sediou a reunião do Grupo de Assessores Jurídicos (GAJ) do Fórum-RS. A atividade, realizada todos os meses, tem o intuito de debater assuntos pertinentes aos Conselhos Profissionais e de trocar experiências relacionadas ao dia a dia de trabalho.

Desta vez, a reunião trouxe para discussão questões envolvendo a cobrança de dívida ativa e a exigência de inscrição no respectivo Conselho para o exercício de docência, pauta que foi formalizada em documento. "A iniciativa é do vice-presidente do Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), e a obrigatoriedade do registro ao menos para os professores das disciplinas práticas", comentou Cristiane Costa, coordenadora do Departamento Jurídico do CREF2/RS.

Com a aprovação do texto pelo GAJ, o documento será agora submetido à diretoria do Fórum-RS e, posteriormente, ao Fórum Nacional dos Conselhos e Ordens Profissionais, para que negocie o projeto em todo o país. "Além disto, a troca de experiências permitiu apresentar os problemas e buscar soluções em conjunto", complementou Cristiane.




Encontro aproxima estudantes e Conselhos Profissionais da saúde na Câmara Municipal
15/09/2014
Fonte: CREF2/RS

Na sexta-feira (12), o Fórum-RS promoveu o I Encontro dos Acadêmicos com os Conselhos Profissionais da Saúde. O evento, realizado na Câmara Municipal de Porto Alegre, reuniu estudantes dos cursos da área e os respectivos Conselhos para, entre outros assuntos, debater o futuro das profissões.

Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), presidente do CREF2/RS, Carmem Franco, presidente do CRN-2, e Alcindo Ferla, médico e professor da Escola de Enfermagem da UFRGS, foram os palestrantes. "Os conselhos são extremamente importantes para cada profissão, pois são eles que regulamentam, organizam e fiscalizam a atuação dos profissionais", falou Flávio Koch, presidente do Fórum-RS, na abertura do Encontro. "Eles trabalham pelo desenvolvimento e pela qualificação das profissões, proporcionando visibilidade e reconhecimento frente a sociedade".

Com o objetivo de aproximar os estudantes dos Conselhos, a apresentação de conjunta de Carmen Masson e Carmem Franco destacou igualmente a função essencial de defesa da sociedade. "O profissional é o primeiro fiscal da profissão. Nós temos que mostrar que fazemos a diferença", salientou Carmen Masson. Além disto, também foi apresentado para os estudantes os limites de atuação de cada Conselho e ações que podem ser feitas em conjunto. "Profissões fortes só se fazem unidas", analisou Carmem Franco.

Everton Borges, assessor de relações institucionais do Fórum-RS, foi o mediador da palestra "Políticas públicas e o futuro das profissões na área da saúde", de Alcindo Ferla. Além de explicar que "as políticas públicas pertencem ao cotidiano das profissões", o professor mostrou aos acadêmicos como o mercado de trabalho da saúde se transformou com o tempo e quais são as principais demandas da área nos dias de hoje. "Acima de tudo, é preciso conhecer o usuário se comprometer com a qualidade de vida das pessoas", resumiu Ferla.

Com o suporte do CREF2/RS e dos demais conselhos que integram a Câmara de Saúde do Fórum-RS, o Encontro dos Acadêmicos com os Conselhos Profissionais erá nova edição em breve.




Conselhos da Saúde reúne estudantes para debater futuro das profissões nesta sexta-feira
11/09/2014
Fonte: CREF2/RS

Para aproximar os estudantes dos cursos superiores da área da saúde, o Fórum-RS promove o I Encontro dos Acadêmicos com os Conselhos Profissionais da Saúde. O evento, que ocorre amanhã (12) na Câmara Municipal de Porto Alegre (Avenida Loureiro da Silva, 255 – Centro), tem como tema nesta primeira edição as políticas públicas e o futuro das profissões. Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), presidente do CREF2/RS; Carmen Franco, presidente do CRN-2, e Alcindo Ferla, professor da Escola de Enfermagem da UFRGS, são os palestrantes.

A atividade tem também o intuito de esclarecer para os estudantes a atuação e a importância dos conselhos de profissões regulamentadas, como órgãos fiscalizares do exercício profissional, e realizar intenso intercâmbio de experiências. O evento inicia às 13h30 e a programação completa do I Encontro dos Acadêmicos com os Conselhos Profissionais da Saúde está aqui.




Troféu Destaque homenageia profissionais na Assembleia Legislativa
08/09/2014
Fonte: CREF2/RS

Na sexta-feira (5), o teatro Dante Barone, da Assembleia Legislativa, foi o palco da cerimônia de entrega do Troféu Destaque 2014. O prêmio, que homenageou os profissionais de Educação Física do ano, teve votação aberta no site Conselho, em que todos os registrados e em dia com suas obrigações estatuárias puderam participar e concorrer em cada uma das 17 categorias diferentes.

Com a presença de membros dos demais Conselhos Profissionais e de autoridades, como Ricardo Petersen (CREF 006862-G/RS), secretário de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul; e José Edgar Meurer (CREF 001953-G/RS), representando o prefeito José Fortunati; a cerimônia também premiou, com certificado, as empresas que completaram em 2014 dez anos de registro no CREF2/RS. Na abertura do evento, a presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) foi quem discursou. Ela agradeceu a grande presença dos profissionais homenageados e familiares e destacou a votação pela Internet. "O prêmio vem de uma eleição direta dos profissionais no nosso site. É a maneira mais democrática", analisou.

Os homenageados foram: Academia Esportiva Menegassi Ltda (CREF 000038-PJ/RS, academia), Grêmio Náutico Gaúcho (CREF 001237-PJ/RS, clube ou sociedade), Diná Santiago (mérito da Educação Física), Ana Eleonora Assis (CREF 000239-G/RS, profissional de recreação), Laerte Moraes (CREF 002084-G/RS, profissional de escola), Alexandre Teixeira (CREF 000786-G/RS, profissional técnico desportivo), Mariana Boos (CREF 009364-G/RS, profissional de saúde), Ana Maria Nappi (CREF 000900-G/RS, profissional de lutas), Alessandro Gonçalves (CREF 005863-G/RS, profissional de atividade física na empresa e ginástica laboral), Luis Grassel (CREF 009564-G/RS, profissional de esporte radical e de aventura), Mauro Sérgio de Oliveira (CREF 010206-G/RS, profissional de academia), Cláudia Romero (CREF 016205-G/RS, profissional de paradesporto e atividade adaptada), André Luiz Lopes (CREF 008061-G/RS, profissional de pesquisa), Correio do Povo (veículo de comunicação), Luiz Felipe Scolari (CREF 004278-G/RS, profissional do ano) e José Fortunati (personalidade do ano).

Para a 1ª tesoureira Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS), o Troféu Destaque, no seu quarto ano consecutivo, pode ser considerado o "Oscar da Educação Física gaúcha". "É o reconhecimento dos nossos profissionais que estão nas escolas, nas academias. Precisamos valorizar o trabalho de quem faz a diferença", comentou. No discurso, Carmen complementou. "A nossa profissão está ganhando hoje espaço cada vez maior. Nossos profissionais estão cada dia mais qualificados e os homenageados são o exemplo disto".

Confira aqui, em breve, galeria de fotos com os homenageados.




CREF2/RS e demais Conselhos da Saúde reúnem estudantes para debater futuro das profissões
27/08/2014
Fonte: CREF2/RS

Com o objetivo de aproximar os estudantes dos cursos superiores da área da saúde, o Fórum-RS promove o I Encontro dos Acadêmicos com os Conselhos Profissionais da Saúde. O evento, que ocorre no dia 12 de setembro na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, tem como tema nesta primeira edição "Políticas públicas e o futuro das profissões da área da Saúde". Carmen Masson, presidente do CREF2/RS; Carmem Franco, presidente do CRN-2; e Alcindo Ferla, pesquisador da UFRGS; são os palestrantes.

A atividade tem também o intuito de esclarecer aos estudantes sobre a atuação e a importância dos conselhos de profissões regulamentadas, como órgãos fiscalizadores do exercício profissional. As inscrições para os alunos de Educação Física já podem ser feitas clicando aqui. As vagas são limitadas.




CREF2/RS participa do II Colóquio Compartilhando Experiências
28/07/2014
Fonte: CREF2/RS e CRCRS

Na sexta-feira (25), foi realizado o II Colóquio Compartilhando Experiências, na sede do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul (CRCRS). A atividade, organizada pelo FÓRUM-RS, contou com a presença de conselheiros, agentes fiscais e outros colaboradores dos Conselhos e Ordens de Fiscalização Profissional. O CREF2/RS foi representado pelo vice-presidente Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS) e pelos membros do seu Departamento Jurídico, que participaram do debate sobre o assunto.

Na abertura do evento, a coordenadora da Câmara de Defesa da Sociedade Miriam da Silva lembrou que os Conselhos têm papel fundamental de proteger e defender a sociedade. César Boeira, coordenador do grupo de Assessores Jurídicos do Fórum-RS, também falou sobre a importância da fiscalização. "Os Conselhos têm duas atribuições, credenciar e fiscalizar. A fiscalização não é feita só pelos agentes, mas por todos os conselheiros e profissionais que o integram".

O primeiro painel do evento abordou os objetivos, o público-alvo e o conteúdo programático do Curso de Extensão em Conselhos Profissionais da PUCRS e foi conduzido pela professora Jaqueline Mânica. A atividade é destinada a agentes fiscais e conselheiros. A segunda parte contou com a palestra "Visão didática do ato de julgar processos ético-administrativos e o papel do julgador", conduzida por Marco Stefani, assessor jurídico do CRN-2 e CREFONO7. Ele esclareceu sobre o trabalho dos conselheiros e suas funções de legislar e julgar normas relativas às atividades profissionais.




Estagiários da Prefeitura de Canoas visitam o CREF2/RS
24/07/2014
Fonte: CREF2/RS

Na manhã desta quinta-feira (24), o CREF2/RS recebeu visita de grupo de estagiários da Prefeitura de Canoas. A ação, que faz parte do Programa de Valorização do Estagiário, serviu para que os acadêmicos de Educação Física conhecessem pouco mais sobre o funcionamento do Conselho e a importância da regulamentação da profissão.

A presidente Carmen Masson (CREF 002782-G/RS) recebeu os alunos para apresentação de vídeo sobre o CREF2/RS e longa conversa sobre a profissão. Além de mostrar o que faz cada um dos setores do Conselho, Carmen explicou ainda como funciona o dia a dia da instituição e salientou as grandes e recentes conquistas, como a obrigatoriedade do registro em concursos públicos em todo o Estado.

"O CREF2/RS valoriza e assegura o papel do profissional de Educação Física como promotor da saúde e do bem-estar", destacou Carmen. Na roda de conversa, os estudantes puderam tirar dúvidas sobre o procedimento de registro e o funcionamento de academias. "O Conselho entende que o começo do profissional recém-formado é difícil. Por isto, damos todo o suporte necessário e alguns benefícios no momento do primeiro registro", explicou a Presidente.

Para a equipe da Prefeitura de Canoas que acompanhou o encontro, a visita foi esclarecedora, pois muitos acadêmicos não conhecem o trabalho desenvolvido pelos Conselhos Profissionais. "Hoje, a gente tem um trabalho sério, mas a credibilidade da profissão depende de vocês, estudantes. Busquem aperfeiçoamento, não parem de estudar. O conhecimento e a postura exemplar são a garantia do respeito ao profissional e à Educação Física", declarou Carmen.




Câmara da Saúde do Fórum-RS realiza seminário para acadêmicos da área em setembro
18/07/2014
Fonte: CREF2/RS

A Câmara Técnica da Saúde do Fórum dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões Regulamentadas do RS (FÓRUM-RS) se reuniu hoje pela manhã, na sede do Conselho Regional de Nutricionistas da 2ª Região (CRN-2), para definição dos detalhes do I Seminário dos Acadêmicos com os Conselhos Profissionais de Saúde. O evento, que será realizado no 12 de setembro na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, é ação conjunta dos Conselhos da área e tem a participação ativa do CREF2/RS.

Com objetivo de engajar estudantes, para que todos cheguem ao mercado de trabalho com entendimento amplo da função dos Conselhos, o evento começou a ser estruturado, com mesas redondas e palestras. Lauro Aguiar (CREF 002782-G/RS), vice-presidente do CREF2/RS, participou do encontro e destacou a importância da realização do Seminário com a parceria de diferentes áreas da Saúde. "Cada conselho tem seu papel, mas juntos podemos salientar a importância das profissões regulamentadas", comentou. "No Seminário, vamos mostrar o que fazemos e tudo o que envolve a atuação dos Conselhos para o bem da sociedade", completou Aguiar.

O I Seminário dos Acadêmicos com os Conselhos Profissionais de Saúde também tem o intuito de aproximar os estudantes e estabelecer troca de conhecimento e experiências entre as diferentes áreas. "Queremos fazer com que os acadêmicos entendam a sejam incluídos no mundo dos Conselhos, abrindo assim canal para discutir o futuro das profissões", avaliou Everton Borges, assessor de relações institucionais do Fórum-RS.

Com a presença de João Silveira Junior, presidente do CRTR 6ª Região; Carmem Franco, presidente do CRN-2; e demais representantes do CPRS e do CREFITO5, a reunião definiu ainda que o tema do Seminário será Políticas Públicas e o Futuro das Profissões de Saúde. "Além de mostrar para o aluno a dimensão e a importância de todas as profissões para a área da saúde, o evento vai proporcionar ao acadêmico entendimento para o impacto das tecnologias para o futuro das profissões", citou Borges. Nos próximos dias, a Câmara Técnica da Saúde volta a se reunir para dar continuidade à organização da atividade.




Porto Alegre recebe orientação e fiscalização para a Copa do Mundo
31/03/2014
Fonte: Fórum dos Conselhos RS

Ação conjunta engloba cerca de 20 Conselhos e Ordens do Rio Grande do Sul.
Entre os dias 31 de março e quatro de abril, Porto Alegre recebe uma ação conjunta dos Conselhos Regionais e Ordens das Profissões Regulamentadas do Estado. A iniciativa, realizada pela primeira vez na cidade, é promovida pelo Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum-RS) - que reúne cerca de 20 entidades - e visa orientar e fiscalizar diversos estabelecimentos, como obras civis, bares, restaurantes, farmácias, entre outros empreendimentos.
Oferecer ao turista a segurança necessária nos serviços prestados durante a Copa do Mundo constitui as metas da ação conjunta. A atividade do Fórum-RS busca defender a sociedade e garantir o atendimento qualificado, por meio de profissionais habilitados. Assim como também objetiva esclarecer a população em geral sobre a importância das entidades profissionais, uma vez que o objetivo primordial dessas instituições é orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício legal das profissões, garantindo excelência e qualidade.
Participam os Conselhos Regionais de Administração, Arquitetura e Urbanismo, Biblioteconomia, Biologia, Biomedicina, Contabilidade, Corretores de Imóveis, Economia, Educação Física, Enfermagem, Engenharia e Agronomia, Estatística, Farmácia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Medicina Veterinária, Nutricionistas, Odontologia, Química, Relações Públicas, Representantes Comerciais, Serviço Social, Ordem dos Advogados do Brasil e Ordem dos Músicos do Brasil. Esta é a segunda ação conjunta realizada pelo grupo. A primeira ocorreu em Santa Maria, em novembro de 2013, com o apoio do Grupo de Agentes Fiscais (GAF).




III Circuito da Saúde marca ação dos Conselhos Profissionais no litoral norte
13/01/2014
Fonte: CREF2/RS

As praias de Cidreira e Tramandaí receberão, nos dias 18 e 19 de janeiro, respectivamente, o III Circuito da Saúde. A ação proporcionará à população acesso gratuito, medição cintura-quadril, orientação nutricional, verificação de pressão arterial, avaliação da memória em idosos, entre outros. O evento é realizado pela Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum/RS), da qual o CREF2/RS integra, e tem como objetivo promover e incentivar a saúde da comunidade. Em Cidreira, ela ocorre no dia 18, das 10 às 16h na av. Beira Mar, na Casa Estação Verão SESC. Em Tramandaí, no dia 19, das 10 às 15h, na Casa Estação Verão SESC, av. Beira Mar (próximo ao número 2030 - em frente ao condomínio Quebra Mar).  

Como prevenir é sempre a melhor opção, esta será uma grande oportunidade para os profissionais dos conselhos e veranistas de Cidreira, Tramandaí e praias vizinhas, verificarem como está a saúde e terem acesso a diversos profissionais em um único dia. Uma grande equipe composta por Profissionais da Educação Física, Nutricionistas, Fonoaudiólogos, Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais, Farmacêuticos e Médicos Veterinários estarão unidos para realizar a terceira edição do Circuito da Saúde. A ação também tem por objetivo esclarecer à população a importância dos Conselhos na defesa da saúde coletiva, já que a função primordial dessas instituições é fiscalizar o exercício legal das profissões, garantindo com isto a qualidade dos serviços oferecidos à sociedade.




Fiscais do CREF2/RS participam de força-tarefa em Santa Maria
02/12/2013
Fonte: G1

Agentes do Departamento de Fiscalização e Orientação do CREF2/RS participaram da força-tarefa em Santa Maria no dia 27. A ação é promovida pelo Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (Fórum-RS), que reúne os 16 conselhos de profissionais das áreas de Educação Física, administração, corretores de imóveis, economia, enfermagem, engenharia e agronomia, psicologia e serviço social, entre outras.
Mais de 30 agentes fiscais participarão da ação. Segundo o Fórum-RS, o objetivo da ação é defender e conscientizar a sociedade para a importância e a valorização do profissional habilitado para essas atividades. Pela manhã, a ação conjunta foi aberta oficialmente com um ato no Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM). Depois disso, os fiscais partiram para fiscalizar academias, obras civis, estabelecimentos de saúde, bares, restaurantes, empresas e outros locais, além de participarem de ações de orientação e conscientização na praça Saldanha Marinho.
Na noite de terça-feira (26), profissionais do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-RS), em conjunto com o corpo de bombeiros e a fiscalização municipal, percorreram bares e restaurantes para averiguar a validade dos Plano de Prevenção Contra Incêndios (PPCI).




CREF2/RS participa de encontro nacional de Conselhos
21/10/2013
Fonte: CREF2/RS

O Presidente Eduardo Merino, a Assessora Especial da Diretoria Liziane Soares e a advogada Cristiane Costa, do CREF2/RS, participaram da 5ª Edição do Encontro Nacional dos Conselhos Profissionais, realizado em Florianópolis entre os dias 17 e 19 de outubro. Durante os três dias, representantes dos conselhos profissionais de todo o País debateram temas como fiscalização, responsabilidade civil em profissões regulamentadas, conciliação, ética, Lei orgânica dos conselhos e formação e atuação profissional. A quinta edição do ENCP teve como tema "Conselhos Profissionais, um instrumento de proteção social".




Câmara da Saúde se reúne na sede do CREF2/RS
08/10/2013
Fonte: CREF2/RS

O Presidente do CREF2/RS, Eduardo Merino, recebeu na sede do Conselho nesta segunda-feira, dia 07 de outubro, o presidente do CREFITO5 Alexandre Doval da Costa, o Assessor de Relações Institucionais do CRF/RS Everton Borges, a Conselheira do CREFONO7 Miriam da Silva e a presidente do CRESS10 Miriam Thais Guterres Dias, para reunião da Câmara da Saúde dos Fórum dos Conselhos do RS.
Na ocasião, foram discutidas diversas questões, destacando-se a audiência pública de atualização do código sanitário, que ocorrerá em novembro, o II Colóquio “Compartilhando Vivências para o Envelhecimento Ativo”, evento que aconteceu no dia 05 de outubro na ULBRA Canoas, e o planejamento dos eventos de atendimento à população pelos Conselhos Profissionais da área da saúde no litoral, durante a temporada de verão 2014.




Câmara da Saúde comemora Dia da Saúde com roda de chimarrão
06/08/2013
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS esteve presente na Roda de Chimarrão neste domingo, 4 de agosto, no Parque da Redenção, promovida em comemoração ao Dia Nacional da Saúde. Participaram o Presidente do CREF2/RS, Eduardo Merino e os Conselheiros Lauro Aguiar e Álvaro Laitano. O ato em defesa da Saúde foi realizado pela Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos Profissionais do RS, do qual o CREF2/RS faz parte. Além dos presidentes dos Conselhos, esteve prestigiando o evento o secretário-adjunto da Saúde de Porto Alegre, Jorge Cuty.

O Dia Nacional da saúde é comemorado em 5 de agosto, e foi instituído no Brasil em 1967, como o Dia Nacional da Saúde. O objetivo da data é promover a conscientização sobre a importância do tema entre a população, relembrar os cuidados que cada um deve ter com o corpo e promover a educação sanitária. O dia foi escolhido em homenagem ao nascimento do médico brasileiro Oswaldo Cruz (1872-1917), que se formou aos 20 anos de idade e foi um dos cientistas pioneiros no estudo das doenças tropicais.




Fórum dos Conselhos promove III Seminário de Fiscalização Profissional
07/05/2013
Fonte: Fórum dos Conselhos das Profissões Regulamentadas do RS

No dia 17 de maio de 2013 acontecerá o III Seminário de Fiscalização Profissional, evento organizado pelo Fórum dos Conselhos Profissionais do Estado do Rio Grande do Sul, que trará como tema neste ano “Fiscalização dos Conselhos e os Benefícios para a Sociedade”.

O objetivo do evento é tratar dos temas relacionados a fiscalização realizadas pelas diversas instituições, na busca de integração e otimização dos processos, contribuindo para o funcionamento dos estabelecimentos regulados para que atuem na atenção a sociedade, proposta esta motivada pela tragédia em Santa Maria. O seminário terá início as 8h30min no Plenarinho da Assembleia Legislativa do RS, com o credenciamento às 8h30min, a abertura ocorrerá às 9h30min seguida da Mesa redonda intitulada: “Poder público e a Fiscalização dos conselhos profissionais em benefício da sociedade”, e contará com a participação de um representante da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, o promotor de Justiça do Ministério Público do Estado, César Faccioli, o Presidente do PROCON/RS, Cristiano Aquino, a Presidente do Conselho Regional de Administração do RS, Adm. Cláudia Stadtlober. A mesa contará com a mediação do Presidente do Fórum Estadual do RS e Latino Americano de Defesa do Consumidor, , Alcebíades Santini.

No período da tarde ocorrerão três palestras e a apresentação do GAF-FOCO/RS pela fiscal do Crefono7 Marlei Braud Cantergi. A partir das 14h acontece a palestra com João Alberto Vieira, presidente da Junta Comercial do RS que abordará “Parcerias e convênios da Junta Comercial com os conselhos profissionais”. Às 15h será a vez da palestra “Relação conselheiros e fiscais”, com o Adm. Nei Sena. E às 16h45 acontecerá a última palestra do evento “A responsabilidade civil dos conselhos profissionais em defesa da sociedade - importância da ação fiscalizatória” com o procurador da Justiça Paulo Valério Dal Pai Moraes.

Como nos anos anteriores, o evento será voltado aos agentes fiscais dos conselhos das profissões regulamentadas, presidentes, conselheiros, vereadores e deputados estaduais.




Presidente do CREF2/RS defende a prevenção de doenças ao celebrar o Dia Mundial da Saúde
04/04/2013
Fonte: Assessoria de imprensa AL/RS

O período da Tribuna Popular desta quinta-feira (4) foi ocupado pelo presidente do Conselho Regional de Educação Física da 2ª Região (Cref/RS), Eduardo Merino, que representou os conselhos das profissões de saúde regulamentadas. Ele falou sobre o Dia Mundial da Saúde, celebrado em 7 de abril desde 1948, quando foi criada a Organização Mundial da Saúde. Realizada no início da sessão plenária da primeira quinta-feira de cada mês, a Tribuna Popular permite a representantes de entidades da sociedade civil a realização de pronunciamentos na tribuna do Legislativo, pelo tempo de 10 minutos.

Merino informou que, este ano, o tema central do Dia Mundial da Saúde é a hipertensão arterial e o objetivo é reduzir o número de infartos do miocárdio e acidentes vasculares cerebrais (AVCs). Segundo ele, um em cada três adultos sofre de hipertensão, uma em cada três pessoas que sofre da doença desconhece que é hipertenso, e só um em cada três hipertensos trata a doença.

O presidente do Cref/RS também falou dos hábitos da atual sociedade que contribuem para que as pessoas adoeçam, como a ansiedade e o estresse, a má alimentação e o sedentarismo. “Podemos dizer que há um desacordo entre as ações que buscam a saúde e os resultados, demonstrados principalmente pelos dados epidemiológicos. É um modelo de saúde que trata a doença e que não privilegia a prevenção, que é muito mais barata e conta com o benefício da manutenção da qualidade de vida das pessoas”.

Conselhos profissionais

O orador da Tribuna Popular ainda destacou a importância dos conselhos das profissões da saúde regulamentadas na proteção da sociedade para que as pessoas possam ter o serviço prestado com qualidade e segurança. “Temos o Fórum dos Conselhos do Rio Grande do Sul, que representa 600 mil profissionais, especificamente em torno de 250 mil profissionais da saúde, que cuidam de milhões de vidas”.

Ele ainda citou três desafios a serem enfrentados para promover a saúde e o bem-estar da sociedade: a questão do enfoque multiprofissional e interdisciplinar no tratamento das doenças; a mudança do modelo que privilegia o tratamento da doença e não a prevenção; e a formação dos profissionais de saúde.

Encerrando seu discurso, Merino manifestou apoio ao Projeto de Lei 245 2011, do deputado Carlos Gomes (PRB), que tramita na Assembleia Legislativa. A proposição torna obrigatória a exigência, nos concursos públicos do Estado do Rio Grande do Sul, do registro nos respectivos conselhos profissionais.




CREF2/RS junto a oito Conselhos Profissionais realizam Circuito da Saúde em Tramandai
18/01/2013
Fonte: CREF2/RS

A praia de Tramandaí receberá, nos dias 26 e 27 de janeiro, o Circuito da Saúde. A ação oportunizará à população acesso gratuito a diversos serviços que vão desde teste de glicose, dicas de alimentação saudável para o verão, aulas de alongamento e ritmos latinos, entre outros. O evento é promovido pelo Fórum dos Conselhos Profissionais do Rio Grande do Sul (FOCO) e tem como objetivo promover e incentivar a saúde da comunidade. Será realizado no estande da Casa Estação Verão Sesc, na Av. Beira Mar.

Como prevenir é sempre a melhor opção, esta será uma grande oportunidade para os veranistas de Tramandaí e praias vizinhas verificarem como está a saúde e terem acesso a diversos profissionais em um único dia. Uma grande equipe composta de Profissionais da Educação Física, dentistas, nutricionistas, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, farmacêuticos e enfermeiros estarão se unindo para realizar o Circuito da Saúde. Também ficarão à disposição do público, advogados e médicos veterinários.

A ação também objetiva esclarecer à população a importância dos Conselhos na defesa da saúde coletiva, já que a função primordial dessas instituições é fiscalizar o exercício legal das profissões, garantindo com isto a qualidade dos serviços oferecidos à sociedade.




Câmara da Saúde fará evento em Tramandaí
08/01/2013
Fonte: CREF2/RS

O Presidente do CREF2/RS, Eduardo Merino, participou no dia 8, no Conselho Regional de Nutricionistas/CRN, da reunião mensal da Câmara da Saúde do Fórum dos Profissionais Registrados nos Conselhos e Ordens do Rio Grande do Sul - FOCO/RS. O objetivo do encontro foi articular as ações que serão realizadas em Tramandaí, nos próximos dias 26 e 27, quando ocorrerá o Circuíto da Saúde. Nesta data, serão ofertados serviços de saúde aos veranistas, que serão orientados sobre a importância da atividade dos Conselhos Profissionais na defesa dos serviços prestados à população.




Conselho pede aprovação do PL 245 na Assembleia Legislativa
29/11/2012
Fonte: CREF2/RS

A Vice-presidente do CREF2/RS, Carmen Masson, realizou hoje, 29/11, visita ao Deputado Ronaldo Santini (PTB) para pedir apoio ao PL 245/2011 que torna obrigatório nos concursos públicos a exigência do registro nos respectivos Conselhos Profissionais no Estado. Na ocasião, a Vice-presidente ressaltou ao Deputado que o CREF2/RS acredita que o PL garantirá o exercício do Profissional habilitado, trazendo com isto mecanismos de defesa contra a prática profissional leiga e irresponsável.




Reunião da Câmara da Saúde propõe novo código sanitário
06/11/2012
Fonte: CREF2/RS

O Presidente do CREF2/RS, Eduardo Merino, esteve presente na manhã de hoje, dia 6, na reunião mensal da Câmara da Saúde, realizada no Conselho Regional de Farmácia RS (CRC). Entre os temas tratados está a proposta de um novo código sanitário que contemple as especificidades atuais dos Conselhos. “Utilizamos um regramento da década de 70 que não traz nenhum artigo relacionado à prática de atividades físicas, além outras carências”, explicou Merino. O estudo com a sugestão de normas deverá ser apresentado à Secretária-Geral do Governo Estadual, Miriam Marroni. Vinculado ao tema, o Presidente do CREF2/RS propôs a representação de membros da Câmara no Conselho Estadual de Saúde. “Devemos observar que o CESRS é o órgão apto a propor e aprovar diretrizes na elaboração de políticas de saúde”, acentuou.

O Presidente do CRFRS, Diogo Miron, ressaltou na ocasião a necessidade dos Conselhos se fazerem mais presentes em questões ligadas à defesa do consumidor. “A Câmara deve ter o protagonismo nesta instância, refletindo no bem-estar da população”.

A Câmara é composta por 14 Conselhos Profissionais gaúchos, e faz parte do Fórum dos Profissionais Registrados nos Conselhos e Ordens do Rio Grande do Sul – FOCO/RS. Também estiveram presentes na reunião representantes Conselhos Regionais de Medicina Veterinária, Psicologia, Enfermagem, Medicina Sanitária e da Comissão de Direitos Humanos Sobral Pinto (CDH) da OAB.




Carlos Gomes homenageia Profissionais de Educação Física
05/09/2012
Fonte: Assessoria de Imprensa - Deputado Carlos Gomes

O deputado Carlos Gomes (PRB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa do RS nesta terça-feira (04/09) para lembrar a passagem do Dia do Profissional de Educação Física, celebrada no último sábado, 1º de setembro. “É o momento em que somos chamados a refletir sobre a importância desses profissionais no bem-estar das pessoas e sobre o papel dos agentes públicos para promover a valorização dos trabalhadores, garantir o exercício responsável da Profissão e assegurar que o esporte e a Educação Física sejam direito de todos”, destacou o republicano.

Na tribuna, Carlos Gomes saudou o trabalho do Presidente do Conselho Regional de Educação Física do Rio Grande do Sul (CREF2/RS), Eduardo Merino, e do Presidente da Associação dos Profissionais de Educação Física, Álvaro Laitano. “São entidades associativas importantes na fiscalização, além de cumprirem relevante papel na luta pela inclusão dos profissionais nas unidades do SUS e na construção de projetos de lei”, reconheceu.

O parlamentar solicitou apoio dos colegas para aprovação do PL 245, apresentado por Carlos Gomes no ano passado, que institui a obrigatoriedade, nos concursos públicos do Estado, do registro do candidato nos respectivos conselhos profissionais. Carlos Gomes também defendeu a aprovação do projeto de lei nº 176, de sua autoria, que pretende garantir a inclusão de vagas para profissional de Educação Física em concursos públicos para a área da saúde realizados pelo Estado.