Notícias




Data Inicial:
(dd/mm/aaaa)  

Data Final:
(dd/mm/aaaa)  
Título:
Palavras na Notícia:



Comissões do CREF2/RS são reformuladas e retomam atividades em março
Postado em 29/03/2022
Fonte: CREF2/RS

As seis Comissões Permanentes do CREF2/RS, que forma reformuladas com a chegada dos novos conselheiros, voltaram a se reunir neste mês, no intuito de retomar as suas atividades. Os grupos de trabalham, que discutem e deliberam sobre os mais variados assuntos relacionados ao Conselho e à prática profissional, são segmentados de acordo com as temáticas Controle e Finanças, Ética Profissional, Orientação e Fiscalização, Legislação e Normas, Ensino Superior e Preparação Profissional e Educação Física Escolar.

De acordo com o presidente Alessandro Gamboa (CREF 001534-G/RS), as Comissões desempenham um papel fundamental e são de grande importância para as deliberações da Plenária e da Diretoria. “No Conselho, lidamos com assuntos muito específicos quem dizem respeito à profissão, que demandam um conhecimento técnico elevado e muito para a sua análise. O assessoramento feito pelas Comissões é o que nos dá a base para todas decisões que são tomadas”, avalia.

As Comissões são órgãos de consultoria da Presidência, da Diretoria e da Plenária do CREF2/RS, às quais compete analisar, instruir e emitir pareceres referentes aos assuntos relacionados às suas áreas de atuação. O trabalho das Comissões conta com o suporte da assessora de Câmaras Flávia Argenta. São elas:

Comissão de Controle e Finanças:



Presidente: Carlos Castilhos (CREF 000877-G/RS)
Secretário: Alessandro Gonçalves (CREF 005863-G/RS)
Dayan Lazzaretti (CREF 006852-G/RS)
Ninon Leal (CREF 001350-G/RS)
Sônia Waengertner (CREF 007781-G/RS)



Comissão de Ética Profissional:



Presidente: Felipe Martinez (CREF 003930-G/RS)
Secretária: Eliana Flores (CREF 002649-G/RS)
Celso Cardoso (CREF 004863-G/RS)
Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS)






Comissão de Orientação e Fiscalização:



Presidente: Carla Pretto (CREF 006564-G/RS)
Secretário: Kim Samuel (CREF 007425-G/RS)
Alexandre de Oliveira (CREF 000836-G/RS)
Carlos Castilhos (CREF 000877-G/RS)
Luciane Citadin (CREF 003952-G/RS)


Comissão de Legislação e Normas:



Presidente: Felipe Martinez (CREF 003930-G/RS)
Secretário: Carlos Castilhos (CREF 000877-G/RS)
Alessandro Gonçalves (CREF 005863-G/RS)
Alexandre de Oliveira (CREF 000836-G/RS)
Luciane Paz (CREF 003952-G/RS)







Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional:



Presidente: Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS)
Secretário: André Lopes (CREF 008061-G/RS)
Alessandra da Veiga (CREF 003814-G/RS)
Helena D'Azevedo (CREF 001069-G/RS)
Mauro Amâncio da Silva (CREF 001366-G/RS)



Comissão de Educação Física Escolar:



Presidente: Ninon Leal (CREF 001350-G/RS)
Secretária: Jeane Cazelato (CREF 000003-G/RS)
Kim Samuel (CREF 007425-G/RS)
Renata Schaefer (CREF 023977-G/RS)
Sônia Waengertner CREF 007781-G/RS)




X Fórum dos Coordenadores discute Resolução CNE/CES nº 6/2018
Postado em 25/10/2021
Fonte: CREF2/RS

O X Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul, organizado pela Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, foi realizado na última sexta-feira, dia 22 de outubro. O evento, totalmente virtual, contou com a palestra “As novas diretrizes da Educação Física: avançando nas respostas para a implementação da Resolução CNE/CES nº 6/2018”, proferida pela professora e pesquisadora Iguatemy Martins (CREF 000001-G/PB), ex-conselheira do CONFEF e docente da Universidade Católica de Brasília.

O Fórum dos Coordenadores, realizado desde 2010 pelo CREF2/RS em diversas instituições da capital e do interior do Estado, já trouxe para a discussão temas como a evasão escolar, as especialidades profissionais, o uso da tecnologia e o mercado de trabalho. O evento é considerado o principal canal de diálogo entre os coordenadores sobre o futuro da profissão e sobre a formação profissional.

Na abertura do evento, o presidente da Comissão Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) afirmou que existe preocupação entre os coordenadores de curso de que a diminuição da carga horária proposta na Resolução CNE/CES nº 6/2018 provoque a retração na oferta de empregos entre os professores, além da perda de conexão entre os cursos de licenciatura e bacharelado.

Iguatemy iniciou sua fala saudando a preocupação dos coordenadores para que se dê a transição de uma resolução para outra da melhor forma possível, trazendo uma melhoria na formação dos futuros profissionais. “Na minha concepção, existe uma melhora de conteúdo na nova resolução. Um ponto fundamental é a integração entre a licenciatura e o bacharelado e, ao mesmo tempo, a proposta de se trabalhar especificidades dessas duas formações".

"Mas ser uma profissão da saúde também traz algumas implicações. Uma delas é que seremos avaliados pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) para obter autorização de funcionamento". explica. Portanto, afirma a pesquisadora, é necessária a contemplação nos currículos daquilo que ficou definido nas resoluções do CNS. "Uma das diretrizes do Conselho é a incorporação dos fundamentos do SUS dentro da nossa formação".

Outros pontos elencados pela professora foram a integração entre os cursos de bacharelado e licenciatura e a especificidade da Educação Física escolar nos anos iniciais da educação. "Isso dá o rosto de cada uma das nossas intervenções" afirma. Segundo a professora, a resolução também traz algumas inovações, como o processo ensino-aprendizagem, valorizando as vivências e cenários de práticas diversificados.

Iguatemy explica que a Resolução CNE/CES nº 6/2018 definiu 3200 horas para a formação, o que não difere em nada da outra resolução. “O que muda fundamentalmente é a entrada única, com os dois anos de etapa comum e posteriormente a abertura para duas formações distintas, que podem ser complementares. A noção de que a licenciatura tem importante papel no magistério ficou explícito nesta resolução". Também ficaram definidos 640 horas para estágio e 320 horas para estudos integradores. “O parecer que dá suporte à resolução, ao falar do bacharelado, afirma que o curso forma profissionais na área da saúde habilitados a assegurar a integralidade do atendimento prestados aos indivíduos famílias e comunidades. Isso é um princípio basicamente dos SUS", explica.

Porém, ressalta Iguatemy, a nova resolução nasce em um cenário desfavorável. Ela explica que 75% das instituições privadas têm seus cursos de licenciatura em EAD, sendo que existe um universo de 30% de cursos de licenciatura e 70% de bacharelado. "Todos os cursos da licenciatura estão diminuindo carga horária, além de enfrentarmos uma realidade de falta de recursos e violência nas escolas públicas, além de uma lógica de mercado nas instituições privadas. Portanto, para revertermos este quadro temos que lutar coletivamente. Os problemas de um país continental como o Brasil não serão resolvidos a partir de uma resolução. A implementação da Resolução nº 6/2018 é um desafio, como qualquer documento finalizado há pouco tempo. É imprescindível darmos este salto de qualidade".

O X Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul contou com a participação de cerca de 40 coordenadores dos mais variados cursos de Educação Física do Estado, que realizaram uma profícua discussão com a palestrante, trazendo o aporte das singularidades de suas realidades educacionais.

Você pode acessar o documento, publicado no Diário Oficial da União, aqui.




X Fórum dos Coordenadores discute Resolução CNE/CES nº 6/2018
Postado em 25/10/2021
Fonte: CREF2/RS

O X Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul, organizado pela Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, foi realizado na última sexta-feira, dia 22 de outubro. O evento, totalmente virtual, contou com a palestra “As novas diretrizes da Educação Física: avançando nas respostas para a implementação da Resolução CNE/CES nº 6/2018”, proferida pela professora e pesquisadora Iguatemy Martins (CREF 000001-G/PB), ex-conselheira do CONFEF e docente da Universidade Católica de Brasília.

O Fórum dos Coordenadores, realizado desde 2010 pelo CREF2/RS em diversas instituições da capital e do interior do Estado, já trouxe para a discussão temas como a evasão escolar, as especialidades profissionais, o uso da tecnologia e o mercado de trabalho. O evento é considerado o principal canal de diálogo entre os coordenadores sobre o futuro da profissão e sobre a formação profissional.

Na abertura do evento, o presidente da Comissão Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) afirmou que existe preocupação entre os coordenadores de curso de que a diminuição da carga horária proposta na Resolução CNE/CES nº 6/2018 provoque a retração na oferta de empregos entre os professores, além da perda de conexão entre os cursos de licenciatura e bacharelado.

Iguatemy iniciou sua fala saudando a preocupação dos coordenadores para que se dê a transição de uma resolução para outra da melhor forma possível, trazendo uma melhoria na formação dos futuros profissionais. “Na minha concepção, existe uma melhora de conteúdo na nova resolução. Um ponto fundamental é a integração entre a licenciatura e o bacharelado e, ao mesmo tempo, a proposta de se trabalhar especificidades dessas duas formações".

"Mas ser uma profissão da saúde também traz algumas implicações. Uma delas é que seremos avaliados pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) para obter autorização de funcionamento". avalia. Portanto, afirma a pesquisadora, é necessária a contemplação nos currículos daquilo que ficou definido nas resoluções do CNS. "Uma das diretrizes do Conselho é a incorporação dos fundamentos do SUS dentro da nossa formação".

Outros pontos elencados pela professora foram a integração entre os cursos de bacharelado e licenciatura e a especificidade da Educação Física escolar nos anos iniciais da educação. "Isso dá o rosto de cada uma das nossas intervenções" afirma. Segundo a professora, a resolução também traz algumas inovações, como o processo ensino-aprendizagem, valorizando as vivências e cenários de práticas diversificados.

Iguatemy explica que a Resolução CNE/CES nº 6/2018 definiu 3200 horas para a formação, o que não difere em nada da outra resolução. “O que muda fundamentalmente é a entrada única, com os dois anos de etapa comum e posteriormente a abertura para duas formações distintas, que podem ser complementares. A noção de que a licenciatura tem importante papel no magistério ficou explícito nesta resolução". Também ficaram definidos 640 horas para estágio e 320 horas para estudos integradores. “O parecer que dá suporte à resolução, ao falar do bacharelado, afirma que o curso forma profissionais na área da saúde habilitados a assegurar a integralidade do atendimento prestados aos indivíduos famílias e comunidades. Isso é um princípio basicamente dos SUS", explica.

Porém, ressalta Iguatemy, a nova resolução nasce em um cenário desfavorável. Ela explica que 75% das instituições privadas têm seus cursos de licenciatura em EAD, sendo que existe um universo de 30% de cursos de licenciatura e 70% de bacharelado. "Todos os cursos da licenciatura estão diminuindo carga horária, além de enfrentarmos uma realidade de falta de recursos e violência nas escolas públicas, além de uma lógica de mercado nas instituições privadas. Portanto, para revertermos este quadro temos que lutar coletivamente. Os problemas de país continental como o Brasil não serão resolvidos a partir de uma resolução. A implementação da Resolução nº 6/2018 é um desafio, como qualquer documento finalizado há pouco tempo. É imprescindível darmos este salto de qualidade.

O X Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul contou com a participação de cerca de 40 coordenadores dos mais variados cursos de Educação Física do Estado, que realizaram uma profíqua discussão com a palestrante, trazendo o aporte das singularidades de suas realidades educacionais.

Você pode acessar o documento, publicado no Diário Oficial da União, aqui.




CREF2/RS realiza X Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física nesta sexta-feira
Postado em 18/10/2021
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS vai promover nesta sexta-feira, dia 22 de outubro, o X Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul. O evento, realizado mais uma vez de maneira por conta da pandemia, contará com a palestra de Iguatemy Martins (CREF 000001-G/PB), ex-conselheira do CONFEF e docente da Universidade Católica de Brasília. A participação é exclusiva para os coordenadores e para os professores dos cursos de graduação.

Com o título “As novas diretrizes da Educação Física: avançando nas respostas para a implementação da Resolução nº 6CNE/CES/2018”, esta edição do Fórum proporcionará mais um ambiente para o debate e para a troca de experiências, assim como para o esclarecimento de dúvidas sobre o tema. A Resolução nº 6CNE/CES/2018, publicada pelo Ministério da Saúde, alterou a carga horária do curso de Educação Física e mudou a forma de ingresso à graduação, não mais dividida em Licenciatura e Bacharelado desde o primeiro semestre. Você pode acessar o documento, publicado no Diário Oficial da União, aqui.

O Fórum dos Coordenadores, realizado desde 2010 pelo CREF2/RS em diversas instituições da capital e do interior do Estado, já trouxe para a discussão temas como a evasão escolar, as especialidades profissionais, o uso da tecnologia e o mercado de trabalho. O evento é considerado o principal canal de diálogo entre os coordenadores sobre o futuro da profissão e sobre a formação profissional.

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS é composta por Any Mery Lunardi (CREF 001765-G/RS), Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), Helena D’Azevedo (CREF 001069-G/RS), Leonardo Rosa (CREF 006576-G/RS) e Marcelo Sant’Anna (CREF 003530-G/RS).

Conheça a palestrante:
Iguatemy é mestre em Educação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e doutora em ciências do Desporto pela Universidade do Porto. Professora aposentada do curso de Educação Física da UFPB, foi coordenadora geral de Programas de Graduação e diretora do Departamento de Modernização e Programas da Educação Superior do MEC. Também atuou como conselheira federal e como presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CONFEF. Atualmente é docente da Universidade Católica de Brasília.




CREF2/RS realiza debate sobre mercado de trabalho direcionado a professores e coordenadores de curso
Postado em 10/12/2020
Fonte: CREF2/RS

Profissional do CREF2/RS vai promover o debate online "Mercado de trabalho: desafios do mundo pós-pandemia". O evento, gratuito e realizado através da plataforma Google Meet, será direcionando apenas aos coordenadores e aos professores dos cursos de Educação Física do Rio Grande do Sul.

A atividade contará com a participação do conselheiro federal do CONFEF Francisco Pitanga (CREF 000108-G/BA), da presidente da APEF-RS Luciane Citadin (CREF 000100-G/RS) e do presidente do SINPEF/RS Ubirajara Brites (CREF 000416-G/RS). A mediação vai ser da conselheira do CREF2/RS Débora Garcia (CREF 002202-G/RS).

Debate online: Mercado de trabalho: desafios do mundo pós-pandemia
Data e horário: 11 de dezembro, sexta-feira, a partir das 14h
Local: Google Meet
Inscrições: Apenas para professores e coordenadores
Mais informações pelo telefone: (51) 99360-9910
Organização: Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS




CREF2/RS promove palestra sobre BNCC com mais de 100 participantes
Postado em 06/10/2020
Fonte: CREF2/RS

No dia 2 de outubro, a Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS promoveu a palestra online "A BNCC e as novas diretrizes curriculares para a Educação Física", proferida pelo vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da UNIJUÍ, Dr. Fernando González. Cerca de 100 professores e coordenadores de cursos participaram do evento, realizando um debate profícuo sobre a Base Nacional Comum Curricular, a fim de garantir o conjunto de aprendizagens essenciais aos estudantes brasileiros.

Gonzáles explicou que organizara sua apresentação em perguntas, com a contribuição de docentes, como meio de conduzir as discussões sobre a BNCC. A primeira delas, disse Fernando, é a “Localização da BNCC no campo da teoria”, que se localiza no campo dos debates sobre currículos. Em relação à segunda pergunta, “BNCC no posicionamento em relação às discriminações”, o professor crê que ficou aquém às duas primeiras. Fernando relata que a tensão política era enorme do momento, e o documento realizado perdeu força neste sentido.

A terceira pergunta versa se “Ainda entre o Não Mais e o Ainda Não: pensando saídas do não lugar da Educação Física Escolar 1 e 2”. Na oportunidade, relata Fernando, foi defendida a tese de que a Educação Física estava situada pedagogicamente em uma espécie de “limbo”, na medida em que os professores e a comunidade acadêmica "não mais" a identificavam como uma prática restrita treinamento e ao rendimento esportivo. “Embora, por outro lado, "ainda não" a viam consolidada enquanto um componente curricular da área das linguagens e com enfoque teórico na cultura corporal”.

O quarto questionamento indaga se a “A BNCC pode mudar as práticas escolares?”. Fernando verificou que, passados 23 anos de sua vigência, estes não conseguiram levar para dentro das escolas as lutas e as danças. Gonzáles ressalta que houve algo muito interessante em relação às danças e às lutas. “Porque quando se fez a consulta nacional em relação aos objetivos da Educação Física, as que tiveram menor porcentagem foram as lutas e os esportes na natureza, ficando a dança em terceiro lugar. Se a BNCC for objeto estudo, se abre a pertinência, ou não, da possibilidade do ensino das lutas e as danças”, avalia.

Mas a BNCC, prossegue Fernando, traz uma grande novidade em descontextualizar a cultura esportiva, que é muito dissonante das organizações esportivas mundiais das Federações Esportivas. Por fim, Fernando questionou se os professores de IES, principalmente de Licenciatura, terão obrigatoriamente de se debruçar na BNCC para o desenvolvimento das competências superestimadas na mesma. "Competências estas que eles mesmos não dominam na sua integridade. Aliás, quem tem atualmente as competências previstas na BNCC na Educação Física?".




CREF2/RS realiza palestra sobre o BNCC direcionada a professores e coordenadores de curso
Postado em 01/10/2020
Fonte: CREF2/RS

Amanhã, sexta-feira, dia 2 de outubro, a partir das 17h, a Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS promoverá a palestra online "A BNCC e as novas diretrizes curriculares para a Educação Física", proferida pelo vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da UNIJUÍ, Dr. Fernando González. O evento, gratuito e realizado pelo Google Meet, será direcionando apenas aos coordenadores e professores dos cursos de Educação Física do Rio Grande do Sul.

A Base Nacional Comum Curricular é uma ferramenta com diretrizes que têm o objetivo de garantir o conjunto de aprendizagens essenciais aos estudantes brasileiros, seu desenvolvimento integral por meio de competências gerais para a educação básica, apoiando as escolhas necessárias para a concretização dos seus projetos de vida e a continuidade dos estudos.

Palestra - A BNCC e as novas diretrizes curriculares para a Educação Física

Data: sexta-feira, 2 de outubro, às 17h Local: Google Meet
Inscrições: Apenas para professores e coordenadores
Contato: (51) 3288-0200
Organização: Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS




CREF2/RS realiza palestra sobre o BNCC direcionada a professores e coordenadores de curso
Postado em 01/10/2020
Fonte: CREF2/RS

Amanhã, sexta-feira, dia 2 de outubro, a partir das 17h, a Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS promoverá a palestra online "A BNCC e as novas diretrizes curriculares para a Educação Física", proferida pelo vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da UNIJUÍ, Dr. Fernando González. O evento, gratuito e realizado pelo Google Meet, será direcionando apenas aos coordenadores e professores dos cursos de Educação Física do Rio Grande do Sul.

A Base Nacional Comum Curricular é uma ferramenta com diretrizes que têm o objetivo de garantir o conjunto de aprendizagens essenciais aos estudantes brasileiros, seu desenvolvimento integral por meio de competências gerais para a educação básica, apoiando as escolhas necessárias para a concretização dos seus projetos de vida e a continuidade dos estudos.

Palestra - A BNCC e as novas diretrizes curriculares para a Educação Física

Data: sexta-feira, 2 de outubro, às 17h Local: Google Meet
Inscrições: Apenas para professores e coordenadores
Contato: (51) 3288-0200 Organização: Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS




Comissão de Ensino Superior faz reunião com 14 coordenadores de cursos de Educação Física
Postado em 26/08/2019
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS reuniu-se na última sexta-feira, 23 de agosto, com 14 coordenadores de cursos de Educação Física. No encontro, foram debatidas adequações às Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Educação Física, publicadas na Resolução nº 6/2018 pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). Este é o novo marco legal da formação em Educação Física, estabelecendo o ano de 2020 como prazo final para que os cursos adaptem os seus projetos pedagógicos aos preceitos da resolução.

Durante a reunião, entendeu-se que as Diretrizes não favorecem nem a integração com a área da saúde, nem o entrosamento com a área de formação dos professores. Os coordenadores também observaram que os quatro semestres iniciais com entrada única devem ser revogados ou flexibilizados. Como solução, foi sugerido que os cursos mantenham o atual sistema de escolha pelos alunos, entre Licenciatura e Bacharelado, e que o núcleo comum permaneça durante toda a graduação. Outra proposta foi a redistribuição das cargas horárias do estágio incluindo a pesquisa.

Débora Garcia (CREF 002202-G/RS), presidente da Comissão, destacou o grande número de instituições que compareceram à reunião. "Isto dá um peso maior às sugestões de mudanças das Diretrizes, que serão encaminhados à Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do Conselho Federal”, explicou.




Reunião entre Comissões e Câmaras do CREF2/RS propõe ações na área da saúde para 2020
Postado em 02/07/2019
Fonte: CREF2/RS

Na última sexta-feira, dia 28 de junho, ocorreu uma reunião na sede do CREF2/RS envolvendo as Comissões de Atividade Física e Saúde, de Educação Física Escolar e de Ensino Superior e Preparação Profissional, bem como as Câmaras Técnicas de Esporte, de Corrida de Rua, de Ginástica Coletiva, Ritmos e Treinamento Funcional, além de um membro da diretoria do Conselho. A pauta foi a criação de ações integradas de saúde envolvendo os profissionais de Educação Física e as comunidades.

Segundo o presidente da Comissão de Atividade Física e Saúde Clery de Lima (CREF 000297-G/RS), a ideia é criar um grupo integrado das Comissões do CREF2/RS relacionadas à saúde para estruturar uma série de ações em 2020 que, simultaneamente, deem visibilidade ao Conselho e atendam aos profissionais de Educação Física e à população. “Definimos que serão elencadas ações em três eixos principais: Saúde na Escola, Saúde no Esporte e Saúde na Academia”, explicou. O Conselheiro ressalvou que a proposta ainda será encaminhada à Diretoria do CREF2/RS para posteriormente ser aprovada em Plenária.

Além do presidente Lima, participaram da reunião o presidente da Câmara Técnica de Esporte Eduardo Merino (CREF 009943/GRS), a presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional Débora Garcia (CREF 002202/GRS), o conselheiro Leomar Tesche (CREF 000129/GRS), o 1º tesoureiro do CREF2/RS Alessandro Gonçalves (CREF 005863-G/RS), a presidente da Câmara Técnica de Corrida de Rua Cláudia Lucchese (CREF 002358-G/RS), a presidente da Comissão de Educação Física Escolar Miryan Brauch (CREF 006834-G/RS) e a presidente da Câmara Técnica de Ginástica Coletiva, Ritmos e Treinamento Funcional Ninon Leal (CREF 001350-G/RS).




Fórum dos Coordenadores reúne representantes de 23 instituições de ensino
Postado em 20/05/2019
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS realizou no último sábado, dia 18 de maio, o VIII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul. O evento, que ocorreu na Escola de Ciências da Saúde da PUCRS, reuniu 23 representantes de instituições de ensino de todo o Estado para debater assuntos relacionados às Diretrizes Curriculares Nacionais, ao mercado de trabalho e às especialidades profissionais.

O discurso de abertura do evento foi feito pelo presidente do CREF2/RS José Edgar Meurer (CREF 001953-G/RS), que agradeceu a presença de todos os participantes. “O Fórum, que está chegando à sua oitava edição, surgiu com a demanda de discutir temas importantes para o dia a dia das faculdades. Hoje ele também contribui para a solidificação do profissional de Educação Física em todas as suas possíveis áreas de atuação”, frisou.

Palestras

Dividido em dois momentos, o VIII Fórum dos Coordenadores teve as suas apresentações conduzidas pelo conselheiro federal e presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CONFEF Wagner Gomes (CREF 000035-G/RJ). Na parte da manhã, o debate ficou em torno das Diretrizes Curriculares Nacionais em Educação Física e dos questionamentos recebidos pelo Sistema CONFEF/CREFs sobre o assunto. Os coordenadores puderam tirar dúvidas sobre a forma de ingresso, a estrutura básica do currículo, a carga horária, o projeto pedagógico e sobre os estágios obrigatórios.

Já na segunda palestra, ministrada na parte da tarde, Gomes deu destaque ao mercado de trabalho e às especialidades profissionais. “A definição delas é importante para que se crie referências para a certificação de competências para o exercício profissional especializado, favorecendo a estruturação organizacional da nossa categoria”, salientou. O palestrante também mencionou que as especialidades – trabalhadas no âmbito das instituições de ensino – ainda contribuem com o atendimento que é feito à sociedade. “Elas aprofundam conhecimentos, técnicas e habilidades, agregando conteúdos específicos para a prática”, explicou.

O VIII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul encerrou com uma roda de conversa entre os representantes das instituições de ensino e foi considerado extremamente positivo pelos membros da Comissão do CREF2/RS. “A troca de experiências, muitas vezes entre faculdades que estão distantes, mas que passam pelos mesmos problemas, é sempre muito construtiva”, finalizou o palestrante. A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional, nos próximos meses, voltará a se encontrar com os coordenadores para aprofundar as questões trabalhadas no Fórum e outros assuntos, como a qualidade dos cursos EAD na área.




CREF2/RS realiza VIII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física neste sábado
Postado em 15/05/2019
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS irá realizar neste sábado, dia 18 de maio, o VIII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul. O evento, sediado desta vez na Escola de Ciências da Saúde da PUCRS, vai trazer para debate assuntos como as novas diretrizes curriculares em Educação Física, o mercado de trabalho, as especialidades profissionais e o futuro da formação no Brasil.

Com cerca de 35 participantes confirmados até o momento, representando as mais diferentes Instituições de Ensino Superior da capital e também do interior, o VIII Fórum dos Coordenadores de Curso terá como palestrante o conselheiro federal e presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CONFEF Wagner Gomes (CREF 000035-G/RJ).

A Comissão é composta pelos conselheiros Any Mery Lunardi (CREF 001765-G/RS), Débora Garcia (CREF 002202-G/RS), Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) e Leomar Tesche (CREF 000129-G/RS) e pela profissional Helena D’Azevedo (CREF 001069-G/RS). A inscrição no evento é gratuita e exclusiva para coordenadores de curso de Educação Física e/ou seus docentes representantes.

VIII Fórum dos Coordenadores do Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul
Data e horário: 18 de maio, sábado, das 9h às 18h
Local: Escola de Ciências da Saúde da PUCRS – Prédio 81 – Sala 705
Endereço: Avenida Ipiranga, 6681 – Jardim Botânico
Inscrição gratuita e exclusiva para coordenadores de curso de Educação Física




Comissão de Ensino Superior responde dúvidas sobre as novas Diretrizes Curriculares Nacionais
Postado em 01/04/2019
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS realizou sua reunião mensal na última sexta-feira, dia 29 de março, na sede do Conselho. Estiveram presentes Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), Débora Garcia (CREF 001069-G/RS), Any Mery Lunardi (CREF 001765-G/RS) e Helena D’Azevedo. Durante os trabalhos, foram analisados e respondidos os questionamentos enviados por e-mail pelos coordenadores de curso relativos às novas Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de graduação em Educação Física.

Entre as várias perguntas encaminhadas pelas Instituições de Ensino Superior, havia dúvidas relativas, por exemplo, se a universidade deveria ofertar Licenciatura na metade do curso, caso a maioria dos estudantes optasse pelo Bacharelado. Segundo a Comissão, a responsabilidade de ofertar cabe a cada instituição e as adequações acontecerão conforme as necessidades. Outro esclarecimento solicitado pelos coordenadores se referia a necessidade de haver um único projeto pedagógico para Licenciatura e Bacharelado. O projeto, no entendimento da Comissão, necessita disponibilizar um núcleo comum (1.600 horas) e uma parte específica (também de 1.600 horas), e que as disciplinas comuns não deverão ultrapassar o quarto semestre.




CREF2/RS participa de formatura na Faculdade Sogipa
Postado em 19/02/2019
Fonte: CREF2/RS

Na última sexta-feira, dia 15 de fevereiro, a Conselheira do CREF2/RS Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS), participou da formatura do curso de bacharelado na Faculdade Sogipa (FACSOGIPA). A cerimônia contou com a presença de 33 recém-graduados, tendo sido feita a entrega da Cédula de Identidade Profissional (CIP) aos formandos.

Um dos destaques da formatura foi a formatura em bacharelado do provisionado em Judô Roberson Silva dos Passos (CREF 16304-G/RS). Após a cerimônia, a Cédula de Identidade Profissional foi entregue ao profissional de Educação Física pela Conselheira Débora Rios Garcia. Apesar de já possuir o registro de provisionado junto ao CREF2/RS, Roberson optou por cursar a faculdade de Educação Física por achar necessário agregar conhecimento científico a grande experiência prática adquirida no esporte desde 1992.

De acordo com a Conselheira e presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional Débora Garcia, a presença do Conselho nas formaturas busca a aproximação com recém-formandos, esclarecendo o papel do CREF2/RS na defesa dos interesses da sociedade em relação aos serviços prestados pelo profissional de Educação Física.




Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional organiza o VIII Fórum dos Coordenadores
Postado em 20/11/2018
Fonte: CREF2/RS

Os membros da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS reuniram-se na tarde da última sexta-feira, 16 de novembro. O encontro ocorreu por meio de teleconferência, realizada a partir da sede do Conselho devido à atividade docente de parte dos seus membros. O principal assunto da pauta foi a organização do VIII Fórum dos Coordenadores, que ocorrerá no dia 13 de abril de 2019, das 9h às 18h, no município de Torres. O evento acontece concomitantemente ao 45º ENAPEF. Participaram da reunião de planejamento a presidente da Comissão Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS), os membros da comissão Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) e Leomar Tesche (CREF 000129-G/RS), além da secretária da Comissão, Any Mery Lunardi (CREF 001765-G/RS).

O VIII Fórum terá dois eixos principais que serão objeto de análise dos participantes. Para fomentar a discussão, estão previstas a realização de duas palestras sobre os temas propostos. O primeiro tópico examinará as especialidades profissionais em Educação Física, cursos que o CONFEF já normatizou em sua resolução nº 255/2013, definindo-os como instrumentos relevantes para o aprofundamento dos conhecimentos e das técnicas próprios das várias intervenções profissionais que a Educação Física demanda. Além disto, o Conselho publicou até o presente momento 16 resoluções com especificações para cada curso de pós-graduação requerido. A segunda palestra abordará o futuro da formação profissional no Brasil frente as mudanças aplicadas pelo governo federal na Lei de Diretrizes e Bases (LDB). O debate visa ponderar, analisar e propor soluções aos possíveis impactos destas alterações no desenvolvimento da Educação Física, tanto no campo teórico como na prática profissional no país.




Reunião com coordenadores de cursos de Educação Física teve palestra de conselheira do CONFEF
Postado em 16/04/2018
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS realizou uma reunião com 20 coordenadores e diretores de cursos de Educação Física durante a 44ª edição do ENAPEF, no dia 7 de abril, em Torres. Durante o encontro, a conselheira Federal Iguatemy Martins (CREF 000001-G/PB) realizou a palestra “Formação Superior em Educação Física: Estágio atual e Perspectivas”. Ela relatou que o Brasil tem cerca de 6,6 milhões de estudantes no ensino superior com cursos presenciais e 1 milhão e meio em cursos a distância, e fez um apanhado geral de resoluções como as DCNs, EaD Graduação em Saúde até a Regulação, Supervisão e Avaliação das Instituições e dos cursos de graduação e pós-graduação no Sistema Federal de Ensino.

De acordo com a presidente da Comissão de Ensino Superior do CREF2/RS Débora Garcia (CREF 002202-G/RS), a reunião foi um sucesso. “Conseguimos reunir faculdades e universidades privadas e federais.” Segundo Débora, os coordenadores e diretores solicitaram que as reuniões fossem anuais, pois sentem necessidade de trocar ideias e experiências com outros coordenadores.




Coordenadores e diretores de cursos de Educação Física se reúnem no 44º ENAPEF
Postado em 19/03/2018
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS realizará uma Reunião de Coordenadores e Diretores de Cursos de Educação Física durante a 44ª edição do ENAPEF no dia 7 de abril, em Torres, logo após término do 7º Fórum Escolar. Entre os objetivos propostos, estão a promoção, a integração, a discussão e a atualização de temas relativos à formação profissional em Educação Física. Os coordenadores e diretores de cursos, ou seus representantes, podem confirmar presença até dia 27 de março exclusivamente pelo e-mail eventos@crefrs.org.br

A Reunião terá início com uma recepção das 17h30min as 18h, sendo seguida da palestra “Formação Superior em Educação Física: Estágio atual e Perspectivas”, ministrada pela professora Iguatemy Lucena Martins (CREF 000001-G/PB). Iguatemy possui mestrado em Educação pela Universidade Federal da Paraíba e doutorado em Ciências do Desporto pela Universidade do Porto. É professora-associada da Universidade Federal da Paraíba e vice-presidente do CONFEF. Atua nas áreas de gestão do Ensino Superior, Ensino de Graduação e formação profissional em Educação Física.

Reunião de Coordenadores e Diretores de Cursos de Educação Física

Data: 7 de abril, sábado (após o 7º Fórum Escolar)
Local: Clube Capesca - Rua Joaquim Pôrto, 461 - Torres/RS
Realização: Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS

Programação:

17h30min às 18h - Recepção
18h às 19h30min- Palestra: “Formação Superior em Educação Física: Estágio atual e Perspectivas”, com a professora Iguatemy Lucena Martins (CREF 000001-G/PB)
20h – Encerramento




Comissão de Ensino Superior faz sua reunião mensal
Postado em 01/02/2018
Fonte: CREF2/RS

Os membros da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS realizaram nesta quinta-feira, 1º de fevereiro, sua reunião mensal. O principal assunto da pauta foi o Encontro de Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul, a ser realizado no dia 7 de abril em Torres. Participaram da reunião a presidente da Comissão Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS) e os conselheiros Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), Carlos Ernani Olendzki de Macedo (CREF2/RS 001262) e Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS).




Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física reúne representantes de 30 instituições de ensino
Postado em 29/05/2017
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS realizou, nos dias 26 e 27 de maio, o VII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do Rio Grande do Sul. O evento, que ocorreu pela primeira vez na FADERGS, em Porto Alegre, reuniu cerca de 30 representantes de instituições de ensino de todo o Estado, para debater assuntos relacionados ao estágio e à fiscalização, bem como ao empreendedorismo e à educação a distância.

A abertura do evento, que contou com a presença do presidente do CONFEF Jorge Steinhilber (CREF 000002-G/RJ), foi feita pela presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS). A sua fala, além de destacar o trabalho feito pelo Sistema CONFEF/CREFs visando o fortalecimento da profissão, que atualmente conta com 500 mil registrados em todo o país, foi complementada por Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional. “O Fórum, que surgiu com a demanda de debater assuntos importantes para o dia a dia das faculdades, chega ao seu sétimo ano, com um histórico de grandes discussões, sobre temas como políticas públicas, tecnologia e saúde mental, entre outros mais”, comentou.

Já Steinhilber aproveitou a sua saudação inicial também para destacar o número significativo de coordenadores presentes no Fórum. “Isto mostra que o nosso ensino está nas mãos de pessoas preocupadas em discutir o futuro dos profissionais que estão sendo formados pelas faculdades. O Conselho, atuando politicamente, enfrenta os mesmos desafios dos professores, que é solidificar a Educação Física em todos os seus âmbitos”.

Palestras e debates

A primeira apresentação foi feita pela assessora jurídica do CREF2/RS Cristiane Costa e pela coordenadora do Departamento de Fiscalização e Orientação Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS). Elas explicaram o funcionamento do procedimento de fiscalização, do momento da visita aos trâmites jurídicos finais, e como a lei de estágio é inserida neste contexto. “O Conselho só verifica se há o termo de estágio assinado e já tivemos casos em que a pessoa autuada colocou a culpa na Universidade por estar fora da sua área. Eles alegaram que não tiveram a informação sobre a divisão entre a Licenciatura e o Bacharelado e que sempre tiveram autorização para fazer estágio fora do seu curso”, relatou a dupla.

O assunto, complementado por tópicos relacionados à responsabilidade técnica de academias e à disputas judiciais que o Sistema CONFEF/CREFs enfrenta atualmente quanto às lutas, ao futebol e à dança, teve prosseguimento com a palestra de Steinhilber. O Presidente do CONFEF numerou as parcerias que existem entre as instituições de ensino e os Conselhos Profissionais e apresentou um breve panorama da Educação Física e da sua evolução enquanto curso superior. “Os professores universitários precisam, mais do que nunca, auxiliar os acadêmicos para que eles criem uma identidade profissional desde o primeiro semestre”, analisou.

O segundo dia de evento, no sábado pela manhã, teve início com a palestra de Marcelo Curth (CREF 011605-G/RS), que trouxe para discussão o empreendedorismo na Educação Física. Com larga experiência na área, ele destacou que muitos egressos do curso de Educação Física têm o perfil empreendedor e que, por causa disto, as faculdades deveriam explorar mais este tema em seus currículos. “A maioria das instituições de ensino tem disciplinas de gestão, mas ainda não se dá aula com ênfase no empreendedorismo. As ferramentas necessárias para quem pretende abrir o seu próprio negócio ainda são pouco estudadas nos cursos de Educação Física”.

A última parte do Fórum foi marcada pela mesa redonda “Educação a Distância”, com as presenças de Steinhilber e de Dari Göller (CREF 002469-G/RS), da UNIJUÍ. Neste momento, todos os coordenadores puderam relatar as experiências que vivenciam em suas faculdades e o Presidente do CONFEF ainda pode reforçar o entendimento que a Educação Física não pode ser transformada em um curso totalmente a distância. O “CONFEF, junto ao Conselho Nacional de Saúde, já se movimenta na Câmara de Deputados para barrar esta ideia”, adiantou. “O EAD só pode existir se tiver qualidade, com estágios obrigatórios, material didático bem elaborado e exigências avaliativas. O desafio é fazer com que os alunos estabeleçam uma relação de troca com os outros estudantes e uma identidade profissional, mesmo longe da sala de aula”, complementou Göller.




VII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do RS é realizado em Porto Alegre
Postado em 13/04/2017
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS, por meio da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional (CESPP), realizará nos dias 26 e 27 de maio de 2017 o VII Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do RS, na FADERGS, em Porto Alegre. No evento, serão desenvolvidos os temas Estágio e Fiscalização, Aproximações entre Licenciatura e Bacharelado, Empreendedorismo na Educação Física e Educação a Distância.

A palestra “Aproximações entre Licenciatura e Bacharelado” será ministrada pelo presidente do CONFEF e presidente da Academia Olímpica Brasileira Jorge Steinhilber (CREF 000002-G/RS), especialista em Controle Externo pela Fundação Getúlio Vargas e mestre em Ciência da Motricidade Humana pela Universidade Castelo Branco.

Já o tema "Perfil Empreendedor na Educação Física e os desafios das IES" será desenvolvido por Marcelo Curth de Oliveira (CREF 011605-G/RS), que possui pós-graduação em Administração e Marketing pela Universidade Gama Filho e em Educação a Distância pela Faculdade Senac. É mestre em Administração e Negócios pela PUC/RS e doutorando em Administração pela Unisinos. Atualmente, é docente em Instituições deEnsino Superior nas áreas de marketing, administração e Educação Física e nutrição. É ainda sócio-proprietário da Plation, que trabalha com consultoria e treinamentos em gestão comercial.

A mesa-redonda “Educação a Distância” terá como debatedores Jorge Steinhilber e Dari Francisco Göller (CREF 002469-G/RS), que possui mestrado em Educação nas Ciências pela Unijuí e doutorado em Educação Física pela UFSM. Atualmente é professor adjunto da Unijuí. O moderador será o professor da Ufpel Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS).

A inscrição no evento, permitido somente para coordenadores de curso, é gratuita e deve ser realizada até dia 28 de abril de 2017.

VII FÓRUM DOS COORDENADORES DE CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO RS
Data: 26 e 27 de maio de 2017
Local: FADERGS – Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul
Endereço: Rua Luiz Afonso, 84/sala 110 (Laboratório de Alta Complexidade) – Cidade Baixa, Porto Alegre/RS

Inscrição gratuita e exclusiva para coordenadores de curso de Educação Física




Comissão de Ensino Superior avança na preparação do Fórum dos Coordenadores 2017
Postado em 06/03/2017
Fonte: CREF2/RS

Os membros da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS realizaram nesta sexta-feira, 3 de março, sua reunião mensal. O principal assunto da pauta foi os preparativos para o Fórum dos Coordenadores 2017, que deverá ocorrer entre os dias 25 e 26 de maio na Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (FADERGS), em Porto Alegre.

Durante a reunião, foram propostas palestras sobre empreendedorismo em Educação Física e cursos EAD. O CREF2/RS fornecerá certificado de participação do evento. O período de inscrições para o Fórum dever se estender dos dias 20 de março a 28 de abril.

Estiveram presentes à reunião o presidente da Comissão Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) e os conselheiros Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS), Carlos Ernani Olendzki de Macedo (CREF2/RS 001262) e Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS), além da assessora do Departamento de Comunicação do CREF2/RS, Elenice Sacchi de Freitas




Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional realiza sua primeira reunião em 2017
Postado em 03/01/2017
Fonte: CREF2/RS

Os membros da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS realizaram nesta terça-feira, 3 de janeiro, na sede do Conselho, a primeira reunião de 2017. O principal assunto da pauta foi os preparativos para o Fórum dos Coordenadores 2017, que deverá ocorrer entre os dias 5 e 6 de maio na Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (FADERGS), em Porto Alegre.

Estiveram presentes à reunião o presidente da Comissão Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) e os conselheiros Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS) e Carlos Ernani Olendzki de Macedo (CREF2/RS 001262). A próxima reunião será no dia 3 de março, às 14h, na sede do CREF2/RS.

As Comissões são órgãos de consultoria da Presidência, da Diretoria e do Plenário do CREF2/RS, às quais compete analisar, instruir e emitir pareceres nos assuntos e processos que lhe forem enviados pelo Presidente do CREF2/RS, retornando-os devidamente avaliados para decisão superior.




Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional organiza Fórum dos Coordenadores 2017
Postado em 04/07/2016
Fonte: CREF2/RS

Os membros da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS reuniram-se no dia 30 de junho na sede do Conselho. Entre os assuntos da pauta, foram debatidas as opções de tema para o Fórum dos Coordenadores 2017, que podem variar entre “Aproximações entre Licenciatura e Bacharelado”, com apresentação da conselheira federal Iguatemy Martins (000001-G/PB), “Estágios”, com as palestrantes Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), assessora de Fiscalização e Cristiane Corrêa (OAB/RS 60.229), assessora jurídica, ambas do CREF2/RS ou ainda “Empreendedorismo”, com um destes palestrantes: Marcelo Curth ou Gastão Englert. A data sugerida para o evento será 19 e 20 de maio de 2017.

Estiveram presentes à reunião o presidente da Comissão Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) e os conselheiros Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS) e Carlos Ernani Olendzki de Macedo (CREF2/RS 001262). O próximo encontro da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional será realizado no dia 29 de julho, às 14h30min. As Comissões são órgãos de consultoria da Presidência, da Diretoria e do Plenário do CREF2/RS, às quais compete analisar, instruir e emitir pareceres nos assuntos e processos que lhe forem enviados pelo Presidente do CREF2/RS, retornando-os devidamente avaliados para decisão superior.




Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional realiza sua reunião mensal
Postado em 30/05/2016
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS reuniu-se na tarde da última sexta-feira (27), quando foi tratado o planejamento do Fórum dos Coordenadores 2017, quando haverá aproximação entre os temas comuns do bacharelado e da licenciatura. A Comissão também deliberou enviar um e-mail para os coordenadores de curso pedindo sugestões de temas e palestrantes para o evento. Em relação ao 1º de Setembro, ficou definida a realização de uma campanha de comemoração ao aniversário celebrado na data.

Estiveram presentes à reunião o presidente da Comissão Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) e os conselheiros Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS) e Carlos Ernani Olendzki de Macedo (CREF2/RS 001262).




CREF2/RS visita senador Paim e solicita apoio contra PL 552/2013
Postado em 27/05/2016
Fonte: CREF2/RS

Nesta quarta-feira (25), a presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CRFEF 001910-G/RS) visitou o senador Paulo Paim em seu escritório de Canoas. Na ocasião, Carmen solicitou apoio ao senador para barrar o Projeto de Lei do Senado nº 522/2013, do senador Alfredo Nascimento (PR-AM) e com emenda do senador Romário (PSB-RJ), que ampliam as possibilidades de atuação como técnicos esportivos a atletas ou ex-atletas da modalidade em que pretendam atuar, desde que comprovem no mínimo cinco anos de atividade, e revoga a Lei nº 8.650, de 20 de abril de 1993, que trata apenas do exercício da profissão de treinador de futebol.

"Nós estávamos articulando para que estes técnicos ex-atletas atuassem como estrategistas do futebol”, disse Carmen. “Mas o senador Romário quer permitir que atletas em qualquer modalidade possam atuar como técnicos. Isso inclui as categorias de base e crianças, podendo causar muito mais danos à saúde do que benefícios”. Segundo Paim, a emenda do senador Romário tem que ser avaliada com mais critério, e que articulará o pedido do CREF2/RS no Senado. “Eu me orgulho de fazer parte da história da regulamentação da profissão de Educação Física no Brasil, um movimento que acompanho desde a década de 90”, afirmou.

“Do mesmo modo, o sistema CONFEF/CREFs acredita ser inadequada a minuta do projeto de resolução que tramita no CNE, que prevê a extinção do Curso de Bacharelado em Educação Física”, alertou Carmen, explicando que a Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, com o apoio de diversas Instituições de Ensino Superior do Estado, manifestaram-se contra a proposta por ser unilateral e sem ampla discussão. “Pensar que a Educação Física tenha apenas uma formação com foco na Educação Básica que contemple a atuação em todos os campos profissionais é atestar que a superficialidade seja o caminho da formação”, complementou.

Por fim, Carmen convidou o senador para o maior evento da Educação Física no Brasil, realizado no mês de janeiro, em Foz do Iguaçu, onde comparecerão mais de três mil profissionais de Educação Física, no qual será prestada uma homenagem ao parlamentar pela sua contribuição à profissão de Educação Física.




CREF2/RS realiza 5º Fórum de Educação Física Escolar nesta sexta em Capão da Canoa
Postado em 27/04/2016
Fonte: CREF2/RS

A Câmara Técnica de Educação Física Escolar do CREF2/RS vai realizar, na sexta-feira, dia 29 de abril, a quinta edição do Fórum de Mobilização Gaúcha pela Educação Física Escolar. O evento, que terá a palestra da conselheira federal Iguatemy de Lucena Martins (CREF 000001-G/PB), vai abordar a Base Nacional Comum Curricular e o andamento do PLC 116/2013, que pretende tornar obrigatória a presença do profissional de Educação Física na Educação Básica. A atividade iniciará às 14h, na Casa de Cultura Erico Verissimo. A entrada será gratuita e as inscriçõespodem ser feitas no local.

Iguatemy, que faz parte da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do Conselho Federal de Educação Física (CONFEF), explicou que a sua palestra estará focada na estruturação e organização do componente curricular Educação Física. Quanto ao PLC 116/2013, ela disse entender que o país não pode mais adiar a lei. “Neste sentido, é necessário o empenho de todos para garantir que as crianças e os jovens tenham os seus direitos educacionais garantidos e possam vivenciar atividades físicas e formativas ministradas por profissionais qualificados, com formação específica na área”, afirmou.

5º Fórum de Mobilização Gaúcha pela Educação Física Escolar
Data: 29 de abril, sexta-feira, às 14h
Local: Casa de Cultura Erico Verissimo, em Capão da Canoa (RS)
Endereço: Avenida Flávio Boianowski, 789 – Zona Nova
Inscrições: gratuitas no local




5º Fórum de Mobilização Gaúcha pela Educação Física Escolar é nesta sexta-feira
Postado em 25/04/2016
Fonte: CREF2/RS

O 5º Fórum de Mobilização Gaúcha pela Educação Física Escolar, promovido pela Câmara Técnica de Educação Física Escolar do CREF2/RS, será realizado nesta sexta-feira, dia 29 de abril, em Capão da Canoa. O evento, que contará com a palestra da conselheira federal Iguatemy de Lucena Martins (CREF 000001-G/PB), vai abordar a Base Nacional Comum Curricular e o andamento do PLC 116/2013, que pretende tornar obrigatória a presença do profissional de Educação Física na Educação Básica. A entrada será gratuita e as inscrições podem ser feitas de maneira antecipada pela Internet, clicando aqui.

Iguatemy, que faz parte da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CONFEF, explicou que a sua palestra estará focada na estruturação e organização do componente curricular Educação Física. Quanto ao PLC116/2013, ela disse entender que o país não pode mais adiar a lei. “Nesse sentido, é necessário o empenho de todos para garantir que as crianças e os jovens tenham os seus direitos educacionais garantidos e possam vivenciar atividades físicas e formativas ministradas por profissionais qualificados, com formação específica na área”, afirmou.

O 5º Fórum de Mobilização Gaúcha pela Educação Física Escolar integra a programação do 42º Encontro Nacional dos Profissionais de Educação Física (ENAPEF). Participe!

5º Fórum de Mobilização Gaúcha pela Educação Física Escolar
Data: 29 de abril, sexta-feira, às 14h
Local: Casa de Cultura Erico Verissimo, em Capão da Canoa (RS)
Endereço: Avenida Flávio Boianowski, 789 – Zona Nova
Inscrições: gratuitas no local ou por aqui




CREF2/RS realiza aula magna na Faculdade Metodista de Santa Maria
Postado em 18/04/2016
Fonte: CREF2/RS

No dia 5 de maio, às 19h, o auditório da Faculdade Metodista de Santa Maria (FAMES) sediará a aula magna ministrada pela conselheira e representante da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS), pela assessora de Fiscalização, Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), e pela assessora jurídica, Cristiane Corrêa (OAB/RS 60.229). O tema abordado será “Questionamentos sobre as questões legais e éticas que envolvem o bacharelado em Educação Física”.

Será um bate-papo em que se tratarão os procedimentos de fiscalização, a Lei de Estágio, ações judiciais, ética e a extinção do bacharelado. No intervalo, haverá degustação dos produtos da Nação Verde, FrutaMania e suplementos da Transformers Academia. O evento é aberto ao público em geral.

Aula Magna no curso de Educação Física da Faculdade Metodista de Santa Maria
Data: 5 de maio, quinta-feira, às 19h
Local: Auditório da FAMES, rua Dr. Turi, 2003, Centro, Santa Maria
Tema : “Questionamentos sobre as questões legais e éticas que envolvem o bacharelado em Educação Física"




Conselheira Federal realiza palestra sobre a Base Nacional Comum Curricular no Fórum de Educação Física Escolar
Postado em 14/04/2016
Fonte: CREF2/RS

O 5º Fórum de Mobilização Gaúcha pela Educação Física Escolar, realizado durante o 42º ENAPEF no dia 29 de abril em Capão Canoa, terá como atração a palestra da conselheira Federal Iguatemy de Lucena Martins (CREF 000001-G/PB). Na ocasião, ela abordará a Base Nacional Comum Curricular e o andamento do PLC 116/2013, que pretende tornar obrigatória a presença do profissional de Educação Física na Educação Básica. A conselheira faz parte da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CONFEF, é doutora em Ciências do Esporte pela Universidade do Porto e foi diretora de Avaliação da Educação Superior da SESu/MEC.

Em relação à Base Nacional Comum Curricular, a conselheira explicou que sua palestra estará focada na estruturação e organização do componente curricular Educação Física. “Assim como a compreensão que este documento contém sobre o papel desta disciplina no contexto da formação do estudante”, afirmou.

Quanto ao PLC116/2013, ela disse entender que o país não pode mais adiar a presença efetiva do professor de Educação Física em todos os níveis de escolaridade da Educação Básica. “Nesse sentido, é necessário o empenho de todos para garantir que as crianças e os jovens tenham os seus direitos educacionais garantidos e possam vivenciar atividades físicas e formativas ministradas por profissionais qualificados, com formação específica na área”, afirmou.

A conselheira também destacou a importância da realização do 5º Fórum pelo CREF2/RS, dando oportunidade de discussão dos problemas e dos avanços da Educação Física e das questões de caráter regional e nacional. “Estes diálogos poderão se constituir em indicativos de políticas, programas e ações que ajudem a superar os desafios dessa área no âmbito educacional, na saúde e no esporte, assim como a consolidar as conquistas até então alcançadas”.

5º Fórum de Mobilização Gaúcha pela Educação Física Escolar
Organização: Câmara Temática de Educação Física Escolar do CREF2/RS
Data: 29 de abril, sexta-feira, às 14h
Local: Casa de Cultura Erico Verissimo, em Capão da Canoa (RS)
Endereço: Avenida Flávio Boianowski, 789 – Zona Nova
Inscrições gratuitas no local




Documento contra a extinção do bacharelado é enviado ao ministro da Educação
Postado em 11/04/2016
Fonte: CREF2/RS

No dia 8, a Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS enviou ao ministro da Educação Aloizio Mercadante e aos conselheiros do Conselho Nacional de Educação (CNE) um manifesto contendo argumentos contra a proposta de extinção do bacharelado. O documento, assinado por 22 coordenadores de cursos de Educação Física, foi entregue à Comissão de Ensino Superior pelo representante da Associação dos Dirigentes de Instituições de Ensino Superior em Educação Física (ADIESEF) e coordenador do Bacharelado da Unisinos, Cláudio Gutierrez (CREF 014210-G/RS).

Entre outros pontos, o documento ressalta que a proposta do CNE é arbitrária e unilateral e que, se aprovada, além de extinguir uma profissão e não apenas uma formação, trará imensos prejuízos na licenciatura, pois aproximadamente 2/3 dos estudantes que hoje estão cursando Educação Física o fazem buscando o bacharelado. Além disto, não se mensurou os prejuízos do fechamento de 600 cursos em todo o estado, em termos de campo de trabalho bem como da saúde pública e da qualidade de vida.

Fizeram parte da reunião, além de Gutierrez, o presidente da Câmara Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) e os conselheiros Carlos Ernani Olendzki de Macedo (CREF2/RS 001262), Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS) e Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS).




Documento contra a extinção do bacharelado é finalizado
Postado em 11/03/2016
Fonte: CREF2/RS

Nesta quinta-feira, dia 10 de março, a Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS finalizou o documento que alerta para as consequências negativas da extinção do curso de bacharelado. O próximo passo será a distribuição aos coordenadores de curso para o conhecimento da íntegra do texto. Posteriormente, ele será enviado ao ministro da Educação e aos conselheiros do Conselho Nacional de Educação (CNE).

A proposta de extinção do bacharelado foi elaborada e apresentada no final de 2015 pelo Conselho Nacional de Educação, por meio de uma Comissão interna, criada especificamente para esta finalidade. Caberá ao Ministro da Educação decidir pela homologação, ou não, da proposta. Segundo o presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), o projeto de extinção é uma proposta unilateral e autoritária. “Não houve nenhum debate sobre o projeto, mas sim a pretensão de definir os rumos de uma profissão sem ouvir quem forma os profissionais”, explicou.




CREF2/RS repudia proposta de extinção dos cursos de bacharelado em Educação Física
Postado em 20/01/2016
Fonte: CREF2/RS

O repúdio à proposta do Conselho Nacional de Educação (CNE), que preconiza a extinção dos cursos de bacharelado em Educação Física, foi a tônica da reunião da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, nesta terça-feira (19), que contou com a participação de 15 representantes de instituições de ensino superior. De acordo com os artigos 7º e 8º do projeto do CNE, os cursos de bacharelado deixariam de existir a partir do ano letivo seguinte à publicação da resolução.

Segundo o presidente da Comissão de Ensino Superior e professor do bacharelado da UFPel, Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), o CRE2/RS apoia a posição tomada pela maioria das instituições, que é de veemente repúdio ao projeto. “A proposta é perigosa do ponto de vista da formação do profissional de Educação Física, pois ao mesmo tempo que extingue o bacharelado, enfraquece a licenciatura”. Merino afirmou que a próxima medida da Comissão será elaborar um documento conjunto assinado por todos os coordenadores de bacharelado do estado, ressaltando as consequências da extinção do curso para as instituições de ensino, para os profissionais de Educação Física e à sociedade em geral.

Para o coordenador do bacharelado em Educação Física da Unisinos, Cláudio Gutierrez (CREF 014210-G/RS), o projeto extinguirá o curso que possui um forte vínculo com a promoção da saúde, além de ter maior procura em todas as universidades em que são oferecidos os dois cursos. "Não teremos uma participação efetiva na saúde se não mantivermos currículos que contemplem as especificidades da área. Todo o avanço que se construiu a partir da separação dos cursos será perdido, e os ganhos conquistados pela licenciatura na área pedagógica retrocederão, enfraquecendo seu compromisso com a escola básica".

De acordo com Álvaro Reischak de Oliveira (CREF 001714-G/RS), docente da ESEF/UFRGS, mais de 150 estudantes da Faculdade se posicionaram contra a extinção do curso em um recente abaixo-assinado. “Este expressivo número de assinaturas sinaliza que os próprios alunos querem a separação dos currículos e, acima de tudo, precisam ser ouvidos na formulação das políticas de ensino”. Álvaro também ressaltou a existência de movimentos no meio acadêmico que reiteradamente defendem a extinção do bacharelado e do Sistema CONFEF/CREFs. “O que faz mais urgente uma ampla articulação política na defesa do bacharelado, currículo essencial na formação do profissional de Educação Física”.

Um documento elaborado pelo conselheiro Federal do CONFEF Emerson Silami Garcia (CREF 000046-G/MG), com considerações à proposta do CNE, alerta que a extinção do bacharelado provocará a demissão de centenas ou até milhares de docentes qualificados, pois nenhuma licenciatura de 3200 horas acomodaria tantas disciplinas quanto as que existem atualmente nos dois currículos. “Como o único curso seria licenciatura, hoje regulada pela Resolução CNE 2/2015, é natural que sobrevivam principalmente os conteúdos próprios de licenciatura. Não existe nenhum arranjo possível para acomodar todas as disciplinas na mesma carga horária. É utopia dizer que a educação continuada suprirá todas as necessidades”, sustenta o documento.

Estiveram presentes à reunião representantes da UNISC, Ulbra Canoas e Gravataí, Unijuí, Univates Lajeado, FACOS, Fadergs, Sogipa, ESEF/UFRGS, Unilasalle, Unisinos.




Comissão de Ensino Superior elege presidente nesta terça-feira
Postado em 05/01/2016
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS reuniu-se na tarde desta terça-feira (5), quando elegeu como seu presidente o conselheiro do CREF2/RS e professor da ESEF-UFPel Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), e como secretário Leomar Tesche (CREF 000129-G/RS), docente da Unijuí e também conselheiro do CREF2/RS. Segundo Merino, o encontro marca a retomada do trabalho de aproximação com as instituições de ensino superior que já vinha sendo realizado em 2015. “Neste ano, pretendemos atuar auxiliando na formação continuada, promovendo com isto a capacitação e a reciclagem de conhecimento dos profissionais de Educação Física”, explicou.

Na ocasião, os membros da Comissão trabalharam na organização da reunião de coordenadores de cursos de bacharelado, que ocorrerá no próximo dia 19 de janeiro, na sede do CREF2/RS, bem como debateram o planejamento estratégico de ações para 2016, que prevê visitas e palestras nos cursos de Educação Física, além da possibilidade da criação de um acervo digital de dissertações e teses.

Também estiveram presentes à reunião os conselheiros do CREF2/RS Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS), Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS) e Carlos Ernani Olendzki de Macedo (CREF2/RS 001262).




Novos Conselheiros tomam posse nesta sexta-feira
Postado em 23/10/2015
Fonte: CREF2/RS

A cerimônia de posse dos novos Conselheiros do CREF2/RS foi realizada na manhã de hoje (23), no Hotel Holiday Inn, em Porto Alegre. O evento, que contou com um café da manhã para os presentes, marcou a entrada de 14 membros (dez efetivos e quatro suplentes), eleitos em setembro. O mandato, que inicia em 30 de outubro, é para seis anos e se encerra em 2021.

A presidente Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) foi quem fez o discurso de abertura. Ela frisou que o momento representa o fim e o início de uma nova gestão, mas que o trabalho, que rendeu muitos benefícios aos profissionais registrados e à comunidade em geral, será conduzido da mesma forma, com mudanças para melhor. "É com muito orgulho que temos visto o nosso Conselho crescer dia a dia, com parcerias, conquistas em todas as áreas e a atuação incansável de todos vocês", destacou.

Como frisou Carmen, os novos Conselheiros tomaram posse com o objetivo de defender a Educação Física e de valorizar a profissão em todos os segmentos da sociedade. A ideia é que o CREF2/RS, pelos próximos seis anos, se aproxime ainda mais dos profissionais registrados e consiga desenvolver ações em prol da categoria, sempre de forma ética, moral e legal. "Somente com a união e com o trabalho é que a gente vai conseguir que o Conselho conquiste ainda mais espaços, garantindo que todas as pessoas sejam atendidas por profissionais de Educação Física em todos os locais", encerrou.

Em reunião, os novos Conselheiros irão definir também os novos componentes da Diretoria. Confira abaixo quem são eles:

GIOVANNI BAVARESCO (CREF 001512-G/RS): é graduado pelo IPA e possui pós-graduação em Treinamento Desportivo. Já foi conselheiro do CREF2/RS e atualmente é o diretor da CBrasil, empresa que há 22 anos promove cursos de especialização para professores, estudantes e profissionais das áreas de Educação Física, Nutrição e Fisioterapia.

EDUARDO MERINO (CREF 004493-G/RS): é graduado pela UFRGS e doutor em Ciências do Esporte. Atuou por oito anos como coordenador do curso de Educação Física da ULBRA e foi presidente do CREF2/RS entre 2010 e 2014. Atualmente é professor da UFPel e presidente da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do Conselho.

CARMEN ROSANE MASSON (CREF 001910-G/RS): é graduada em Educação Física pelo IPA e mestre em Saúde Coletiva pela Unisinos. Foi coordenadora da Secretaria de Esportes de Porto Alegre e da ESEF da Brigada Militar. Atualmente é presidente do CREF2/RS.

ALEXANDRE MOURA GRECO (CREF 004204-G/RS): é graduado pelo IPA e mestre em Reabilitação e Inclusão Social pela mesma instituição e possui MBA em Gestão Estratégicas de Negócios e em Marketing Digital, ambos pela ESPM. Desde 2013, é o coordenador geral das academias do SESC-RS e atua também como professor dos cursos de pós-graduação da Uningá (Santa Maria), HORUS Chapecó, UNISUL (Florianópolis) e da Faculdade da Serra Gaúcha (Caxias do Sul).

ANA MARIA HAAS (CREF 004563-G/RS): é graduada pela Feevale e oficial da Brigada Militar desde 1986. Foi comandante da Escola de Educação Física da Brigada Militar entre 2002 e 2003 e conselheira do CREF2/RS de 2003 a 2005.

SONIA MARIA WAENGERTNER (CREF 007781-G/RS): é graduada pela UFRGS e foi professora da rede estadual de ensino por 25 anos. É representante do CREF2/RS no comitê fundador da Rede OS Porto Alegre e conselheira há seis anos. Na década de 90, foi também diretoria eleita de escola.

ROSA MARIA MARIN PACHECO (CREF 000059-G/RS): é graduada pelo IPA e possui pós-graduação em Medicina e Ciências do Esporte pela PUCRS e em Treinamento Neuromuscular pela UFRGS. Foi presidente da Associação das Academias do Rio Grande do Sul (ACAD/RS) entre 2008 e 2010. É proprietária da academia Espaço Ativo desde 1992.

LEOMAR TESCHE (CREF 000129-G/RS): é graduado pela Feevale e docente do curso de Educação Física da Unijuí há 32 anos. É doutor em Educação pela Unimep (Piracicaba) e pós-doutor pelo Instituto de Ciências dos Esportes da Universidade de Tübingen (Alemanha). Autor de diversos livros sobre a história da Educação Física no Rio Grande do Sul, atualmente coordena o intercâmbio entre a Unijuí, a Universidade Uni-Tubingen e o Instituto Carlos Linneo de Oberá (Argentina).

DÉBORA RIOS GARCIA (CREF 002202-G/RS): é graduada pelo IPA e possui especialização em Gestão Escolar e Coordenação Pedagógica e mestrado em Ciências do Movimento Humano, ambos pela UFRGS. Atualmente é professora do curso de Educação Física da Faculdade Sogipa e da pós-graduação do Instituto de Administração Hospitalar e Ciências da Saúde (IAHCS).

ALESSANDRO DE AZAMBUJA GAMBOA (CREF 001534-G/RS): é graduado pelo IPA e possui pós-graduação em Ciências da Saúde (PUCRS) e em Administração e Marketing Esportivo (Universidade Gama Filho). É sócio-diretor da G2 Sports, consultor de academias e coordenador geral de eventos relacionados à Educação Física e à saúde.

Membros suplentes:

FELIPE GOMES MARTINEZ (CREF 003930-G/RS): é graduado pela UFRGS e possui especialização em Psicopedagogia Clínica pela Unilassale. É graduado também em Ciências Jurídicas e Sociais pela PUCRS, auditor do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Gaúcha de Judô e integra a Comissão de Ética Profissional do CREF2/RS.

MARCIA ROHR DA CRUZ (CREF 007542-G/RS): é graduada em Educação Física pela UCS e em Administração pela Unisinos. Possui mestrado e doutorado em Administração pela mesma instituição e é presidente do Conselho Municipal do Desporto de Caxias do Sul.

CLÁUDIA RAMOS LUCCHESE (CREF 002358-G/RS): é graduada pela UFRGS e possui pós-graduação em Medicina e Ciências do Esporte (UFRGS) e em Ergonomia (UGF). É coordenadora dos programas de Qualidade de Vida no Banrisul e certificada pela International Stress Management Association em gerenciamento do stress no trabalho.

CLERY QUINHONES DE LIMA (CREF 000297-G/RS): é graduado pela UFSM, pós-graduado em Técnicas Desportivas – Handebol, jornalista e mestre em Comunicação Esportiva. Foi conselheiro do CREF2/RS entre 1999 e 2003 e atualmente desempenha a função de delegado adjunto da FIEP-RS e de secretário do Conselho Municipal de Esportes e Lazer de Santa Maria. Edita o jornal mensal Saúde pela Prática e o site www.santamriaolimpiada2016.com.br.




Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional reúne-se na sede do Conselho
Postado em 03/07/2015
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS reuniu-se nesta sexta-feira (03) na sede do Conselho. Na pauta, ocorreu a avaliação do VI Fórum de Coordenadores de Curso de Educação Física do RS, edição com recorde de coordenadores e instituições participantes. Também se analisou a proposta da organização de um evento científico para comemoração do Dia do Profissional de Educação Física, com o tema “Atividade Física e Saúde”. Estiveram presentes o presidente da Comissão, Eduardo Merino (CREF 004093-G/RS) e os membros Miria Burgos (CREF 001566-G/RS), Helena Alves DAzevedo (CREF 001069-G/RS) e Carlos Ernani Olendzki de Macedo (CREF 001262-G/RS).




VI Fórum de Coordenadores de Curso de Educação Física inicia amanhã na UNIVATES
Postado em 14/05/2015
Fonte: CREF2/RS

Entre amanhã (15) e sábado (16), a Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS vai realizar o VI Fórum de Coordenadores de Curso de Educação Física. Com o intuito de refletir sobre o uso de tecnologias e sobre a formação acadêmica, o evento será na UNIVATES, em Lajeado.

A programação do Fórum contará com dois painéis temáticos. O primeiro, intitulado "Tecnologia na formação e intervenção profissional: riscos e oportunidades", terá as falas de Dari Göller (CREF 002469-G/RS), Fabrício del Vecchio (CREF 056418-G/SP) e Alexandre Greco (CREF 004204-G/RS). O segundo, com o tema "Formação de professores de Educação Física: experiências no PIBID", terá o debate de Ednaldo Pereira Filho (CREF 001102-G/RS) e Clézio Gonçalves (CREF 008168-G/RS). Nos dois dias, haverá ainda espaço para a apresentação de relatos de práticas.

O Fórum é dedicado exclusivamente aos coordenadores de curso de Educação Física no Rio Grande do Sul. A cobertura completa você confere a partir de segunda-feira (18) aqui no site do CREF2/RS.




CREF2/RS promove VI Fórum de Coordenadores de Curso de Educação Física em Lajeado
Postado em 05/05/2015
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS vai realizar, nos dias 15 e 16 de maio, o VI Fórum de Coordenadores de Curso de Educação Física. Neste ano, o evento será na UNIVATES, em Lajeado, terá o intuito de refletir sobre a tecnologia na formação e na intervenção profissional e sobre a formação acadêmica dos profissionais de Educação Física.

A programação do Fórum contará com dois painéis temáticos. O primeiro, intitulado "Tecnologia na formação e intervenção profissional: riscos e oportunidades", contará com a presença de Dari Göller (CREF 002469-G/RS), Fabrício del Vecchio (CREF 056418-G/SP) e Alexandre Greco (CREF 004204-G/RS), que trocarão ideias e experiências. O segundo, com o tema "Formação de professores de Educação Física: experiências no PIBID", terá o debate de Ednaldo Pereira Filho (CREF 001102-G/RS) e Clézio Gonçalves (CREF 008168-G/RS). Nos dois dias, haverá ainda espaço para a apresentação de relatos de práticas.

O Fórum é dedicado exclusivamente aos coordenadores de curso de Educação Física no Rio Grande e está com inscrições abertas. Neste mesmo link, também é possível conferir a programação completa do evento e as normas para cadastro de relatos de práticas.

VI Fórum de Coordenadores de Curso de Educação Física
Data: 15 e 16 de maio, sexta e sábado
Local: UNIVATES – Auditório do Prédio 16
Endereço: Rua Avelino Tallini, 171 – Bairro Universitário
Inscrições gratuitas: www.crefrs.org.br/forum




CREF2/RS realiza V Fórum de Coordenadores de Curso de Educação Física
Postado em 06/05/2014
Fonte: CREF2/RS

O Conselho Regional de Educação Física, por meio da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional (CESPP), realiza o V Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física, nos dias 9 e 10 de maio, na Universidade Federal de Pelotas (UFPel). O evento deste ano tem como objetivo refletir sobre a profissão de Educação Física e suas especialidades, bem como sobre implicações na intervenção profissional e a evasão nos cursos superiores.

Além de painéis temáticos e relatos de práticas, o Fórum tem na sua programação atendimento do CREF2/RS aos coordenadores de curso e apresentação de projetos e inovações do Conselho, nos âmbitos de sua Coordenação Geral e Diretoria, e também dos departamentos de Registro, Jurídico e Fiscalização e Orientação.

V Fórum dos Coordenadores de Curso de Educação Física do RS
9 e 10 de maio
UFPel - Universidade Federal de Pelotas (Rua Luís de Camões, 625 - Três Vendas)
Local: Auditório ESEF

Confira a programação completa aqui.




Plenária do CREF2/RS define novos integrantes das comissões e dos grupos de trabalho
Postado em 21/11/2012

Ocorreu no dia 20/11 a segunda reunião plenária do CREF2/RS com a presença dos Conselheiros eleitos para o mandato 2012/2018. Entre os trabalhos realizados, ficaram definidas as comissões e grupos de trabalho.

O Presidente do CREF2/RS Eduardo Merino destacou na ocasião o alto índice de renovação entre os conselheiros eleitos. “São 12 novos integrantes no Plenário, todos com grande experiência profissional que estão trazendo suas expertises para as diversas comissões do CREF2/RS”.

Segundo Merino, a nova composição do Conselheiros é o ponto alto de uma eleição com elevada participação de votantes no CREF2/RS. “A intensa busca de manifestação na esfera política representa o amadurecimento dos Profissionais de Educação Física e também uma maior circulação de ideias, além de uma saudável disputa de propostas”, avalia.
Leia abaixo a relação das comissões, dos grupos de trabalho e dos seus integrantes :


COMISSÕES


Comissão de Controle e Finanças
Álvaro Fernando Laitano da Silva
Cláudio Renato Costa Franzen
Denisse Fagundes Ugalde
Leila de Almeida Castillo Iabel


Comissão de Ética Profissional
Carlos Mazzoni
Francisco Vargas Neto
Giovanni Bavaresco
João Antônio da Silva Rosa
Luiz Augusto Copstein Waldemar
Carlos Alberto Cimino
Eliana Alves Flores

Comissão de Orientação e Fiscalização
Carmen Masson
Giovanni Bavaresco
Luciane Citadin
Lauro Ubirajara Barboza de Aguiar

Comissão de Legislação e Normas
João Guilherme Queiroga
Leila de Almeida Castillo Iabel
Eliana Alves Flores
José Edgar Meurer

Comissão de Ensino Superior e Preparação profissional
Alexandre Greco
Carlos Ernani Olendzki de Macedo
Cláudio Gutierrez
Paula Maduro

Comissão de Licitação
Francisco Menezes
Eliana Alves Flores
Sonia Waengertner

Comissão Temporária de Eventos
Carmen Masson
Alexandre Greco
Claudio Franzen

GRUPOS DE TRABALHO

Câmara Temática de Futebol Coordenação: Conselheiro Álvaro Laitano
Câmara Temática de Educação Física Escolar Coordenação: Conselheira Miryam Brauch
Câmara Temática de Atividade Física na Empresa e Ginástica Laboral Coordenação: Conselheiro Lauro Aguiar
Câmara Temática de Lutas Coordenação: Conselheiro Alexandre Velly
Câmara Temática de Para-desporto e Atividade Adaptada Coordenação: Conselheira Leila de Almeida Castillo Iabel
Câmara Temática de Pessoa Jurídica Coordenação: Conselheira Rosa Maria Marin Pacheco
Câmara Temática de Esporte de Aventura Cordenação: Conselheiro Alexandre Greco
Câmara Temática da Saúde Coordenação: Conselheira Carmen Masson
Câmara Temática de Esporte Educacional Coordenação: Conselheiro João Guilherme Queiroga
Câmara Temática de Esporte Rendimento Coordenação: Conselheiro Carlos Cimino
Câmara Temática de Gestão e Marketing em Educação Física Coordenação: Conselheira Luciane Citadin