Notícias




Data Inicial:
(dd/mm/aaaa)  

Data Final:
(dd/mm/aaaa)  
Título:
Palavras na Notícia:



Departamentos de Fiscalização do CREF2/RS e do Crefito5 realizam reunião conjunta
09/10/2015
Fonte: CREF2/RS

Nesta quinta-feira (8), o Departamento de Fiscalização e Orientação (DEFOR) do CREF2/RS e o Departamento de Fiscalização (DEFIS) do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito5) estiveram reunidos na sede do CREF2/RS, dando prosseguimento ao processo de aproximação das duas autarquias. Na pauta, foram debatidas as atribuições das duas profissões, parcerias em fiscalizações e o lançamento de um protocolo de intenções conjunto, bem como a realização de audiências públicas e eventos coletivos. Também foram tratadas questões relativas à prática de Zumba e do Pilates.

Na ocasião, a presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) discorreu sobre o trabalho multidisciplinar e as atribuições de cada área. “Ao observar os profissionais ligados à saúde atuando, percebe-se uma tendência para a individualização, restringindo o exercício multidisciplinar”, afirmou. “Quanto mais nos conhecemos, mais nos respeitamos, alcançando com isto a interdisciplinaridade”, sintetizou Carmen. A coordenadora do DEFOR, Fernanda Rodrigues (CREF 009604-G/RS), observou que ainda persiste a desinformação sobre as atribuições de cada profissão. “Comprovamos isto em nossas fiscalizações. Nestes casos, trabalhamos com a orientação, acima de tudo”.

Segundo Simone Camponi, coordenadora do DEFIS, muitas vezes fica imperceptível à população as diferenças profissionais entre fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e os profissionais de Educação Física. “É muito importante que haja clareza nas atribuições das profissões, resultando em segurança na escolha do tratamento por parte dos pacientes”. A coordenadora da Fiscalização do Crefito, Silvana Halmenschlager, frisou que o encontro dá uma excelente contribuição para tratar das áreas "sombreadas" entre as profissões ligadas à saúde. “Temos atribuições muito próximas, mas bem delineadas”, afirmou.

DEFOR