Notícias




Data Inicial:
(dd/mm/aaaa)  

Data Final:
(dd/mm/aaaa)  
Título:
Palavras na Notícia:



Audiência pública reúne profissionais e sociedade pela Educação Física no Ensino Médio
11/11/2016
Fonte: CREF2/RS

Na manhã desta sexta-feira, dia 11 de novembro, a Frente Parlamentar Mista do Esporte, liderada pelo deputado federal João Derly, realizou, na Câmara Municipal de Porto Alegre, uma audiência pública em defesa da Educação Física no currículo escolar do Ensino Médio. O evento, que contou com a participação das mais diferentes entidades ligadas à educação e ao esporte no Estado, teve ainda a presença da presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), da 1ª secretária Débora Garcia (002202-G/RS) e da presidente da Comissão de Educação Física Escolar do Conselho Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS).

Com o objetivo de debater alternativas à Medida Provisória 746, que exclui a Educação Física, assim como outras disciplinas, do currículo obrigatório do Ensino Médio, a audiência foi aberta por Derly, que frisou que o evento proposto pela Frente Parlamentar é o início de um grande movimento a favor da sociedade. “A Educação Física é um componente essencial, que precisa urgentemente de um currículo mínimo e de uma estratégia pedagógica clara”, declarou. “No Estado, conscientes da sua importância, temos um projeto, em tramitação na Assembleia, para assegurar a obrigatoriedade desta disciplina em todos os anos escolares. Este é um exemplo que temos que levar para o restante do país”, complementou o Deputado.

A mesa de debate, que teve a presença de representantes do Sindicato dos Profissionais de Educação Física (SINPEF-RS), da Secretaria Estadual de Educação e da Federação Internacional de Educação Física (FIEP), entre outras instituições, continuou com o discurso da Presidente do CREF2/RS. Na sua fala, Carmen destacou que a Educação Física não pode ter o seu espaço diminuído pela MP. “Quem tem um ritmo de vida ativo consegue prevenir diversas doenças, apenas praticando exercícios. Por isto, acreditamos não só que a Educação Física precisa ser obrigatória em todas as etapas escolares, mas ela tem que ter também a sua carga horária ampliada e a presença do profissional de Educação Física garantida nestes espaços”.

Os presentes, que lotaram a Sala das Comissões da Câmara Municipal, também puderam se manifestar. O consenso entre todos, profissionais de Educação Física e membros de outras tantas organizações da sociedade civil que também estiveram no encontro, é que o trabalho precisa ser conjunto, para que se concretizem as mudanças sugeridas à Medida Provisória. “A reforma do Ensino Médio é necessária, mas acreditamos que a educação precisa ser ampliada – e não reduzida. O que leva as pessoas a pensarem em acabar com a Educação Física, uma disciplina tão importante para a formação das crianças e dos adolescentes?”, questionou Francisco de Vargas Neto (CREF 007683-G/RS).

No encerramento da audiência, Derly declarou que a Frente Parlamentar Mista do Esporte está organizando um grande ato em Brasília, no próximo dia 19 de novembro. A ideia do Deputado é, fazer na véspera da votação da MP 746, uma grande conscientização da necessidade da Educação Física continuar sendo um componente curricular obrigatório no Ensino Médio. Com a sugestão dos presentes, também será realizada um novo encontro, para ampliar a discussão sobre o assunto, e elaborada uma carta para todos os Deputados Federais a respeito do tema. Você também pode assinar a petição online de apoio à obrigatoriedade da Educação Física no Ensino Médio: http://bit.ly/ManifestoSIMaEducaçãoFísica

Audiência Pública MP 746 Educação Física escolar