Notícias



Esclarecimento aos profissionais de Educação Física quanto à vacinação contra a COVID-19 no Rio Grande do Sul
Postado em 18/03/2021
Fonte: CREF2/RS

Sobre o Plano Estadual de Vacinação Contra a COVID-19, do Rio Grande do Sul, o CREF2/RS esclarece aos seus profissionais que, segundo a recomendação do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (COSEMS), todos os profissionais da saúde serão imunizados, como ficou expressamente descrito na recomendação sobre a estratificação dos grupos prioritários dos trabalhadores de saúde, emitida no dia 25 de janeiro. Contudo, há um ordenamento de prioridade para a realização desta imunização, o que dependerá do número de doses recebidas e distribuídas pelo Estado.

Segundo a determinação da Comissão Intergestores Bipartite do Rio Grande do Sul (CIB/RS), a distribuição das remessas deverá obedecer a seguinte ordem: povos indígenas aldeados, idosos residentes em Instituição de Longa Permanência e pessoas com deficiência moradoras de Residências Inclusivas. Somente após deverão ser imunizados os trabalhadores da área da saúde.

Para ordenar a aplicação das doses nos profissionais da saúde, a Comissão estabeleceu uma subdivisão desses profissionais em 12 diferentes grupos, estando incluídos os profissionais de Educação Física nos “demais profissionais da saúde”, ou seja, na última fase, exceto, é claro, para os que atuam diretamente com atendimentos em áreas COVID e integram as classificações antecessoras, tendo maior prioridade, segundo consta na Resolução CIB/RS 007/2021.

Diante disso, o Conselho orienta que os profissionais se mantenham vigilantes quanto ao cumprimento dessas determinações estaduais pelos municípios, solicitando informações às Secretarias Estadual e Municipais de Saúde sobre o andamento das imunizações na sua cidade, identificando o momento correto de buscar as Unidades de Saúde e realizar a sua vacinação.

O CREF2/RS segue realizando o acompanhamento da vacinação em todos os municípios do Estado, em especial nas cidades de São Leopoldo e Pelotas, onde houve questionamentos relativos à vacinação de profissionais de Educação Física.

Ambas Prefeituras informaram que passaram a seguir as orientações técnicas constantes no Ofício Nº 234/2021/CGPNI/DEIDT/SVS/MS do Ministério da Saúde, de 11 de março de 2021. O documento aponta uma nova estratificação na vacinação dos profissionais de saúde, em que serão priorizados os trabalhadores de estabelecimentos de assistência, vigilância à saúde, regulação e gestão à saúde, ou seja, trabalhadores que atuam em serviços de saúde como hospitais, clínicas, ambulatórios, unidades básicas de saúde, laboratórios, farmácias, drogarias e outros locais.

Todos os demais trabalhadores serão "contemplados com a vacinação, entretanto a ampliação da cobertura desse público será gradativa, conforme disponibilidade de vacinas e risco de adoecimento do trabalhador em função de sua atividade, ou seja, aqueles que atuam na assistência direta ao paciente terão prioridade".

O ofício ainda destaca que os municípios e estados deverão se ater às suas particularidades, podendo haver diferenciação entre os mesmos, conforme a disponibilidade dos imunizantes.

No site https://coronavirus.rs.gov.br/orientacoes-vacinacao-covid-19, estão sendo publicados documentos oficiais sobre o tema. Você pode acessar, por lá, o Plano Estadual de Vacinação, a Nota Técnica sobre Grupos Prioritários e a Recomendação Técnica sobre a Estratificação dos Grupos Prioritários dos Trabalhadores de Saúde, entre outros informes.


vacinação covid-19