Notícias




Data Inicial:
(dd/mm/aaaa)  

Data Final:
(dd/mm/aaaa)  
Título:
Palavras na Notícia:



CREF2/RS participa do anúncio oficial do Comitê de Revezamento da Tocha Olímpica
30/03/2016
Fonte: CREF2/RS

A presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) esteve presente no dia 29, no Palácio Piratini, onde assistiu ao anúncio oficial do Comitê de Revezamento da Tocha Olímpica no Rio Grande do Sul. A cerimônia contou com a presença do governador do estado José Ivo Sartori, do diretor de operações da Rio 2016, Marco Aurélio Vieira, do secretário do Turismo, Esporte e Lazer, Juvir Costella, prefeitos e representantes do Ministério do Esporte, além de dezenas de atletas.

A Tocha Olímpica chega ao Rio Grande do Sul no dia 3 de julho e permanece até o dia 9. O símbolo máximo dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos passará por 28 municípios gaúchos. As cidades de Santa Maria, Pelotas, Caxias do Sul, Porto Alegre e Passo Fundo são as chamadas “Cidades de Celebração”, onde a chama vai pernoitar, após eventos turísticos locais.

O circuito oficial do deslocamento passará por Erechim, Passo Fundo, São Miguel das Missões, Santo Ângelo, Ijuí, Cruz Alta, Encantado, Lajeado, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, São Sepé, Caçapava do Sul, Canguçu, Rio Grande, Pelotas, São Lourenço do Sul, Camaquã, Guaíba, Porto Alegre, Canoas, Esteio, Novo Hamburgo, Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Torres.

Olimpíadas 2016



CREF2/RS presente no anúncio do roteiro da tocha olímpica no Estado
03/11/2015
Fonte: CREF2/RS

A presidente do CREF2/RS, Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), esteve presente no Salão Negrinho do Pastoreio do Palácio Piratini no dia 29, ocasião em que foi anunciado o trajeto pelo qual a tocha olímpica percorrerá o Rio Grande do Sul em 2016. O revezamento passará por mais de 20 cidades gaúchas. A cerimônia contou com a presença do ministro do Esporte, George Hilton, do governador do Estado, José Ivo Sartori, do prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, além de dezenas de atletas e dirigentes esportivos.

Em seu discurso, o ministro George Hilton afirmou que o grande legado das Olimpíadas para o Brasil será consolidar a prática de esportes, gerando saúde pública e propondo inclusão social. “Além dos jogos, estamos preparando a nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), que conterá a obrigatoriedade da Educação Física em todos os níveis escolares”, declarou.

Segundo a presidente do CREF2/RS, a tocha olímpica, além da importância simbólica para os desportistas, mobilizará as comunidades por onde passar. “Este tipo de comprometimento tem o poder de agregar os brasileiros e deixar grandes legados”. Carmen também comemorou a fala do ministro relativa à Educação Física escolar. “Esta é uma bandeira de luta do Conselho e achamos uma sinalização positiva. Oxalá ele consiga implementar este programa".

Acesa em Olímpia, onde os Jogos surgiram na Grécia antiga, a tocha passará por vários lugares do mundo até chegar ao Rio de Janeiro em 5 de agosto de 2016, no estádio do Maracanã. No Rio Grande do Sul ela chega em julho, cerca de um mês antes do início dos Jogos. A chama passará por Erechim, Passo Fundo, Cruz Alta, Ijuí, Santo Ângelo, Encantado, Lajeado, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, São Sepé, Caçapava do Sul, Canguçu, Rio Grande, Pelotas, São Lourenço do Sul, Camaquã, Guaíba, Porto Alegre, Canoas (a confirmar), Esteio (a confirmar), Novo Hamburgo, Nova Petrópolis, Canela, Gramado, Caxias, Bento Gonçalves e Torres. No total, 330 cidades brasileiras receberão a tocha.

Olimpíadas 2016